A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atitudes no diagnóstico e abordagem das lesões precursoras do cancro gástrico Turma 3 (M) do 1º ano Orientador: Mário Ribeiro Regente da disciplina: Prof.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atitudes no diagnóstico e abordagem das lesões precursoras do cancro gástrico Turma 3 (M) do 1º ano Orientador: Mário Ribeiro Regente da disciplina: Prof."— Transcrição da apresentação:

1 Atitudes no diagnóstico e abordagem das lesões precursoras do cancro gástrico Turma 3 (M) do 1º ano Orientador: Mário Ribeiro Regente da disciplina: Prof. Doutor Altamiro da Costa Pereira Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

2 Descrição da cascata de carcinogénese gástrica (Pelayo de Correa, 1988) Gastrite Crónica Gastrite Crónica Atrófica Metaplasia intestinal Displasia Adenocarcinoma gástrico (processo multifactorial) Correa P, Haenszel W, Cuelho C, et al, A model for gastric cancer epidemology. Lancet 1975; ii: H.Pylori Dieta Factores gen é ticos

3 Diagnóstico Diagnóstico – Cromoendoscopia ( Vermelho do Congo)Seguimento 4 anos após diagnóstico; irradicação do Helicobacter Pylori; intervalo de 2 a 3 anos. Dinis - Ribeiro M, Lopes C, da Costa - Pereira A, et al. A follow up model for patients with Atrofic chronic gastritis and intestinal metaplasia. J Clin Pathol 2004; S7: doi: / JCP Silva S, Filipe MI, Pinho A. Variants of intestinal metaplasia in the evolution of chronic atrophic gastritis and gastric ulcer. A follow up study. Gut 1999; 31:

4 Diagnóstico Diagnóstico - Cromoendoscopia ( Azul de Metileno) - Biópsia Seguimento e Risco de Desenvolvimento do cancro gástrico dependentes do tipo de metaplasia Tipo I - completo Tipo II Tipo III Relação com o Helicobacter Pylori A irradicação de H. pylori não leva à regressão da M.I. incompletos Raez I, Toth E. Chromoendoscopic study of the gastric mucosa. Orv Hetil Dec 3; 130(49): Shah KA, Deacon AJ, Dunscombe P, Price AB: Intestinal metaplasia subtyping: evaluation of Gomoris aldehyde fuchsin for routine diagnostic use. Histopathology 1997; 31: Filipe Ml, Muñoz N, Matko I, et al: Intestinal metaplasia types and the risk of gastric cancer: A cohort study in Slovenia. Int J Cancer1994; 57: Dinis - Ribeiro M, Lopes C, da Costa - Pereira A, et al. A follow up model for patients with Atrofic chronic gastritis and intestinal metaplasia. J Clin Pathol 2004; S7: doi: / JCP

5 Schlemper RJ, Riddell RH, Kato Y, et al. The Vienna classification of gastrointestinal epithelial neoplasia. Gut 2000; 47:251-5CategoriasDiagnósticoTratamento1 Negativo para a neoplasia/displasia Seguimento ou não seguimento 2 Indefinido para a neoplasia/ displasia Exigência de seguimento 3 Neoplasia não invasiva de baixo grau (DBG) Tratamento local da lesão ou só seguimento 4 Neoplasia não invasiva de alto grau Tratamento local (ressecção endoscópica da mucosa ou tratamento cirúrgico local) 5 Neoplasia invasiva É exigido tratamento urgente

6 Determinar e avaliar as atitudes em termos de diagnóstico e orientação (seguimento e/ou tratamento) das lesões precursoras do cancro gástrico, designadamente as lesões de atrofia, metaplasia intestinal e displasia. Determinar e avaliar as atitudes em termos de diagnóstico e orientação (seguimento e/ou tratamento) das lesões precursoras do cancro gástrico, designadamente as lesões de atrofia, metaplasia intestinal e displasia. Validação de um questionário piloto utilizado na recolha de dados relativos ao objectivo anterior. Validação de um questionário piloto utilizado na recolha de dados relativos ao objectivo anterior.

7 Estudo observacional descritivo População alvo: Médicos especialistas em gastroenterologia. Médicos especialistas em gastroenterologia. Amostra : como primeira opção: amostra de conveniência de gastroenterologistas (lista datada de 2001 contendo os endereços electrónicos dos membros da International Gastric Cancer Association, serviços de gastroenterologia, oncologia e endoscopia ao nível Europeu e Americano). como primeira opção: amostra de conveniência de gastroenterologistas (lista datada de 2001 contendo os endereços electrónicos dos membros da International Gastric Cancer Association, serviços de gastroenterologia, oncologia e endoscopia ao nível Europeu e Americano). como segunda opção: médicos gastroenterologistas de HGSA, HSJ, IPO, CHVNG. como segunda opção: médicos gastroenterologistas de HGSA, HSJ, IPO, CHVNG. Tipo de estudo e participantes Tipo de estudo e participantes

8 Instrumentos de colheita de dados 1ª opção Como 1ª opção: Questionário de auto-resposta (via correio electrónico) - Enviados de semana a semana durante o mês de Março juntamente com a carta de solicitação de colaboração a especialistas das seguintes áreas: Gastroenterologia, Oncologia e Endoscopia.carta de solicitação de colaboração 2ª opção Como 2ª opção : Questionário de auto-respostaQuestionário de auto-resposta - Entregue nas seguintes instituições: Centro Hospitalar de V. N. Gaia – 11 questionários (serão recolhidos no prazo de 1 semana) Hospital Geral de Santo António – 11 questionários (serão recolhidos no prazo de 2 semanas) Hospital de São João Instituto Português de Oncologia Ainda a estabelecer contacto

9

10 Referentes ao 1º objectivo: Tabelas e GráficosTabelas e Gráficos

11 N. de s enviados 227 N.º de s entregues: 194 N.º de s não entregues: 33 N.º de inscritos: 11 Nº de não inscritos: 184 Responderam: 2Não responderam: 9 N.º de respostas completas: 1 N.º de respostas incompletas: 1 Referentes ao 2º objectivo

12 Relativa ao 1º objectivo: - comparar os resultados com o que está referenciado; - verificar a homogeneidade/heterogeneidade de respostas a nível inter e intra-hospitalar. Relativa ao 2º objectivo: A elevada percentagem de não-respostas pode dever-se a vários factores: - a lista de contactos dos indivíduos da amostra remonta ao ano 2001; - o tema do questionário não se integra na área de interesse dos especialistas; - pouca disponibilidade por parte dos especialistas; - método impessoal; - questionário relativamente extenso.

13 Relativa ao 1º objectivo: Relativa ao 2º objectivo: Para efeitos futuros, com vista a aumentar a taxa de resposta e a validade, dever-se-á tornar o formato do questionário mais apelativo e, se possível, promover um contacto pessoal com o inquirido.


Carregar ppt "Atitudes no diagnóstico e abordagem das lesões precursoras do cancro gástrico Turma 3 (M) do 1º ano Orientador: Mário Ribeiro Regente da disciplina: Prof."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google