A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Experiência do Hospital Amaral Carvalho Jaú - SP José Getulio Martins Segalla Coordenador Médico Registro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Experiência do Hospital Amaral Carvalho Jaú - SP José Getulio Martins Segalla Coordenador Médico Registro."— Transcrição da apresentação:

1 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Experiência do Hospital Amaral Carvalho Jaú - SP José Getulio Martins Segalla Coordenador Médico Registro Hospitalar de Câncer Hospital Amaral Carvalho Jaú

2 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

3 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Histórico Fundado em 1916 (Fundação Maternidade do Jaú) Iniciou atividades em 1932 – maternidade José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

4 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

5 Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Histórico Fundado em 1916 (Fundação Maternidade do Jaú) Iniciou atividades em 1932 – maternidade 1932 a 1955 – maternidade e hospital geral 1956 a 1965 – centro de referência (cirurgia) regional José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

6 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

7 Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Histórico Fundado em 1916 (Fundação Maternidade do Jaú) Iniciou atividades em 1932 – maternidade 1932 a 1955 – maternidade e hospital geral 1956 a 1965 – centro de referência (cirurgia) regional 1966 a 1973 – 1ª clínica de tumores do interior do Estado de São Paulo José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

8 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

9 Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Histórico Fundado em 1916 (Fundação Maternidade do Jaú) Iniciou atividades em 1932 – maternidade 1932 a 1955 – maternidade e hospital geral 1956 a 1965 – centro de referência (cirurgia) regional 1966 a 1973 – 1ª clínica de tumores do interior do Estado de São Paulo 1974 – Fundação Amaral Carvalho José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

10 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Situação Atual CACON II – referência para o centro-oeste paulista 250 leitos hospitalares – 12 leitos transplante de medula óssea José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP

11 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

12 Apresentação do Hospital Amaral Carvalho 86 médicos e 1019 funcionários Serviço de prevenção premiado pelo Ministério da Saúde Primeiro Hospice do Brasil – Unidades Avançadas (4) José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Situação Atual CACON II – referência para o centro-oeste paulista 250 leitos hospitalares – 12 leitos transplante de medula óssea

13 José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

14 Apresentação do Hospital Amaral Carvalho Próximo a casos novos por ano (2001) José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Situação Atual CACON II – referência para o centro-oeste paulista 250 leitos hospitalares – 12 leitos transplante de medula óssea 92 médicos e 1019 funcionários Serviço de prevenção premiado pelo Ministério da Saúde Primeiro Hospice do Brasil – Unidades Avançadas (4)

15 José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER

16 Registro Hospitalar de Câncer – HAC - Jaú 1966 a 1974 – registro único e particular 1974 a 1987 – registros setorizados por clínicas 1988 – tentativa de registro único 1991 – registro hospitalar de câncer – convênio FOSP 1996 – reinício do RHC – programa da Fundação Oncocentro de São Paulo 2000 – programa da FOSP + gerenciamento ativo José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Histórico

17 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Registro Hospitalar de Câncer – HAC - Jaú Mudança de visão do papel do RHC Interação fundação – RHC – corpo clínico Trabalhar com propostas e metas Identificação dos problemas e dificuldades Individualização das soluções Interação HAC - RHC - FOSP José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Gerenciamento Ativo

18 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Complexidade do registro – programa FOSP Abrangência do registro – abertura das fontes de inclusão Entrada de dados – recuperação das informações Acompanhamento ativo – centralização da busca Relacionamento institucional - política setorizada (médicos – funcionários – departamentos – hospital – FOSP – comunidade) José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Etapas de Definições

19 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Definição pelo programa FOSP - Vantagens - Desvantagens - Adaptação dos prontuários dos departamentos - Simplificação da busca de dados José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Complexidade do Registro

20 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Abertura de pontos de inclusão ( AIH – internação ) - Laboratório de patologia - Radioterapia - Quimioterapia + TMO - Serviço de prevenção de Câncer José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Abrangência do Registro

21 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Recuperação da informação Prontuários médicos sem informação Prontuário hospitalar Registros dos laboratórios Busca em outros hospitais Busca com a família José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Entrada de Dados

22 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Centralização da busca Definição da atribuição do RHC Eliminação da duplicidade de funções Recuperação de dados dos prontuários Recuperação dos dados de outras fontes Contato com o paciente e familiares José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Acompanhamento Ativo

23 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Médicos, funcionários e departamentos Fase 1 – identificação clara dos objetivos (colaboração) Fase 2 – implantação de programa ( ação indenpendente) Fase 3 – divulgação dos dados levantados (resultados) Fase 4 – devolução de informações (vantagens práticas) Fase 5 – desenvolvimento de projetos (cooperação) José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Relacionamento Institucional – Política Setorizada

24 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas Hospital Fase 1 – Identificação clara dos objetivos (colaboração) Fase 2 – programação orçamentação (ação independente) Fase 3 - divulgação dos dados levantados (resultados) Fase 4 – devolução de informação (política institucional) Fase 5 – desenvolvimento de projetos (investimentos ) José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Relacionamento Institucional – Política Setorizada

25 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Problemas e Soluções Encontradas FOSP – parceria clara e objetiva - posição crítica construtiva em relação ao sistema - cooperação na busca de soluções COMUNIDADE - envolvimento gradativo - cooperação com familiares e comunidade - cooperação com prefeituras – programas - proposta de criação de registro de base populacional José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Relacionamento Institucional – Política Setorizada

26 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Resultados Práticos E.S.P. HAC Nº de casos novos registrados Percentual de casos com confirmação de diagnóstico 96,7% 99,9% Percentual de casos sem estadiamento 15,2% 0,4% Percentual de casos com tratamento não concluído 19,2% 0,1% Percentual de casos sem informação do estado da 15,6% 0,1% doença ao final do primeiro tratamento José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Dados do Estado de São Paulo 2000 – (FOSP)

27 DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Resultados Práticos Ano Junho/00 Junho/01 Abril/02 Total Geral A Recuperar TOTAL José Getulio Martins Segalla – HAC – Jaú - SP Programa de Recuperação de Dados Total de Fichas Cadastradas por Período


Carregar ppt "DIFICULDADES DE IMPLANTAÇÃO DE UM REGISTRO DE CÂNCER Experiência do Hospital Amaral Carvalho Jaú - SP José Getulio Martins Segalla Coordenador Médico Registro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google