A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 3 ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO PRINCÍPIO VITAL PRINCÍPIO VITAL FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA – O PASSE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 3 ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO PRINCÍPIO VITAL PRINCÍPIO VITAL FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA – O PASSE."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2

3 3 ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO PRINCÍPIO VITAL PRINCÍPIO VITAL FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA – O PASSE FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA – O PASSE AÇÃO FLUÍDICA DA PRECE AÇÃO FLUÍDICA DA PRECE CORPO PINEAL OU EPÍFISE ; ANIMISMO CORPO PINEAL OU EPÍFISE ; ANIMISMO ONDAS, PAPEL DO PERISPÍRITO ONDAS, PAPEL DO PERISPÍRITO INFLUÊNCIA MORAL INFLUÊNCIA MORAL OBSESSOR, OBSIDIADO E O PROCESSO OBSESSOR, OBSIDIADO E O PROCESSO OBSESSÃO TIPOS E GRAUS, MEDIUNIDADE E LOUCURA OBSESSÃO TIPOS E GRAUS, MEDIUNIDADE E LOUCURA DESOBSESSÃO DESOBSESSÃO MANIFESTAÇÕES EFEITOS FÍSICOS, INTELECTUAIS E VISUAIS MANIFESTAÇÕES EFEITOS FÍSICOS, INTELECTUAIS E VISUAIS TERAPIA ESPÍRITA DAS OBSESSÕES TERAPIA ESPÍRITA DAS OBSESSÕES EVOLUÇÃO DA MEDIUNIDADE, ANALISE E DIVULGAÇÃO MENSAGENS EVOLUÇÃO DA MEDIUNIDADE, ANALISE E DIVULGAÇÃO MENSAGENS O PAPEL DOS ENCARNADOS E DESENCARNADOS O PAPEL DOS ENCARNADOS E DESENCARNADOS O TRANSE MEDIÚNICO, CONCEITO E GRAU O TRANSE MEDIÚNICO, CONCEITO E GRAU MECANISMO DO INTERCÂMBIO MEDIÚNICO MECANISMO DO INTERCÂMBIO MEDIÚNICO A MANIFESTAÇÃO DO FENÔMENO MEDIÚNICO A MANIFESTAÇÃO DO FENÔMENO MEDIÚNICO MEDIUNIDADE DE PSICOFONIA MEDIUNIDADE DE PSICOFONIA

4 4 Chega um conhecido de São Paulo, no Centro Luiz Gonzaga e fala Chega um conhecido de São Paulo, no Centro Luiz Gonzaga e fala Vim de S. Paulo, especialmente, para lhe dar um beijo. E dando-lhe o beijo na face, conclui: beijando-o tenho impressão de que beijei seu querido Guia Emmanuel Vim de S. Paulo, especialmente, para lhe dar um beijo. E dando-lhe o beijo na face, conclui: beijando-o tenho impressão de que beijei seu querido Guia Emmanuel E o Chico, com toda candidez e humildade : Não, meu caro irmão, você não beijou Emmanuel mas sim o seu burrinho, que sou eu E o Chico, com toda candidez e humildade : Não, meu caro irmão, você não beijou Emmanuel mas sim o seu burrinho, que sou eu

5 5 ESTUDO E EDUCAÇÃO DA MEDIUNIDADE MEDIUNIDADE DE PSICOGRAFIA MEDIUNIDADE DE PSICOGRAFIA 20/30 20/30

6 6 EM 1853 OS MISSIONÁRIOS INTODUZEM O PROCESSO DA ESCRITA, MAIS FÁCIL, MAIS CÔMODA E MAIS RÁPIDA EM 1853 OS MISSIONÁRIOS INTODUZEM O PROCESSO DA ESCRITA, MAIS FÁCIL, MAIS CÔMODA E MAIS RÁPIDA TOMA NO QUARTO VIZINHO A CESTA, AMARRA-LHE UM LÁPIS; COLOCA-A SOBRE O PAPEL; PÕE OS DEDOS NA BORDA. INSTANTES DEPOIS A CESTA SE PUNHA EM MOVIMENTO E ESCREVIA LEGIVELMENTE TOMA NO QUARTO VIZINHO A CESTA, AMARRA-LHE UM LÁPIS; COLOCA-A SOBRE O PAPEL; PÕE OS DEDOS NA BORDA. INSTANTES DEPOIS A CESTA SE PUNHA EM MOVIMENTO E ESCREVIA LEGIVELMENTE

7 7 PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO INTELIGENTE ATRAVÉS DE PANCADAS, SIM OU NÃO PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO INTELIGENTE ATRAVÉS DE PANCADAS, SIM OU NÃO POSTERIORMENTE, RESPOSTAS COM AS LETRAS DO ALFABETO, NÚMERO DE PANCADAS CORRESPONDENDO A LETRA POSTERIORMENTE, RESPOSTAS COM AS LETRAS DO ALFABETO, NÚMERO DE PANCADAS CORRESPONDENDO A LETRA

8 8 DEPOIS MÉTODO DE AMARRAR UM LÁPIS À CESTA DEPOIS MÉTODO DE AMARRAR UM LÁPIS À CESTA AMARRAR O LÁPIS A UMA PRANCHETA AMARRAR O LÁPIS A UMA PRANCHETA RECONHECEU-SE MAIS TARDE QUE A CESTA E A PRANCHETA NÃO ERAM, REALMENTE MAIS DO QUE UM APÊNDICE DA MÃO RECONHECEU-SE MAIS TARDE QUE A CESTA E A PRANCHETA NÃO ERAM, REALMENTE MAIS DO QUE UM APÊNDICE DA MÃO O MÉDIUM TOMANDO DIRETAMENTE O LÁPIS, SE PÔS A ESCREVER POR UM IMPULSO INVOLUNTÁRIO O MÉDIUM TOMANDO DIRETAMENTE O LÁPIS, SE PÔS A ESCREVER POR UM IMPULSO INVOLUNTÁRIO

9 9 PSICOGRAFIA ( DO GREGO ESCRITA DA MENTE OU DA ALMA ) PSICOGRAFIA ( DO GREGO ESCRITA DA MENTE OU DA ALMA ) SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA, A PSICOGRAFIA SERIA UMA DAS MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES DE EXPRESSÃO MEDIÚNICA EXISTENTES. ALLAN KARDEC CLASSIFICA-A COMO UM TIPO DE MANIFESTAÇÃO INTELIGENTE, POR CONSISTIR NA COMUNICAÇÃO DISCURSIVA ESCRITA DE UM ESPÍRITO, POR INTERMÉDIO DE UM HOMEM. SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA, A PSICOGRAFIA SERIA UMA DAS MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES DE EXPRESSÃO MEDIÚNICA EXISTENTES. ALLAN KARDEC CLASSIFICA-A COMO UM TIPO DE MANIFESTAÇÃO INTELIGENTE, POR CONSISTIR NA COMUNICAÇÃO DISCURSIVA ESCRITA DE UM ESPÍRITO, POR INTERMÉDIO DE UM HOMEM.

10 10

11 11 PSICOGRAFIA DIRETA – A MÃO DO MÉDIUM SEGURA O LÁPIS E ESCREVE A MENSAGEM DO ESPÍRITO PSICOGRAFIA DIRETA – A MÃO DO MÉDIUM SEGURA O LÁPIS E ESCREVE A MENSAGEM DO ESPÍRITO PSICOGRAFIA INDIRETA – O MÉDIUM APÓIA OS SEUS DEDOS NAS BORDAS DA CESTA PSICOGRAFIA INDIRETA – O MÉDIUM APÓIA OS SEUS DEDOS NAS BORDAS DA CESTA

12 12 PNEUMATOGRAFIA – ( DO GREGO PENEUMA- AR, SOPRO, VENTO, ESPÍRITO E GRAPHO – ESCREVO ) PNEUMATOGRAFIA – ( DO GREGO PENEUMA- AR, SOPRO, VENTO, ESPÍRITO E GRAPHO – ESCREVO ) ESCRITA DIRETA DOS ESPÍRITOS, SEM AUXÍLIO DA MÃO DO MÉDIUM ESCRITA DIRETA DOS ESPÍRITOS, SEM AUXÍLIO DA MÃO DO MÉDIUM

13 13 A FACULDADE PSICOGRÁFICA DEVE SER DESENVOLVIDA PELO EXERCÍCIO. QUANTO MAIS O MÉDIUM PSICÓGRAFO SE EXERCITAR, MAIS APRIMORADA E EFICIENTE SE TORNARÁ A FACULDADE DE ESCREVER, MEDIUNICAMENTE. A FACULDADE PSICOGRÁFICA DEVE SER DESENVOLVIDA PELO EXERCÍCIO. QUANTO MAIS O MÉDIUM PSICÓGRAFO SE EXERCITAR, MAIS APRIMORADA E EFICIENTE SE TORNARÁ A FACULDADE DE ESCREVER, MEDIUNICAMENTE.

14 14 DE TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO ( MEDIÚNICA), A ESCRITA MANUAL É O MAIS SIMPLES, MAIS CÔMODO E, SOBRETUDO MAIS COMPLETO – L. M. ITEM 178 DE TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO ( MEDIÚNICA), A ESCRITA MANUAL É O MAIS SIMPLES, MAIS CÔMODO E, SOBRETUDO MAIS COMPLETO – L. M. ITEM 178

15 15 CLASSIFICAÇÃO DE KARDEC CLASSIFICAÇÃO DE KARDEC PSICOGRAFIA MECÂNICA PSICOGRAFIA MECÂNICA PSICOGRAFIA INTUITIVA PSICOGRAFIA INTUITIVA PSICOGRAFIA SEMIMECÂNICA PSICOGRAFIA SEMIMECÂNICA

16 16 PSICOGRAFIA MECÂNICA PSICOGRAFIA MECÂNICA O ESPÍRITO COMUNICANTE ATUA DIRETAMENTE SOBRE A MÃO DO MÉDIUM DANDO-LHE UMA IMPULSÃO FEBRIL, INDEPENDENTE DA VONTADE DO MEDIANEIRO O ESPÍRITO COMUNICANTE ATUA DIRETAMENTE SOBRE A MÃO DO MÉDIUM DANDO-LHE UMA IMPULSÃO FEBRIL, INDEPENDENTE DA VONTADE DO MEDIANEIRO NESTA CIRCUNSTÂNCIA, O QUE CARACTERIZA O FENÔMENO É QUE O MÉDIUM NÃO TEM A MENOR CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE NESTA CIRCUNSTÂNCIA, O QUE CARACTERIZA O FENÔMENO É QUE O MÉDIUM NÃO TEM A MENOR CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE

17 17 TRANSMISSÃO DA MENSAGEM NÃO SERÁ SIMPLESMENTE "TOMAR A MÃO. HÁ PROCESSOS INTRINCADOS, COMPLEXOS. TRANSMISSÃO DA MENSAGEM NÃO SERÁ SIMPLESMENTE "TOMAR A MÃO. HÁ PROCESSOS INTRINCADOS, COMPLEXOS. NO CORPO DO INTERMEDIÁRIO, GRANDE LABORATÓRIO DE FORÇAS VIBRANTES: NO CORPO DO INTERMEDIÁRIO, GRANDE LABORATÓRIO DE FORÇAS VIBRANTES: AS GLÂNDULAS DO MÉDIUM TRANSFORMARAM-SE EM NÚCLEOS LUMINOSOS, À GUISA DE PERFEITAS OFICINAS ELÉTRICAS. AS GLÂNDULAS DO MÉDIUM TRANSFORMARAM-SE EM NÚCLEOS LUMINOSOS, À GUISA DE PERFEITAS OFICINAS ELÉTRICAS.

18 18 OS CONDUTORES MEDULARES FORMAVAM EXTENSO PAVIO, SUSTENTANDO A LUZ MENTAL, COMO CHAMA GENEROSA DE UMA VELA DE ENORMES PROPORÇÕES. OS CONDUTORES MEDULARES FORMAVAM EXTENSO PAVIO, SUSTENTANDO A LUZ MENTAL, COMO CHAMA GENEROSA DE UMA VELA DE ENORMES PROPORÇÕES. OS CENTROS METABÓLICOS INFUNDIAM SURPRESAS. OS CENTROS METABÓLICOS INFUNDIAM SURPRESAS.

19 19 O CÉREBRO MOSTRAVA FULGURAÇÕES NOS DESENHOS CAPRICHOSOS. O CÉREBRO MOSTRAVA FULGURAÇÕES NOS DESENHOS CAPRICHOSOS. OS LOBOS CEREBRAIS LEMBRAVAM CORRENTES DINÂMICAS. OS LOBOS CEREBRAIS LEMBRAVAM CORRENTES DINÂMICAS.

20 20 AS CÉLULAS CORTICAIS E AS FIBRAS NERVOSAS, COM SUAS TÊNUES RAMIFICAÇÕES, CONSTITUÍAM ELEMENTOS DELICADÍSSIMOS DE CONDUÇÃO DAS ENERGIAS RECÔNDITAS E IMPONDERÁVEIS. AS CÉLULAS CORTICAIS E AS FIBRAS NERVOSAS, COM SUAS TÊNUES RAMIFICAÇÕES, CONSTITUÍAM ELEMENTOS DELICADÍSSIMOS DE CONDUÇÃO DAS ENERGIAS RECÔNDITAS E IMPONDERÁVEIS. NESSE CONCERTO, SOB A LUZ MENTAL INDEFINÍVEL, A EPÍFISE EMITIA RAIOS AZULADOS E INTENSOS NESSE CONCERTO, SOB A LUZ MENTAL INDEFINÍVEL, A EPÍFISE EMITIA RAIOS AZULADOS E INTENSOS LIVRO MISSIONÁRIO DA LUZ – CAP I O PSICÓGRAFO LIVRO MISSIONÁRIO DA LUZ – CAP I O PSICÓGRAFO

21 21 Parte da entrevista com Francisco Cândido Xavier coberta pelo repórter Ivandel Godinho Jr. da revista semanária "Fatos e Fotos"'.-.GENTE, do Grupo Bloch: Parte da entrevista com Francisco Cândido Xavier coberta pelo repórter Ivandel Godinho Jr. da revista semanária "Fatos e Fotos"'.-.GENTE, do Grupo Bloch: 1 - Como se processa o fenômeno da psicografia?- 1 - Como se processa o fenômeno da psicografia?-

22 22 1 Tecnicamente, não sei definir. Sei apenas que os espíritos amigos tomam o meu braço e escrevem o que desejam. Há muitos anos perguntei a Emmanuel sobre o assunto. Ele respondeu: "Se a laranjeira quisesse estudar pormenorizadamente o que se passa com ela, na produção das laranjas, com certeza não produziria fruto algum. Não quero dizer com isto que o estudo de classificação em mediunidade deva ser desprezado. Desejo apenas confirmar que, como as laranjeiras contam com pomicultores e botânicos que as definem, assim também os médiuns contam com autoridades humanas que os analisam pelo tipo de serviço que oferecem. 1 Tecnicamente, não sei definir. Sei apenas que os espíritos amigos tomam o meu braço e escrevem o que desejam. Há muitos anos perguntei a Emmanuel sobre o assunto. Ele respondeu: "Se a laranjeira quisesse estudar pormenorizadamente o que se passa com ela, na produção das laranjas, com certeza não produziria fruto algum. Não quero dizer com isto que o estudo de classificação em mediunidade deva ser desprezado. Desejo apenas confirmar que, como as laranjeiras contam com pomicultores e botânicos que as definem, assim também os médiuns contam com autoridades humanas que os analisam pelo tipo de serviço que oferecem.

23 23 2 – Mas o que acontece com você, durante o momento em que os espíritos estão usando o seu braço? R.- Observo que minhas faculdades se acentuam em todos os seus aspectos. E realmente sinto-me na companhia dos amigos desencarnados, quando eles permitem, com tanta espontaneidade, como se fossem pessoas deste mundo, que nós vemos e ouvimos naturalmente. 2 – Mas o que acontece com você, durante o momento em que os espíritos estão usando o seu braço? R.- Observo que minhas faculdades se acentuam em todos os seus aspectos. E realmente sinto-me na companhia dos amigos desencarnados, quando eles permitem, com tanta espontaneidade, como se fossem pessoas deste mundo, que nós vemos e ouvimos naturalmente. 3 - Você tem consciência do que está sendo escrito? R.- Normalmente, não tenho conhecimento do assunto. O teor da mensagem, só conheço depois de recebida. Mas depende muito da reunião. 3 - Você tem consciência do que está sendo escrito? R.- Normalmente, não tenho conhecimento do assunto. O teor da mensagem, só conheço depois de recebida. Mas depende muito da reunião.

24 24 O COMUNICANTE UTILIZA OS PRÓPRIOS RECURSOS INTELECTUAIS O COMUNICANTE UTILIZA OS PRÓPRIOS RECURSOS INTELECTUAIS IDÉIAS, VOCABULÁRIO, ESTILO, CALIGRAFIA IDÉIAS, VOCABULÁRIO, ESTILO, CALIGRAFIA PODE RECEBER EM LÍNGUA ESTRANHA ( XENOGRAFIA ) PODE RECEBER EM LÍNGUA ESTRANHA ( XENOGRAFIA )

25 25 A mensagem acima foi psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier, de trás para diante, no idioma inglês, na sede da União Espírita Mineira, após concerto em benefício do Abrigo Jesus, realizado em 4 de abril de 1937, pelo exímio violinista Levino Albano Conceição, cego desde os sete anos de idade. A mensagem acima foi psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier, de trás para diante, no idioma inglês, na sede da União Espírita Mineira, após concerto em benefício do Abrigo Jesus, realizado em 4 de abril de 1937, pelo exímio violinista Levino Albano Conceição, cego desde os sete anos de idade.Francisco Cândido XavierFrancisco Cândido Xavier

26 26 "My dear and generous friends of the fraternity's doctrine. Good health and peace in God, our Father! "My dear and generous friends of the fraternity's doctrine. Good health and peace in God, our Father! Let us learn the life in the love's law, from the instructions of Jesus Christ, Except this work almost always in the earthly world represent the struggle and studies of the vanity and from the darkness of the little men's science Let us learn the life in the love's law, from the instructions of Jesus Christ, Except this work almost always in the earthly world represent the struggle and studies of the vanity and from the darkness of the little men's science Your Brother Your Brother Emmanuel Emmanuel

27 27 PSICOCRAFIA INTUITIVA PSICOCRAFIA INTUITIVA O COMUNICANTE ESPIRITUAL NÃO ATUA SOBRE A MÃO DO MÉDIUM, ATUA NA ALMA DO MEDIANEIRO QUE, CAPTANDO A IDÉIA DO COMUNICANTE, IMPULSIONA A MÃO NO SENTIDO DE ESCREVER A MENSAGEM QUE LHE ASSOMA AO FORO ÍNTIMO O COMUNICANTE ESPIRITUAL NÃO ATUA SOBRE A MÃO DO MÉDIUM, ATUA NA ALMA DO MEDIANEIRO QUE, CAPTANDO A IDÉIA DO COMUNICANTE, IMPULSIONA A MÃO NO SENTIDO DE ESCREVER A MENSAGEM QUE LHE ASSOMA AO FORO ÍNTIMO

28 28 O MÉDIUM TEM CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE, EMBORA NÃO EXPRIMA O SEU PRÓPRIO PENSAMENTO O MÉDIUM TEM CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE, EMBORA NÃO EXPRIMA O SEU PRÓPRIO PENSAMENTO O MÉDIUM É UM INTÉRPRETE O MÉDIUM É UM INTÉRPRETE PARA TRANSMITIR O PENSAMENTO PRECISA COMPREENDÊ-LO, E TRADUZI- LO FIELMENTE PARA TRANSMITIR O PENSAMENTO PRECISA COMPREENDÊ-LO, E TRADUZI- LO FIELMENTE

29 29 PSICOGRAFIA SEMIMECÂNICA PSICOGRAFIA SEMIMECÂNICA O MÉDIUM PARTICIPA DE AMBAS MODALIDADES, INTUITIVA E MECÂNICA, SENTE QUE À SUA MÃO A IMPULSÃO É DADA, MAU GRADO SEU, MAS, AO MESMO TEMPO, TEM CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE, A MEDIDA QUE AS PALAVRAS SE FORMAM O MÉDIUM PARTICIPA DE AMBAS MODALIDADES, INTUITIVA E MECÂNICA, SENTE QUE À SUA MÃO A IMPULSÃO É DADA, MAU GRADO SEU, MAS, AO MESMO TEMPO, TEM CONSCIÊNCIA DO QUE ESCREVE, A MEDIDA QUE AS PALAVRAS SE FORMAM

30 30 PNEUMATOGRAFIA OU ESCRITA DIRETA PNEUMATOGRAFIA OU ESCRITA DIRETA DIRETAMENTE PELO ESPÍRITO SEM INTERMEDIÁRIO DIRETAMENTE PELO ESPÍRITO SEM INTERMEDIÁRIO A ESCRITA SE FORMA POR MEIO DE UMA MATÉRIA QUE NÃO É A DO LÁPIS A ESCRITA SE FORMA POR MEIO DE UMA MATÉRIA QUE NÃO É A DO LÁPIS A ESCRITA NÃO É DURADOURA PORQUE NÃO HÁ, ENTRE OS ELEMENTO QUE A CONSTITUEM, AGREGAÇÃO PROPRIAMENTE DITA DE MATÉRIA, COMO NOS NOSSOS CORPOS SÓLIDOS. L.M. ITENS 127, 128 A ESCRITA NÃO É DURADOURA PORQUE NÃO HÁ, ENTRE OS ELEMENTO QUE A CONSTITUEM, AGREGAÇÃO PROPRIAMENTE DITA DE MATÉRIA, COMO NOS NOSSOS CORPOS SÓLIDOS. L.M. ITENS 127, 128

31 31

32 32 Tarefa de casa LIVRO DOS MÉDIUNS, CAP XV – DOS MÉDIUNS ESCREVENTES OU PSICÓGRAFOS LIVRO DOS MÉDIUNS, CAP XV – DOS MÉDIUNS ESCREVENTES OU PSICÓGRAFOS LIVRO O MISSIONÁRIO DA LUZ, CAP I - O PSICÓGRAFO LIVRO O MISSIONÁRIO DA LUZ, CAP I - O PSICÓGRAFO LIVRO NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP 19 – DOMINAÇÃO TELEPÁTICA LIVRO NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP 19 – DOMINAÇÃO TELEPÁTICA 20/30 20/30


Carregar ppt "1. 2 3 ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO ESPÍRITO; MATÉRIA; FLUIDOS; PERISPÍRITO PRINCÍPIO VITAL PRINCÍPIO VITAL FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA – O PASSE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google