A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Logística Empresarial Decisões de Transporte Prof. José Correia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Logística Empresarial Decisões de Transporte Prof. José Correia."— Transcrição da apresentação:

1 1 Logística Empresarial Decisões de Transporte Prof. José Correia

2 Decisões de TransportesProf. José CorreiaSlide 2 de 22 Decisões de Transportes As principais decisões de Transportes são: Seleção do modal; Roteirização de veículos; Roteirização com 1 origem e 1 destino diferente (problema do caminho mínimo); Roteirização com n origens e m destinos (distribuição); Roteirização com 1 origem e n paradas com destino concidente; Programação de veículos; Gerenciamento de Frota; Consolidação do embarque;

3 Decisões de TransportesSlide 3 de 22 Seleção do Modal FábricaTransporte Armazém Ferroviário = 21 dias Demanda Exemplo: Decisões de Transportes 4021,40Aéreo4 2050,20Rodoviário ,10Ferroviário1 N.de Embarques (ano) Tempo (em Trânsito) Taxa (por Unidade) Serviço de Transporte 140,15Piggyback2 20 Prof. José Correia

4 Decisões de TransportesSlide 4 de 22 Tipo de custo Método de Cálculo FerroviárioPiggybackRodoviárioAéreo TransporteR x D 0.1 x = x = x = ,40 x = Estoque em trânsito (ICDT) / 365 (0.3x30x700x21) 365 = ,75 (0.3x30x700x14) 365 = ,84 (0.3x30x700x5) 365 = ,31 (0.3x30x700x2) 365 = ,55 Estoque na Planta ICQ / 2 0.3x30x70/2 = x30x35/2 = x30x35/2 = x30x17,5/2 = Estoque no Armazém IC´Q / 2 0.3x30.1x70/2 = x30.15x35/2 = ,50 0.3x30.2x35/2 = x31,4x17,5/2 = Total , ,50 R Taxa transp. D Demanda anual I custo de carregamento C valor do produto na planta C` (C+R) T tempo em transito Q Quantidade do embarque Decisões de Transportes Seleção do Modal Prof. José Correia

5 Decisões de TransportesSlide 5 de 22 Escolha da Rota IDEAL ORIGEM DESTINO Origem e Destino Diferentes Origem e Destino Múltiplos Origem e Destino Coincidentes POSSIBILIDADES: Decisões de Transportes Prof. José Correia

6 Decisões de TransportesSlide 6 de 22 Escolha da Rota IDEAL Origem e Destino Diferentes Método da Rota mais curta Baseia-se na rede representada por nós e arcos Origem Destino A B E I G C D F H J Decisões de Transportes Prof. José Correia

7 Decisões de TransportesProf. Marcos GeorgesSlide 7 de 22 Etapa Nós resolvidos Ñ. resolvidos C. total Próximo No C. Mínimo Conexão 1 A B 90 B 90 AB 2 A C 138 C 138 AC B C = A D 348 B E = 174 E 174 BE C F = A D 348 C F = 228 F 228 CF E I = A D 348 C D = 294 E I = 258 I 258 EI Decisões de Transportes

8 Slide 8 de 22 Método da Rota mais curta Origem Destino A B E I G C D F H J Resultado Custo Total = 380 Decisões de Transportes Prof. José Correia

9 Decisões de TransportesSlide 9 de 22 Escolha da Rota IDEAL Origem e Destino Múltiplos A1 D=600 A2 D=500 A3 D=300 F1 D<=400 F2 D<=700 F3 D<= Decisões de Transportes Prof. José Correia

10 Decisões de TransportesSlide 10 de 22 A1 D=600 A2 D=500 A3 D=300 F1 D<=400 F2 D<=700 F3 D<= Decisões de Transportes Escolha da Rota IDEAL Origem e Destino Múltiplos Prof. José Correia

11 Decisões de TransportesSlide 11 de 22 Decisões de Transportes Princípios para uma boa roteirização: Paradas próximas entre si; Paradas em dias diferentes devem ser combinadas para produzir agrupamentos densos; A construção de rotas começa com a parada mais distante do deposito; A seqüência de paradas deve formar um padrão de gota da água; Rotas mais eficientes são construídas usando os maiores veículos disponíveis; As coletas devem ser combinadas com as rotas de entrega ao invés de serem deixadas para o final; Uma parada que é removível de um agrupamento é uma boa candidata para um meio alternativo de entrega; As limitações de janelas de tempo estreitas devem ser evitadas; Prof. José Correia

12 Decisões de TransportesSlide 12 de 22 Heurística 1: Método da gota d`água Roteirização ruimRoteirização boa Decisões de Transportes

13 Slide 13 de 22 Heurística 2: Minimização da viagem interparadas Roteirização ruimRoteirização boa Decisões de Transportes Prof. José Correia

14 Decisões de TransportesProf. Marcos GeorgesSlide 14 de 22 Heurística 3: Dias diferentes de entregas Roteirização ruimRoteirização boa Decisões de Transportes

15 Slide 15 de 22 Heurística 4: Método da Varredura Origem Decisões de Transportes Prof. José Correia

16 Decisões de TransportesSlide 16 de 22 Heurística 4: Método da Varredura Localize todas as paradas incluindo os depósitos em um mapa ou em uma grade Estenda uma linha reta do depósito em qualquer direção. Faça a pergunta. A introdução da parada levará a exceder a capacidade do veículo? Se não Inclua a parada e prossiga com a rotação da linha. Se sim tome a última parada como ponto inicial de nova rota Dentro de cada rota. Arranje em seqüência as paradas de forma a minimizar as distâncias (quadro 7.9 Ballow) Decisões de Transportes Prof. José Correia

17 Decisões de TransportesSlide 17 de 22 Heurística 4: Método da Varredura São utilizados quanto Soluções boas são aceitaveis Os pedidos são pequenos Necessita de resposta rapida Desvantagens 10% de erro Impossivel para sisteamas grandes Decisões de Transportes Prof. José Correia

18 Decisões de TransportesSlide 18 de 22 Heurística 4: Método das Economias (Algoritmo de Clarke-Write, 1960) Tem como objetivo minimizar as distâncias Em 2 % dos casos produz solução não ótimas É mais flexível que o anterior pois pode considerar capacidade, parada, etc. ??? Decisões de Transportes Prof. José Correia

19 Decisões de TransportesSlide 19 de 22 Heurística 4: Método das Economias (Algoritmo de Clarke-Write, 1960) Roteiro Inicial = d (0,A) + d(A,0) + d(0,B) + d(B,0) 0 A B Roteiro Combinado = d (0,A) + d(B,0) + d(A,B) Valor da Economia = d(A,0) + d(0,B) - d(A,B) A B 0 Decisões de Transportes Prof. José Correia

20 Decisões de TransportesSlide 20 de Entrega Partida Decisões de Transportes

21 Decisões de TransportesSlide 21 de 22 Programação e Seqüênciamento de Veículos A programação de veículos exige consideração de novas restrições Volume a ser coletado ou entregue Limitação da capacidade de veiculos Tempo total de percurso Limitado Janelas de tempo para paradas Parada para almoço do motorista Decisões de Transportes Prof. José Correia

22 Decisões de TransportesSlide 22 de 22 Roteirização Comparação dos enfoques Deposito 1 Deposito 2 Planta1 C=4 C=5 C=2 C=3 C=0 C=5 C=1 C=2 C=4 C=2 Planta Consumo Consumo Consumo Decisões de Transportes Prof. José Correia

23 Decisões de TransportesSlide 23 de 22 Roteirização Heurística 1 -> Informação Local Deposito 1 Deposito 2Planta2 Planta1 Consumo 1 Consumo 2 Consumo 3 C=4 C=5 C=2 C=3 C=0 C=5 C=1 C=2 C=4 C= Custo = 50 00x x x x x5 = Decisões de Transportes Prof. José Correia

24 Decisões de TransportesSlide 24 de 22 Roteirização Heurística 2 -> Informação serial P/cada área escolha o deposito com menor custo total Custo = 50000x x x x x5 = Deposito 1 Deposito 2Planta2 Planta1 Consumo 1 Consumo 2 Consumo Decisões de Transportes Prof. José Correia

25 Decisões de TransportesSlide 25 de 22 Roteirização Otimização - > Informação Total Custo total = Deposito 1 Deposito 2Planta2 Planta1 Consumo 1 Consumo 2 Consumo Decisões de Transportes Prof. José Correia

26 Decisões de TransportesSlide 26 de 22 Algumas Conclusões A importância do problema é evidente; Há métodos Heurísticos e de Otimização para auxilio à decisão; Os métodos heurísticos são locais; Os métodos de Otimização são Centralizadores; Decisões de Transportes Prof. José Correia


Carregar ppt "1 Logística Empresarial Decisões de Transporte Prof. José Correia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google