A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANESTÉSICOS LOCAIS CRIS BMF-115 - USP. INTRODUÇÃO Os anestésicos locais são agentes que bloqueiam de forma reversível a condução nervosa, quando aplicados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANESTÉSICOS LOCAIS CRIS BMF-115 - USP. INTRODUÇÃO Os anestésicos locais são agentes que bloqueiam de forma reversível a condução nervosa, quando aplicados."— Transcrição da apresentação:

1 ANESTÉSICOS LOCAIS CRIS BMF USP

2 INTRODUÇÃO Os anestésicos locais são agentes que bloqueiam de forma reversível a condução nervosa, quando aplicados a uma região circunscrita do corpo.

3 Embora inúmeras substâncias de estrutura química diversa sejam capazes de produzir anestesia local, a maioria das drogas utilizadas em clínica (identificadas com o prefixo caína) compartilham a configuração fundamental com a cocaína. INTRODUÇÃO

4 Nativos das montanhas peruanas: uso de folhas de coca para evitar a fome, fadiga e elevar o espírito. Isolamento da cocaína da Erythroxylon coca: Niemann (1859) Estudo da sua farmacologia: von Anrep (1880) Alívio da dor em procedimentos oftamológicos: Carl Koller (1884) Estudo de anestésicos locais que não induzam dependência: Einhorn (1892) – 12 anos depois surgiu a Procaína.

5

6 RELAÇÃO ESTRUTURA ATIVIDADE GRUPO AROMÁTICO – PROPRIEDADES LIPOFÍLICAS. CADEIA INTERMEDIÁRIA – SEPARAÇÃO ESPACIAL ENTRE AS DUAS EXTREMIDADES E DEFINE A CLASSIFICAÇÃO: ÉSTERES E AMIDAS. EXTREMIDADE AMINOTERMINAL SECUNDÁRIA OU TERCIÁRIA – HIDROSSOLUBILIDADE.

7

8 Anestésicos Locais - bases fracas - pKa = 7,5 - 9,5

9

10 ESTRUTURA DA SUBUNIDADE DO CANAL DE Na + 4 domínios homólogos estão indicados em algarismos romanos, Com os seis segmentos helicoidais (S1-S6), de cada domínio que atravessa a membrana. fechado aberto canal

11

12 Via hidrofóbica Via hidrofílica Ligação externa

13

14

15 ANESTESIA INFILTRATIVA

16 ANESTESIA POR BLOQUEIO NERVOSO

17 Peridural e raquianestesia Peridural e raquianestesia São indicadas para operações nas pernas, abdômen inferior (apendicite, útero, ovário, bexiga) e cesarianas. Nos dois procedimentos, o paciente pode receber a aplicação deitado, de lado ou sentado. Área de atuação - O anestésico deprime as funções da cintura para baixo da pessoa. Peridural O anestésico é injetado no espaço peridural (camada de gordura anterior à duramáter- membrana que envolve a medula vertebral). Raquianestesia A agulha ultrapassa a duramáter, mas não atinge a medula. O anestésico é injetado em uma região abaixo da medula, onde só há filamentos nervosos.


Carregar ppt "ANESTÉSICOS LOCAIS CRIS BMF-115 - USP. INTRODUÇÃO Os anestésicos locais são agentes que bloqueiam de forma reversível a condução nervosa, quando aplicados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google