A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Constituição dos motores de combustão interna Instituto de Tecnologia-Departamento de Engenharia Área de Máquinas e Energia na Agricultura Carlos Alberto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Constituição dos motores de combustão interna Instituto de Tecnologia-Departamento de Engenharia Área de Máquinas e Energia na Agricultura Carlos Alberto."— Transcrição da apresentação:

1 Constituição dos motores de combustão interna Instituto de Tecnologia-Departamento de Engenharia Área de Máquinas e Energia na Agricultura Carlos Alberto Alves Varella IT154 – Motores e Tratores

2 Motor de combustão interna É um conjunto de mecanismos que transforma energia térmica em energia mecânica. Neste tipo de motor a combustão é realizada dentro do próprio motor.

3 HISTÓRICO Padre HAUTEFOILLE, 1652: 1ª ideia de construir um motor aproveitando a força expansiva dos gases. HUYGENS, 1680: propôs um motor a pólvora que funcionava com cilindro e pistão. DÊNIS PAPIM, 1687: desenvolveu e descreveu o princípio de funcionamento de uma máquina a vapor com pistão.

4 HISTÓRICO JAMES WATTS, 1767: construiu um motor a vapor com sistema de resfriamento dos cilindros. ROBERT STEET, 1794: obteve a patente de um motor de combustão interna de dois cilindros horizontais. PHILLIP LEBEN, 1801: patente de um motor de combustão interna com mistura de ar e gás inflamado.

5 HISTÓRICO CECIL, 1821: motor de combustão com mistura de ar e hidrogênio, primeiro motor a funcionar com sucesso. LENOIR, 1860: patenteou motor de combustão interna a gás. BEAU DE ROCHÁS, 1862: patenteou os princípios de funcionamento dos motores de 4 tempos de combustão interna, mas não conseguiu construir um motor.

6 HISTÓRICO MOTOR DO CICLO OTTO: ignição por centelha, quatro tempos, combustão interna. Nikolaus August Otto, 1876 MOTOR DO CICLO DIESEL: ignição por compressão, quatro tempos, combustão interna. Rudolf Diesel, 1893

7 Nikolaus August Otto, Ignição por centelha. Vela de ignição promove centelha elétrica para dar início a combustão. Vela de Ignição Motor do ciclo otto

8 Motor do ciclo diesel Rudolf Diesel, 1893 Ignição por compressão. Bico pulveriza combustível sobpressão para dar início a combustão. Bico injetor

9 Principais fabricantes de motores diesel MWM, PERKINS, MAXXFORCE, CATERPILLAR, JOHN DEERE, CUMMINS, SCANIA, YANMAR.

10 Principais partes do motor CABEÇOTE, BLOCO E CÁRTER

11 Cabeçote do motor o cabeçote é a parte superior do motor; são fabricados em ferro fundido ou alumínio.

12 Bloco do motor o bloco é a parte central do motor; normalmente construído de ferro fundido ou alumínio;

13 Cárter do motor o cárter é a parte inferior do motor; normalmente é o reservatório de óleo lubrificante.

14 Principais componentes do cabeçote Válvulas: as válvulas são usadas nos motores de quatro tempos. Controlam a entrada e saída de gases em cada cilindro do motor.

15 Principais componentes do cabeçote Eixo de cames; Eixo de comando de válvulas; possui um ressaltos ou cames para cada válvula. são fabricados em aço forjado ou ferro fundido.

16 Principais componentes do bloco Cilindro: o cilindro é um furo no próprio bloco aberto nas duas extremidades.

17 Principais componentes do bloco Árvore de manivelas ou virabrequim é normalmente fabricado em aço.

18 Localização do pistão Pistão do motor Pistão-Biela- Árvore de manivelas

19 Principais componentes do bloco Pistão: o pistão é fechado na parte superior e aberto na inferior. Apresenta ranhuras na parte superior para fixação dos anéis de segmento

20 Principais componentes do bloco Biela: em forma de haste é responsável por transmitir o movimento linear alternativo dos pistões para a árvore de manivelas.

21 Localização da biela Biela do motor Pistão-Biela- Árvore de manivelas

22 Volante do motor 1.Armazena energia proveniente da combustão. Essa energia é utilizada para manter o eixo do motor girando nas demais fases do ciclo onde não ocorre combustão nos cilindros.

23 Volante do motor 2.Partida inicial do motor através da cremalheira acoplada ao motor de partida (elétrico). O tamanho do volante é proporcional ao período sem expansão (combustão). Quanto menor o número de cilindros do motor maior deverá ser o volante.

24 Principais componentes do cárter reservatório de óleo lubrificante; bomba de óleo lubrificante está localizada no cárter; fechamento da parte inferior do motor.

25 Bomba de óleo lubrificante Circulação do óleo lubrificante entre cárter e partes móveis do motor. Bomba de lóbulosBomba de lóbulos Bomba de engrenagensBomba de engrenagens

26 Bomba de lóbulos: partes

27 Bomba de engrenagens: partes

28 Videos Montagem do motor Vídeos Montagem motor Otto 8 válvulas Montagem motor Otto de 16 válvulas


Carregar ppt "Constituição dos motores de combustão interna Instituto de Tecnologia-Departamento de Engenharia Área de Máquinas e Energia na Agricultura Carlos Alberto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google