A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA ESCOLA ACESSÍVEL. O QUE ENTENDEMOS POR ACESSIBILIDADE?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA ESCOLA ACESSÍVEL. O QUE ENTENDEMOS POR ACESSIBILIDADE?"— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA ESCOLA ACESSÍVEL

2 O QUE ENTENDEMOS POR ACESSIBILIDADE?

3

4 O Programa Escola Acessível é um programa do MEC e tem por objetivo promover condições de acessibilidade ao ambiente físico, aos recursos didáticos e pedagógicos e à comunicação e informação nas escolas públicas de ensino regular

5 No âmbito deste programa são financiáveis as seguintes ações: Adequação arquitetônica: rampas, sanitários, vias de acesso, instalação de corrimão e de sinalização visual, tátil e sonora; Aquisição de cadeiras de rodas, recursos de tecnologia assistiva, bebedouros e mobiliários acessíveis;

6 Decreto n° 5.296/2004, no artigo 2º estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção de acessibilidade às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida:

7 Acessibilidade é a possibilidade e condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, dos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos transportes e dos sistemas e meios de comunicação, por pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida

8 O Programa disponibiliza recursos, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola - PDDE, às escolas contempladas pelo Programa Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais.

9 Em 2011 foram contempladas 15 escolas no NRE de Londrina, sendo 6 municípios (Alvorada,Cambé,Ibiporã,Porecatu,Rolândia e Tamarana)e 14 em Londrina. Em 2012 foram contempladas 26 escolas no NRE de Londrina, sendo 16 municípios e 10 em Londrina.

10 2011 UNIDADE ESCOLAR MUNICÍPIO C. E. ANASTÁCIO CEREZINEALVORADA DO SUL C. E. MAESTRO ANDRÉ NUZZICAMBÉ E. E. HELENA KOLODYCAMBÉ C. E. OLAVO BILACIBIPORÃ C. E. ANTONIO MORAES DE BARROSLONDRINA C. E. DARIO VELOZOLONDRINA C. E. GABRIEL MARTINSLONDRINA C. E. HUGO SIMASLONDRINA C. E. MARIA J. B. AGUILERALONDRINA C. E. ROSELI PIOTTOLONDRINA C. E. VICENTE RIJOLONDRINA C. E. WISTREMUNDOLONDRINA C. E. RICARDO LUNARDELIPORECATU C. E. PRESIDENTE KENNEDYROLÂNDIA C. E. MARIA CINTRA ALCANTARATAMARANA

11 2012 UNIDADE ESCOLAR MUNICÍPIO C. E. ERICO VERÍSSIMOCAMBÉ C. E. PE JOSÉ PIRESCENTENÁRIO DO SUL C. E. EUDICE RAVAGNANI DE OLIVEIRAFLORESTÓPOLIS C. E. CARMELA DUTRAGUARACI C. E. JD SAN RAFAELIBIPORÃ C. E. BASÍLIO DE LUCCAIBIPORÃ C. E. TEOTHONIO B. VILELAIBIPORÃ C. E. ANTONIO IGLESIASIBIPORÃ C. E. NILSON RIBASJAGUAPITÃ C. E. WALDOMIRO PEDROSOJAGUAPITÃ C. E. TSURO OGUIDOLONDRINA C. E. HEBER S. VARGASLONDRINA C. E. EUZEBIO B. DE MENDESLONDRINA C. E. JOSÉ ARAGÃOLONDRINA C. E. CELIA DE M. DE OLIVEIRALONDRINA

12 2012 UNIDADE ESCOLAR MUNICÍPIO C. E. PAULO FREIRELONDRINA C. E. DEA ALVARENGALONDRINA C. E. RIO BRANCOLONDRINA C. E. CLEIA GODOYLONDRINA CEEBJA LONDRINALONDRINA C. E. ARNALDO BUSATOLONDRINA C. E. VILA GHANDIPRIMEIRO DE MAIO C. E. SOUZA NAVESROLÂNDIA C. E. JOSÉ HERIONSROLÂNDIA C. E. TEOTONIO VILELASERTANÓPOLIS C. E. MONTEIRO LOBATOSERTANÓPOLIS

13 Programa escola acessível funciona em parceria com 03 setores: 1. Setor Financeiro; 2. Setor de obras; 3. Setor de Educação Especial;

14 PAPEL DO PEDAGOGO Olhar diferenciado para atender todas as necessidades de acessibilidade da sua escola; Buscar juntos aos professores o uso adequado dos jogos, tecnologias garantirndo a acessibilidade pedagógica;

15 Na escola, promover acessibilidade é garantir a igualdade de condições de desenvolvimento do aluno com deficiência e dos demais alunos.

16 – (SECADI) Programas e ações – escola acessível; Decreto 5.296/2004; NRE londrina setor de Educação Especial; INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA ESCOLA ACESSÍVEL

17 CONTATO PROFESSORA JULIANA REIS SETOR DE EDUCAÇÃOESPECIAL


Carregar ppt "PROGRAMA ESCOLA ACESSÍVEL. O QUE ENTENDEMOS POR ACESSIBILIDADE?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google