A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Operações com ações e renda fixa como instrumentos de acesso ao mercado de capitais 6º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais São Paulo, 22 de junho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Operações com ações e renda fixa como instrumentos de acesso ao mercado de capitais 6º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais São Paulo, 22 de junho."— Transcrição da apresentação:

1 Operações com ações e renda fixa como instrumentos de acesso ao mercado de capitais 6º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais São Paulo, 22 de junho de 2004 Maria Helena Santana Superintendente de Relações com Empresas

2 Operações de renda variável

3 Sequência de operações desde o 2º sem/2003 Sequência clássica de retomada: Ofertas secundárias de companhias já listadas Ofertas primárias de companhias já listadas Ofertas iniciais de companhias – IPOs Motivos principais para a retomada também são os de sempre: Melhora na conjuntura econômica e nas perspectivas da economia Melhora nos níveis de preço das ações listadas na bolsa

4 Mais do mesmo? Pode ser mais um ciclo, sustentável ou não Sintoma de bolha especulativa? Apenas aproveitamento de janela de mercado? Olhando de perto....muita coisa mudou

5 Instrução 400 da CVM Conteúdo do prospecto Procedimento de distribuição mais claro Processo de reserva (possibilidade de desistência do investidor) Bookbuilding Colocação parcial Lote suplementar Green shoe Atividade de estabilização Velocidade do processo de registro

6 A governança das novas empresas listadas Natura – Novo Mercado América Latina Logística e GOL – Nível 2 de Governança Corporativa duas situações bem específicas Empresas que anunciaram estar se preparando para o IPO, todas no Novo Mercado (CPFL Energia, EDP Brasil, Nossa Caixa...)

7 Investidores, reguladores, credores… exigem boa governança Normas da SPC e da SUSEP permitem ampliação de aplicações em renda variável nas empresas com melhor governança (Nível 2 e Novo Mercado) Importantes investidores institucionais já têm manuais de governança (investimentos) Nova política de investimento socialmente responsável da ABRAPP dá prioridade às empresas do N1, N2 e NM Programa do BNDES de apoio às empresas distribuidoras de energia elétrica: crédito vinculado à adesão, no mínimo, ao Nível 2 Código de Auto-Regulação da ANBID: nas colocações de ações ou títulos conversíveis, os membros da ANBID só podem participar se a empresa se listar, pelo menos, no Nível 1 BOVESPA: novas listagens, no mínimo, Nível 1

8 Preocupação com o aumento da liquidez das ações Formador de Mercado Regulamentado através da Instrução CVM 384 e pela Resolução 293 da BOVESPA Seis empresas já possuem formador de mercado Celpe (Codepe) Ripasa (Pactual) Rossi Residencial (Fator) CCR (Pactual) Suzano (Ágora Senior) Unibanco (Ágora Senior)

9 Formador de Mercado Resultados até o dia 11/06/2004 EmpresaPeríodo Número Médio Diário de Negócios Volume Médio Diário Negociado R$ CELPE 01/01/03 – 30/09/031, /10/03 – 11/06/043, Ripasa 01/01/03 – 13/11/ /11/03 – 11/06/ Rossi 01/01/03 – 04/12/034, /12/03 – 11/06/046,

10 Formador de Mercado Resultados até o dia 11/06/2004 EmpresaPeríodo Número Médio Diário de Negócios Volume Médio Diário Negociado R$ CCR 01/01/03 – 03/02/ /02/04 – 11/06/ Suzano 01/01/03 – 31/03/ /04/04 – 11/06/ Unibanco 01/01/03 – 09/05/ /05/04 – 11/06/

11 A inclusão das pessoas físicas nas operações Consórcio amplo para colocação no varejo Esforço real de comunicação com este público Estrutura de comissionamento voltada para incentivar a pulverização Apoio da estrutura da BOVESPA/CLBC

12 Apoio às colocações pulverizadas CBLC oferece sistemas para o recebimento das ofertas das diversas corretoras, faz a consolidação e envia ao líder CBLC controla as ofertas por CPF, quando há previsão de limite por investidor de varejo na colocação CBLC garante a liquidação da operação pelas corretoras junto ao líder e-bookbuilding: facilita a colocação por meio de múltiplos intermediários

13 A pulverização nas operações recentes 1. Em andamento 2. Pessoas físicas

14 eBOOKBUILDING para ações e debêntures Bookbuilding via internet para todos os valores mobiliários A BOVESPA, como instituição neutra, pode oferecer este serviço a todo o mercado Viabiliza ampliar o pool de distribuição e, por consequência, o número de investidores Sistema totalmente parametrizável, atendendo as necessidades do emissor e dos coordenadores Permite apuração automática de quantidade e preço ou taxa Ambiente seguro Fácil e rápido para investidores utilizarem

15 Próximo passo..... Viabilizar a volta das empresas menores ao mercado

16 Renda fixa

17 Promover o mercado secundário de renda fixa privada BOVESPA Fix Oferecer ao mercado o melhor e mais avançado ambiente de negociação de renda fixa privada Sistema eletrônico de negociação especialmente desenvolvido para renda fixa Maior transparência Regras de negociação claras (para permitir que os preços de fechamento possam ser usados como referência para a marcação a mercado de carteiras) Várias opções de forma de negociação e de liquidação

18 Promover o mercado secundário de renda fixa privada BOVESPA Fix Redução de custo para investidores e emissores Desenvolvimento de outros produtos: opções, termo e compromissadas Busca de padronização dos títulos para favorecer sua liquidez: ICVM 404 Ampliação do universo de investidores

19 Evolução Lançamento do BOVESPA Fix Negociação tendo a CBLC (clearing) como contraparte Novo sistema de pagamentos brasileiro permitiu oferecer outras opções de liquidação: pelo saldo líquido multilateral (D+0 e D+1) ou bruto (D+0) Lançamento do SOMA Fix (mercado de balcão organizado) Negociação dos mesmos títulos do BOVESPA Fix Registro eletrônico de negócios fechados pelo telefone Liquidação pelo bruto (D+0) Possibilidade de ter formador de mercado para debêntures

20 Formador de Mercado para renda fixa Regulamentação da BOVESPA está em audiência pública a partir de hoje Serviço adicional prestado pelos underwriters É do interesse dos emissores elevar a liquidez de seus títulos Debêntures padronizadas: ICVM 404 tornou o formador de mercado obrigatório Uso de empréstimo (BTC - Banco de Títulos CBLC): permitirá ao formador de mercado atuar vendido CVM e Bacen estão regulando a matéria

21 Obrigada!


Carregar ppt "Operações com ações e renda fixa como instrumentos de acesso ao mercado de capitais 6º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais São Paulo, 22 de junho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google