A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PATOLOGIA ESPECIAL SISTEMA DIGESTÓRIO Prof a Rosaura Leite Rodrigues DENTES – CAVIDADE ORAL - ESÔFAGO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PATOLOGIA ESPECIAL SISTEMA DIGESTÓRIO Prof a Rosaura Leite Rodrigues DENTES – CAVIDADE ORAL - ESÔFAGO."— Transcrição da apresentação:

1 PATOLOGIA ESPECIAL SISTEMA DIGESTÓRIO Prof a Rosaura Leite Rodrigues DENTES – CAVIDADE ORAL - ESÔFAGO

2 Alterações Cadavéricas Cavidade Bucal e Faringe: RESSECAMENTO DA CAVIDADE ORAL CONTEÚDO ESTOMACAL PARASITAS Esôfago: MACERAÇÃO

3 Doenças sistêmicas com manifestações orais Uremia Leptospirose Hepatite Infecciosa Vírus da Leucemia Felina (FeLV) Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV) Diabetes Mellitus Doenças Auto-imunes

4 Superiores: 6 I - 2 C - 8 PM - 4 M Inferiores: 6 I - 2 C - 8 PM - 6 M

5 CANINO – DENTIÇÃO NORMAL CANINO – POLIODONTIA 8 incisivos ( ao invés de 6) 1 os premolares (esquerdo e direito) duplos

6 Patologias - Dentes DEFEITOS CONGÊNITOS: ANODONTIA - OLIGODONTIA - POLIODONTIA ANOMALIAS DE POSICIONAMENTO DENTES ACAVALADOS ROTAÇÃO DO DENTE BRAQUIGNATISMO PROGNATISMO

7 ANOMALIAS DO DESENVOLVIMENTO DENTAL HIPOPLASIA SEGMENTAR DO ESMALTE - Fluorose (Toxicose por fluoretos em bovinos) - Cinomose - Diarréia Viral Bovina (D.B.V.) COLORAÇÃO ANORMAL DOS DENTES - Fluorose - Tetraciclinas - Porfiria congênita

8 DESGASTE DENTÁRIO -Pode estar acelerado nas odontodistrofias nutricionais e metabólicas defic. vit. A, raquitismo, osteomalacia, osteodistrofia fibrosa generalizada e tóxica ( fluorose) TRAUMATISMO - Fraturas irreparáveis na matriz - Separação dente /alvéolo - A dentina pode ser regenerada mas o esmalte não - Nos dentes complexos, pontes de cemento unem as linhas de fratura (na dentina e no esmalte) - Pode levar à infecção dental

9 CÁRIE -É uma desmineralização destrutiva dos tecidos duros do dente, acompanhada de degradação enzimática da matriz orgânica Placa dentária = é uma massa formada pela aderência de bactérias à superfície do dente, resistente à remoção pelo fluxo salivar - A placa produz ácido láctico pH ácido desmineralização - Enzimas da placa levam à lise da matriz orgânica Tártaro = é a placa dentária que sofreu mineralização (Ca salivar)

10 Patologias (cav. oral) DISTÚRBIOS CONGÊNITOS queilosquise queilognatosquise palatosquise melosquise aprosopia aglossia macroglossia microglossia glossosquise Epitheliogenesis imperfecta linguae

11 PIGMENTAÇÃO melanose (melanina) mucosas amareladas (icterícia) DISTÚRBIOS CIRCULATÓRIOS palidez congestão edema hemorragia CORPOS ESTRANHOS deficiência de fósforo alotrofagia traumatismos

12 Patologias (esôfago) DEFEITOS CONGÊNITOS: ESTENOSE -persistência do arco aórtico direito FÍSTULAS TRAQUEOESOFÁGICAS -levam à pneumonia por aspiração MEGAESÔFAGO PRIMÁRIO - relacionado à estenose congênita

13 MEGAESÔFAGO PRIMÁRIO - causa: persistência do arco aórtico direito - regurgitação após refeição, odor fétido, esôfago cervical distendido, perda de peso, pneumonia por aspiração - cães, gatos, cavalos - infrequente - MACROSCOPIA: 2-3 x tamanho normal, dilatado, flácido - diferenciar do secundário...

14 MEGAESÔFAGO SECUNDÁRIO (ACALASIA) - causa: disfunção neuromuscular com relaxamento do esfíncter esofagiano, após deglutição - disfagia, regurgitação, pneumonia secundária - cães: Terriers, Cocker Spaniel, Poodle miniatura - MACROSCOPIA...

15 OBSTRUÇÃO ESOFÁGICA - Intra Luminal – corpos estranhos - Intra Mural – retração cicatricial - Extra Luminal – neoplasias, granulomas e abscessos – causam compressão ESTENOSE ADQUIRIDA - Causas obstrutivas... DIVERTÍCULO - rompimento da musculatura/saculação em uma parte da parede - associado à contração esofágica ou reações cicatriciais

16 INFLAMAÇÕES (gengiva, periodonto, dentes) GENGIVITE PERIODONTITE - Periodonto: = ligamento periodontal + cemento + osso alveolar = estruturas responsáveis pela fixação dos dentes nos ossos maxilar e mandibular PULPITE

17 INFLAMAÇÕES (cavidade oral) Ptialismo Sialorréia Processos locais: faringite / glossite / gengivite / tonsilite Processo difuso : estomatite superficial / catarral / vesicular / necrótica / gangrenosa / granulomatosa

18 ESTOMATITE SUPERFICIAL irritantes químicos, tóxicos, doenças sistêmicas ou nutricionais... desequilíbrio da flora bacteriana ESTOMATITE E FARINGITE CATARRAL são superficiais e inespecíficas doenças debilitantes epitélio descamado e excesso de muco se germes piogênicos invadem.... purulenta

19 ESTOMATITE VESICULAR Vesículas e bolhas repletas de fluido na mucosa Doenças: (seletividade por espécie ) Febre Aftosa (Picornavírus) – patas fendidas (bov./suíno) Estomatite vesicular (Rabdovírus) – cavalo/bov./suíno Doença vesicular dos suínos (Picornavírus) – suínos Exantema vesicular ( Calicivírus) - suínos Transmissão fácil / rápida pelo fluido das vesículas e saliva

20 MACROSCOPIA: vesículas... bolhas... úlceras MICROSCOPIA: - degeneração hidrópico-vacuolar do estrato espinhoso... lise celular... vesículas... bolhas... úlceras - Não há corpúsculo de inclusão.

21 ESTOMATITE POR HERPESVÍRUS - MACROSCOPIA / MICROSCOPIA = doenças vesiculares - Presença de corpúsculo de inclusão intranuclear - Homem / macacos – Herpes simplex e Herpes B

22 ESTOMATITE NECRÓTICA – NECROBACILOSE Fusobacterium necrophorum – bezerros, leitões e cães deficiência nutricional subjacente MACROSCOPIA: ulcerações acinzentadas (fétidas) na gengiva interdental cobertas por pseudomembrana acinzentada MICROSCOPIA: inflamação necrosante aguda (necrose de coagulação) envolta por tecido de granulação.

23 ESTOMATITE GRANULOMATOSA Actinobacilose (língua de pau) Actinobacillus lignieresii (G -) – bov./peq.rumin./cavalos Profunda, na cavidade oral, língua, linfonodos regionais MACROSCOPIA: superfície da língua intacta ou com pequena erosão. Granuloma branco-acinzentado ou branco-amarelado MICROSCOPIA: erosões superficiais, piogranulomas com o agente no centro e tecido de granulação.... substituição por tecido conjuntivo denso Sinal: dificuldade de movimentar a língua, ptialismo

24 Actinomicose Actinomyces bovis (G +) – bov. MACROSCOPIA: massa nodular branco- acinzentada na mandíbula MICROSCOPIA: piogranulomas com o agente no centro...; osteólise da mandíbula Sinal: progressivo crescimento de um dos lados da mandíbula

25 ESTOMATITE GRANULOMATOSA Granuloma Eosinofílico Oral Gatos e cães jovens ( Husky Siberiano), 3 anos de idade Língua, lábios, palato Causa desconhecida, provavelmente imunomediada MACROSCOPIA: úlcera com base irregular, firme ou placa granulomatosa esbranquiçada ou branco-amarelada; solitária MICROSCOPIA: múltiplos focos de inflamação granulomatosa, com necrose colagenosa, envolta por eosinófilos e mastócitos e externamente à estes, macrófagos, células epitelióides e células gigantes Tratamento com corticosteróide recidiva comum após 6 meses Alguns regridem

26 INFLAMAÇÕES (esôfago) ESOFAGITES - raras - causas: corpos estranhos, vômitos, substâncias químicas - infecção bacteriana secundária

27 PARASITAS ( cav oral ) Cysticercus cellulosae Cysticercus bovis Gasterophilus Oestrus ovis

28 PARASITAS (esôfago) - Sarcocystis tenella - carneiro - Spirocerca lupi – carnívoros - Sarcosporidium sp - formações granulomatosas


Carregar ppt "PATOLOGIA ESPECIAL SISTEMA DIGESTÓRIO Prof a Rosaura Leite Rodrigues DENTES – CAVIDADE ORAL - ESÔFAGO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google