A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estresse. Causas do Estresse O estresse pode manifestar-se por uma variedade de razões, incluindo acidente traumático, morte ou situação de emergência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estresse. Causas do Estresse O estresse pode manifestar-se por uma variedade de razões, incluindo acidente traumático, morte ou situação de emergência."— Transcrição da apresentação:

1 Estresse

2 Causas do Estresse

3 O estresse pode manifestar-se por uma variedade de razões, incluindo acidente traumático, morte ou situação de emergência. Estresse também pode ser efeito colateral de alguma doença grave.

4 Há também o estresse associado à vida cotidiana, ambiente de trabalho e responsabilidades familiares.

5 Sinais do Estresse

6 Estresse pode tomar diferentes formas de contribuir para sintomas de doenças. Os sintomas mais comuns incluem dor de cabeça, desordens do sono, dificuldade de concentração, temperamento explosivo, estômago perturbado, insatisfação no trabalho, moral baixo, depressão e ansiedade.

7 Como o estresse atua na microbiota bucal?

8 Mau Hálito O estresse está entre as principais causas do mau hálito. Segundo especialistas, nervosismo e ansiedade constantes reduzem a produção de saliva, favorecendo a formação da chamada saburra lingual – material que libera um odor bastante desagradável.

9 A pouca quantidade de saliva na boca, causada principalmente pelo estresse e pelo uso frequente de medicamentos, promove o acúmulo de placa bacteriana na língua, deixando-a amarelada ou esbranquiçada.

10 Saburra Lingual

11 Como tratar O paciente estressado tem de entender que está com mau hálito e que para tratá-lo necessitará de atendimento multidisciplinar. Deverá procurar um especialista em halitose e um médico para ajudá-lo neste duplo tratamento.

12 Outros Problemas bucais

13 As emoções muito fortes podem resultar em problemas bucais, entre eles o surgimento de aftas, gengivite, bruxismo, cárie, tártaro e o mau hálito.

14 Cada tipo de emoção faz com que ocorra a liberação de algumas substâncias, as quais provocam os problemas bucais. O estresse emocional causa reações capazes de perturbar a homeostase orgânica (propriedade auto-reguladora do organismo e que mantém o estado de equilíbrio do corpo)

15 Aftas São inflamações pequenas e brancas cercadas por uma área avermelhada. As aftas não são contagiosas, ocorrem dentro da boca, principalmente em mucosa. Podem sumir e reaparecer, serem pequenas ou grandes e aparecer agrupadas ou isoladas.

16

17 Gengivite É uma inflamação da gengiva, o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa sem cor, de bactérias que se forma de maneira constante, nos dentes e na gengiva. É uma inflamação da gengiva, o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa - uma película, grudento e sem cor, de bactérias que se forma de maneira constante, nos dentes e na gengiva.placa

18 Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas (venenos) que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite. Neste estágio inicial da doença da gengiva, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes e mandíbula/maxilar.

19

20

21 Bruxismo É um hábito de ranger os dentes, isto é, atritar uma arcada dentária contra outra promovendo um desgaste destrutivo dos dentes. Normalmente este hábito ocorre à noite onde inconscientemente não conseguimos ter controle das forças utilizadas nesta parafunção.

22 O bruxismo pode ser observado em todas as faixas etárias e com prevalência semelhante em ambos os sexos. Embora muito observado e estudado em adultos, também é freqüente em crianças durante as dentições decíduas (dente de leite), mista ou permanente.

23 O estado emocional do paciente está diretamente relacionado com a hiperatividade muscular. O estresse, uso de drogas, ansiedade, medo e expectativas incertas sobre o futuro podem desencadear esta atividade parafuncional. estresse

24

25 Cárie O estresse reduz os níveis de saliva, inclusive a própria composição. Fora isso, a pessoa estressada corre o risco de maior excitação dos músculos mandibulares e como consequência diminui o poder de nossas defesas.

26

27 Tártaro A placa bacteriana é a principal causa de cáries, gengivite e periodontite. Além disso, quando acumula por um longo período, a placa pode endurecer pela disposição de sais minerais da saliva, originando o cálculo dental, popularmente conhecido como tártaro, que contribui para a inflamação gengival.

28

29 “ Todas as pessoas desejam um belo sorriso e preferem ter dentes naturais a tê-los postiços. Com a mesma convicção diz-se que os dentes bonitos ou feios, resumem a personalidade de cada um, aquilo que distingue uma pessoa da outra” Autor desconhecido

30 Portanto sorria sempre, seja feliz, veja o sol se por, a nossa vida e a nossa saúde dependem de nosso humor e principalmente do nosso amor.

31 1º Módulo – 2º Semestre 2009  Allan  Erika  Letícia  Juliano  Roselaine  Flavio  Reginildo  Janaina  Nathalia  Jaqueline  Marina  Larissa  Cristiana


Carregar ppt "Estresse. Causas do Estresse O estresse pode manifestar-se por uma variedade de razões, incluindo acidente traumático, morte ou situação de emergência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google