A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESCOLA DE SISTEMA. ESCOLA DE SISTEMA. PROF ELCIO HENRIQUE – 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESCOLA DE SISTEMA. ESCOLA DE SISTEMA. PROF ELCIO HENRIQUE – 2009."— Transcrição da apresentação:

1 ESCOLA DE SISTEMA. ESCOLA DE SISTEMA. PROF ELCIO HENRIQUE – 2009.

2 É ponto de vista comum entre os estudiosos que a teoria estruturalista esta a um passo da teoria dos sistemas. Ao dizer que a empresa atua em interação com o meio externo, estava aberto o caminho para o surgimento da visão sistêmica da organização, que a vê como parte de um sistema amplo e dinâmico, que a influência e é por ela influenciado. ORGANIZAÇÃO AMBIENTE A TEORIA SISTÊMICA VÊ A ORGANIZAÇÃO EM CONSTANTE INTERAÇÃO COM O MEIO EXTERNO.

3 SISTEMA ? Sistema é o complexo de todo organizado, um conjunto de coisas ou partes, que compõem um valor unitário : se o assunto é astronomia, pensa – se em sistema solar;se é economia, pensa – se em sistemas monetários; se o assunto é fisiologia, pensa – se no sistema nervoso, no sistema circulatório e assim por diante.

4 ESCOLA DE SISTEMA. SOCIEDADE.A escola Estruturalista concebe a empresa como um sistema social, reconhecendo a existência tanto de uma organização formal como de uma organização informal dentro de um sistema total integrado. A organização ou a empresa esta sujeita à pressão do meio, visto ser parte integrante de um sistema organizacional mais amplo: SOCIEDADE.

5 O Pensamento Sistêmico. A escola dos Sistemas desempenha papel decisivo na ciência de nosso tempo, pois permite a integração de conhecimento das ciências físicas, biológicas e humanas. Alguns dos seus principais desdobramentos forma a teoria da informação, a cibernéticas e a ecologia.

6 O PENSAMENTO SISTÊMICO Para as ciências administrativas, o pensamento sistêmico é muito importante, pois as organizações abrangem vários aspectos: As transformações físicas necessárias à fabricação dos produtos e à prestação dos serviços; A comunicação entre os agentes e colaboradores para desenvolver, produzir e entregar o produto ou serviço, atendendo às expectativas e necessidades do cliente; O envolvimento das pessoas para que elas se empenhem no processo cooperativo; e O desenvolvimento de competências, habilidades e conhecimentos, para que os profissionais tenham condições de realizar suas respectivas atividades da maneira esperada.

7 SISTEMAS. Sistema é a conjunção de todos os elementos que compõem um unidade de valor individual. Outra definição de sistema é a de um conjunto de elementos, interagentes e interdependentes, cada qual com sua função específica, que trabalham em sintonia para atingir determinado objetivo comum

8 SISTEMAS. DINÂMICOS ESTÁTICOS

9 O ESTADO DO SISTEMA Um sistema pode ter inúmeras propriedades, mas apenas algumas são relevantes para o propósitos específicos. Em alguns casos, é interessante observar variáveis com apenas dois estados possíveis (ligado/desligado, verdadeiro/falso etc ), enquanto em outros é melhor observar que podem assumir um número ilimitado de valores ( temperatura, velocidade, lucro líquido etc.).

10 AMBIENTE. O ambiente de um sistema é um conjunto de elementos que não faz parte dele, mas pode produzir mudanças no seu estado, sendo constituído de propriedades relevantes, em um determinado instante. Portanto, o ambiente de um sistema pode provocar alterações no sistema e qualquer alteração no sistema pode alterar o ambiente. De modo geral, a primeira situação ocorre mais facilmente, ou seja o ambiente interfere muito mais na empresa do que a empresa no seu ambiente.

11 AMBIENTE. O ambiente de um sistema, representado por uma empresa, pode ser constituído pelos seguintes elementos: Governo Mercado de mão de obra. concorrência Consumidores Comunidade Tecnologia Sindicatos Sistemas financeiros fornecedores

12 OS TIPOS DE SISTEMAS Quanto à constituição, os sistemas podem ser : ConcretosConcretos : o corpo físico da empresa: suas dependências, maquinários, ferramentas etc., podendo ser medidos em termos quantitativos de desempenho., e AbstratoAbstrato: o plano onde tem lugar os conceitos, planos, hipóteses e idéias.

13 NATUREZA DOS SISTEMAS Abertos, empresas e governo, caracterizados pela grande amplitude de suas relações com o meio., e Fechados, aqueles nos quais o processo esta limitado a uma entrada constante ou invariável e uma saída estatisticamente previsível. O monopólio é uma exemplo de sistema parcialmente fechado.

14 SISTEMAS ABERTOS sociedadeNa escola do Sistema, as organizações são abordadas como sistemas abertos, pois seu comportamento é dinâmico e não estático. Fazem parte de um complexo maior, a sociedade, e têm suas atividades voltadas para atender às exigências por ela impostas.

15 VISÃO INTERNA DO SISTEMA BERTO O Sistema Aberto apresenta uma entrada no ambiente denominado fornecedor, e um saída, denominada cliente. O conjunto de entradas e saídas é denominado de interfaces e é encontrado apenas nos sistemas abertos, cujo comportamento envolve uma gama de mudanças de estado, os eventos, com causas e conseqüências relacionadas ao cumprimento de seus objetivos.

16 PARÂMETROS DOS SISTEMAS O sistemas é determinado por alguns parâmetros são constantes arbitrárias que caracterizam, por suas propriedades, o valor e a descrição dimensional de um sistema específico ou de um componente do sistema. Os parâmetros são : »Objetivos. »Entrada ou Insumo. »Processo, Processador ou Transformador. »Saída, Resultado ou Produto. »Controles.

17 ESCOLA DE SISTEMA A escola de Sistema contribuiu para a Administração na medida de em que mostrou a importância de ter uma visão geral da empresa, procurando entender a complexidade que a envolve, evidenciando o ambiente externo como fator determinante para o sucesso da empresa, e estabelecendo que a estrutura organizacional deve estar de acordo com o ambiente que a cerca.

18 OS SISTEMAS E AS PESSOAS Uma organização só apresentará resultados quando os indivíduos forem capazes de se comunicar entre si (interação), estiverem dispostos a contribuir com ações concretas (cooperação) e possuírem um propósito comum (objetivos).

19 Pessoas contribuem para o sistema da organização e integram – se a ele. INDIVÍDUO ALCANCE DE OBJETIVOS ORGANIZACIONAIS ALCANDE DE OBJETIVOS INDIVIDUAIS EFICÁCIA EFICIÊNCIA

20 Fim !


Carregar ppt "ESCOLA DE SISTEMA. ESCOLA DE SISTEMA. PROF ELCIO HENRIQUE – 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google