A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão Mauro Zamboni, MD; FCCP Curso Nacional de Atualização em Pneumologia SBPT Rio de Janeiro - 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão Mauro Zamboni, MD; FCCP Curso Nacional de Atualização em Pneumologia SBPT Rio de Janeiro - 2008."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão Mauro Zamboni, MD; FCCP Curso Nacional de Atualização em Pneumologia SBPT Rio de Janeiro

7 CONFLITO DE INTERESSES

8 . CAUSAS DE ÓBITOS. DOENÇAS CRÔNICAS. IMPORTÂNCIA DO CÂNCER DO PULMÃO. EPIDEMIOLOGIA DO CÂNCER DO PULMÃO. NOVO ESTADIAMENTO

9

10 Principais Causas de óbito nos EUA: 1. I.A.M. 2. Cancer 3. D.C.V. 4. D.P.O.C. Cigarette Related Diseases Leading Causes of Death Worldwide 2010

11 As doenças crônicas representam uma grande proporção entre todas as doenças que acometem os seres humanos 58 milhões de mortes em 2005: Doença Cardiovascular30% Cancer 13% Doenças Respiratórias Crônicas 7% Diabetes 2% Beaglehole et al. WHO, Lancet, %

12 Câncer do Pulmão Os números são assustadores ! E.U.A. – 2007 – CASOS NOVOS HOMENS – MULHERES – E.U.A. – 2007 – ÓBITOS HOMENS – MULHERES – EM TODO O MUNDO > ÓBITOS/ANO

13 2008

14 1 ª causa de morte por câncer nos homens e nas mulheres. nas mulheres. em 1987 ultrapassou àquelas devidas ao câncer da mama. em 2002 : 25 % de todas as mortes por câncer. 30% de todas as mortes por câncer óbitos por câncer do colon + mama + próstata Câncer do Pulmão Mortalidade

15 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão. The IASLC Lung Cancer Staging Project. 10 anos: 1996 – pacientes incluídos no banco de dados. 3 comitês: para o T, para o N e para o M. Análise final Publicação: 2009

16 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão. Recomendações para o fator T Subclassificar:. T1:.T1a ( 2 cm). T1b ( > 2 cm até 3 cm).T2:. T2a (> 3cm a 5 cm ou T2 por outro fator e 5 cm). T2b ( > 5 cm ou 7 cm)

17 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão. Recomendações para o fator T Reclassificar:. T2 > 7 cm como T3. T4 (nódulo/s no mesmo lobo) como T3. M1 (nódulo/s no mesmo lado, em outro lobo) como T4. Nódulos pleurais, d. pleural e/ou pericárdico + como T4

18 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão. Recomendações para o fator N. Recomendação da Sub-comissão:. Os descritores do N da 6ª. Ed. da classificação do TNM não necessitam alterações ou esclarecimentos

19 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão. Recomendações para o fator M. Disseminação pleural (nódulos/ d. pleural +) de T4 p/ M1. M1 por nódulos adicionais no pulmão contra-lateral como M1a. M1 por metástases à distância (fora do pulmão/pleura) como M1b

20 Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão As alterações propostas, resumidamente, são as seguintes:. As propostas incorporadas modificam o T e o M ( afetando as categorias T2, T3, T4 e M1). Reclassificam os tumores 5 cm – T2aN1 – em E IIA ( antigo IIB). Reclassificam os tumores > 5 – 7 cm – T2bN0 - em E IIA (antigo IB). Reclassificam os tumores T4N0 e T4N1 em E IIIA (antigo IIIB)

21 Os grupos do estadiamento TNM resultantes foram os seguintes Carcinoma oculto TXN0M0 E 0TisN0M0 E IAT1a, bN0M0 E IBT2aN0M0 E IIAT1a, bN1M0 T2aN1M0 T2bN0M0 EIIBT2bN1M0 T3N0M0 E IIIAT1, T2N2M0 T3N1, N2M0 T4N0, N1M0 E IIIBT4N2M0 Q TN3M0 E IVQ TQ NM1a,b :

22 RESUMO DOS DESCRITORES PROPOSTOS PARA T e M, E PROPOSTAS DE ESTADIAMENTO POR GRUPOS UICC6 T/M e Descritor T/M PropostoN0N1N2N3 T1 ( 2 cm)T1aIAIIAIIIAIIIB T1 (>2-3cm)T1bIAIIAIIIAIIIB T2 ( 5cm)T2aIBIIAIIIAIIIB T2 (>5-7cm)T2bIIAIIBIIIAIIIB T2 (> 7cm)T3IIBIIIA IIIB T3 invasãoIIBIIIA IIIB T4 (mesmo lobo)IIBIIIA IIIB T4 (extensão)T4IIIA IIIB M1 (p. ipsilat)IIIA IIIB T4 (d. pleural)M1aIV M1 (p. contralat.)IV M1 (dist.)M1bIV

23 . CÂNCER DO PULMÃO – CONSIDERADO UMA EPIDEMIA MUNDIAL PELA O.M.S.. É A ÚNICA NEOPLASIA COM CAUSA-EFEITO BEM ESTABELECIDA. APESAR DOS AVANÇOS NO DIAGNÓSTICO E NO TRATAMENTO A SV 5 ANOS: 15%. O TABACO É O GRANDE VILÃO DA HISTÓRIA. A CESSAÇÃO DO TABAGISMO É O ÚNICO MÉTODO EFICAZ NO CONTROLE DA DOENÇA. OMS: CASO OS FUMANTES PARASSEM HOJE DE FUMAR, AINDA TERÍAMOS UMA ALTA INCIDÊNCIA DO CÂNCER DO PULMÃO NOS PRÓXIMOS 60 ANOS. PRECISAMOS PENSAR NO CÂNCER DO PULMÃO. PRECISAMOS LUTAR FERRENHAMENTE CONTRA O TABAGISMO LEMBRETES:

24


Carregar ppt "Avanços no Estadiamento do Câncer do Pulmão Mauro Zamboni, MD; FCCP Curso Nacional de Atualização em Pneumologia SBPT Rio de Janeiro - 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google