A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ASSESSORES DO CRTE: Alessandro Bontempi Elis Regina Piffer Jeferson de Carvalho Kleder Zamberlan de Castilho Luiz Henrique Silveira Olschowsky Rômulo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ASSESSORES DO CRTE: Alessandro Bontempi Elis Regina Piffer Jeferson de Carvalho Kleder Zamberlan de Castilho Luiz Henrique Silveira Olschowsky Rômulo."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 ASSESSORES DO CRTE: Alessandro Bontempi Elis Regina Piffer Jeferson de Carvalho Kleder Zamberlan de Castilho Luiz Henrique Silveira Olschowsky Rômulo Sérgio Yanke dos Santos

4 Técnicos do CRTE e PRD: Jesuel Marques Montagnani Luiz Cláudio dos S Cortez

5 CRTE CRTE TÉCNICOS

6 MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL

7 QUEM É ESTE ADMLOCAL? O Administrador Local é a pessoa escolhida pela direção da escola para gerenciar as contas dos usuários e as máquinas no laboratório Paraná Digital. Nos slides que seguem explicaremos em detalhes: * como usar a Interface do admlocal; * como administrar usuários; * como administrar multiterminais; * como configurar impressoras.

8 ADMINISTRAÇÃO DA SERVIDORA as servidoras de computação foram configuradas para ser administrada completamente à distância, cabendo ao administrador local apenas à administração das contas dos usuários e ao acompanhamento da utilização do laboratório; o sistema Paraná Digital foi concebido para dar o menor trabalho possível ao administrador local na escola, garantindo uniformidade e segurança; Os multiterminais são máquinas com menor capacidade de processamento e memória e sequer possuem disco. Isto implica não haver processamento nos terminais, tudo é feito na servidora; Estas servidoras estão ligadas entre si por uma rede de dados fornecida pela Copel. Em cada escola, os pontos de trabalho locais, incluindo a impressora, não são acessíveis por máquinas de outras escolas, o que garante a segurança dos terminais de trabalho em cada escola;

9 No período da noite, sempre que for feita atualização na servidora de processamento, tem-se aumento da qualidade em todos os pontos de trabalho; SEM A SERVIDORA OS MULTITERMINAIS NÃO FUNCIONAM, ELA NUNCA DEVE SER DESLIGADA! CASO CONTRÁRIO, A SUA ESCOLA FICA SEM ATUALIZAÇÃO DA CELEPAR/UFPR.

10 O MULTITERMINAL No Paraná Digital, os pontos de trabalho são denominados multiterminais: são computadores que possuem 4 placas de vídeo, 4 monitores, 4 teclados e 4 mouses usando, compartilhadamente, uma única unidade de processamento.

11 ATRIBUIÇÕES DO ADMLOCAL O administrador local tem por atribuição cuidar do bom funcionamento do sistema na escola. Para tanto, algumas tarefas deverão ser efetuadas rotineiramente. Elas são explicadas nos capítulos seguintes. Em termos gerais, são responsabilidades do administrador local: * cadastrar as contas para os usuários; * remover as contas de usuários; * alterar senhas perdidas;

12 ATRIBUIÇÕES DO ADMLOCAL * cadastrar multiterminais, impressoras e dispositivos periféricos em geral; * zelar pela integridade física do sistema, por exemplo, garantindo acesso restrito ao rack com a servidora; * estabelecer as regras de uso e verificar o cumprimento das mesmas.

13 INTERFACE DO ADMLOCAL Após a instalação do sistema, apenas uma única conta de usuário existe: a do usuário admlocal. É esta conta que o administrador local deve usar para entrar no sistema a partir da tela de login da interface PRD usando-se um ponto de trabalho do laboratório. A partir de instruções do Manual do Usuário, o administrador local entra no sistema: login: admlocal senha: a que foi definida pelo próprio administrador local ao final do processo de instalação – TROCA DA SENHA

14 CARREGANDO A INTERFACE 1. clicar no menu Aplicações; 2. escolher o submenu Sistema; e 3. clicar em Terminal (dentro no submenu Sistema). Este programa não pode ser acessado a partir de nenhum ícone nem de nenhum menu no sistema. A única maneira de carregá-lo é a partir de um terminal. Com o terminal aberto, o seguinte comando deve ser digitado: interface-admlocal

15 Após a carga do programa, a interface do admlocal será aberta em uma janela A figura mostra as opções de administração do sistema disponíveis ao administrador local.

16 APENAS O ADMLOCAL PODE CARREGAR ESTA INTERFACE! LOGO, É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DO ADMLOCAL O SIGILO E A PROTEÇÃO DA SENHA.

17 ADMINISTRANDO USUÁRIOS Para adicionar somente um usuário no sistema, primeiramente deve-se clicar em Adicionar um usuário. Ao selecionar essa opção e pressionar OK, uma nova janela será aberta com um campo em que deve ser digitado o nome do usuário (nome real da pessoa que está sendo cadastrada).

18 A próxima janela que aparece deverá ser preenchido o campo onde deve ser colocado o usuário (login). Na escolha do login não é permitido o uso de espaços. Para evitar problemas ele pode, simplesmente, ser composto por letras, dígitos, hífem e sublinhado, sem acentos.

19 ESCOLHENDO O LOGIN Na escolha do login não é permitido o uso de espaços. Para evitar problemas ele pode, simplesmente, ser composto por letras, dígitos, hífem e sublinhado, sem acentos e não é recomendado o uso letras maiúsculas. Para definir o login, o administrador deve adotar uma boa política. Uma boa política para nomeação de usuário é constitui-lo pelas iniciais do nome do usuário, juntamente com o período e o ano em que o usuário ingressou na escola. Por exemplo: João Pereira da Silva = jps / matutino- 1 vespetino-2 noturno- 3 // ingressou na escola no ano de 2005 LOGIN - jps105

20 A escolha do login deve seguir as seguintes regras: 1 – iniciar com a letra do nome do usuário 2 – conter no minímo 4 (quatro) caracteres, os quais podem ser letras, algarismos numéricos, hífem e sublinhado 3 – indicação do período que o usuário frequenta a escola 4 – ano que ingressou na escola OBS. Talvez a melhor política seja encontrada pela criatividade do admlocal.

21 Após definir o login e clicar em OK, uma nova janela será mostrada. Neste janela será para ser definido o grupo no qual o novo usuário será inserido. Os grupos existentes são aluno (aluno), prof (professor), func (funcionário) e visit (visitante). Cada usuário deve ser pertinentemente inserido em um grupo. Um detalhe importante é que esses grupos são pré-definidos na instalação do sistema, não sendo possível, assim, criar novos grupos.

22 Após ser escolhido o grupo em que o usuário será inserido, é mostrada uma janela de confirmação dos dados do usuário que está sendo cadastrado. Caso algo precise ser modificado, basta clicar em Cancelar. Desse modo o processo de cadastramento é iniciado novamente. Caso os dados estiverem corretos, basta clicar em OK.

23 Após a confirmação do grupo, será mostrada a senha que esse usuário deverá usar para entrar no sistema. É muito importante que o admlocal transmita corretamente a senha ao usuário. Um outro cuidado é o de ser sigiloso em relação à senha dos usuários. (pode-se imprimir o relatório com as senhas para entrega) O admlocal deve informar ao usuário que ele deve alterar a senha e a mesma é de sua responsabilidade (passwd)

24 Caso algum erro aconteça na hora do cadastro tal como tentativa de cadastramento de um usuário com um login já existente no sistema, uma janela com uma mensagem de erro será mostrada:

25 ADICIONANDO VÁRIOS USUÁRIOS Para adicionar vários usuários a partir de um arquivo é preciso de um pouco de prática e de muita atenção, pois vários usuário serão cadastrados de uma só vez. A formatação do arquivo deve ser igual à do exemplo a seguir: ao207,aluno,Andreia de Oliveira bcr105,aluno,Bruno Cesar Ribas bp105,prof,Bebeto Pereira drb302,aluno,Daniel Rebelo Brun evs303,func,Edson Vinicius Schmitt

26 Cada linha deve ser, rigorosamente, composta primeiramente pelo login, depois pelo grupo e por último pelo Nome Completo do usuário que está sendo cadastrado. A separação entre esses dados deve ser feita por vírgula (sem espaços). Não é permitido que exista espaço em branco entre elas. É interessante ressaltar que para criar o arquivo, o administrador deve conhecer os grupos existentes no sistema, para assim evitar erros na hora do cadastramento. Um arquivo desse tipo não pode existir erro de digitação, pois isso pode acarretar problemas de variados tipos. O arquivo usado para fazer o registro dos dados dos usuários (cadastrar, removê-los, alteração de senhas) deve estar exatamente no tipo de texto (.txt)

27 Para criar um arquivo texto (.txt) é necessário usar um editor de texto. Para iniciar um editor de texto no ambiente gráfico, deve- se: * clicar no menu Aplicações; * selecionar o submenu Escritório; e * clicar em Editor de Texto. Após criar um arquivo com os dados dos usuários que serão cadastrados, para adicioná-los deve-se clicar primeiramente em Adicionar usuário a partir de um arquivo. Ao selecionar essa opção e pressionar OK, um navegador de arquivos será aberto. Por meio deste é possível selecionar o arquivo que será usado para o futuro cadastramento dos usuários.

28 navegador para selecionar o arquivo Após selecionar o arquivo correto contendo as informações sobre os cadastros, basta clicar em OK. Em seguida o sistema se encarregará de cadastrar todos os usuários, cada qual com o login, o grupo e o nome completo do usuário correspondentes aos que estão no arquivo.

29 Uma janela de espera será mostrada enquanto os usuários estiverem sendo cadastrados. Quando o cadastramento estiver completo, aparecerá uma janela emitindo uma mensagem de sucesso. (normal que demore caso tenha um número grande de usuários.

30 Depois que os usuários são cadastrados, será exibida uma janela mostrando um relatório com os dados desses usuários em ordem alfabética, inclusive com a senha de cada um. Assim, por meio desse relatório, o administrador poderá ter acesso ao login e à senha de cada usuário para, posteriormente, repassá-los aos respectivos donos.

31 REMOVENDO USUÁRIOS Para remover contas de usuários, deve-se clicar em Remover Usuários, na janela da interface do admlocal. Em seguida clicar em OK.

32 Para remover somente um usuário do sistema, deve-se clicar em Remover um usuário na janela, ao selecionar essa opção e clicar em OK, uma nova janela será aberta, na qual deverá ser digitado o login que se deseja remover A REMOÇÃO DE UM USUÁRIO, É UMA TAREFA QUE EXIGE MUITA ATENÇÃO, POIS AO REMOVER, TODOS OS SEUS ARQUIVOS E DIRETÓRIOS SÃO JUNTAMENTE EXCLUÍDOS.

33 REMOVENDO A PARTIR DE UM ARQUIVO Antes de usar a interface do admlocal para remover usuários a partir de um arquivo, deve-se ter pronto um arquivo do tipo necessário para a execução dessa tarefa (.TXT). A formatação do arquivo deve ser igual a do exemplo a seguir: ao03 bcr04 bp05 drb02 evs03

34 Ou seja, no arquivo referente à remoção de usuários, deve existir somente uma coluna que deverá ser composta pelos respectivos logins dos usuários a serem removidos. As linhas não precisam de nenhum tipo específico de ordenação. No entanto, não é permitido que exista espaço em branco entre elas. É importante ressaltar que em um arquivo desse tipo não pode existir erro de digitação, pois isso pode acarretar problemas de vários tipos. Após selecionar o arquivo que contém os logins que serão removidos, basta clicar em OK. Em seguida, o sistema se encarregará de remover os usuár É importante que o admlocal tenha atenção para saber em que diretório salvou o arquivo referente à remoção dos usuários.

35 ALTERANDO SENHA DO USUÁRIO Quando um usuário é cadastrado pelo administrador, o sistema fornece, aleatoriamente, uma senha para ele. A partir disso, ele pode usar a senha que lhe foi dada pelo sistema para logar e trocar a mesma assim que entrar no sistema. É ACONSELHÁVEL QUE O ADMLOCAL, INSTRUA O USUÁRIO O PROCEDIMENTO PARA A TROCA.

36 USUÁRIO ALTERANDO A SENHA Quando o usuário logar pela primeira vez, o sistema solicitará que seja alterado a senha. UNIX (atual) password: - AQUI DEVERÁ SER DIGITADO A SENHA fornecida Enter new UNIX password: DIGITAR NOVA SENHA Retype new UNIX password: DIGITAR NOVAMENTE A SENHA passwd: password updated sucessfully – MENSAGEM DE ALTERAÇÃO

37 USUÁRIO ALTERANDO A SENHA Caso o usuário queira alterar a senha novamente deverá seguir os seguintes passos: clicar no menu APLICAÇÕES escolher o submenu SISTEMA clicar em TERMINAL (dentro no submenu SISTEMA) no TERMINAL deverá digitar o comando: passwd (minúsculo) UNIX password: - AQUI DEVERÁ SER DIGITADO A SENHA ANTIGA Enter new UNIX password: DIGITAR NOVA SENHA Retype new UNIX password: DIGITAR NOVAMENTE A SENHA

38 RECRIAR A CONTA DO USUÁRIO Em alguns casos como, ``estouro de cota'', perda da configuração do ambiente de trabalho, entre outros, se torna necessário que a conta de um usuário seja recriada. (aguardando procedimentos para aumento de cota). Para recriar a conta de um usuário na interface do admlocal a opção Recriar Usuário e, em seguida, clicar em OK. A seguir, uma nova janela será mostrada na qual existirá um campo que deverá ser preenchido com o login do usuário a ser recriado

39 Depois que o sistema recria o usuário, uma mensagem com os dados do usuário é mostrada. Estes permanecem iguais, exceto a senha, ou seja, o nome completo do usuário continua sendo o mesmo que era anteriormente à sua recriação e o seu login também. No entanto, o sistema fornece a este usuário uma nova senha, cabendo ao administrador repassá-la corretamente ao usuário que teve sua conta recriada. APESAR DO PROCESSO SER SIMPLES, É IMPORTANTE QUE O ADMLOCAL TENHA CERTEZA DESTA NECESSIDADE, POIS ESTA OPERAÇÃO (recriar usuário), QUANDO EXECUTADA APAGA TODOS OS ARQUIVOS DO USUÁRIO RECRIADO. É VITAL REALIZAR UM BACKUP DOS ARQUIVOS DESTE USUÁRIO.

40 Caso o login a ser recriado não exista, uma mensagem de erro é mostrada

41 VISUALIZANDO RELATÓRIOS As operações mais importantes realizadas pelo admlocal são registrados em relatórios. Existem relatórios de operações bem e mal sucedidas. Por meio desses relatórios é possível ver quais usuários foram adicionados, quais foram removidos ou, até mesmo, quais tiveram suas senhas alteradas. Da mesma forma, é possível ver os erros que aconteceram durante qualquer uma dessas operações.

42 ADMINISTRANDO MULTITERMINAL No Sistema Paraná Digital, os laboratórios são formados por multiterminais (1 a 4 terminais ligados a uma CPU), cadastrados numa servidora, que possuem uma configuração de periféricos e, ainda, em algum(ns) dele(s) existem possibilidades especiais como dispositivo de CD/DVD, câmera digital (webcam), entre outras. Como somente a servidora é capaz de processar e enviar informações, ela necessita saber exatamente o número (endereço) de cada multiterminal e também todas as suas características. Por causa disso, na interface do admlocal existe a opção Administrar multiterminais que tem, como função, permitir a configuração dos multiterminais da melhor forma possível.

43

44 REMOVER MULTITERMINAL Caso um multiterminal apresente problema de configuração, não carregando, deixando de funcionar um mouse ou teclado, podemos excluir o multiterminal e depois incluir novamente. OBS – o multiterminal quando ligado pela primeira vez, necessitará ser cadastrados novamente na servidora.

45

46 CADASTRAR DISPOSITIVO CD/DVD Cadastrar o dispositivo de CD/DVD pela interface do admlocal na servidora é simples. Basta primeiramente escolher a opção Administrar multiterminal, clicar em OK. Depois clicar na opção Cadastrar dispositivo de CD/DVD e em OK novamente. É recomendável cadastrar na servidora e no multiterminal também.

47

48

49 DESCADASTRANDO TECLADOS/MOUSES DE MULTITERMINAL No momento da instalação física e lógica do multiterminal podem acontecer alguns erros, por falta de atenção do administrador, como, relacionar teclados/mouses aos monitores incorretos. Algum usuário acidentalmente trocar as conexões de mouses ou teclados. Para descadastrar teclados/mouses de um multiterminal deve-se selecionar, na interface do admlocal, a opção Administrar multiterminais, em seguida, clicar em OK.

50

51 CONFIGURAR IMPRESSORAS Um outro equipamento indispensável presente no laboratório são as impressoras (o número de impressoras é dependente do número de alunos na escola). No entanto, inicialmente, elas não estão operacionais, pois precisam ser cadastradas na servidora.

52 CADASTRANDO IMPRESSORA Antes de iniciar o cadastro da impressora, deve-se: Verificar se a impressora está fisicamente instalada; Ter em mãos o endereço (MACou Ethernet Address) da impressora. Para cadastrar, deve-se clicar em Cadastrar impressora. Após, uma outra janela será mostrada na qual deve ser digitado o endereço (MAC ou Ethernet Address) da impressora.

53

54

55

56

57

58 MATERIAL DE APOIO PROJETO PARANÁ DIGITAL – GUIA DE INSTALAÇÃO PROJETO PARANÁ DIGITAL – MANUAL DO ADM LOCAL ou APLICAÇÕES / AJUDA no sistema já instalado. PROJETO PARANÁ DIGITAL – MANUAL DO USUÁRIO Pesquisa: Jesuel e Luiz Cláudio Montagem Material: Luiz Cláudio


Carregar ppt "ASSESSORES DO CRTE: Alessandro Bontempi Elis Regina Piffer Jeferson de Carvalho Kleder Zamberlan de Castilho Luiz Henrique Silveira Olschowsky Rômulo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google