A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. João Airton Teoria Sistêmica Ambiente Contingente Gestão Hospitalar UESPI Universidade Estadual do Piauí

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. João Airton Teoria Sistêmica Ambiente Contingente Gestão Hospitalar UESPI Universidade Estadual do Piauí"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. João Airton Teoria Sistêmica Ambiente Contingente Gestão Hospitalar UESPI Universidade Estadual do Piauí

2 EMPRESA Teoria Sistêmica Conceito Conceito É um conjunto de elementos dinamicamente relacionados entre si, formando uma atividade para atingir um objetivo, operando sobre entradas (matéria-prima, mão-de-obra, energia) e fornecendo saídas (produtos, serviços) processadas Pessoas EstruturaTecnologia Processos Informações Meio Ambiente Externo Informação Matéria Mão-de-obra Energia ENTRADAS Meio Ambiente Externo Produtos Serviços SAÍDAS

3 Um conjunto de partes – todo sistema tem mais de um elemento ou subparte. Partes interagentes e interdependentes – existe uma lógica entres as partes que constituem um sistema. Propósito comum de alcançar determinado objetivo – todo sistema existe para alcançar um ou mais objetivos, e suas partes interagentes devem ajustar-se entre si para o alcance do objetivo global do sistema CONTABILI DADE CUSTOS LOGÍST ICA VENDAS Pessoas Capítulo 17: Teoria de Sistemas Teoria Sistêmica Características dos Sistemas Características dos Sistemas

4 Teoria Sistêmica Classificação dos Sistemas Classificação dos Sistemas Determinístico: aquele no qual as partes interagem de uma forma perfeitamente previsível, não dando lugar a dúvidas. Ex: máquina de datilografia Probabilístico: aquele para o qual não poderá ser fornecida uma previsão detalhada. Ex: empresa Quanto a previsibilidade

5 Quanto à sua constituição: Físicos ou concretos (hardware) – são os sistemas compostos de elementos palpáveis e concretos. Ex.: máquinas, equipamentos, instalações, matérias- primas. Conceituais ou abstratos (software) – são os sistemas compostos de aspectos não palpáveis e abstratos. Ex.: filosofias, políticas, diretrizes, programas, procedimentos, regras e regulamentos. Capítulo 17: Teoria de Sistemas Teoria Sistêmica Classificação dos Sistemas Classificação dos Sistemas

6 Quanto ao seu relacionamento com o meio ambiente Fechados ou mecânicos – são os sistemas cujas entradas e saídas para o meio ambiente externo são poucas e sobretudo conhecidas. Ex.: o motor, a máquina Abertos ou orgânicos – são os sistemas que têm uma infinidade de entradas e saídas para o meio ambiente externo, nem sempre bem conhecidas. Ex.: a empresa, os sistemas vivos e orgânicos. Obs.: São previsíveis e sujeitos à certeza. Obs.: São sujeitos à indeterminação e à incerteza. Capítulo 17: Teoria de Sistemas Teoria Sistêmica Classificação dos Sistemas Classificação dos Sistemas

7 Capítulo 18: Teoria Contingencial Ambiente Contingente A organização é de natureza sistêmica, isto é, ela é um sistema aberto; As variáveis organizacionais apresentam um complexo inter-relacionamento entre si e com o ambiente; As variáveis ambientais funcionam como variáveis independentes enquanto as variáveis organizacionais são dependentes das variáveis ambientais; As organizações precisam ser sistematicamente ajustadas às condições ambientais; Não há nada absoluto nos princípios de organização.

8 Capítulo 18: Teoria Contingencial Ambiente Contingente Condições tecnológicas Condições legais Condições políticas Condições econômicas Condições demográficas Condições ecológicas Condições culturais Toda empresa é influenciada por: Toda empresa é influenciada por:


Carregar ppt "Prof. João Airton Teoria Sistêmica Ambiente Contingente Gestão Hospitalar UESPI Universidade Estadual do Piauí"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google