A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fernando Santos Higiene e Segurança no Trabalho Ambiente Térmico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fernando Santos Higiene e Segurança no Trabalho Ambiente Térmico."— Transcrição da apresentação:

1 fernando Santos Higiene e Segurança no Trabalho Ambiente Térmico

2 fernando Santos Objectivos Identificar os problemas decorrentes das alterações térmicas Conhecer os problemas fisiológicos resultantes do ambiente térmico

3 fernando Santos Equilíbrio Térmico Produção de calor Um organismo mesmo em repouso gera calor como resultado da degradação da energia necessária para manter as funções vegetativas – respiração, circulação Metabolismo basal – quantidade mínima de calor libertado por um corpo em repouso (físico e mental) a uma temperatura ambiente de 20 ºC O rendimento energético do corpo humano oscila entre 5 e 20% Quanto maior a capacidade de trabalho, menor será a percentagem de oxigénio requerida, o que significa um menor esforço

4 fernando Santos Grandezas Físicas Temperatura do ar - termómetro Intervém nas trocas de calor por convecção com o corpo humano Humidade do ar - psicómetro Intervém ao nível das trocas de calor, por evaporação, com o corpo humano Humidade absoluta Humidade relativa Velocidade do ar - anemómetro Intervém ao nível das trocas de calor com o corpo humano por convecção e evaporação Calor radiante – termómetro de globo

5 fernando Santos Ambientes Térmicos Quentes São ambientes para os quais o balanço térmico, calculado na base das trocas de calor por radiação e convecção, é positivo Razões que conduzem a stress térmico – caracterizado por índices Aumento de metabolismo Aumento da temperatura do ar Aumento da temperatura radiante média Modificação da velocidade do ar ( T ar >T pele ) Aumento da humidade do ar

6 fernando Santos Ambientes Térmicos Quentes Processos fisiológicos de reequilíbrio térmico 1. Sobrecarga termostática 1. Sobrecarga termostática – temperatura cutânea aumenta rapidamente e as temperaturas internas aumentam mais lentamente. Optimiza as trocas de calor por convecção e por radiação entre a pele e o ambiente 2. Sobrecarga circulatória 2. Sobrecarga circulatória – a diferença entre a temperatura interna e externa diminui, com aumento da circulação sanguínea 3. Sobrecarga de sudação 3. Sobrecarga de sudação – o equilíbrio térmico é conseguido por aumento da humidade superficial cutânea optimizando o processo de evaporação

7 fernando Santos Índices de stress térmico Temperatura efectiva Temperatura efectiva – define várias combinações de temperatura seca, movimento do ar e humidade que originem a mesma sensação térmica Índice de temperatura húmida Índice de temperatura húmida – considera o efeito da temperatura húmida natural e da temperatura de globo Índice de stress térmico Índice de stress térmico a molhagem cutânea, que é a relação entre a evaporação requerida e a evaporação máxima Velocidade de sudação Velocidade de sudação – o grau de solicitação do organismo para uma situação de trabalho pode medir-se através do débito de sudação que o trabalhador tem que realizar Temperatura operativa Temperatura operativa – trata-se do valor combinado das temp ambiente e radiante média, que causa as mesmas perdas que a temperatura real

8 fernando Santos Índices de sobrecarga fisiológica Frequência cardíaca – o calor provoca um aumento do débito sanguíneo, e logo, do ritmo cardíaco Sobrecargas são toleráveis se: A frequência cardíaca estabiliza ao longo do trabalho O nível de frequência cardíaca não exceda os valores óptimos Os valores de recuperação estão dentro dos valores óptimos Temperatura do corpo Sudação – pode ter consequências de perda de peso ou desidratação

9 fernando Santos Efeitos do calor sobre o Homem Transtornos sistémicos: golpe de calor e esgotamento Transtornos de pele: erupção, anidrose, deficiência das glândulas sudoríparas, queimaduras Transtornos psíquicos: fadiga térmica Outros Maior susceptibilidade a outras doenças Aumento dos efeitos de agentes químicos Perda de rendimento e de qualidade do trabalho

10 fernando Santos Protecção contra o calor Actuação sobre o stress térmico Ventilação geral e climatização Protecção de paredes opacas Protecção de superfícies vidradas Ecrãs de protecção ao calor radiante Tela metálica Actuação sobre a sobrecarga fisiológica Aclimatação ao calor Higiene alimentar

11 fernando Santos Ambientes térmicos neutros Condições de conforto térmico Equilíbrio térmico: nem armazenamento nem perda de calor Ausência de arrepios Débito de sudação óptimo Temperatura cutânea óptima Pele relativamente seca Ausência da sensação de sede

12 fernando Santos Ambientes Térmicos Frios São ambientes para os quais o balanço térmico, calculado na base das trocas de calor por radiação e convecção, é negativo Processos fisiológicos de reequilíbrio térmico 1. Sobrecarga termostática 1. Sobrecarga termostática – temperatura cutânea baixa a fim de diminuir a diferença entre a temperatura da pele e a temperatura ambiente, diminuindo as trocas por radiação e convecção 2. Sobrecarga circulatória 2. Sobrecarga circulatória – a diferença entre a temperatura interna e externa aumenta, como compensação a circulação sanguínea diminui 3. Sobrecarga metabólica 3. Sobrecarga metabólica – a nível dos músculos esqueléticos, com aumento do tónus muscular ou através do efeito de arrepio

13 fernando Santos Protecção contra o calor Actuação sobre o stress térmico Utilização de vestuário adequado Isolamento térmico Actuação sobre a sobrecarga fisiológica Selecção Relação superfície-peso Camada de gordura subcutânea Aclimatação e adaptação ao frio Exposição geral – hipotermia Exposição localizada

14 fernando Santos Patologia devida ao frio Frieiras – problemas ao nível da pele sobretudo nas mãos e pés Eritrocianose – alteração circulatória devida ao frio (arroxeamento dos dedos) Pé-das-trincheiras – surge em temperaturas negativas, com aparecimento de edemas e outros sintomas Enregelamento – congelação dos tecidos a partir de -20ºC ou por contacto com superfícies muito frias

15 fernando Santos Resumo Equilíbrio térmico Ambientes térmicos quentes Índices de avaliação de stress Efeitos do calor Protecção contra o calor Ambientes térmicos neutros Ambientes térmicos frios Índices de avaliação de stress Efeitos do frio Protecção contra o frio


Carregar ppt "Fernando Santos Higiene e Segurança no Trabalho Ambiente Térmico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google