A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A miséria e pobreza eram marcas presentes neste período. Extrema injustiça social. Só a burguesia, trabalhadores urbanos e camponeses ( 3° estado ;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A miséria e pobreza eram marcas presentes neste período. Extrema injustiça social. Só a burguesia, trabalhadores urbanos e camponeses ( 3° estado ;"— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A miséria e pobreza eram marcas presentes neste período. Extrema injustiça social. Só a burguesia, trabalhadores urbanos e camponeses ( 3° estado ; os comuns ) pagavam impostos para manter o luxo do clero e da nobreza. O rei governava com poderes absolutos. ( País absolutista ) Os trabalhadores não tinham direito de votar. Os oposicionistas eram presos na bastilha ou condenados a guilhotina.

4

5 Charge do 3° estado.

6 A França estava em crise, e gastava com o luxo da corte e pensão da nobreza. Viviam uma crise agrícola ( péssimas colheitas, o que gerou a falta de produtos aumentando o preço dos mesmos) começaram então manifestações populares. Percebendo tais problemas Luís XVI convoca a Assembleia nacional dos Estados-gerais. Os deputados burgueses formam outra assembleia, a assembleia nacional constituinte. Começaram revoltas populares nas ruas de Paris. Invasão à Bastilha.

7 14/07/1789 – Tomada da Bastilha – Grande Medo

8 O Lema dos revolucionários era Liberdade, igualdade e fraternidade, pois resumia as necessidades do 3° estado francês.

9 A Revolução Francesa teve várias fases, uma delas foi a Monarquia Constitucional ou Assembleia Nacional ( 1789 – 1792). O rei Luís XVI teve que aceitar uma constituição, passando de uma monarquia absolutista para uma monarquia constitucional, limitando o poder do monarca. O clero e a nobreza passaram a pagar impostos. A igreja foi afrontada pelos anticlericanos, perdendo espaço na França, poder e bens. O Estado francês impôs ao clero a constituição civil, que tornava o clero submisso impondo ordens ao clero.

10 A revolução francesa tem ligações com o iluminismo ; criaram a declaração dos direitos do homem e do cidadão ( ). Voto censitário. O monarca (rei) ficou submisso a uma constituição e tentou articular uma tentativa para retomar o seus poderes.

11 A burguesia mais moderada não foi favorável a morte do monarca. A França adota a república gerando outra fase da revolução francesa. A burguesia passa a comandar a república. Existiam dois tipos de burguesia: - os Girondinos, eram a alta burguesia, mais moderados e visando apenas os seus próprios interesses. - e os Jacobinos, pequenos e média burguesia, mais radicais e em sua maioria comerciantes, visavam os seus interesses e queriam medidas favoráveis para a população. Ganharam a força da população e chegaram ao poder.

12 Disputas entre girondinos e jacobinos; Rei é Luís XVI é guilhotinado; Primeira coligação – Áustria, Prússia, Países Baixos e Inglaterra – contra ofensiva a Revolução Francesa; Levante popular – Revolta da Vendéia; Ascensão dos jacobinos – Convenção Montanhesa ( ) - Nova Constituição – Constituição do Ano I - Sufrágio universal; - Democratização

13 Luís XVI e sua esposa, Maria Antonieta tentaram fugir. Algumas pessoas o reconheceram e denunciaram. Foi julgado por traição a sua pátria. Sendo condenados à guilhotina os dois.

14 Houve a fase radical, com censura e a tortura. Robespierre( líder jacobino) foi muito radical no poder. Era amigo de Dalton. Dalton fez críticas, então Robespierre mandou-o para a guilhotina. Robespierre foi tão radical que perdeu o apoio que tinha. Sendo assim os girondinos aproveitaram- se e deram um golpe – o golpe 9 temidor, onde os girondinos tiraram os jacobinos do poder. Robespierre foi condenado a guilhotina em 1794

15 Última fase da revolução francesa. De volta o poder da Burguesia( girondinos ), buscou retomar o processo, cria-se um novo tipo de governo, o diretório formado por 5 diretores. Tinham a mentalidade voltada para os seus interesses próprios, voltaram atrás em relação às conquistas populares ( anulação ). Alguns países europeus se uniram para acabar com a revolução, temendo que ela se espalhasse pela Europa. A burguesia achou necessário que houvesse alguém para o poder militar, sendo nomeado Napoleão Bonaparte. Planejaram-se um golpe para colocar Napoleão no poder em 9 de novembro de o 18 Brumário.

16 Com o apoio burguês, militar e até mesmo popular, Napoleão tomou o poder e criou o consulado com três cônsules.


Carregar ppt "A miséria e pobreza eram marcas presentes neste período. Extrema injustiça social. Só a burguesia, trabalhadores urbanos e camponeses ( 3° estado ;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google