A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

G e o m e t r i a molecular Luiz Antônio Tomaz Turmas 101-102.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "G e o m e t r i a molecular Luiz Antônio Tomaz Turmas 101-102."— Transcrição da apresentação:

1

2 G e o m e t r i a molecular Luiz Antônio Tomaz Turmas

3 Uma molécula é caracterizada pela união de átomos que compartilham pares eletrônicos, mas isto não nos permite prever sua forma (estrutura).

4 (TRPECV) 1. A mais simples delas é conhecida como Teoria da Repulsão dos Pares Eletrônicos na Camada de Valência (TRPECV) e aplica-se a maioria das moléculas trabalhadas no Ensino Médio. 2. Esta teoria foi proposta pelos químicos americanos Gillespie, Sidgwick e Powell, entre 1940 e É mundialmente conhecida pela sua sigla em inglês VSEPR (Valence Shell Electron Pair Repulsion Theory). O que fazer para saber a estrutura* das moléculas? *Diremos, a partir de agora, geometria.

5 VSEPR – Teoria da Repulsão de Elétrons Resumindo a teoria... A estrutura das moléculas é determinada pelas repulsões entre todos os pares de elétrons presentes na camada de valência.

6 VSEPR – Teoria da Repulsão de Elétrons Resumindo a teoria... Um par isolado de elétrons ocupa mais espaço em torno de um átomo central que um par de elétrons ligante, já que o par isolado é atraído por apenas um núcleo e o par ligante é compartilhado por dois núcleos. Desta forma a presença de um par isolado provoca pequenas distorções nos ângulos de ligação da molécula.

7 VSEPR – Teoria da Repulsão de Elétrons Resumindo a teoria... Ligações duplas repelem-se mais intensamente que ligações simples, ligações triplas provocam maior repulsão que ligações duplas.

8 VSEPR – Teoria da Repulsão de Elétrons Pode-se dizer que se baseia fundamentalmente... Os pares eletrônicos da camada de valência estão afastados ao máximo uns dos outros. Devido ao fato de esses pares eletrônicos terem carga negativa e de existir uma natural repulsão entre eles.

9 VSEPR – Teoria da Repulsão de Elétrons Pode-se dizer que se baseia fundamentalmente... A geometria da molécula é dada pela posição dos núcleos dos átomos. Devido a repulsão dos pares eletrônicos, os núcleos dos átomos assumem posições no espaço e, assim, a molécula apresenta uma determinada geometria.

10 Determinando geometrias moleculares básicas... Atenção! Verificar a quantidade de átomos envolvidos no processo auxilia na indicação da posição de cada núcleo atômico. Veja exemplos a seguir.

11 Moléculas diatômicas Serão sempre lineares. Molécula linear de H 2 Molécula linear de HC

12 1ª etapa: construir a fórmula eletrônica da molécula. 2ª etapa: contar o número total de pares eletrônicos, compartilhados ou não, ao redor do átomo central. 3ª etapa: escolher uma figura geométrica que corresponde a máxima repulsão entre os pares eletrônicos. 4ª etapa: indicar, na figura escolhida, a posição de cada núcleo atômico que existe na molécula. Moléculas triatômicas, tetratômicas, etc

13 Serão lineares se não houver elétrons sem compartilhamento no átomo central. Moléculas triatômicas (1)

14 Modelo espacial... Molécula linear de CO 2 Moléculas triatômicas (1)

15 Moléculas triatômicas (2) Serão angulares se houver elétrons sem compartilhamento no átomo central. Elétrons não compartilhados

16 Modelo espacial... Moléculas triatômicas (2) Molécula angular de H 2 O

17 Moléculas tetratômicas (1) Serão trigonais planas se não houver elétrons sem compartilhamento no átomo central.

18 Modelo espacial... Moléculas tetratômicas (1) Molécula trigonal plana de BF 3

19 Moléculas tetratômicas (2) Elétrons não compartilhados Serão piramidais (base trigonal) se houver elétrons sem compartilhamento no átomo central.

20 Moléculas tetratômicas (2) Modelo espacial... Molécula piramidal (base trigonal) de NH 3

21 Moléculas pentatômicas Serão Tetraédricas. note que não há elétrons sem compartilhamento no átomo central.

22 Moléculas pentatômicas Modelo espacial... Molécula tetraédrica de CH 4

23 Moléculas hexatômicas e heptatômicas Seguindo a mesma linha de raciocínio, isto é, da repulsão máxima dos pares de elétrons, outros modelos mais complexos podem ser representados.

24 Moléculas hexatômicas e heptatômicas Modelos espaciais... Molécula octaédrica de PC 6 Molécula bipiramidal de PF 5

25 V e m a í... Polaridade das moléculas


Carregar ppt "G e o m e t r i a molecular Luiz Antônio Tomaz Turmas 101-102."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google