A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Síndrome Atrófica Chamada de Wei Bi – Wei=murcho e secagem dos músculos e tendões, provenientes de desnutrição. O termo Bi sugere inabilidade ao andar,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Síndrome Atrófica Chamada de Wei Bi – Wei=murcho e secagem dos músculos e tendões, provenientes de desnutrição. O termo Bi sugere inabilidade ao andar,"— Transcrição da apresentação:

1 Síndrome Atrófica Chamada de Wei Bi – Wei=murcho e secagem dos músculos e tendões, provenientes de desnutrição. O termo Bi sugere inabilidade ao andar, pois o pé não pode levantar-se corretamente. Consiste de quadro caracterizado por fraqueza dos 4 membros – atrofia progressiva, flacidez muscular e tendínea e eventualmente paralisia – ocorre sem dor. Ex: a Esclerose Múltipla, após crise de Poliomielite.

2 É descrita 5 síndromes atrófica para cada órgão Yin e seu tecido correspondente. Da pele = Pulmão. Dos músculos = Baço/pâncreas. Dos vasos sanguíneos = Coração. Dos tendões = Fígado. Dos Ossos = Rim. É atribuída ao calor – seca os fluidos corpóreos = secura da pele, músculos, vasos, tendões e ossos.

3 Nos estágios iniciais ocorre prejuízo da pele e dos músculos, e nos avançados dos tendões e dos ossos. A Poliomielite surge após doença febril – Calor seca os fluidos – desnutrição dos tendões, músculos e Meridianos. E na Esclerose Múltipla o quadro agrava com doença febril. Assim como a umidade nos meridianos Yang. Os fatores etiológicos são: Vento-Calor proveniente de doença quente, Umidade externa, alimentação, excesso de atividade sexual e de esforço, traumas e choque.

4 Vento calor = virulento e infeccioso, que penetra através do nariz ou da boca, ex. sarampo e polio. Invade o corpo rapidamente e seca os fluidos corpóreos e o Yin, afeta o P e o E – seca músculos, tendões e meridianos – paralisia. A umidade externa – morar em locais muito úmidos os músculos são invadidos = formigamento. Alimentação – laticínios, alimentos gordurosos, ou alimentação irregular prejudica o BP = umidade – formigamento e enfraquecimento dos mesmos.

5 Excesso de atividade sexual e esforço - esgota R e F = fraqueza óssea e tendínea, pela def. da essência e do sangue. Traumas – na cabeça estagna o Qi e Xue na área controladora dos nervos motores = formigamento, adormecimento e fraqueza. Choque – emocionais esgotam o C e o BP, que controlam os vasos sanguíneos e a circulação e os músculos. Geralmente a causa é por combinação de fatores: ex: umidade externa, alimentação e choque.

6 Padrões: Calor no P prejudicando os fluidos Yin. Invasão de umidade e calor, ou frio. Deficiência do E e BP, colapso do Bp e C, Deficiência do F e do R, Estase de Xue nos meridianos. Nos estágios iniciais é caracterizada por plenitude e vazio ou plenitude nos estágios intermediários e avançados. Os padrões de excesso se transformam em vazio, ex: umidade e calor ou frio = Def. do E e BP, o calor do P = def do F e do R. e vise versa onde a def do R e F =estase de Xue.

7 Diferenciação de tipos plenitude e vazio: PLENITUDEVAZIO DURAÇÃO INÍCIO Curta Início súbito e desenvolvimento rápido Longa Início gradual HISTÓRIAInvasão de umidade externa, ou residência em local úmido. A partir dos tipos de plenitude ou pacientes com constituição fraca. SINTOMAS PRINCIPAIS Fraqueza dos membros e dificuldade no movimento. Ausência de atrofia. Membros muito fracos e atrofia. OUTROS SINTOMAS Formigamento, dor e convulsão – pólio.Ausência de dor (exceto na estase de Xue nos meridianos).

8 Diferenciação da síndrome atrófica, golpe de vento e obstrução dolorosa: Síndrome atrófica Obstrução dolorosaGolpe de vento etiologiaCombinação externa e interna externaDesarmonia interna, vento, mucosidade, fogo, estase. localizaçãoMúsculos, tendões e meridianos Articulações mais que músculos, dificuldade em flexo-extensão Hemiplegia o outro hemicorpo é livre. dorAusente exceto em avançados = estase de Xue Dor local pronunciada nas articulações. Dor nas articulações do lado afetado em estágio avançado.

9 Tratamento: braço = IG15, IG14, IG11, IG10, IG4, TA5, ID3. Perna = VB30, VB31, VB34, VB40, E31, E32, E36, E41. Outros = B32, VG3, VG12, VG14, E30, huatojiaji. O importante é tonificar o E pois é a fonte de Qi pós-natal, após pontos ricos em Qi e Xue e E30 tonifica os tendões originais, vai para a coluna superior e faz a intersecção com o vaso penetrante – que é o mar doa 12 meridianos e irriga os meridianos e músculos, os meridianos Yin e Yang se encontram e convergem no E30. Promove a circulação de nutrientes para baixo e para cima.

10 CALOR NOS P PREJUDICANDO OS FLUIDOS YIN Após invasão de vento calor, com manifestações de calor no P prejudicando o Yin. Ex é a poliomielite = fraqueza muscular e prejuízo do movimento. VG14, B13, P1, P5, E44, E36, BP6, R3. Tratamento diário por ser caso agudo.

11 INVASÃO DE UMIDADE CALOR VG14, IG11, BP9, BP6, B22, E36. DIARIAMENTE. INVASÃO DE UMIDADE FRIO E40, BP9, BP6, E8, VC12, B20, E36, VG4. Usar moxa.

12 DEFICIÊNCIA DO E e DO BP. Estágios intermediários e avançados e pode desenvolver á partir de padrões anteriores – umidade, com quadro de vazio do E e do Bp e de excesso umidade. E36, BP3, B20, B21,VC12. COLAPSO DO BP e DO C. Após choque que esgota o C e o BP. VG14, C5, C7, B15, B20, E36, BP6, VC4. Usar moxa.

13 DEFICIÊNCIA DO R e DO F. Def. de Yin do R e do F, enfraquece e desnutre tendões e ossos, está presente em estágios avançados da síndrome. B18, B23, VG3, VB34, VB39, F8, R3, VC4. ESTASE DE XUE NOS MERIDIANOS. Ocorre nos estágios avançados e caracterizado por dor, def de F e do R. B17, B11, BP10, VG9, VG8, BP6.

14 Prognóstico e diferenciação ocidental. É ESSENCIAL O DIAGNÓSTICO OCIDENTAL POR NEUROLOGISTA, o prognóstico depende do tipo de doença envolvida. Na visão ocidental pode ocorrer por prejuízo da coluna, ou dos nervos motores, ou prejuízo dos músculos. Pode aparecer a síndrome atrófica em poliomielite, miastenia gravis, doença neuromotora, esclerose múltipla, distrofia muscular.

15 POLIOMIELITE Infecção causada pelo vírus da pólio. Inicia com sintomas de infecção respiratória, febre e cefaléia, e pode ser após uma remissão de uma semana. Qualquer músculo pode ser afetado, ombros e quadril são os mais freqüentemente envolvidos. MIASTENIA GRAVIS Fatigabilidade anormal dos músculos, fraqueza na deglutição, mastigação e fala. Qualquer músculo pode ser afetado, ombros e quadris mais afetados.

16 DOENÇA NEUROMOTORA Compromete os neurônios motores na medula espinhal ou tronco cerebral. Comum entre 50 e 70 anos. Com fraqueza e debilidade dos músculos, pode prejudicar a fala e a deglutição. DISTROFIA MUSCULAR Causa degeneração muscular sem comprometimento nervoso, a debilidade e fraqueza são simétricas, sem perda sensorial. São genéticas e inicia nos primeiros anos de vida.

17 PROGNÓSTICO Deve iniciar o mais rápido possível, os resultados com a misatenia gravis não são bons e na doença neuromotora e distrofia muscular praticamente não há resposta. São eficazes na Esclerose Múltipla.

18 ESCLEROS MÚLTIPLA Ocorre destruição parcial da bainha de mielina ao redor do cordão espinhal, cérebro, nervos ópticos, com disseminação em intervalos, com fases de remissão e recaída. Os primeiros sintomas é a visão borrada, ou a fraqueza ou peso em uma perna ou nas duas pernas, contratura muscular nas pernas, visão dupla, vertigem, vômito, incoordenação, sensação de choque nos braços e pernas, adormecimento ou formigamento dos membros, micção urgente e impotência. Em estágios avançados paralisia espástica, incontinência urinária e marcha atáxica.

19 Padrões e sintomas da esclerose múltipla: Estágio inicialEstágio intermediário Estágio avançado umidadeDeficiência do R e do F Ascensão do Yang do F Vento do F. Peso das pernas, tontura, adormecimento e formigamento Visão borrada, fraqueza das pernas, tontura, vertigem, micção urgente. Rigidez das pernas, vertigem e vômito. Tremor, espasmos e paraplegia.

20 Etiologia: INVASÃO DE UMIDADE EXTERNA Invade primeiro os meridianos das pernas e ascende – sensação de peso nas pernas, adormecimento e formigamento. ALIMENTAÇÃO Frituras, alimentos gordurosos, laticínios e frios

21 ATIVIDADE SEXUAL EXCESSIVA Enfraquece o R e F – tontura, visão borrada, micção urgente e fraqueza das pernas. CHOQUE Esgota o Qi do C e do BP, influencia na circulação do sangue = pouca circulação de Qi e Xue nos músculos, e influencia nos músculos. Fraqueza das pernas, vertigem e tontura. Inicia com a umidade = formigamento, peso e adormecimento, evolui para def. do R e F - se o Yang do F estiver presente há rigidez, no avançado com vento do F.

22 Há dois padrões: UMIDADE MUCOSIDADE COM DEFICIÊNCIA DO BP Adormecimento, sensação de peso, formigamento, tontura, fadiga, língua edemaciada com revestimento pegajoso. VC12, E40, B20, BP9, BP6. DEFICIÊNCIA DO F E DO R Fraqueza progressiva da pernas, costas e joelhos, tontura, memória fraca, visão borrada e micção urgente. R3, VC4, B23, BP6, F8, B18, ID3, B62, F3, VB20.

23 OUTROS PONTOS VG3, VG4, VG12, VG14, VG20, Huatojiaji. Estase de sangue nos casos avançados e dor e espasmos – movimentar Xue, BP10 e B17. Usar o TA5 e VB41, E36 e B23, ID3, B62. Escalpeana – utilizar a área motora, superior é o membro inferior e a inferior é o membro superior. A acupuntura auxilia no alívio dos sintomas e retarda a progressão da doença, ainda quando apresenta marcha. Mas o paciente tem que fazer mais repouso, ajudar na alimentação e reduzindo a atividade sexual. De 2-3 vezes por semana, depois semanal, depois quinzenal e até mensal.

24 DOENÇA DE PARKINSON É essencialmente clínico o diagnóstico, caracterizada por lentidão ao movimento, rigidez e tremor – por disfunção dos gânglios da base com perda celular e dispigmentação da substância negra – com diminuição da dopamina (desordem de motricidade) e aumento da acetilcolina (rigidez e tremor) = neurotransmissor. Ocorre entre os 50 e 70 anos e inicia com tremor das mãos – rítmico e lento, depois a dificuldade de movimento e o tremor, a face perde seus movimentos expressivos – congelada. Arrasta os pés e o movimento dos braços diminuem ou estão ausentes, diminui o tamanho da letra.

25 Aparece sob sintoma de convulsão e relacionada ao vento do F e Qi dos meridianos se rebelando para cima, com tics nas faces e tremores dos membros. Os tremores podem ser causados por Qi deficiente, fluidos e Xue deficiente, Mucosidade fogo obstruindo os meridianos e deficiência da essência. Etiologia: Excesso de trabalho e atividade sexual – enfraquece os R, o Yin do R não nutre o Yin do F e pode desenvolver vento do F = tremor, não nutre e umedece os tendões = secura.

26 ALIMENTAÇÃO Doces e alimentos gordurosos = mucosidade – com o tempo combina com fogo e se associar ao vento do F que é frequente em idosos, obstrui os meridianos e impede fluidos e Xue de nutrir = tremor. ESTRESSE EMOCIONAL Raiva, frustração e ressentimento = ascensão do Yang do F = vento do F. O tremor é sempre por falta de nutrição dos meridianos e tendões por fluidos e Xue.

27 Padrões: DEFICIÊNCIA DE QI E DE SANGUE Tremor pronunciado e demorado de um membro, tez pálido amarelo, expressão facial fixa, falta de vontade de falar, rigidez occipital, câibra nos membros, dificuldade em mover- se, andar descoordenado, tontura, visão borrada, transpiração (piora com movimento), língua pálida edemaciada e trêmula. E36, VC4, BP6, F8.

28 MUCOSIDADE CALOR AGITANDO O VENTO Obesidade, expressão facial fixa, falta de vontade de praticar exercício, opressão torácica, boca seca, transpiração tontura, escarro amarelado, rigidez no pescoço e nas costas, tremor de um membro, língua vermelha com revestimento amarelo e pegajoso. E40, VC12, B20, BP6, BP9, F3.

29 DEFICIÊNCIA DE YIN DO F E DO R Constituição magra, tontura, zumbido, sono com sonhos, cefaléia, transpiração noturna, inquietação mental, dor nas costas e joelhos, formigamento dos membros, rigidez da cervical e costas, tremor na cabeça, dentes cerrados e tremor no queixo, tremor prolongado de um membro com amplitude aumentada, câibras nos membros, andar difícil e desajeitado, expressão facial fixa e memória fraca, língua fina, vermelha, sem revestimento e móvel. VC4, B23, R3, BP6, B18, F8, F3.

30 OUTROS PONTOS Extinguir vento: VB20, IG11, T5, VB34, F3. BRAÇO: IG11, IG10, TA5, IG4. PERNA: E31, VB31, E36, VB34, E41, VB40. Escalpeana: área oposta ao membro afetado – área da coréia e motora

31 Prognóstico: Os melhores resultados são em caso de deficiência de Qi e de sangue, depois os de mucosidade e o pior por deficiência de Yin. Junto com a medicação ocidental – com anticolinérgicos que melhoram o tremor ou com Ldopa que melhoram o movimento e a rigidez a medicação pode ser reduzida pelo médico com algumas semanas.

32 Síndrome pós viral causada pelo vírus Epstein-Barr. Com dor muscular e inflamação do cérebro e dos nervos. Com início gradual e incidioso pós infecção aguda que pode ser uma gripe, varicela ou gastroenterite. Sintomas iniciais febre, tremor, dor, inchaço dos gânglios e fadiga, vômito, náusea, diarréia, dor de ouvido, tontura dor de garganta ou tosse. Pode persistir indisposto e vários sintomas persistem por dias, sendo os principais a fadiga e a dor muscular, memória e concentração fraca, exaustão e sensação de gripe generalizada persistente e intermitente.

33 Manifestação: Fator patogênico residual; vento externo invade o corpo – vento interior, obstrui a difusão e descida do Qi do P e enfraquece o Qi e ou o Yin. Umidade Calor movimentos de ascendência e descendência do E e do Bp estão perturbados. É importante o repouso, abster-se de atividade sexual, alimentos leves. Os antibióticos são causa de fator patogênico residual – pois apenas mata a bactéria. Mas são necessários em alguns casos e não rotineiramente.

34 Calor latente – vento frio ou vento calor, transforma se em calor e depois se exterioriza, com cansaço, fraqueza nos membros, sede moderada, calor e irritabilidade, sono inquieto e urina escura. Prejudica o Qi e ou o Yin. Pode apresentar também tremores, febre, cefaléia occipital, dores e espirros. Depende de bom Qi do P, da essência do R do R e do Wei Qi. Padrão do Yang menor – sensação de calor e frio, plenitude hipocondrial, pouco apetite, irritabilidade, garganta seca, náusea, boca amarga, visão borrada e língua revestimento branco e pegajoso.

35 Vento externo corpo Causa sintomas imediatos Vento não expelido (falta de repouso) Fator patogênico residual. Deficiênci a de Qi. Patologia Encuba no interior Sem sintomas Calor latente Emerge mais tarde Calor interior Prejuízo do Yin

36 UMIDADE E CALOR NOS MÚSCULOS: Dor muscular, cansaço, sonolência, sensação de peso, fadiga muscular, ausência de apetite, sensação de opressão torácica ou epigástrica, sabor gorduroso, falta de concentração, memória débil, cefaléia surda, língua com revestimento amarelo e pegajoso, pulso escorregadio. Sede urina escura, secreção amarela, muco nas fezes com sensação de queimação, sangue nas fezes, transpiração noturna. BP9, BP6, B22, VC12, VC9, IG11, BP3, TA7, VG14.

37 CALOR REMANESCENTE NO INTERIOR. Fadiga muscular sem ou com dor moderada, sede, insônia, tosse com escarro escasso e amarelo, cansaço, dispnéia pelo esforça, perda de peso e garganta seca, língua vermelha com revestimento amarelo. Gera calor e leva à deficiência do Yin, principalmente calor nos P e no C. VG14, TA5, IG11, P10, C8, BP6.

38 PADRÃO YANG MENOR. Alternância entre calor e frio, plenitude costal e hipocondrial, pouco apetite, irritabilidade, garganta seca, náusea, sabor amargo, visão borrada, língua com revestimento branco e escorregadio, febre, sede, garganta seca, língua vermelha com revestimento amarelo. Estes constituem o elo entre o Yang maior (exterior) e o Yang brilhante (interior), seriam as dobradiças da porta. TA5, VG14.

39 DEFICIÊNCIA DE QI Cansaço que piora pela manhã, dor muscular amena, fadiga após exercício, respiração curta, voz fraca, transpiração espontânea diurna, pouco apetite, distensão epigastrica e abdominal, fezes soltas língua pálida. Se o Qi do C for deficiente haverá palpitação, se o Qi do R haverá micção frequente. E36, BP6, B20, B21, VC6, IG10, P9, C5, VG12, B13, VG20.

40 DEFICIÊNCIA DE YIN Yin do P = garganta seca, tosse seca, exaustão, dispnéia, voz rouca, transpiração noturna, calor nas palmas das mãos rubor malar, língua vermelha e sem revestimento e fissuras na área do P. P9, VC17, B13, VG12, VC12, E36, VG20. Yin do E = boca seca, ausência de apetite, fadiga, fezes soltas, dor epigastrica moderada, rubor malar, sede sem desejo de beber ou em pequenos goles, língua com fissura no centro e nas laterais. E36, BP6, VC12, E44, VG20.

41 Yin do R = dor na lombar, exaustão, depressão, falta de direção e de força de vontade, fraqueza nas pernas e joelhos, tontura, zumbido, surdez, boca e garganta secas, transpiração noturna, rubor malar, sono perturbado (sonambulismo), corpo magro, língua vermelha e sem revestimento. R3, P7, R6, VC4, BP6, B23, VG20, B47.

42 DEFICIÊNCIA DE YANG Deficiência de Yang do BP e do R. Deficiência de Yang do R = dor lombar, joelhos frios, sensação de frio nas costas, calafrio, fraqueza nas pernas e joelhos, tez pálida e brilhante, impotência, ejaculação precoce, falta de desejo sexual, lassidão, micção clara e abundante, apatia, edema nos tornozelos, língua pálida, inchada e úmida. B23, VG4, VC4, R3, R7, B47, VG20.

43 Deficiência de Yang do BP Cansaço que piora pela manhã, dor muscular amena, fadiga após exercício, respiração curta, voz fraca, transpiração espontânea diurna, pouco apetite, distensão epigastrica e abdominal, fezes soltas língua pálida e calafrios. E36, BP6, B20, B21, VC6, IG10, P9, C5, VG12, B13, VG20.


Carregar ppt "Síndrome Atrófica Chamada de Wei Bi – Wei=murcho e secagem dos músculos e tendões, provenientes de desnutrição. O termo Bi sugere inabilidade ao andar,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google