A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PONTUAÇÃO A pontuação em língua portuguesa obedece a critérios sintáticos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PONTUAÇÃO A pontuação em língua portuguesa obedece a critérios sintáticos."— Transcrição da apresentação:

1

2 PONTUAÇÃO

3 A pontuação em língua portuguesa obedece a critérios sintáticos

4 Sinais de pontuação a)Ponto de interrogação b)Ponto de exclamação c)Reticências d)Ponto e)Ponto e parágrafo f)Dois pontos g)Alínea h)Parênteses i)Colchetes j)Travessões k)Aspas l)Ponto e vírgula m)Vírgula

5 Ponto de interrogação (?) 1.Assinala o fim de oração enunciada com entonação interrogativa Onde estavam os que há pouco Dançavam Cantavam E riam Ao pé das fogueiras acesas? (Manuel Bandeira, Profundamente)

6 Ponto de interrogação (?) 2.A interrogação indireta dispensa o ponto de interrogação Diga-me por que você não foi ao baile.

7 Ponto de interrogação (?) 3.Em diálogos, pode aparecer sozinho ou acompanhado do ponto de exclamação Esteve cá o homem da casa e disse que do próximo mês em diante são mais cinquenta... ?!... (Monteiro Lobato, Cidades mortas.)

8 Ponto de exclamação (!) 1.Assinala o fim de oração enunciada com entonação exclamativa 2.Usa-se depois de interjeições 3.Em diálogos, pode aparecer sozinho ou acompanhando o ponto de interrogação

9 Ponto de exclamação (!) 4.São usados dois ou mais pontos de exclamação para assinalar gradação de surpresa E será assim até que um senhor Darwin surja e prove a verdadeira origem do homo sapiens... ?! Sim. Eles nomear-se-ão homo sapiens apesar do teu sorriso, Gabriel, e ter-se-ão como feitos por mim de um barro especial e à minha imagem e semelhança. ?!! (Monteiro Lobato, Cidades mortas.)

10 Brás Cubas... ? Virgília.. Brás Cubas Virgília ! Brás Cubas Virgília ? Brás Cubas Virgília.. O VELHO DIÁLOGO DE ADÃO E EVA Brás Cubas ! ! ! Virgília ? Brás Cubas ! Virgília ! (Machado de Assis. Memórias póstumas de Brás Cubas, capítulo LV.)

11 Reticências (...) Assinalam interrupção do discurso 1.Para deixar o pensamento em suspenso 2.Para assinalar hesitação Talvez estejas a criar pele nova, outra cara, outras maneiras, outro nome, e não é impossível que... Já me não lembra onde estava... Ah! nas estradas escusas. (Machado de Assis, Memórias póstumas...)

12 Reticências (...) 3.Para denotar salto de tempo ou divagação Se andava no jardim, Que cheiro de jasmim! Tão branca do luar!... Eis tenho-a junto a mim. Vencida, é minha, enfim, Após tanto a sonhar... Por que entristeço assim? Não era ela, mas sim (O que eu quis abraçar), A hora do jardim... O aroma de jasmim... A onda do luar... (Camilo Pessanha, Clepsidra.)

13 Ponto (.) Assinala encerramento de períodos terminados por qualquer tipo de oração, exceto as interrogativas diretas e as exclamativas

14 Ponto e parágrafo (.) Assinala o fim de um grupo de períodos interligados por um mesmo centro de interesse e a passagem para um outro, que se inicia em nova linha, com recuo na margem esquerda (ou outra forma de destaque tipográfico)

15 Dois pontos (:) Introduzem 1.Enumerações Valeu-se de duas virtudes morais: a malícia e a hipocrisia.

16 Dois pontos (:) Introduzem, quando antecedidos por verbo dicendi, 2.O discurso direto [...] era um bilhete de Virgília; dizia que me esperava à noite, na chácara, sem falta. E concluía: O muro é baixo do lado do beco. (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

17 Dois pontos (:) Introduzem 3.Causa, explicação ou consequência [Viegas] padecia de um reumatismo teimoso, de uma asma não menos teimosa e de uma lesão no coração: era um hospital concentrado. (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

18 Alínea Indicada por números ou letras, seguidos de ponto ou sinal de parêntese fechado, assinala a disposição sumária de diversos assuntos. Assim como o parágrafo, exige mudança de linha, mas não o recuo As orações do período composto podem estabelecer entre si relações de: a)coordenação ou parataxe b)subordinação ou hipotaxe

19 Parênteses ( ) Assinalam a intercalação de palavras, frases ou períodos que acrescentam informação adicional, mas não essencial, ao texto, sem quebra da estrutura sintática Cuido (e de novo insto pela boa vontade da crítica!) cuido que ele estaria pronto a separar- se da mulher, como o leitor se terá separado de muitas relações pessoais; [...] (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

20 Colchetes [ ] 1.Isolam palavras, frases ou períodos dentro de uma sequência entre parênteses 2.Isolam transcrições fonéticas: [kaza] 3.Em edições diplomático-interpretativas, isolam conjecturas filológicas ou outras intervenções editoriais acrescentadas ao texto original

21 Travessão m () 1.Assinala diálogos ou sequências em discurso direto Não fale nisso! Uma casa velha. Velha! exclamou Sabina, levantando as mãos ao teto. Parece-lhe nova, aposto? Ora, mano, deixe-se dessas cousas, disse Sabina, erguendo-se do sofá; podemos arranjar tudo em boa amizade, e com lisura. Por exemplo, Cotrim não aceita os pretos, quer só o boleeiro de papai e o Paulo... (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

22 Travessão n (–) 2.Substitui os parênteses para assinalar unidades intercaladas Dadas as voltas, ao passar pela rua dos Ourives, consulto o relógio e cai-me o vidro na calçada. Entro na primeira loja que tinha à mão; era um cubículo, – pouco mais, – empoeirado e escuro. (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

23 Travessão n (–) 3.Assinala uma pausa mais acentuada [...] e eis aí como, pela simples transmissão de uma força, se tocam os extremos sociais, e se estabelece uma cousa que podemos chamar – solidariedade do aborrecimento humano. Como é que este capítulo escapou a Aristóteles? (Machado de Assis. Memórias póstumas...)

24 Aspas duplas (x) Empregadas para 1.Assinalar citações 2.Assinalar palavras ou expressões estrangeiras (como alternativa ao emprego de caracteres em itálico) 3.Destacar ou sugerir a carga expressiva de uma palavra ou expressão (ênfase, ironia etc.) 4.Indicar um vocábulo como gíria 5.Delimitar o discurso direto (como alternativa ao travessão)

25 Aspas simples (x) Empregadas para destacar citação no interior de outra citação Empregadas para palavras ou expressões aspeadas no interior de um período entre aspas.

26 Ponto e vírgula (;) Emprega-se para 1.Sinalizar pausa mais forte, sobretudo em trechos longos, já marcados por vírgulas Em verdade, parecia ainda mais mulher do que era; seria criança nos seus folgares de moça; mas assim quieta, impassível, tinha a compostura da mulher casada. (Machado de Assis. Memórias póstumas...) 2.Separar orações adversativas em que se quer ressaltar o contraste


Carregar ppt "PONTUAÇÃO A pontuação em língua portuguesa obedece a critérios sintáticos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google