A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EFEITO DO DESTREINAMENTO SOBRE COMPONENTES DA APTIDÃO FÍSICA EM PROGRAMA DE MUDANÇA DE ESTILO DE VIDA PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE. FACULDADE DE MEDICINA DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EFEITO DO DESTREINAMENTO SOBRE COMPONENTES DA APTIDÃO FÍSICA EM PROGRAMA DE MUDANÇA DE ESTILO DE VIDA PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE. FACULDADE DE MEDICINA DE."— Transcrição da apresentação:

1 EFEITO DO DESTREINAMENTO SOBRE COMPONENTES DA APTIDÃO FÍSICA EM PROGRAMA DE MUDANÇA DE ESTILO DE VIDA PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE. FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU CeMENutri – Centro de Metabolismo em Exercício e Nutrição junto ao Departamento de Saúde Pública Botucatu – SP – Brasil – CEP: – Fone/Fax:(14) unesp EDILAINE MICHELIN 1, REINALDO C. DALANESI 1,2, JOSÉ EDUARDO DE MORAES 1, CHRISTIANE DE F.C.RAVAGNANI 1,3, ROBERTO CARLOS BURINI 1. 1Centro de Metabolismo em Exercício e Nutrição (CeMENutri) – FMUNESP – BOTUCATU-SP. 2 I.C. – Proex FMUNESP. 3 PRONUT – USP.

2 O exercício físico induz adaptações hemodinâmicas/ventilatórias e hipertróficas que podem ser revertidas com o destreinamento. O presente estudo teve por objetivo avaliar o efeito do destreinamento sobre os componentes da aptidão física relacionadas a saúde. Fizeram parte do estudo 44 indivíduos de ambos os sexos com média de idade de 57,6 8,9 anos, e freqüência mínima de 3x/semana ao Protocolo de Mudança de Estilo de Vida – Mexa-se Pró-Saúde, com duração de 9 meses envolvendo exercícios aeróbicos, de resistência muscular localizada e flexibilidade em 5 sessões semanais, com duração de 80 min./sessão e período de destreinamento de 1 mês. Foram tomadas medidas do peso (kg), estatura (m), calculado o Índice de Massa Corporal (IMC-kg/m 2 ) e realizados teste de sentar e alcançar avaliando a flexibilidade (FLEX), teste de sentar-e-levantar da cadeira para força de membros inferiores (FMI), dinamometria para força de preensão manual (FMS) e o Teste da Milha para avaliar o VO 2máx. no início do programa (MI), após 9 meses de treinamento (MT) e após pausa de 1 mês ou destreinamento (MD). O tratamento estatístico utilizado foi ANOVA com nível de significância de p< 0,05 e o teste de Tukey para a localização das diferenças entre os grupos, quando constatada. Tabela 1)Média e desvio-padrão do Peso, Índice de Massa Corporal, Flexibilidade, Força de Membros Inferiores e Superiores, VO 2máx. e resultado do teste estatístico segundo momentos de avaliação. Os resultados mostraram que os ganhos significativos de força de membros inferiores e VO 2máx. alcançados com 9 meses de treinamento foram mantidos após a interrupção do programa por um mês; enquanto que a flexibilidade apresentou redução no período de destreinamento, retornando aos níveis basais. Conclui-se que mesmo com o período de 1 mês de destreinamento a maioria dos benefícios do programa de exercício físico para a saúde foram mantidos. CNPq/PROEX (IC) MI (Inicial)MT (9 meses)MD (pausa 1 mês) PESO (kg)72,1 ± 14,1 a 71,5 ± 13,8 a 72,1 ± 13,8 a IMC (kg/m 2 )26,9 ± 4,0 a 26,7 ± 3,9 a 26,9 ± 3,9 a FLEX (cm)26,0 ± 8,3 a 28,1 ± 7,7 b 26,5 ± 7,7 a FMI (repetições)17,4 ± 3,0 a 21,3 ± 3,1 b 21,9 ± 3,5 b FMS (kg)34,5 ± 10,4 a 33,0 ± 10,9 a 34,7 ± 10,9 a VO 2máx. (mL/kg/min)32,9 ± 7,8 a 35,1 ± 8,3 b 33,9 ± 8,1 ab RESUMO

3 INTRODUÇÃO Melhorias hemodinâmicas/ ventilatórias e oxidativas Hipertrófico Destreinamento Aeróbio Melhorias articulares e de força _ _ CondicionamentoCondicionamento FísicoFísico

4 Avaliar o efeito do destreinamento sobre os componentes da aptidão física relacionados à saúde. OBJETIVO

5 44 indivíduos ambos os sexos idade de 57,6 8,9 anos Critério de inclusão: freqüência mínima ao protocolo 3x/semana INDIVÍDUOS

6 MÉTODOS Avaliações: MI (inicial), MT (9 meses/treinamento) e MD(destreinamento 1 mês) PESO balança antropométrica (Filizola, Brasil) precisão de 0,1kg para peso. ESTATURA estadiômetro fixado a parede precisão de 0,1cm. IMC (kg/m 2 ) Avaliação da Composição Corporal

7 MÉTODOS Avaliação da Aptidão Física Teste de sentar-e-alcançar (FLEX)Teste da Milha (VO 2máx.)

8 MÉTODOS Teste de sentar-e-levantar da cadeira (FMI) Dinamometria (FMS)

9 MÉTODOS 5 sessões semanais 80 min./sessão exercícios aeróbicos, de resistência muscular localizada e flexibilidade Intervenção 9 meses Destreinamento 1 mês

10 ANOVA teste de Tukey para a localização das diferenças entre os momentos de avaliação, quando constatada p< 0,05 ESTATíSTICA

11 IMC kg/m 2 Gráfico 1 – Valores médios de Índice de Massa Corporal (IMC) e flexibilidade (FLEX) nos diferentes momentos de avaliação. letras diferentes – comparação entre momentos de avaliação. p< 0,05 26,9 26,7 26,9 MI- inicial MT- 9 meses/treinamento MD- destreinamento (1mês) a a a 26,9 26,726,9 FLEX cm 26 28,126,5 RESULTADOS a b a

12 FMI repetições Gráfico 2 - Valores médios de força de membros inferiores (FMI) e membros superiores (FMS) nos diferentes momentos de avaliação. letras diferentes – comparação entre momentos de avaliação. p< 0,05 17,4 21,3 21,9 MI- inicial MT- 9 meses/treinamento MD- destreinamento ( 1 mês) a b b 17,4 21,3 21,9 RESULTADOS FMS kg 34, ,7 aa a

13 mL/kg/min Gráfico 3 – Valores médios do VO 2máx. nos diferentes momentos de avaliação. a b ab letras diferentes – comparação entre momentos de avaliação. p< 0,05 32,9 35,1 33,9 MI- inicial MT- 9 meses/treinamento MD- destreinamento (1mês) 32,935,133,9 a b ab RESULTADOS

14 Mesmo com o período de um mês de destreinamento a maioria dos benefícios do programa de exercício físico para a saúde foram mantidos. CNPq/PROEX (IC) CONCLUSÃO


Carregar ppt "EFEITO DO DESTREINAMENTO SOBRE COMPONENTES DA APTIDÃO FÍSICA EM PROGRAMA DE MUDANÇA DE ESTILO DE VIDA PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE. FACULDADE DE MEDICINA DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google