A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BARROCO s. MANEIRISMO TRANSIÇÃO ENTRE O RENASCIMENTO E O BARROCO. Correggio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BARROCO s. MANEIRISMO TRANSIÇÃO ENTRE O RENASCIMENTO E O BARROCO. Correggio."— Transcrição da apresentação:

1 BARROCO s

2 MANEIRISMO TRANSIÇÃO ENTRE O RENASCIMENTO E O BARROCO. Correggio

3 BARROCO-SÉCULO XVII REAÇÃO ESTÉTICA. CONFLITO RELIGIOSO. REPRESENTAÇÃO DRAMÁTICA DA REALIDADE.

4 BARROCO-SÉCULO XVII CONTRA- REFORMA. CONTRA- HUMANISMO. VOLTA DA INQUISIÇÃO. VOLTA DA EMOÇÃO. VOLTA DA FÉ.

5 CARAVAGGIO

6 O surgimento do Barroco no século XVII deve- se a uma série de mudanças religiosas, econômicas e sociais ocorridas na Europa.

7 Michelangelo foi o precursor do Barroco

8 O Barroco rompeu o equilíbrio ente o sentimento e a razão. No Barroco predomina as emoções e não o racionalismo renascentista. Exagero de formas e cores jamais vistas no Renascimento. Disposição dos elementos dos quadros, que sempre forma uma composição em diagonal. As cenas são envolvidas em acentuado contraste claro-escuro, intensificando a expressão dos sentimentos.

9 Carvaggio: Crucificação O uso revolucionário da luz, procurava seus modelos entre pessoas do povo. Retratava os temas sagrados como um acontecimento entre as pessoas humildes.

10 Andrea Pozzo: os tetos das Igrejas abrem-se para o céu. Impressionava pelos números de figuras e pela ilusão-criada pela perspectiva- de que paredes e colunas da igreja continuam no teto.

11 Da Itália a arte barroca se propagou para outros paises europeus e pelo continente americano.

12 Na Holanda o artista preocupava- se em retratar cenas do cotidiano. Peter Rubens: costumava dar as vestimentas cores exuberantes que contrastava com a pele clara das figuras retratadas, sugeria em suas telas um intenso movimento.

13 O Sacrifício de Abrahão Rembrandt van Rijn: a emoção da claridade, predominância das expressões dramáticas e pela utilização de vívidos efeitos de luz, conseguiu reproduzir em suas tela uma gradação de claridade nunca vista antes.

14 A Lição de Música Vermeer: A beleza delicada da vida cotidiana, trabalha os tons em plena claridade, seus temas são sempre os da vida burguesa e da Holanda.

15 As meninas Na Espanha o Barroco se desenvolveu principalmente na arquitetura, nos entalhes requintados das portadas de edifícios religiosos e civis. Em relação à pintura também era realista. Diego Velázquez: mestre na representação de luz e sombra.

16 No Barroco todo muro se ondula e dobra para criar um novo espaço. Os locais eram bem decorados e havia preocupação com as áreas externas como jardins por exemplo.

17 ARTEMISIA GENTILESCHI

18 PONTORMO PONTORMO

19 NICOLAS POUSSIN

20 BARROCO BRASILEIRO

21 FIM


Carregar ppt "BARROCO s. MANEIRISMO TRANSIÇÃO ENTRE O RENASCIMENTO E O BARROCO. Correggio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google