A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mar/2004 Sistema de Informações de Crédito - SCR Introdução ao sistema Funcionalidades de Consulta das IFs.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mar/2004 Sistema de Informações de Crédito - SCR Introdução ao sistema Funcionalidades de Consulta das IFs."— Transcrição da apresentação:

1 Mar/2004 Sistema de Informações de Crédito - SCR Introdução ao sistema Funcionalidades de Consulta das IFs

2 Mar/2004 Agenda da Apresentação Parte 1 –Histórico do SCR –O que é o SCR? –Consultas às Informações do SCR –Cronograma do Projeto –Outras Informações Relevantes Parte 2 –Apresentação das funcionalidades: Consultar Informações de Cliente – (IFs) Solicitar Arquivo Consolidados dos Clientes no SFN Doc3081 – Consulta dos Dados de Clientes no SFN

3 Mar/2004 Histórico do SCR

4 Mar/2004 Breve histórico do sistema

5 Mar/2004 O que é o Sistema de Informações de Crédito - SCR?

6 Mar/2004 O SCR O SCR é o sistema que sucederá a atual Central de Risco com: –mais informações; –funcionalidades que melhoram a gestão do sistema nas instituições; –facilidade de acesso aos dados; –preocupação constante com qualidade da informação; –maior flexibilidade para futuras evoluções; –compatível com Basiléia II;

7 Mar/2004 Visão Geral do SCR Base de Dados Operacional Base de Dados do DataWarehouse DW Consulta Supervisão Consulta IFs Consulta At. Público Consulta Público Medidas Judiciais Correções de dados Validação Qualidade carga de dados Supervisão solicitação de geração infos.

8 Mar/2004 Famílias de Funcionalidades Carga de Dados UC80 Consulta Público UC15 Consulta Atendimento ao Público UC16 / UC22 DW UC06 / UC38 / UC57/ UC77 Correção de dados UC07/ UC13/ UC61/ UC62/ UC66/ UC12 Medidas Judiciais UC48 / UC34 Qualidade UC53 / UC14 / UC41/ UC44/ UC45/ UC52/ UC58/ UC59/ UC67/ UC68/ UC74 Consulta IF UC17 / UC11 / UC35 Supervisão UC20 / UC21/ UC72/ UC73 Validação UC01/ UC02/ UC03/ UC04/ UC05

9 Mar/2004 Documentos do sistema Documentos de envio mensal de dados –3030 – Dados agregados –3020 – Dados individualizados Documentos e arquivos de devedores relevantes (envio semestral) –3025 – Solicitações de devedores efetuada pelo Bacen –3026 – Dados enviados pelas IFs Documentos e arquivos de devolução de dados –3081 – Solicitação de geração de arquivos pelas IFs –3082 – Arquivo de dívida consolidada gerado pelo Bacen Instituição Financeira enviando DOCUMENTOS Banco Central enviando ARQUIVOS

10 Mar/2004 CRC x SCR Instituição Bacen Doc 3010 BD PDEV300 PDEV310 Doc 3030 Doc 3020 Doc 3026 Rotinas de Qualidade BD Controle BDOperacional Carga de dados Instituição Bacen Internet Doc3082 PSTAW10 Doc3082 Sistema SCR Sistema CRC (atual)

11 Mar/2004 Compartilhamento de info. A devolução de informações é compatível com a potencial utilização dos dados pelas instituições Concessão Gestão de risco Gestão de risco/ prospecção Estimativa de 15 milhões de consultas/mês –Concessão700 mil - 1 milhão –Gestão de risco15-20 milhões –Gestão de risco/cerca de 100 milhões prospecção Acesso via web Geração de Arquivo – Clientes em carteira Geração de Arquivo – Clientes solicitados Doc 3081 Capacidade limitada de atendimento

12 Mar/2004 Consultas IFs Acesso web info. de dívida consolidada dos clientes solicitados Geração de arquivo - clientes solicitados no arquivo AÑAAA...ÑA 100 mil Clientes 50 mil Autorizações mil - info. de dívida consolidada 3020 Geração de arquivo - clientes em carteira

13 Mar/2004 Autorização para consulta Lei Complementar 105 –Art. 1º - As instituições financeiras conservarão sigilo em suas operações ativas e passivas e serviços prestados. –Art. 1º - As instituições financeiras conservarão sigilo em suas operações ativas e passivas e serviços prestados. § 3o Não constitui violação do dever de sigilo: observadas as normas baixadas pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central do Brasil –I – a troca de informações entre instituições financeiras, para fins cadastrais, inclusive por intermédio de centrais de risco, observadas as normas baixadas pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central do Brasil; Resolução 2.724/00 – Art. 3. As instituições mencionadas no art. 1. poderão consultar as informações consolidadas por cliente constantes do sistema, desde que obtida autorização especifica do cliente para essa finalidade.

14 Mar/2004 Autorização para consulta Autorização para acesso aos dados do cliente é imprescindível –Em qualquer hipótese de forma de acesso ao SCR Caso 1 –Autorização deve ser conferida no momento da efetivação da consulta / envio do Documento 3081 Caso 2 –Considera as autorizações informadas no Doc3020 da última data- base Autorizações retiradas devem ser corrigidas pela web antes da solicitação do arquivo Acesso via web Geração de Arquivo – Clientes solicitados Doc 3081 Geração de Arquivo – Clientes em carteira

15 Mar/2004 Início das Funcionalidades do SCR

16 Mar/2004 Cronograma previsto Momento 0 – Medida Judicial 01/12/03 – –Cadastramento de Medidas Judiciais Momento 1 – Consultas 15/12/03 – –Consultar Informações de Cliente – (IFs) dados da própria IF – –Consultar Informações de Cliente – (Supervisão) Cooperativas e SCM 20/02/04 – –Data-Base: jan/04 Consulta SFN – produção controlada web 01/03/04 –Consultar Informações de Cliente – (IFs) dados do SFN Correção de Dados 18/03/04 –Correção de dados do Doc3020 Consulta SFN – devolução de arquivos A confirmar

17 Mar/2004 Cronograma: Transição Correção SFN – produçãoA confirmar –Consultar Informações Cliente – (CAP) Atendimento ao Público –Consultar Informações Cliente – (Cliente) Público em geral –Desativa-se a CRC - opção de consulta da PDEV300 Todas as Instituições deixam de usar o sistema CRC –SCR entra em PLENA produção Até a Data-Base 06/2004 –Instituições permanecem enviando o Doc3010 até a data-base junho de 2004 –Tão logo realizar-se a migração completa, desativa-se o sistema CRC Edição de Circular confirmando a data-base

18 Mar/2004 Informações Relevantes

19 Mar/2004 Informações relevantes –Informações mais recentes sobre o sistema –Normativos e comunicados em vigor –Validador sintático e críticas semânticas aplicáveis –Manual para download no site –Hint Help Nos campos a serem preenchidos Site do SCR Facilidades on line

20 Mar/2004 Cadastramento de medidas judiciais e Consultas –(11) / 7728 / 6436 / Transmissão e processamento dos arquivos –(61) / 3715 / 3716 / Atendimento ao público –Centrais de Atendimento ao Público (CAPs) – – no site Mesas de Atendimento Informações relevantes

21 Mar/2004 Informações relevantes Cadastramento de medidas judiciais –03 a 05/12/03 Consulta às informações via web –16 a 19/12/03; 23/01/04 – Turma Extra –07/04/04 a 14/04/04 – a confirmar Geração de arquivo com clientes no SFN –01 a 04/03/04 Correção de Dados e Qualidade –15 a17/03/04 – a confirmar Treinamento em conjunto: Febraban, ABBC e ABBI

22 Mar/2004 Importante Devo continuar enviando o Documento 3010? Sim. O sistema atual continuará recebendo informações por intermédio do Doc 3010 até que todas as fases de implantação do novo sistema (Doc 3020, 3026 e 3030) estejam concluídas e os dados enviados apresentem adequados graus de consistência e confiabilidade. O sistema atual continuará recebendo informações por intermédio do Doc 3010 até que todas as fases de implantação do novo sistema (Doc 3020, 3026 e 3030) estejam concluídas e os dados enviados apresentem adequados graus de consistência e confiabilidade.

23 Mar/2004 UC 35 – Gerar Arquivos

24 Mar/2004 Relembrando... Formas de acesso aos dados do SCR: Acesso via web Geração de Arquivo – Clientes solicitados Doc 3081 Geração de Arquivo – Clientes em carteira ClientesAÑA...ÑAAutorizações

25 Mar/2004 Formas de acesso aos dados Acesso Web –Consultar Informações de Cliente – (IFs) Consulta pontual – cliente a cliente Consulta on-line / real-time Exemplo: decisão sobre a concessão de uma operação de crédito Treinamento - 07/04/04 a 14/04/04 (a confirmar) (a confirmar)

26 Mar/2004 Geração de Arquivo – Clientes solicitados Doc 3081

27 Mar/2004 Geração de Arquivo Clientes Solicitados no Doc3081 Doc Consulta dos Dados dos Clientes no SCR –Formato XML eXtended Markup Language –Schema disponibilizado na página de leiautes, quando a funcionalidade for colocada em produção

28 Mar/2004 Geração de Arquivo Clientes Solicitados no Doc3081 Regras e limites para solicitação de 3082 por Doc3081 –Quantidade de cliente por arquivo: máximo de –Quantidade de arquivos por mês: máximo de 20 Em função da demanda, esses limites podem ser alterados –Regras CPF (11 dígitos) e CNPJ (8 dígitos): –CPFs incorretos não serão verificados Doc3081 esperado apenas depois do Doc3020 da respectiva data-base ser Processado –Se enviado, documento será rejeitado

29 Mar/2004 Geração de Arquivo Clientes em carteira

30 Mar/2004 Geração de arquivo clientes em carteira 3020 – Abr/03 Cliente 1A Cliente 22A Cliente 34ÑA Cliente 83A 3020 – Mai/03 Cliente 1A Cliente 22A Cliente 34A Cliente 83A 3020 – Jun/03 Cliente 14A Cliente 25ÑA Cliente 34ÑA Cliente 109A 1 – Estamos no mês de maio e solicito a geração de arquivos para a database Maio. Quais clientes constarão do Doc 3082? Cliente 1 Cliente 22 Cliente 34 Cliente 83 Cliente 14 Cliente 25 Cliente 34 Cliente – Chegou um novo arquivo e solicito a geração de informação para a data base Maio. Quais Clientes constarão do Doc 3082? a – Por que o cliente 1 não é informado? b – Por que o cliente 109 é informado? a – E se solicito a geração para a data base Abril? b – Porque nesse caso o cliente 34 é informado? Cliente 1 Cliente 22 Cliente 34 Cliente 83

31 Mar/2004 Regras e limites Regras e limites para solicitação de 3082 via web –Impossibilidade de acesso: Durante o período em que recebemos parte relevante dos arquivos, a geração de arquivos não poderá ser solicitada –Solicitações que estiverem na fila serão geradas se houver janela de processamento 9 dias –4 dias antes da data-limite de envio dos Doc3030 e Doc3020, –o próprio dia limite e 4 dias depois –Limite máximo de solicitações Podem ser solicitados no máximo 3 arquivos por mês para quaisquer datas bases Recomendamos às instituições baixar a base de dados mais antiga –mensalmente a base de dados é atualizada e a data base mais antiga é retirada Atenção: O envio de Doc3081 pode continuar nesse período

32 Mar/2004 Doc3082 Características do documento

33 Mar/2004 Arquivo 3082 Independentemente da forma de solicitação de arquivo, o leiaute de devolução será idêntico A geração do arquivo é sempre Batch –Solicitar Arquivo Consolidado dos Clientes no SFN Exemplo: gestão de risco das operações de crédito concedidas –Doc3081 – Consulta dos Dados de Clientes no SFN Exemplo: –Gestão de risco; consulta a clientes não informados no Doc3020 (RT < R$ 5mil); –Prospecção; consulta a clientes sem operações concedidas; ClientesAÑA...ÑAAutorizações

34 Mar/2004 Arq 3082 Arq3082 – Posição dos Clientes no SFN

35 Mar/2004 Arq 3082 Arq3082 – Posição dos Clientes no SFN –Clientes sem dívida no sistema – aparecem no arquivo de retorno sem dados –Cliente com CNPJ/CPF mal formatado – aparecem no arquivo de retorno sem dados –Cliente Exclusivo – não há distinção

36 Mar/2004 Arq 3082 Arq3082 – Posição dos Clientes no SFN

37 Mar/2004 Doc 3082 x Acesso web Acesso pela web –Dados do cliente na IF ou no SFN –Informação de 13 datas bases Início de Relacionamento Maior Responsabilidade Total Carteira Ativa / Carteira de Crédito / Responsabilidade Total / Risco Total –Distribuição vencimentos com 14 faixas Doc3082 –Dados do cliente no SFN, sempre –Informação de uma única data-base –Distribuição de vencimentos com 26 faixas

38 Mar/2004 Exemplo Doc 3082

39 Mar/2004 Envio do doc 3081 pode gerar mensagens de erro –Se houver erro: Relatório com mensagens de erro Regras aplicáveis são idênticas às da etapa 1 de qualquer arquivo –Se não houver erro: Arquivo 3082 Doc 3082 solicitado por arquivo

40 Mar/2004 Aspectos gerenciais da solicitação de arquivos

41 Mar/2004 Medida Judicial e Vício de Contrato Exclusão de cliente por medida judicial Exclusão de operação por medida judicial Exclusão de operação por vício de contrato –Dados excluídos não aparece nenhum dado – Cliente 1 » possui um empréstimo de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito em outras IFs – Cliente 2 » não possui nenhuma operações de crédito no SFN – Cliente 1 » possui um empréstimo de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito em outras IFs – Cliente 2 » não possui nenhuma operações de crédito no SFN – IF W » Consulta Cliente 1 verifica que ele possui um empréstimo de R$ no SFN – Cliente 1 » possui um empréstimo de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito em outras IFs – Cliente 2 » não possui nenhuma operações de crédito no SFN – IF W » Consulta Cliente 1 verifica que ele possui um empréstimo de R$ no SFN – IF XYZ » Recebe uma ordem judicial efetua exclusão do cliente por medida judicial do Cliente 1 – Cliente 1 » possui um empréstimo de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito em outras IFs – Cliente 2 » não possui nenhuma operações de crédito no SFN – IF W » Consulta Cliente 1 verifica que ele possui um empréstimo de R$ no SFN – IF XYZ » Recebe uma ordem judicial efetua exclusão do cliente por medida judicial do Cliente 1 – IF W » Consulta Cliente 1 nenhuma operação encontrada / nenhum dado apresentado » Consulta Cliente 2 nenhuma operação encontrada / nenhum dado apresentado

42 Mar/2004 Medida Judicial e Vício de Contrato Marcação sub judice por medida judicial –Dados exibidos normalmente –Adicionalmente os dados também são considerados em Operações Amparadas por Medida Judicial – Cliente 3 » possui um financiamento imobiliário de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito com outras IFs – IF W » Consulta Cliente 3 verifica que ele possui um financiamento imobiliário de R$ no SFN – IF XYZ » Recebe uma ordem judicial efetua marcação sub judice por medida judicial da operação de financiamento imobiliário do Cliente 3 – Cliente 3 » possui um financiamento imobiliário de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito com outras IFs – IF W » Consulta Cliente 3 verifica que ele possui um financiamento imobiliário de R$ no SFN – Cliente 3 » possui um financiamento imobiliário de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito com outras IFs – Cliente 3 » possui um financiamento imobiliário de R$ na IF XYZ » não possui operações de crédito com outras IFs – IF W » Consulta Cliente 3 verifica que ele possui um financiamento imobiliário de R$ no SFN – IF XYZ » Recebe uma ordem judicial efetua marcação sub judice por medida judicial da operação de financiamento imobiliário do Cliente 3 – IF W » Consulta Cliente 3 verifica que ele possui um financiamento imobiliário de R$ no SFN e adicionalmente verifica que ele possui 1 operação de R$ Amparada por Medida Judicial / Operações Sub Judice

43 Mar/2004 Processamento Regras de geração de arquivo –A geração de um Doc3082 solicitado via Doc3081 antecede ao solicitado via web Documentos 3081 prevalecem sobre solicitações via web –Ordem cronológica decrescente –A geração de arquivo compete com a carga de dados no banco de dados operacional dos documentos 3030/3020/3026 de qualquer IF Prioridade para a carga dos documentos

44 Mar/2004 Tempo de resposta O tempo de resposta na geração de arquivos depende da demanda por informação –Objetivo inicial a ser atingido na geração de informação é de cerca de 60 milhões de consultas/mês –Estimativa de cerca de 100 milhões de consultas quando o sistema estiver estável

45 Mar/2004 Uso de robô O uso de robô não será permitido pelo sistema As instituições devem trabalhar utilizando os arquivos como provedores de informação para integrar aos processos atuais –Na próxima fase de desenvolvimento do SCR, o Banco Central incluiu uma solução de devolução de informações utilizando tecnologia web service.

46 Mar/2004 Cadastramento de medidas judiciais Consultas web Geração de arquivos –(11) / 7728 / 6436 / Transmissão e processamento dos arquivos –(61) / 3715 / 3716 / Mesas de Atendimento Informações relevantes


Carregar ppt "Mar/2004 Sistema de Informações de Crédito - SCR Introdução ao sistema Funcionalidades de Consulta das IFs."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google