A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR AVALIAÇÃO EDUCATIVA E PRODUÇÃO DE SENTIDOS José Dias Sobrinho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR AVALIAÇÃO EDUCATIVA E PRODUÇÃO DE SENTIDOS José Dias Sobrinho."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR AVALIAÇÃO EDUCATIVA E PRODUÇÃO DE SENTIDOS José Dias Sobrinho

2 EDUCAÇÃO SUPERIOR: OBJETIVOS §FORMAR PARA VIDA EM SOCIEDADE ( CIDADANIA, DEMOCRACIA, IDENTIDADE NACIONAL, AUTONOMIA, RESPONSABILIDADE SOCIAL, SOLIDARIEDADE) §PRODUZIR/TRANSMITIR CONHECIMENTOS ( RIGOR, PERTINÊNCIA) §PREPARAR PROFISSIONAIS ( MERCADO) §EQÜIDADE ( JUSTIÇA SOCIAL)

3 AVALIAR É PRODUZIR SENTIDOS §FUNDAÇÃO DE VALORES (PRÁTICA SOCIAL; INTERSUBJETIVIDADE) FUNDA COMPREENSÃO DE CADA IES E DO SISTEMA (VISÃO COMPARATIVA E DE CONJUNTO) FUNDA REFLEXÃO INDIVIDUAL E COLETIVA SOBRE PRÁTICAS E ESTRUTURAS SOCIAIS E EDUCATIVAS PARA TRANSFORMAR PRÁTICAS: INDIVÍDUOS, IES, SISTEMA E REFORÇAR CAPACIDADE DE AÇÃO ( empowerment evaluation)

4 FOCO DA AVALIAÇÃO l PÔR EM QUESTÃO AS FUNÇÕES DE: FORMAÇÃO CIDADÃ - PROFISSIONAL (ÉTICO-POLÍTICA E TÉCNICA) DESENVOLVIMENTO DA CIÊNCIA E SOCIEDADE * FORTALECIMENTO DA DEMOCRACIA, ECONOMIA, ELEVAÇÃO ÉTICA, CULTURAL, CIENTÍFICA

5 DIMENSÕES: COGNITIVA + SOCIOPROFISSIONAL §COGNITIVA: DIMENSÕES INTERNAS DA IES. ESTUDANTE: SUJEITO DA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO E DA APRENDIZAGEM (?), FORMAÇÃO INTEGRAL (TÉCNICA E ÉTICA) (?) PERTINÊNCIA CURRÍCULAR (?), AVALIAÇÃO FORMATIVA OU SOMATIVA (?) §SOCIOPROFISSIONAL: CONTEXTO SOCIAL- PROFISSIONAL (EMPREGABILIDADE, EFICIÊNCIA, CUSTOS, IMPACTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS, SUCESSO PROFISSIONAL, RELAÇÃO COM MERCADO...)

6 AVALIAÇÃO: PROCESSO DE COMUNICAÇÃO ENTRE SUJEITOS * AVALIADOR INSERIDO EM PROCESSO DE COMUNICAÇÃO, NÃO JUIZ INDEPENDENTE E EXTERIOR QUE DECIDIRIA OBJETIVAMENTE SOBRE VALOR DE PROCESSOS, PRODUTOS E ESTRUTURAS EDUCATIVOS *AVALIAÇÃO FORMATIVA COM VALIDADE SISTÊMICA: MEIO PARA TRANSFORMAR (INDIVÍDUOS, IES, SOC.) APRENDIZAGEM/ENSINO/PESQUISA/GES TÃO/SOCIEDADE…

7 AVALIAÇÃO E AÇÃO §PROCESSO DE COMPREENSÃO DA GLOBALIDADE E DA PLURALIDADE: FAZ EVOLUIR IMPLICAÇÕES E REPRESENTAÇÕES- INSTRUMENTO DE INTELIGIBILIDADE DO REAL; INFORMAÇÃO; JUÍZOS DE VALOR PARA AÇÃO §INTERVENÇÃO DIRETA NOS PROCESSOS DE DECISÕES - NÍVEIS GLOBAL E PROXIMAL- ELEMENTO CONSTITUTIVO DOS PROJETOS E POLÍTICAS

8 AVALIAÇÃO DINÂMICA §PROCESSO DINÂMICO METACOGNITIVO E METAORGANIZACIONAL l DADOS DEVEM FAZER PARTE DE UM PROCESSO GLOBAL DINÂMICO, PROSPECTIVO l PÔR EM QUESTÃO PROCESSOS, CONTEXTOS E PRODUTOS (PRODUZIR SENTIDOS SOBRE E EM VISTA DE MUDANÇAS)

9 PLURIRREFERENCIAL §REFERENTES COMPLEXOS, HETEROGÊNEOS, INTERRELACIONADOS §PLURALIDADE DE SENTIDOS E VALORES: IMPLICAÇÕES, CONTRADIÇÕES, SENTIDOS ABERTOS §CO-ESSENCIALIDADE, INTERDEPENDÊNCIA E RECIPROCIDADE: AVALIADOS-AVALIADORES, AUTOAVALIAÇÃO-HETEROAVALIAÇÃO, QUANTITATIVO-QUALITATIVO, CONTROLE-AVALIAÇÃO FORMATIVA

10 SISTEMA §CONJUNTO DE IDÉIAS E PRÁTICAS INTERDEPENDENTES E CORRELACIONADAS l educação superior como bem público l avaliação como prática participativa e empreendimento ético fortalecendo a responsabilidade social l instrumentos e procedimentos articulados e coerentes com fundamentos filosóficos, epistemológicos e políticos

11 LEGISLAÇÃO §LDB/96, art. 9º, inciso viii: compete à União assegurar processo nacional de avaliação das instituições de educação superior, com a cooperação dos sistemas que tiverem responsabilidade sobre este nível de ensino. §Duas das 23 metas do PNE (Lei /01) para ES: institucionalizar amplo e diversificado sistema de avaliação interna e externa que englobe setores público e privado e promova melhoria da qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão. Recredenciamento das IES e reconhecimento periódicos dos cursos superiores: apoiados no sistema nacional de avaliação.

12 SINAES: ARTICULAÇÃO l Concepção e objetivos (educação e avaliação) l Instrumentos/momentos/procedimentos l Avaliação interna e externa l Auto-regulação e regulação externa l Dimensões, funções e níveis. (ensino/pesquisa/extensão/gestão...) l Comunidade da ES e do Estado l Universidade e sociedade

13 Processos e instrumentos do SINAES -I §Avaliação institucional: processo e referência central; base para regulação l Produz sentidos sobre processos e produtos, resultados e causalidades, problemas e potencialidades... l Põe em questão funções públicas e responsabilidade social da IES l Promove envolvimento e responsabilidade da comunidade - Comunicação e cultura de avaliação.

14 Processos e instrumentos do SINAES -II §Censo e Cadastro: informações institucionais §ACG: Avaliação externa (comissões designadas pelo INEP) dos Cursos de Graduação l visitas, análises documentais, diálogo com IES, relatórios para CONAES e instâncias de regulação/divulgação pública

15 Processos/instrumentos do SINAES - III §ENADE - Exame Nac. de Desempenho do Estudante l Avaliação dinâmica: trajetória do estudante no curso (desempenho inicial-final) l Análise multidimensional de mudança: potencial de aprendizagem, modificabilidade, ganho/evolução l Capacidade p/ usar conhecimento, mais que quanto l Prova única com 3 graus de dificuldade. Parte i: conhecimento tácito, comum a todos Parte ii: 30 questões específicas (domínio da área) l Possibilidade de correção e ajustes durante curso

16 OBRIGADO JOSÉ DIAS SOBRINHO


Carregar ppt "AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR AVALIAÇÃO EDUCATIVA E PRODUÇÃO DE SENTIDOS José Dias Sobrinho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google