A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL Uma visão da Cadeia Produtiva Apresentação de Nelson Brasil de Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL Uma visão da Cadeia Produtiva Apresentação de Nelson Brasil de Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL Uma visão da Cadeia Produtiva Apresentação de Nelson Brasil de Oliveira Seminário Temático Preparatório para a 3ª CNCTI Tema: Inclusão Social Março/20051/15

2 Março/20052/15 CADEIAS PRODUTIVAS DA QUÍMICA FINA ORGÂNICOS Petroquímica ou Biomassa INTERMEDIÁRIOS DE SÍNTESE INTERMEDIÁRIOS DE USO OU DE PERFOMANCE Fármacos ou Produtos Técnicos MEDICAMENTOS AGROQUÍMICOS INORGÂNICOS Sintéticos ou Minerais Extrativos ADITIVOS CATALISADORES

3 Março/20053/15 COMPOSIÇÃO DO MERCADO QUÍMICO BRASILEIRO Faturamento da Indústria Química Brasileira US$58,7 bilhões ,3 12,3 3,7 5,3 2,6 1,5 prods técnicos indsquímica finahigiene pessoal adubos e fertilizantessabões e detergetnestintas e vernizes

4 Março/20054/15 DISTRIBUIÇÃO DO MERCADO DA QUÍMICA FINA NO BRASIL

5 Março/20055/15 POLÍTICA INDUSTRIAL ANOS 70 RESERVA DO MERCADO INTERNO FINANCIAMENTO/PARTICIPAÇÃO BNDES MODELO TRIPARTITE (ASSOCIAÇÕES PETROQUISA+EMPRESAS PRIVADAS) EMPRESA ESTRANGEIRA APORTANDO KNOW-HOW

6 Março/20056/15 POLÍTICA INDUSTRIAL ANOS 80 USO DO PODER DE COMPRA DO ESTADO PARA: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO (CEME+CODETEC) INDUSTRIAL (CEME+CDI+BNDES)

7 Março/20057/15 DESINDUSTRIALIZAÇÃO DOS ANOS 90 DISCRIMINAÇÃOINTERMEDIÁRIOS DE QF FARMOQUÍMICOSDEFENSIVOSAGRÍCOLASADITIVOS,AROMÁTICOSECORANTESTOTAL PARALISADA NÃO IMPLEMENTADA TOTAL

8 Março/20058/15 EFEITOS NO BALANÇO COMERCIAL Déficit do Balanço Comercial da Química Fina US$ mil

9 Março/20059/15 PERSPECTIVAS DE EVOLUÇÃO SUBSTITUIÇÃO COMPETITIVA DE IMPORTAÇÕES ARTICULAÇÃO DA NOVA POLÍTICA INDUSTRIAL, TECNOLÓGICA E DE COMÉRCIO EXTERIOR: CNDI+ABDI SETORES PRIORITÁRIOS : FÁRMACOS E MEDICAMENTOS SOFTWARES BENS DE CAPITAL SEMICONDUTORES

10 Março/200510/15 MECANISMOS DE POLÍTICA INDUSTRIAL E TECNOLÓGICA RECURSOS PARA FINANCIAR INVESTIMENTOS FOCADOS NA EMPRESA FINANCIAMENTO A TAXAS DE JUROS COMPETITIVAS INTERNACIONALMENTE INCENTIVOS FISCAIS DESBUROCRATIZADOS USO DO PODER DE COMPRA DO ESTADO DESCONTINGENCIAMENTO DE VERBAS ORÇAMENTÁRIAS

11 Março/200511/15 VIABILIZAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DE FÁRMACOS MATÉRIAS-PRIMAS: ROTA DE SÍNTESE VIA BIOTECNOLÓGICA PROCESSOS: NITRAÇÃO, ESTERIFICAÇÃO, CICLIZAÇÃO, REDUÇÃO, AMIDAÇÃO, DIAZOTAÇÃO, CLORAÇÃO, ALCOILAÇÃO, CONDENSAÇÃO, FOSFORILAÇÃO, OXIDAÇÃO, HIDROGENAÇÃO, FERMENTAÇÃO EMPRESAS: PETROQUISA+BNDESPAR+OUTRAS

12 Março/200512/15 FATURAMENTO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA MUNDIAL País/BlocoValor US$ bilhões Participação (%) Crescimento Anual (%) América do Norte 229,54911 UE115,4258 Europa (resto) 14,3314 Japão52,4113 Ásia, África e Austrália 37,3812 América Latina 17,446 TOTAL466,31009 *Vendas - preço fábrica Fonte: IMS HEALTH ANO 2003

13 Março/200513/15 VENDAS DE AGROQUÍMICOS NO MUNDO POR REGIÃO REGIÃOUS$ BILHÕES/ano 2003 AMÉRICA DO NORTE8,277 ÁSIA – LESTE6,675 EUROPA – OESTE6,408 AMÉRICA LATINA3,738 RESTO DO MUNDO1,602 TOTAL26,700 Fonte: Revista AGROW Nº 416 – 17/01/03

14 Março/200514/15 MERCADO DE PRINCÍPIOS ATIVOS, US$ bilhões MERCADOBRASILMUNDO Produto Técnico Agroquímico 1,518,7 Fármaco 0,770 TOTAL 2,288,7

15 Março/200515/15 CONCLUSÕES 1.NECESSÁRIA A FABRICAÇÃO LOCAL DE MATÉRIAS-PRIMAS PARA FÁRMACOS 2.A EMPRESA DEVE SER O FOCO DA INOVAÇÃO 3.OS INCENTIVOS FISCAIS PRECISAM SER ÁGEIS E O FINANCIAMENTO EFETIVO 4.É IMPRESCINDÍVEL O USO DO PODER DE COMPRA


Carregar ppt "OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL OS FÁRMACOS E A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL Uma visão da Cadeia Produtiva Apresentação de Nelson Brasil de Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google