A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Seminário Mercosul Aprendizado, Capacitação e Cooperação em Arranjos produtivos Locais de MPEs: implicações para políticas Indicadores de aprendizado e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Seminário Mercosul Aprendizado, Capacitação e Cooperação em Arranjos produtivos Locais de MPEs: implicações para políticas Indicadores de aprendizado e."— Transcrição da apresentação:

1 Seminário Mercosul Aprendizado, Capacitação e Cooperação em Arranjos produtivos Locais de MPEs: implicações para políticas Indicadores de aprendizado e capacitação produtiva e inovativa em APLs Marco Antonio Vargas Depto.Economia UFRRJ e Redesist Rio de Janeiro, 20 e 21 de maio de 2004

2 Esforço de pesquisa da RedeSist Objetivo: Compreender as especificidades que marcam o processo de construção de capacitações localizadas no âmbito de aglomerações produtivas nos países em desenvolvimento. Questão central: Identificação e análise dos principais fatores que permitem o aprofundamento dos processos coletivos de aprendizado condicionados pelas especificidades locais e setoriais, e das estratégias inovativas em escala local (Cassiolato, Lastres e Maciel, 2003).

3 Elementos da agenda de pesquisa Delimitação do referencial analítico Dimensões relevantes para compreensão do aprendizado interativo e localizado Interação entre essas dimensões Construção de indicadores Indicadores para avaliar aprendizado local Indicadores para avaliar relação entre aprendizado local e desempenho competitivo/inovativo Dimensão normativa: Estímulos a capacitação produtiva e inovativa (associados a contextos e trajetórias)

4 Objetivos do trabalho: Esboçar um referencial analítico que possibilite a caracterização dos principais aspectos que condicionam os processos de aprendizado interativo e estratégias inovativas no âmbito de arranjos produtivos locais. Avançar na proposição de indicadores de aprendizado e desempenho

5 Referencial analítico Abarca três dimensões complementares e interdependentes relacionados a: Estrutura produtiva, Estrutura institucional; Estrutura de conhecimento, em aglomerações; Explora o alcance e funcionalidade de diversas configurações possíveis de APLs, tendo em vista o impacto dessas configurações sobre processos de aprendizado e estratégias inovativas em âmbito local.

6 I - Estrutura produtiva: Visa identificar a escala e escopo das atividades produtivas desenvolvidas no arranjo, tendo em vista a existência de complementaridades nas relações entre empresas e suas formas de inserção em diferentes mercados

7 I - Estrutura produtiva:

8 II - Estrutura Institucional: Visa identificar as formas de governança predominantes e desenhos institucionais que fornecem: base para organização do sistema de produção tecido social para conformação das práticas de cooperação e interação envolvendo diferentes conjuntos de atores locais.

9 II - Estrutura Institucional:

10 III - Estrutura de Conhecimento Visa identificar: A qualidade da infra-estrutura educacional e tecnológica existente em âmbito local, tendo em vista a existência de organizações tais como centros de pesquisa, escolas técnicas, universidades, entre outras organizações de apoio que operam na geração e difusão de conhecimentos em âmbito local. A origem dos fluxos predominantes de conhecimento utilizados no processo de capacitação produtiva e inovativa de empresas.

11 III - Estrutura de Conhecimento

12 Diferenciações implícitas Distinção entre sistemas de produção e sistemas de conhecimento; Interação entre instâncias locais e globais de coordenação/governança Equilíbrio entre fontes locais e externas de informação e conhecimento

13 Elementos analíticos: escalas de variação

14 Algumas ressalvas importantes Cada um dos aspectos considerados permite a identificação de diversas situações intermediárias refletindo, portanto, a complexidade e heterogeneidade inerente aos diferentes formatos de aglomerações produtivas analisadas nos estudos de caso da RedeSist. Não se propõe uma relação causal direta e única entre os diferentes aspectos listados em cada uma das colunas da tabela. Ou seja, não se espera uma relação biunívoca entre determinados aspectos que caracterizam a estrutura produtiva de um arranjo e suas formas de coordenação e desenhos institucionais.

15 Complexo coureiro-calçadista (nicho de calçados de baixo custo): impactos sobre aprendizado local e estratégias inovativas

16


Carregar ppt "Seminário Mercosul Aprendizado, Capacitação e Cooperação em Arranjos produtivos Locais de MPEs: implicações para políticas Indicadores de aprendizado e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google