A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Renato Ramos Campos GOVERNANÇA, APRENDIZAGEM E INVOÇÃO LOCALIZADAS : ASPECTOS DA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA REDESIST.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Renato Ramos Campos GOVERNANÇA, APRENDIZAGEM E INVOÇÃO LOCALIZADAS : ASPECTOS DA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA REDESIST."— Transcrição da apresentação:

1 Renato Ramos Campos GOVERNANÇA, APRENDIZAGEM E INVOÇÃO LOCALIZADAS : ASPECTOS DA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA REDESIST

2 Considerando este contexto de mudanças: a) Esgotaram-se as possibilidades de políticas industriais típicas do modelo de industrialização por substituição de importações b)A noção de sistema de inovação fornece um importante instrumento de política para o crescimento sustentável na medida em que destaca: A criação de competências, superando a noção de políticas voltadas para falhas de mercado A articulação de políticas: macroeconômicas, comércio exterior, tecnológica, educacional, industrial O ambiente no qual ocorrem os processos, destacando as instituições e a dimensão espacial, sugerindo a importância do local e de políticas descentralizadas

3 A noção de sistemas de inovação fundamenta-se nos seguintes aspectos: Inovação como um processo sistêmico e aberto Conhecimento e informação Conhecimento codificado e conhecimento tácito Natureza social e interativa dos processos de aprendizagem Instituições ( rotinas, normas, organizações) Proximidade (geográfica e institucional) Território como um espaço cognitivo

4 Os elementos de um Sistema Nacional de Inovação: a)Sistema de Ciência e Tecnologia b) Sistema produtivo: a organização das firmas, as relações inter-firmas e as relações com o Sistema de C&T c)As relações entre o sistema financeiro e o processo de inovação d)O sistema educacional e de treinamento e)O papel do setor público (políticas públicas) f)O ambiente nacional (história, linguagem, cultura)

5 Outras delimitações de um sistema de inovação: a)Regiões específicas b)Tecnologias específicas c)Setores produtivos específicos Os sistemas produtivos e inovativos locais como um instrumento de política industrial, tecnológica e regional

6 Procura-se analisar como as diversas características organizacionais e instituicionais em sistemas produtivos localizados afetam as possibilidades de aprendizagem e de capacitação para a inovação, através da observação dos seguintes elementos: a)As características da estrutura produtiva no local b)A características da geração e difusão do conhecimento no local A referência analítica toma por base a literatura sobre sistemas de inovação e o enfoque de sistemas produtivos e inovativos locais desenvolvido pela RedeSist

7 O contexto institucional do sistema de produção: Considera a organização territorial da produção e os modos de governança no local : a) As características da divisão do trabalho na cadeia produtiva no local; b) Os modos de governança predominantes no local e suas formas complementares

8 O contexto institucional do sistema de produção Divisão do trabalho Baixa/ Poucas complementaridades Alta/ Muitas complementaridades Principalmente MPMes Grandes firmas e presença de MPMes Principalmente MPMes Grandes firmas e presença de MPMes Formas predominantes de governança Predominância de redes (Tipo 1) Predominância de hierarquia (Tipo 2) Predominância de redes (Tipo 3) Predominância de hierarquia (Tipo 4) Formas cmplementares de governança Cordenação Pública/privada (associações industriais ) Cordenação Pública/privada (associações industriais) Redes de subcontratação MPMes Redes de subcontratação Grandes empresas. Redes de subcontratação MPMes

9 Geração e difusão do conhecimento no local : As características da infra-estrutura educacional e tecnológica Os mecanismos de aprendizagem nas empresas. 1)Infra-estrutura educacional e tecnológica a) Não estruturada b) Estruturada. 2) Fontes do conhecimento e mecanismos de aprendizagem a)Papel passivo na geração de novos conhecimentos, as fontes de informação são principalmente externas às firmas, e os esforços dirigem- se principalmente para mudanças incrementais em produtos e processos b) Papel ativo na geração de novos conhecimentos, as fontes de conhecimentos são externas e também internas às firmas, e existem formas mais complexas de aprendizagem nas firmas

10 Características do sistema de conhecimento no local Estrutura educacional e tecnológica (infra estrutura para o conhecimento) Não-estruturadoEstruturado Mecanismos de aprendizagem Intra-firmas Restrito e passivoAberto e ativoRestrito e passivoAberto e ativo Tipo 1 Infra-estrutura de conhecimento inexistente/reduzida e fracos mecanismos de aprendizagem intra-firma Tipo 2 Infra-estrutura de conhecimento inexistente/reduzida e presença de mecanismos mais complexos de aprendizagem intra- firma Tipo 3 Existencia de Infra- estrutura de conhecimento e fracos mecanismos de aprendizagem intra-firma Tipo 4 Existência de Infra- estrutura de conhecimento e presença de mecanismos mais complexos de aprendizagem intra- firma

11 Alguns casos da experiência brasileira: a) Rio Grande do Sul Arranjo fumageiro no Vale do Rio Pardo, Arranjo vinícola na Serra Gaúcha Arranjo coureiro-calçadista no Vale dos Sinos b) Santa Catarina: Arranjo têxtil-confecções no Vale do Itajaí Arranjo de software no município de Joinville.

12 Características institucionais e organizacionais dos sistemas de produção e de conhecimento

13 Reflexos sobre as capacitações produtivas e inovativas

14 Uma política de estímulo à arranjos/sistemas produtivos locais deve considerar: c) A replicação de modelos de sucesso é impossível. a) Há uma grande variedade de padrões nas configurações e no modo de funcionamento dos sistemas produtivos e inovativos localizados b) Essa variedade está relacionada não apenas às características do setor produtivo, mas principalmente aos contextos institucionais que são específicos da organização da produção e do conhecimento em determinados espaços locais. c) A política pode dirigir-se à uma ou mais dimensões específicas: estratégias de aprendizagem das firmas, estímulos às interações inter-firmas, infra-estrutura de conhecimento, modos de governança, adensamento da cadeia. d) As relações com o ambiente externo ao arranjo (cadeias globais, mercado nacional, etc...)


Carregar ppt "Renato Ramos Campos GOVERNANÇA, APRENDIZAGEM E INVOÇÃO LOCALIZADAS : ASPECTOS DA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA REDESIST."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google