A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geopolíticas Asiáticas

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geopolíticas Asiáticas"— Transcrição da apresentação:

1 Geopolíticas Asiáticas

2 3ºA Beatriz Navarro nº 03 Caroline Pisciotti nº 06
Caroline Camargo nº 07 Denise Queiroz nº 09 Stella dos Santos nº 25 Yanne Rafaella n 28

3 A Questão da Caxemira

4 Introdução e Objetivos
Entender a divisão do Território Indiano e seus desdobramentos na atualidade; Caracterizar a Questão da Caxemira, levando em consideração a Geopolítica dos Estados envolvidos; Enriquecer os conhecimentos histórico sobre a Região;

5 Antecedentes Históricos
O Império da Índia era a mais importante colônia britânica; uma região que se estendia das fronteiras do Irã e Afeganistão até os limites do Tibete (China). Em 1937 a Birmânia (atual Mianma) foi destacada do conjunto, passando a constituir uma colônia separada. A Índia Britânica era composta por uma mistura de raças e religiões em que predominavam os indo-europeus (raça branca), e grupos de ascendência negra; Falava-se aproximadamente 3mil dialetos; A religião era majoritariamente o bramanismo (atual hinduísmo), mas existia uma parcela expressiva que seguia o islamismo; A Índia compreendia duas formas de administração: mais da metade controlada por funcionários da Coroa Britânica, e 562 principados sob a autoridade de governantes hereditários hindus ou muçulmanos;

6 Mapa histórico do Império indiano
José Jobson de A. Arruda- Atlas Histórico Básico. Ática.

7 Mahatma Gandhi personificou e amadureceu o nacionalismo indiano, baseado no princípio da não-violência e da resistência passiva; Gandhi apesar de hinduísta, visava a criação de uma Índia, onde todos convivessem pacificamente, independente de religião, por isso foi assassinado em 1948; As duas religiões predominantes na Índia eram antagônicas. O Hinduísmo, politeísta, e baseava a divisão dos indivíduos em castas; já o Islamismo, monoteísta, considera todos os indivíduos iguais perante Deus;

8 O Congresso Nacional Indiano (partido criado por Gandhi) ganhava força na luta pela Independência, com isso os islamitas temerosos que o hinduísmo viesse a oprimi-los criaram a Liga Muçulmana, que advogava a divisão do subcontinente em dois Estados; Em 15 de Agosto de 1947, concomitantemente ao processo de descolonização, a Grã-Bretanha reconheceu a Independência da Índia (generalizada como hinduísta) e o Paquistão (islâmico); O Paquistão ficou sub-dividido em duas porções, deparadas por 1600Km de território indiano, O Paquistão Oriental (situado no Golfo de Bengala- atual Bangladesh) e o Paquistão Ocidental; Permaneceram em território indiano importantes grupos muçulmanos, os quais não se dispuseram abandonar suas casas e comércios. Assim, dois principados muçulmanos dentro da Índia tentaram preservar sua autonomia;

9 Essa é a questão da Caxemira
Essa é a questão da Caxemira. Uma vasta região, situada no estremo norte da Índia Britânica, tem uma posição estratégica entre o Afeganistão e o Tibete; O marajá governador dessa região resolveu se unir ao Estado da Índia, mas a população (maioria muçulmana) desejava ser incorporada ao Paquistão Ocidental; Houve uma insurreição entre a comunidade islâmica da Caxemira com o apoio paquistanês. Em 1965 foi travada uma nova guerra Índia-Paquistão; As forças indianas reagiram com uma espécie de cessar-fogo não declarado, mas as porções norte e oeste da Caxemira couberam ao Paquistão, sendo nomeada de Azad Kashmir (Caxemira Livre). Mas em 1994 o Parlamento Indiano declarou que a Caxemira é, por completa parte inseparável da Índia;

10 Localização A Caxemira é uma região montanhosa ao norte da Índia e do Paquistão. As fronteiras são com o Tibete sob ocupação chinesa a norte e leste, os Estados do Himachal Pradesh e do Punjab a sul e a Caxemira paquistanesa a oeste e noroeste. Atualmente a região da Caxemira se divide em quatro áreas diferentes: os Territórios do Norte e a Caxemira Livre, pertencentes ao Paquistão, a região de Jammu e Caxemira pertencentes à Índia e a região de Aksai Chin sob ocupação chinesa.

11 Atlas Escolar e Didático. São Paulo- DCL, 2002.

12 Economia A economia da Caxemira depende da agricultura sendo 49% da população ativa; Depende também da água já que a região em que a mesma se localiza é fonte de vários rios afluentes do rio Indo, o que ocasiona em conflitos por essa questão; Turismo, milhões de turistas visitavam a caxemira por ano, pois a mesma antes de 1989 era um dos pontos turísticos mais populares da Ásia, sendo 40% desses turistas estrangeiros;

13 Posicionamento da Índia
A Índia almeja a incorporação da região da Caxemira para demonstrar que a população da Caxemira prosperaria sob o controle do governo laico indiano.

14 Posicionamento da China
1959 – Aksai Chin ( região da Caxemira) foi anexado a China, construindo uma estrada que ligava duas parte do território chinês; 1962 – Conflitos entre a Índia e a China, o que deu inicio ao desenvolvimento do programa nuclear indiano; China declarou seu apoio ao Paquistão, no conflito entre Índia e o Paquistão; A interferência chinesa em Aksai Chin ocorre discretamente, devido a problemas Internos na China; Imagem: Revista Veja, Setembro de 2004.

15 Posicionamento da ONU A ONU já tentou resolver esse conflito sugerindo que houvesse um plebiscito para que a própria população decidisse com que Estado faria parte, no entanto a Índia não permitiu que ocorresse tal plebiscito, fazendo eclodir uma guerrilha que já dura mais de 50 anos, resultou em duas guerras entre os países(1965 e 1971) e serviu de pretexto para uma corrida armamentista nuclear.

16 Posicionamento Externo
O Ocidente, liderado pelos EUA, decretou sanções econômicas, cortando créditos e financiamentos, para forçar os países a negociar um acordo de paz. Possuía na época da independência da Índia (1947) uma posição vantajosa considerando-se que ficava bem próxima da região do Tadjiquistão, então parte da União Soviética. Atualmente, houve um pedido por um premiê paquistanês, para que os EUA faça a mediação entre Paquistão e Índia e ajudar a resolver a disputa pela Caxemira.

17 Questão Religiosa Existem 2 grupos religiosos: Mulçumana (constituindo o Paquistão), e Hindu ( constituindo a Índia) Não se trata apenas de religião, são modos de vida diferentes e visões de mundo diferentes.

18 Confronto Nuclear Em Março de 1999 a Índia realizou cinco testes nucleares no Deserto de Rajastã, junto à fronteira com o Paquistão; esse, em julho do mesmo ano, fez seis testes nos limites com o Irã; Assim a questão se agrava entre dois países extremamente nacionalistas que são possuidores de tecnologia nuclear para fins bélicos. Além disso o conflito pode vir a receber o apoio de outros países muçulmanos; outro ponto importante, é que o Paquistão tem generais tirânicos e corruptos, que o coloca à margem da Comunidade Internacional; Uma hipótese geopolítica, o Paquistão pouca se preocupa com o apoio internacional, já a Índia tem vários acordos e parcerias internacionais, sendo um país emergente (apesar de 1/3 da população ser miserável)

19 Fonte:http://www. trilhaseaventuras. com. br/diarioviagem/viagem. asp

20 Vídeo

21 Atualidade GRUPO REBELDE PAQUISTANES AMEACA ATACAR CAXEMIRA INDIANA.
25 de Março de 2009. O grupo rebelde paquistanês LASHKAR-E-TAIBA ameaçou fazer um ataque a Caxemira Indiana. Na semana do dia 20 de março deste ano, um confronto entre membros do grupo e tropas do governo indiano mataram 25 pessoas. A Índia culpou o grupo rebelde LASHKAR-E-TAIBA pelos ataques terroristas em Mumbai, em Novembro de 2008, que deixaram 164 mortos. Acredita-se que o LASHKAR-E-TAIBA foi criado por agencias de inteligência paquistanesas na década de 80 para enfrentar o domínio indiano na dividida Caxemira.O LASHKAR-E-TAIBA é um dos 10 grupos que lutam pela independência da Caxemira em relação á Índia ou pela anexação da região ao Paquistão. Mais de 68 mil pessoas já morreram nos últimos 20 anos.  http://www.parana-online.com.br/editoria/mundo/news/362622/

22 25/03/2009 às 17:10:04 - Atualizado em 25/03/2009 às 16:27:45
Grupo paquistanês ameaça atacar Caxemira indiana Agência Estado O grupo rebelde sediado no Paquistão Lashkar-e-Taiba, apontado como culpado pelos atentados no ano passado em Mumbai, ameaçou nesta quarta-feira (25) fazer um ataque na Caxemira indiana. Na região, um confronto de cinco dias entre supostos insurgentes e tropas do governo deixou pelo menos 25 mortos nesta semana. A Índia culpou o Lashkar-e-Taiba pelos ataques terroristas em Mumbai, em novembro passado, que deixaram 164 mortos.

23 Notícias Relacionadas
25/03/2009 Ataque atribuído aos EUA deixa oito mortos no Paquistão 24/03/2009 Presidente da Suprema Corte do Paquistão retoma cargo O confronto já é considerado pelo Exército indiano o mais longo e sangrento na disputada região neste ano. Um porta-voz do Lashkar-e-Taiba disse que os rebeldes iniciaram o confronto emboscando alguns soldados. O Exército indiano afirmou na noite de ontem que morreram 17 rebeldes e oito soldados. Porém, de acordo com o porta-voz rebelde, foram mortos 25 soldados, com 50 feridos. Não há relatos independentes sobre o confronto, ocorrido na área de florestas de Shamsbari, a 120 quilômetros ao norte de Srinagar. Acredita-se que o Lashkar-e-Taiba foi criado por agências de inteligência paquistanesas na década de 1980 para enfrentar o domínio indiano na dividida Caxemira. Tanto a Índia quanto o Paquistão alegam que a região, de maioria muçulmana, pertence integralmente a eles. Os dois países travaram duas de suas três guerras pelo controle da área. O Lashkar-e-Taiba é um dos mais de dez grupos que lutam pela independência da Caxemira da Índia ou pela anexação da região ao Paquistão. Mais de 68 mil pessoas, a maioria civis, morreram nesse conflito desde A Índia acusa o Paquistão de financiar e treinar militantes na porção controlada pelo país vizinho da Caxemira. Islamabad nega tal ação, dizendo que apenas dá apoio moral e diplomático aos rebeldes.

24 Conclusão A Caxemira é uma região em torno da Índia, Paquistão e China. Um dos lugares mais belos do mundo, prestigiados por belezas naturais e construções históricas. Todavia, a Caxemira é uma região instável. Foi dominada por mongóis, afegãos, hindus, britânicos e dogras.De meados do século XX até hoje, a Caxemira vem sendo disputada por dois países: Índia e Paquistão, que entraram em conflito direto por três vezes, causando sofrimento e medo nos mais 11 milhões de caxemirianos.A tensão continua, mesmo não havendo guerra declarada.Testes nucleares feitos por ambos os países, atentados suicidas contra o parlamento indiano em 2001, além de diversas práticas terroristas mostram que a Caxemira vive um frágil cessar-fogo, em que nem a ONU e nem a Comunidade Internacional podem tentar solucionar, e, enquanto isso, Índia e Paquistão ignoram e oprimem toda uma população, que não suporta mais viver nesse clima hostil.O que será da Caxemira nos próximos anos?O que se sabe é que esse conflito só terá fim, quando a voz do povo caxemiriano for mais forte que a força desses países que insistem em dominar territórios adjacentes!!!

25 Questão 01 A Índia, desde 1947, vem-se defrontando com diversas
ameaças à sua unidade nacional. Uma dessas ameaças é a reivindicação de parte de seu território por um país asiático. Esse país é A) o Nepal, que reivindica a região de Caxemira. B) o Cazaquistão, que reivindica a região de Thanjavur. C) o Afeganistão, que reivindica a região de Caxemira. D) o Paquistão, que reivindica a região de Caxemira

26 Questão 02 ``A Caxemira é parte da Índia ,somos um só povo e temos orgulho disso``.Rashimi Shami,socióloga indiana. ``O povo caxemiriano tem sido testemunha da tanta miséria,humilhação e sofrimento que é difícil acreditar na paz,mas eu ainda tenho esperança em Alá``.Jornalista mulçumano Mohammed Qadri. Considerando as imagens acima e as opiniões expressas sobre a questão da Caxemira ,argumente a cerca dos interesses tanto da Índia quanto do Paquistão em relação á região ,bem como a opinião do povo caxemiriano sobre o conflito. n.i.uol.com.br/midiaglobal/220808caxemira.jpg www1.folha.uol.com.br

27 Questão 03 (CESGRANRIO) Entre a Índia e o Paquistão existem diferenças marcantes, que alimentam conflitos territoriais há décadas,como a disputa pela região da Cachemira.Uma diferença básica entre aqueles dois paises, geradora de forte tensão social, é o(a): a)avanço do programa nuclear paquistanês, bem à frente do indiano. b)processo de colonização: europeu, na Índia, e asiático, no Paquistão. c)processo de urbanização mais organizado no Paquistão do que na Índia. d)maioria da população mulçumana, no Paquistão e não na Índia. e)condição da Índia como pais central, do Paquistão como periférico.

28 Questão 04 (MARK-SP) “Uma formação social tradicional muito estudada
pelos cientistas sociais é o sistema de castas.Trata-se de uma estrutura social apoiada em aspectos culturais que tem como referencia a supremacia de um grupo sobre os demais setores da sociedade. Possui uma ordem rígida e restrições a ocupações e casamentos. É uma sistema fechado, uma vez que impede a mobilidade social. Quem nasce no escalão inferior ali permanece” Oliva e Giansanti Esse sistema ocorre:  a)na Índia e tem apoio e fundamentação na religião b)nos paises islâmicos dominados pelo fundamentalismo. c)nos paises da África Subsaariana e tem fundamentação tribal. d)nas Antilhas e baseia-se na divisão da sociedade entre mestiços e negros. e)nos paises Andinos e baseia-se na distinção entre a elite de origem branca e os indígenas.

29 Questão 05 Tendo em vista que a ONU interferiu no conflito com a proposta de fazer um plebiscito entre a população, porém resultou em duas guerras e o acirramento dos conflitos, podemos sugerir outra tentativa de resolução do conflito? Uma vez que a ONU não obteve sucesso em sua proposta e já fazem quase 50 anos desde o tal insucesso e o conflito ainda persiste

30 Respostas 01)D 02)O mapa mostra a região da Caxemira dividida por uma linha de controle, criado pela ONU em 1948 para tentar diminuir o conflito, a parte da Caxemira que corresponde ao Paquistão é chamada de Caxemira livre. E a parte que corresponde a Índia é chamada de Caxemira indiana.A questão da Caxemira é uma disputa territorial que desde 1947 envolve Índia e Paquistão em um confronto acirrado. A maior parte do povo caxemiriano é mulçumano e deseja ser anexado ao Paquistão ou torna-se independente, mas a Índia não permite, pois alega que a Caxemira sempre foi território indiano. O Conselho de Segurança da ONU baixou diversas resoluções exigindo que um plebiscito fosse feito para que o povo decidisse a quem quer pertencer ou se querem a independência, mas, a índia sempre ignorou as resoluções da ONU, pois como consta no fragmento acima, muitos indianos alegam que a Índia é uma só e não pode se separar.Enquanto isso, como mostra a imagem e o fragmento escrito pelo jornalista Mohammed,o povo caxemiriano vive em um clima de tensão e pânico em face da violência dos grupos separatistas que desejam a independência da região, e do governo paquistanês e indiano que envia tropas á Caxemira para assegurar posse territorial. Dessa forma, enquanto o conflito permanecer o que se verá na Caxemira é violência, tensão, e atrocidades contra os direitos humanos, pois o povo caxemiriano não é respeitado por aqueles que desejam governa-los. 03)D 04)A

31 5) A ONU poderia realizar uma outra proposta para tentar resolver essa questão da caxemira, uma vez que já se passaram 50 anos desde o último insucesso, e a mentalidade da sociedade teoricamente deve ter se aprimorado. Devemos ressaltar que essa questão não é somente de âmbito religioso, engloba muitos outros fatores, como econômico, territorial e nuclear. È possível que a ONU possa interferir com sansões econômicas fazendo com que os países diminuam os investimentos nuclear, sendo outra alternativa a ONU intermediar um acordo Internacional entre todos os países envolvidos na questão a fim de que haja o fim desse combate, evitando um grande numero de mortos e prezar pela segurança nacional, combatendo também o terrorismo, e os ataques efetuados na Índia.

32 Bibliografia http://www.priberam.pt/DLPO/default.aspx?pal=islamitas

33 http://www. trilhaseaventuras. com. br/diarioviagem/viagem. asp
Atlas Escolar e Didático. São Paulo- DCL, 2002. José Jobson de A. Arruda- Atlas Histórico Básico. Ática.


Carregar ppt "Geopolíticas Asiáticas"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google