A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Imprensa e escola: desafios superados e por superar Prof.ª Sonia Maria Losito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Imprensa e escola: desafios superados e por superar Prof.ª Sonia Maria Losito."— Transcrição da apresentação:

1 Imprensa e escola: desafios superados e por superar Prof.ª Sonia Maria Losito

2 Nossa conversa Educação e Sociedade Jornal na sala de aula Professor

3 Educação e Sociedade (Echeverría) Sociedade do 1º entorno Sociedade do 2º entorno Sociedade do 3º entorno ECHEVERRÍA, Javier. (1999): Los señores del aire: Telépolis y el tercer entorno. Barcelona, Destino

4 A escola que hoje praticamos surgiu na metade do século XIX ( segundo entorno) e, desde então, vem contribuindo como reprodutora do sistema político e cultural vigente e ainda não se adequou às atuais necessidades humanas e socio-políticas.

5 Desenvolvimento humano sob o ponto de vista sócio-político Para o PNUD/ONU 1990, o centro da pobreza não é a carência material mas a política. Fatores mais decisivos para debelação: - Educação: campo das políticas públicas - Organização política coletiva: campo civil A educação de nosso país mantém a pobreza política de forma generalizada.

6 Educação do século XXI Relatório Jacques Delors (UNESCO, 1996) (Saber saberes, saber fazer, saber ser, saber conviver)

7 Educação e conhecimento Formar homens para o mercado de trabalho é uma ilusão pois estes, não sendo éticos, colocam em risco a própria existência no planeta. Sabemos disso!

8 A desejada Educação para a Paz O meio interfere na formação da personalidade do ser humano. Por isso, é preciso trabalhar com os alunos: princípios, valores e normas de conduta identidade pessoal, cultural, planetária. respeito e tolerância à diversidade devem ser ensinados.

9 Educação para a Paz Levá-los a compreender o mundo, colocar-se no lugar do outro, perceberem-se como co- responsável na participação societária e planetária. Educação contribuindo para a liberação dos resquícios de egocentrismo que carregamos desde a infância, enraigados na psique humana e alimentado pelos sistemas institucionais. No que compete à escola, isso implica uma revisão na concepção de educação, no papel e capacitação do professor, na seleção curricular, etc

10 Jornal na sala de aula Instrumento pedagógico-educacional que permite trabalhar com ética e valores num ensino transversal, interdisciplinar e contextualizado.

11 O jornal O Correio Braziliense, primeiro jornal brasileiro, nascido em junho 1808, teve, desde seu início, a função de educar a população, alertar as pessoas para o direito a uma Constituição, à liberdade de imprensa e expressão, à modernidade, ao progresso. Hipólito, seu fundador e os demais fundadores dos jornais subseqüentes tiveram a intenção de provocar reações, gerar ações.

12 Permite um trabalho diferenciado voltado à Clarificação de valores Discussão de dilemas morais Compreensão crítica Resolução de conflitos Critérios de juízo moral Enfoques socio-afetivo-culturais ( ÉTICA E VALORES: MÈTODOS PARA UM ENSINO TRANSVERSAL - Josep Maria Puig - Casa do psicólogo)

13 Permite... Tomada de consciência de valores, crenças, opções de vida de cada pessoa ou de cada sociedade. Conhecer e construir sua escala de valores e respeitar a diversidade dos outros. Não doutrinar um determinado sistema de valores mas de facilitar o desenvolvimento de processos pessoais de valoração. Exercícios que exigem sair de si mesmo, argumentar, ouvir novas argumentações refletir para voltar a si mesmo, ampliado e enriquecido sob o aspecto da consciência moral e política.

14 Como deve ser a postura do professor diante das discussões morais? Provocadorde reflexões e de interlocuções Neutralidade / Firmeza e parcialidade diante de valores universalmente desejáveis Facilitador do diálogo

15 Como deve ser a postura do professor... Desejo interno de cada professor Capacitação do professor (uma formação que não nos foi dada) Perceber a necessidade de atuar na pobreza política (SER EXEMPLO: Empatia/ Acolhimento gratuito e avalorativo Respeito incondicional/ Autenticidade e coerência Maturidade emocional)

16 Segundo Freire É na escola que se aprende a conviver no espaço público e, um dos lugares onde se aprende a interpretar o mundo. É o lugar onde se aprende que, por ela ser de todos, não há lugar para interesses pessoais, A escola é o espaço público onde as regras e as leis regulam a convivência em detrimento do imperativo individual. Com a intervenção dos responsáveis, é um espaço onde se estabelece o diálogo, a interação, onde se constrói as relações pessoais e onde se pode treinar a convivência com pessoas diferentes, com opiniões diferentes e interesses diferentes (Freire, 1999)

17 É preciso que o trabalho escolar seja eficiente para rejeitar a cidadania tutelada, em parte também superar a cidadania assistida, para chegarmos à cidadania emancipada, que pede sujeitos capazes de fazerem história própria. Saber pensar é uma das estratégia mais decisivas. O ser humano precisa saber fazer e, principalmente, saber fazer-se oportunidade. DEMO, Política Social do Conhecimento, 2000.

18 Bibliografia indicada DELORS, Jacques. Educação: um tesouro a descobrir. São Paulo: Cortez Editora; Brasília : MEC: UNESCO, 2003 SILVA, Tomás Tadeu. Documentos de Identidade – uma introdução à teoria de currículos. Belo Horizonte: Autêntica, DEMO, Pedro. Política Social do Conhecimento – sobre futuros do combate à pobreza. Petrópolis: Editora Vozes, 2000 PUIG, Josep Maria. Ética e Valores: métodos para um ensino transversal. São Paulo: Casa do Psicólogo, ________________. A construção da personalidade Moral. São Paulo: Editora Ática, VINHA, Telma P. O educador e a moralidade infantil uma visão construtivista. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2000.


Carregar ppt "Imprensa e escola: desafios superados e por superar Prof.ª Sonia Maria Losito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google