A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo da pág. 31 a 38. FARAONI,Alexandre.Sociologia no ensino médio:volume único – 1º ed. – São Paulo: Edições SM,2010. – Coleção Ser protagonista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo da pág. 31 a 38. FARAONI,Alexandre.Sociologia no ensino médio:volume único – 1º ed. – São Paulo: Edições SM,2010. – Coleção Ser protagonista."— Transcrição da apresentação:

1 Estudo da pág. 31 a 38. FARAONI,Alexandre.Sociologia no ensino médio:volume único – 1º ed. – São Paulo: Edições SM,2010. – Coleção Ser protagonista

2 A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE * Podemos dizer que ponto de partida para a formação da identidade é quando o individuo através da interação social, procura entender melhor o outro, o que significa que cada um produz para si uma imagem do outro.

3 Identidade pessoal < é, o que cada um pensa a respeito de si mesmo. Identidade social < é, portanto, a imagem que os demais membros da sociedade fazem do individuo, criando um conjunto de símbolos e valores positivos e negativos, associados a preconceitos e estereótipos, que determinam como vão interagir com ele.

4 Papéis sociais < O que o individuo assume ao longo de sua existência social. Por papel social então deve-se entender a função que se espera que seja cumprida na sociedade em determinado momento e que é realizada com base nas perspectivas do individuo. Os papéis sociais podem criar uma sensação de linearidade na vida, o que gera certa segurança por causa da previsibilidade do que vai acontecer.(p.31 e 32).

5 Pode-se entender por pressões sociais < A cobrança pelo sucesso em cada um desses papéis assumidos na sociedade, no qual às vezes não consegue responder adequadamente e fracassa, de acordo com os padrões atuais.(p.32) Então, o individuo é autônomo e constrói sua identidade, mas esta também é influenciada pela sociedade ao redor, na qual as instituições exercem forte influência controladora e ao mesmo tempo protetora.(p.33).

6 No processo de desenvolvimento do individuo, passando da infância à adolescência, ele é cercado por duas importantes instituições: a família e a escola. Ambas funcionam como mecanismos essenciais do processo de aprendizagem individual, são agentes de socialização. (p.33)

7

8 Designa-se como socialização primária < O processo de socialização exercido no âmbito do grupo familiar, pois este é o primeiro grupo com que o individuo tem contato. Também nesse aspecto, a família introduz o individuo na sociedade, determinando sua posição e como ele deve portar-se perante as outras pessoas e as instituições que o cercam. (p.34)

9 A escola fortalece muito dos valores passado família, mas também introduz novas regras e valores que vão dar continuidade ao processo de socialização, por isso chamada de socialização secundária.

10 Influência na constituição de papéis sociais. A sociedade recorre basicamente a dois instrumentos para condicionar o individuo às suas estruturas: a reciprocidade e as sanções. Reciprocidade < Designa toda e qualquer forma de atitude à qual as pessoas tendem a responder. Sanções < Quando a cordialidade é posta de lado, partindo para o aspecto de punição. Se o individuo não se adequar às normas, é punido.

11 As sanções lidam com que o individuo mais valoriza na sociedade atual: sua liberdade.(p.37) Naturalização das instituições sociais < Idéia de que a ordem das coisas que se organizam na sociedade é algo natural, que vai permanecer porque sempre foi assim, tão inevitável quanto o ciclo das estações.

12


Carregar ppt "Estudo da pág. 31 a 38. FARAONI,Alexandre.Sociologia no ensino médio:volume único – 1º ed. – São Paulo: Edições SM,2010. – Coleção Ser protagonista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google