A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM PRODUÇÃO MB-721 Análise de Decisão Semestre 2013-1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM PRODUÇÃO MB-721 Análise de Decisão Semestre 2013-1."— Transcrição da apresentação:

1 INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM PRODUÇÃO MB-721 Análise de Decisão Semestre

2 Aula 2 - parte 5 Aplicação do Mapa Cognitivo para construir uma Estrutura Hierarquica 05 abril 2013

3 EMENTA 1.Introduçaõ a Análise de Decisão. Métodos Probabilisticos 2.Análise de sensibilidade e perfil de risco. Métodos não probabilísticos. Introdução a métodos de apoio multicritério à decisão (AMD). Construção de uma Estrutura Hierárquica. 3. Método AHP e abordagens. Teoria de utilidade. Uso da função de utilidade para a tomada de decisões. 4. Apresentação do Trabalho Final.

4 Permite retratar idéias, sentimentos, valores e atitudes e seus inter- relacionamentos, de forma que torne possível o estudo de um problema e a sua posterior análise, utilizando para tal uma representação gráfica. Gomes et al., (2006) Mapas cognitivos

5 Etapas da construção do mapa cognitivo: 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais 2ª Etapa: Validação dos mapas cognitivos individuais 3ª Etapa: Agregação dos mapas cognitivos individuais 4ª Etapa: Construção do mapa cognitivo congregado

6 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais 1° Passo: Definição de um rótulo 2° Passo: Definição dos elementos primários de avaliação (EPAs) 3° Passo: Construção dos conceitos 4° Passo: Construção da hierarquia de conceitos

7 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais 1° Passo: Definição de um rótulo Exemplo: Uma empresa deseja expandir seu mercado vendendo produtos para o exterior e contrata um consultor para auxiliar nesta decisão, visto que trará sérias mudanças para a empresa. Os acionistas são os decisores. O rótulo para o problema poderia ser: Exportação de produtos.

8 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais 2° Passo: Definição dos elementos primários de avaliação (EPAs) Os EPAs são os conceitos que o decisor considera relevantes sobre o problema e os transmite ao facilitador no momento da entrevista em forma de frases.

9 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais Exemplos de EPAs: aumento do mercado atual; faz parte da visão da empresa expandir para o exterior; definição do(s) país(es) de mercado alvo dos produtos.

10 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais 3° Passo: Construção dos conceitos Cada EPA deve ser modificado com a inclusão de alguns verbos para o infinitivo sugerindo que o EPA seja orientado para uma ação. Conceitos: aumentar o mercado atual; cumprir o que a visão da empresa determina sobre expandir para o exterior; definir o(s) país(es) de mercado alvo dos produtos.

11 4° Passo: Construção da hierarquia de conceitos 1ª Etapa: Construção dos mapas cognitivos individuais

12 2ª Etapa: Validação dos mapas cognitivos individuais Mapa individual AMapa individual B Decisor A Facilitador

13 3° Etapa: Agregação dos mapas cognitivos individuais Fonte: Adaptado de Jardim (2003) Mapa individual AMapa individual B Mapa Agregado

14 4ª Etapa: Construção do mapa cognitivo congregado

15 Mapas cognitivos Podem ser aplicados para atender um indivíduo ou um grupo de indivíduos (decisores) e geralmente é construído por um analista (facilitador), que de forma mais neutra possível tenta interpretar e relacionar tais idéias.

16 Utilizado quando o facilitador está lidando com um grupo de decisores que representam os diversos grupos de interesse envolvidos no processo decisório. Mapa cognitivo agregado e congregado: Inicia-se com a confecção de diversos mapas individuais, de cada um dos membros do grupo, e depois, o facilitador agrega os mesmos gerando um único mapa agregado. Este mapa agregado deve ser validado e então é denominado mapa congregado. Mapeamento complexo Mapas cognitivos agregado (de grupo) e congregado

17

18 Etapas da análise do mapa cognitivo: 1º Etapa: Identificação dos clusters 2º Etapa: Identificação das linhas de argumentação. 3º Etapa: Identificação dos ramos

19 Mapas cognitivos (Ackermann et al.(1992): Por quê? Para procurar explorar as razões de determinada afirmação. Como? Para procurar explorar as formas que o cliente discerne como possíveis para viabilizar alguma ação. Como isto se liga a (...)? Para procurar identificar explicações e conseqüências de determinada afirmação. Em vez de (...)? Para explorar o conteúdo concreto daquilo que foi expresso pelo indivíduo.

20 Análise do Mapa Cognitivo 1º Etapa: Identificação dos clusters Agrupamentos formados como conseqüência das afinidades entre os conceitos do mapa. Fonte: Lima (2008)

21 Análise do Mapa Cognitivo 1ºEtapa: Identificação dos clusters Evidenciam informações estratégicas. Fonte: Lima (2008)

22 Análise do Mapa Cognitivo 2º Etapa: Identificação das linhas de argumentação Seqüência de conceitos que se conectam entre si por uma relação de influência e que formam uma linha de raciocínio de meios e fins com início em um conceito-cauda e término em um conceito cabeça.

23 Fonte: Lima (2008)

24 Análise do Mapa Cognitivo 3º Etapa: Identificação dos Ramos Constituídos por uma ou mais linhas de argumentação que demonstrem preocupações similares sobre o contexto decisório (ENSSLIN, et al., 2001).

25 Aplicação do Mapa Cognitivo para construir uma Estrutura Hierarquica Trabalho de Madeira na revista PODES.pdf

26 APLICAÇÃO DE MAPAS COGNITIVOS E AHP PARA SELEÇÃO DE AERONAVES POR UMA COMPANHIA AEREA REGULAR artigos de apoio\MB-217 Perote versão final rev 23Jun10.doc artigos de apoio\MB-217 Perote versão final rev 23Jun10.doc

27

28 APLICAÇÃO DE MAPAS COGNITIVOS E AHP PARA SELEÇÃO DE AERONAVES POR UMA COMPANHIA AEREA REGULAR Objetivo geral: Aplicação do método AHP (Analytical Hierarchy Process) à seleção de aeronaves por uma companhia aérea regular precedido pela estruturação do problema utilizando Mapas Cognitivos. Objetivos específicos: Uso de mapas cognitivos; Validação dos pontos de vista fundamentais (PVF) (equivalentes a critérios) conforme os axiomas apresentados por Bana e Costa (1992); proposição de uma estrutura hierárquica

29 APLICAÇÃO DE MAPAS COGNITIVOS E AHP PARA SELEÇÃO DE AERONAVES POR UMA COMPANHIA AEREA REGULAR

30

31 Multimetodologia: Exemplo 1 C12, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17 C218, 20, 21 C322, 23, 24, 25, 26 C419, 27, 28, 29 C530, 32, 33, 34 C631, 35, 36, 37, 38, 39

32 APLICAÇÃO DE MAPAS COGNITIVOS E AHP PARA SELEÇÃO DE AERONAVES POR UMA COMPANHIA AEREA REGULAR PVFDefiniçãoÉ isolável?É essencial?É controlável? 2 Ter um baixo custo direto de operação... Não ter Custos diretos de operação são aqueles diretamente relacionados à operação da aeronave, tais como combustível, manutenção, salários da tripulação e custos de aquisição (ou leasing) da aeronave. Sim, pois em linhas gerais trata dos custos diretos de operação médios por viagem e/ou por assento para uma rota média, o que não tem relação direta com nenhum outro PVF. Sim, pois a companhia aérea não pode incorporar um ativo ao seu patrimônio sem conhecer os custos de operá-lo. Sim, porque, para fins de avaliação, as premissas de cálculo devem ser fixas, o que elimina variações do ambiente inerentes a situações reais. 18 Ter performance adequada... Não ter Por performance adequada entende-se, neste caso, desempenho satisfatório de decolagem em aeroportos críticos (e.g. pista curta, alta temperatura, alta altitude) e alcance (distância máxima de vôo a partir de uma dada origem). Sim, porque este critério avalia se o desempenho da aero-nave impõe, por ques-tões de segurança ou limitações técnicas, alguma restrição ao cumprimento da missão (e.g. número de passageiros menor que o máximo da aeronave). Sim, pois se uma dada alternativa é mal avaliada neste critério, pode prejudicar severamente a estratégia da empresa aérea de atender a determinados mercados. Sim, pois o resultado da avaliação depende de premissas bem estabelecidas, tais como a malha a ser operada e as condições operacionais de despacho da aeronave. Validação dos PVFs ~ Critérios à luz dos axiomas

33 APLICAÇÃO DE MAPAS COGNITIVOS E AHP PARA SELEÇÃO DE AERONAVES POR UMA COMPANHIA AEREA REGULAR

34 , Tarefa 3 para 17 de maio


Carregar ppt "INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM PRODUÇÃO MB-721 Análise de Decisão Semestre 2013-1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google