A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

STRESS OXIDATIVO E USO DE ANTI-OXIDANTES Mitocôndria Oxigênio RADICAIS LIVRES ENERGIA-ATP ANTIOXIDANTES Vitaminas E, -caroteno, vit. C, Glutationa,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "STRESS OXIDATIVO E USO DE ANTI-OXIDANTES Mitocôndria Oxigênio RADICAIS LIVRES ENERGIA-ATP ANTIOXIDANTES Vitaminas E, -caroteno, vit. C, Glutationa,"— Transcrição da apresentação:

1

2

3 STRESS OXIDATIVO E USO DE ANTI-OXIDANTES Mitocôndria Oxigênio RADICAIS LIVRES ENERGIA-ATP ANTIOXIDANTES Vitaminas E, -caroteno, vit. C, Glutationa, Catalase, Selênio, Cobre, Zinco,Manganês,...

4 RADICAIS LIVRES LÍPIDES Peroxidação Lipídica PROTEÍNAS Dano do DNA 1. Sistema Cardiovascular 2. Câncer 3. Imunossenescência 4. Demência de Alzheimer 5. Degeneração Macular ANTIOXIDANTES Vitaminas E, -caroteno, vit. C, Glutationa, Catalase, Selênio, Cobre, Zinco,Manganês,... STRESS OXIDATIVO

5 ANTIOXIDANTES E CARDIOPATIA ISQUÊMICA LDL-oxidada Endotélio vascular INJÚRIA ENDOTELIAL: Fatores Quimiotáticos para monócitos Óxido Nítrico Citotoxicidade Recrutamento de Monócitos / Macrócitos Proliferação de células musculares lisas Agregação Plaquetária ATEROSCLEROSE RUPTURA TROMBOSE

6 ANTIOXIDANTES X DOENÇA CARDIOVASCULAR X CÂNCER EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS 1. LINXAN, China, adultos (subnutrição) - 5,2 anos -caroteno 15 mg Selênio 50 mcg -tocoferol 30 mg RR de morte por todas as causas foi 0,91. Não houve redução na mortalidade cardiovascular. 2. ATBC ( -Tocoferol, -caroteno Cancer Prevention Study) NEJM, HOMENS FUMANTES anos: 5 a 8 anos Vit. E 50 mg ou -caroteno 20mg NENHUMA REDUÇÃO DA MORTALIDADE POR CÂNCER OU CARDIOPATIA ISQUÊMICA (RR 1,08) -caroteno: 8% na mortalidade geral ( 18% no Ca pulmão e de 8% nas mortalidade por cardiopatia isquêmica) 3.CARET(NEJM, 1996) -caroteno and Retinol Efficacy Trial pctes: Fumantes + Asbestos 4 anos Retinol( UI/d) + -caroteno 30mg/dia AUSÊNCIA DE BENEFÍCIO ou risco Incidência de câncer de pulmão: RR 1,28 (IC 1,04 a 1,57; p=0,02) Mortalidade por câncer de pulmão: RR 1,46 (IC 1,07 a 2) Mortalidade por todas as causas: RR: 1,17 (IC 1,03 a 1,33) (suspenso 21 meses antes do término previsto) 4. Physicians Health Study, médicos, homens, anos, 12 anos -caroteno: 50 mg, dias alternados Nenhum Benefício ou Malefício (RR:1,01)

7 VITAMINA E ATBC ( -Tocoferol, -caroteno Cancer Prevention Study) Prevenção Secundária com vitamina E 50 mg O RISCO DE IAM NÃO-FATAL FOI REDUZIDO EM 38%.NÃO HOUVE REDUÇÃO DOS EVENTOS FATAIS. IOWA WOMENS HEALTH STUDY NEJM, pós-menopáusicas sem DCV - 7anos Questionário Vitamina A e C: NENHUM BENEFÍCIO Vitamina E: A ingestão de Vit. E, na forma de ALIMENTOS foi inversamente associada ao risco de eventos coronarianos fatais (RR 0,36 a 1). A suplementação de Vit. E não apresentou o mesmo impacto.

8 GISSI- Prevenzione Trial Lancet pcts < 3 meses pós-IAM - 3 a 5 anos Vitamina E 300mg/dia: Nenhum efeito Ac. Graxos Poliinsaturados n-3 (1g/d): Houve redução significativa da taxa de morte, IAM não-fatal e AVC. HOPE: The Heart Outcomes Prevention Evaluation Study Investigators NEJM, mulheres e homens > 55 anos - Alto risco para DCV - 5 anos ou com DCV estabelecida (Prevenção primária e secundária) Vitamina E 400 IU/d: Nenhum benefício aparente no prognóstico cardiovascular. Ramipril: o estudo foi suspenso com 4,5 anos com base nos benefícios demonstrados com o uso do Ramipril e ausência de qualquer efeito com a Vit. E. SECURE (The Study to Evaluate Carotid Ultrsound): Circulation, 2001 Ramipril ou Vitamina E na progressão da aterosclerose em pctes de alto risco. Pctes:732 > 55 anos( 4,5 anos) Aterosclerose: Ultra-Som Carotídeo B-mode Vitamina E não trouxe nenhum benefício.

9 PPP (Primary Prevention Project) N: 4496 homens e mulheres. Idade 55 anos Ramdomização: Vitamina E (300 UI) ou Aspirina Duração: 4 anos NÃO HOUVE NENHUM BENEFÍCIO CARDIOSVASCULAR OU MORTALIDADE POR QUALQUER CAUSA

10 CHAOS: Cambridge Heart Antioxidant Study Lancet pcts com aterosclerose coronariana angiográfica -Tocoferol 400 ou 800 UI/d 1,4 anos IAM não fatal e outros eventos cardiovasculares foram reduzidos em 77% e 47%, respectivamente. NÃO FOI OBSERVADO NENHUMA REDUÇÃO NOS EVENTOS CARDIOVASCULARES FATAIS, inclusive discreto aumento. PROBLEMAS: Randomização inadequada; Follow-up incompleto (1,5 anos) Mudança na dose da vitamina E (800 UI para 400 UI/dia)

11 ANTIOXIDANTES: Outros efeitos IMUNOSSENESCÊNCIA Meydani SM, JAMA, 1997 PALLAST EG, Am J Clin Nutr, 1999 Parâmetros da imunidade celular (Linfócitos T) Infecção ? DEGENERAÇÃO MACULAR Stress oxidativo NHANES: ingestão de frutas e vegetais ricos em vitamina A. POLA, Arch Ophthalmol, 1999: 2584 pcts> 60 anos A vitamina E(níveis plasmáticos) pode reduzir o risco de degeneração macular. ? DEMÊNCIA ALZHEIMER SANO M, NEJM, anos Vit. E UI/d Progressão da doença (tempo para i nstitucionalizaão e AVDs) Não houve melhora cognitiva

12

13

14

15

16

17 CONCLUSÃO

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27 HIPOGONADISMO MASCULINO (ANDROPAUSA) Sintomas sexuais: Diminuição da libido Disfunção erétil Dificuldades orgásmicas: dificuldade na obtenção do orgasmo ou diminuição na intensidade do orgasmo Diminuição da energia, vitalidade e sensação de bem estar; Fadiga; Rebaixamento do humor; Disfunção cognitiva; Redução da massa e força muscular; Redução da massa óssea: OSTEOPOROSE Anemia

28

29

30

31

32


Carregar ppt "STRESS OXIDATIVO E USO DE ANTI-OXIDANTES Mitocôndria Oxigênio RADICAIS LIVRES ENERGIA-ATP ANTIOXIDANTES Vitaminas E, -caroteno, vit. C, Glutationa,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google