A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

T. PSÍQUICO ASSOCIADO ÁLCOOL E DROGAS - SUBSTÂNCIA PSICOATIVA : QUALQUER SUBSTÂNCIA QUE ALTERA HUMOR, PERCEPÇÃO, FUNCIONAMENTO CEREBRAL, CAPACIDA DE DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "T. PSÍQUICO ASSOCIADO ÁLCOOL E DROGAS - SUBSTÂNCIA PSICOATIVA : QUALQUER SUBSTÂNCIA QUE ALTERA HUMOR, PERCEPÇÃO, FUNCIONAMENTO CEREBRAL, CAPACIDA DE DE."— Transcrição da apresentação:

1 T. PSÍQUICO ASSOCIADO ÁLCOOL E DROGAS - SUBSTÂNCIA PSICOATIVA : QUALQUER SUBSTÂNCIA QUE ALTERA HUMOR, PERCEPÇÃO, FUNCIONAMENTO CEREBRAL, CAPACIDA DE DE APRENDIZAGEM. -ABUSO DE DROGA : USO QUE DIFERE DA PRÁTICA MÉDICA OU SO CIALMENTE APROVADA. USO CONTINUADO. -DEPENDÊNCIA : NECESSIDADE PSÍQUICA E OU FÍSICA DA DROGA PSÍQUICA -CARACTERÍSTICA DE TODAS AS DRO GAS, NECESSIDADE DE ATINGIR BEM ESTAR. FÍSICA -O CORPO SE ADAPTA FISIOLOGICAMENTE AO USO CRÔNICO DA SUBSTÂNCIA *TOLERÂNCIA *SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA -

2 DROGADIÇÃO DESEJO ANORMAL E PROLONGADO POR DROGAS QUE ACARRETAM DEPENDÊNCIA (HÁBITO TIRÂNICO) LEVANDO A AUMENTO DE DOSES.

3 CONDIÇÕES CLÍNICAS INTOXICAÇÃO AGUDA *CONDIÇÃO TRANSITÓRIA COM PERTURBAÇÃO DA CONSCIÊNCIA, COGNIÇÃO, PERCEPÇÃO, AFETO E COMPORTAMENTO. *INTENSIDADE DIMINUI COM O TEMPO *REMISSÃO COMPLETA. USO NOCIVO *USO CAUSA DANO FÍSICO E PSÍQUICO SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA *SUBSTÂNCIA PASSA A TER PRIORIDADE PARA O INDIVÍDUO -DESEJO OU COMPULSÃO A CONSUMIR A DROGA -DIFICULDADE DE CONTROLAR O INÍCIO, TÉRMINO E O NÍVEL DE CONSUMO. -ABSTINÊNCIA FISIOLÓGICA -TOLERÂNCIA -PERDA DE INTERESSE E PRAZER ALTERNATIVOS -PERSISTÊNCIA NO USO MESMO COM CONSEQUÊNCIAS. ESTADO DE ABSTINÊNCIA CONJUNTO DE SINTOMAS EM FUNÇÃO DA ABSTINÊNCIA TOTAL OU PARCIAL DA SUBSTÂNCIA. -SINTOMAS FÍSICOS : VARIAM COM A SUBSTÂNCIA -SINTOMAS PSÍQUICOS :ANSIEDADE, DEPRESSÃO, TRANSORNOS DO SONO. ESTADO DE ABSTINÊNCIA COM DELIRIUM ESTADO CONFUSIONAL INSÔNIA, TREMORES, MEDO, CONVULSÕES,OBNUBLAÇÃO DA CONSCIÊNCIA, ALUCINAÇÕES, TREMOR, DELÍRIO, AGITAÇÃO,

4 CLASSIFICAÇÃO FARMACOLÓGICA DAS DROGAS DEPRESSORAS DA ATIVIDADE SO SNC ALCOOL BENZODIAZEPÍNICOS BARBITÚRICOS OPIÁCIOS (morfina,heroina) SOLVENTES OU INALANTES ESTIMULANTES DA ATIVIDADE DO SNC COCAINA ANFETAMINA NICOTINA CAFEINA ANOREXÍGENOS PERTURBADORAS DA ATIVIDADE DO SNC ALUCINÓGENOS DERIVADOS DA CANABIS (MACONHA, HAXIXE) DERIVADO DE COGUMELO E PLANTAS SUBSTANCIAS SINTÉTICAS (LSD) ALUCINÓGENOS SECUNDÁRIOS ANTICOLINÉRGICOS OUTRAS SUBSTANCIAS EM DOSES ELEVADAS

5 EFEITOS DEPENDEM: -DROGA -QUALIDADE DA DROGA -PERSONALIDADE -AMBIENTE OS EFEITOS NEM SEMPRE REFLETEM AÇÕES PRIMÁRIAS DAS DROGAS.

6 VIVÊNCIA FENOMENOLÓGICA FLASH -EXPLOSÃO QUE PENETRA O CORPO E A CABEÇA SEMELHANTE AO ORGASMO LEMBRANÇA PERSISTE PLANETA -SENSAÇÕES AGRADÁVEIS, RIQUEZA DE CONTEÚ DO, AUTO-PRAZER -MASTURBAÇÃO EJACULAÇÃO E ORGASMO -RARO DESCIDA -SOFRIDA REINTRODUÇÃO NA VIDA REAL MELANCOLIA ASPECTO MISERÁVEL, PASSIVO, CONTRASTA COM A RIQUEZA VIVIDA.

7 COMPRENSÃO PSICOLÓGICA QUALQUER ESTRUTURA DE PERSONALIDADE: NEURÓTICA,PSICÓTICA, BORDERLINE, PSICOPÁTICA, ETC NARCISISMO SIMBIOSE COM O OBJETO BOM IDEALIZADO DEPENDÊNCIA NÃO INVESTIMENTO OBJETAL DESTRUTIVIDADE IMPULSIVIDADE PERSONALIDADE PRÉ-ADICTIVA IMPORTÂNCIA DO CORPO E A NEGAÇÃO DA FINITUDE

8 ALCOOLISMO DADOS CULTURAIS VALORIZAÇÃO - FUTEBOL,AUTOMOBILISMO,RELIGIÕES BEBIDA X PRAZER LIGAÇÃO ENTRE AS PESSOAS DESINIBIÇÃO SOCIAL

9 CONCEITUAÇÃO PERTURBAÇÃO CRÔNICA DE COMPORTAMENTO MANIFESTADO PELA INGESTÃO REPETIDA DO ALCOOL QUE EXCEDE O USO SOCIAL E DIETÉTICO DA COMUNIDADE, INTERFERINDO NA SAÚDE DA PESSOA QUE BEBE E NO SEU FUNCIONAMENTO SOCIAL E ECONÔMICO.

10 DIAGNÓSTICO BIÓTIPO: VERMELHO, MAGRO, OLHOS BRILHANTES EXAME FÍSICO : HEPATOMEGALIA,TREMORES,ARANHAS VASCULARES,LUVAS, HIPERTENSÃO PERTURBAÇÃO DO COMPORTAMENTO INÍCIO : INSIDIOSO DEPENDÊNCIA :QUÍMICA E PSICOLÓGICA TOLERÂNCIA ABSTINÊNCIA

11 CONDIÇÕES CLÍNICAS A -EMBRIAGUÊS AGUDA (INTOXICAÇÃO) 3 FASES: 1 -EXCITAÇÃO, LOGORREIA,SEGURO DE SI, DIMINUIÇÃO DO SENSO CRÍTICO REALIDADE INTERIOR: ALEGRES, DEPRESSIVOS 2 -INCOORDENAÇÃO DOS MOVIMENTOS, ATAXIA, DISARTRIA, VERTIGEM, FALA PASTOSA E DIFÍCIL, CONFUSO, DESORIENTAÇÃO, DEPRIMIDO, OBSTINADO 3 -COMA, NÃO REAGE AOS ESTÍMULOS, PUPILAS DILATADAS, RELAXAMENTO DOS ESFINCTERES,PODE LEVAR À MORTE, INTOXICAÇÃO IRREVERSÍVEL DOS CENTROS RESPIRATÓRIOS.

12 EMBRIAGUÊS PATOLÓGICA SÓ É OBSERVADA EM INDIVÍDUOS PREDISPOSTOS PEQUENAS DOSES: EXCITAÇÃO REPENTINA,IRRITABILIDADE,ESTADO CREPUSCULAR, ALUCINAÇÕES VISUAIS E TÁTEIS. EX: SAIR COM FACA PARA AGREDIR CEGAMENTE - ALCOOLISMO CRÔNICO QUANDO A INGESTÃO DE UMA NOVA DOSE SE PROCEDE SEM QUE A ANTERIOR TENHA SIDO ELIMINADA. ACABAM PRODUZINDO LESÕES ORGÂNICAS SINTOMAS SOMÁTICOS: DISFUNÇÕES RESPIRATÓRIAS, CARDÍACAS, HEPÁTICAS, DORES MUSCULARES, CAIMBRAS, IMPOTÊNCIA SEXUAL, ALTERAÇÕES SNC, CONVULSÕES, ALTERAÇÕES DA COORDENAÇÃO E DO EQUILÍBRIO. S INTOMAS PSÍQUICOS: DEBILIDADE DA VONTADE, ANSIEDADE, DEPRESSÃO.

13 TRANSTORNOS PSÍQUICOS ASSOCIADOS AO ABUSO DE ALCOOL SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA -USO CRÔNICO -CESSADO INGESTA ABRUPTAMENTE -8 A 12 HORAS APÓS A ÚLTIMA INGESTA SINTOMAS INICIAIS: ANSIEDADE, IRRITABILIDADE OU DEPRESSÃO, INSÔNIA E INQUIETAÇÃO SINTOMAS AUTONÔMICOS: TREMORES DAS MÃOS, LÍNGUA OU PÁLPEBRAS,SUDORESE, TAQUICARDIA, AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL NÁUSEAS, VÔMITOS, MAL ESTAR OU FRAQUEZA, CEFALÉIA CONVULSÕES TÔNICO-CLÔNICAS PODEM OCORRER NAS PRIMEIRAS 48 HS EM PACIENTES COM ANTECEDENTES DE EPISÓDIOS DE CONVULSÃO. ALUCINAÇÕES (VISUAIS-ZOOPSIAS) TRANSITÓRIAS, ILUSÕES OU PESADELOS VÍVIDOS

14 DELIRIUM TREMENS (SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA COMPLICADA) INÍCIO -UMA SEMANA APÓS PARADA OU DIMINUIÇÃO PODE APARECER DURANTE CONSUMO EXCESSIVO APARECE APÓS 5 A 15 ANOS DE INGESTA FATORES PREDISPONENTES- COMPROMETIMENTO GERAL SINTOMATOLOGIA: REBAIXAMENTO DO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA (DELIRIUM) PERTURBAÇÃO DA CONSCIÊNCIA : DESORIENTAÇÃO, DISTORÇÕES PERCEPTUAIS, ILUSÕES, ALUCINAÇÕES (VISUAIS E TÁTEIS MAIS FREQUENTES,TAMBÉM AUDITIVAS) SUDORESE, TAQUICARDIA, HIPERTENSÃO HIPEREXCITABILIDADE X LETARGIA DESENVOVIMENTO DE DELÍRIOS COM CUNHO PERSECUTÓRIO LEVANDO O PACIENTE À AGRESSIVIDADE E AGITAÇÃO. COMPORTAMENTOS SUICIDAS CONVULSÕES TÔNICO-CLÔNICAS GENERALIZADAS PODE ACOMPANHAR FEBRE, DESIDRATAÇÃO,DESNUTRIÇÃO, DIST. METABÓLICOS,ENCEFALOPATIAS,QUE PREDISPÕE AO D.T-PIOR PROGNÓSTICO.

15 SÍNDROME DE KORSAKOFF (DIST. AMNÉSTICO E ENCEFALOPATIA ALCOÓLICA) -INSIDIOSO -DEFICIT ACENTUADO NA MEMÓRIA RECENTE,AMNÉSIA DE FIXAÇÃO -TENDÊNCIA A CONFABULAÇÃO,SEM PREJUÍZO DA CONSCIÊNCIA -DESORIENTAÇÃO,FALSO RECONHECIMENTO -FABULAÇÃO -INDIFERENÇA AFETIVA

16 ENCEFALOPATIA ALCOÓLICA OU DE WERNICKE -ALTERAÇÃO NEUROLÓGICA CARACTERIZADA PELA TRÍADE : CONFUSÃO MENTAL, OFTALMOPLEGIA E ATAXIA SUA EVOLUÇÃO É PARA A SÍNDROME AMNÉSTICA ALCOÓLICA ONDE O PREJUÍZO DA MEMÓRIA É IRREVERSÍVEL POR ESTAREM ASSOCIADOS COM FREQUÊNCIA -SÍNDROME DE WERNICKE-KORSAKOFF

17 DETERIORAÇÃO MENTAL ALCOÓLICA (DEFICITS COGNITVOS) -ALTERAÇÃO AFETIVA E MORAL -ALTERAÇÃO DOS PROCESSOS INTELECTUAIS-DEMÊNCIA -LESÕES MENINGO-ENCEFÁLICAS -DECADÊNCIA FÍSICA: TREMOR, GASTRITE, ANOREXIA -DECADÊNCIA MENTAL:DEGRADAÇÃO ÉTICA, ALUCINAÇÃO, DELÍRIO, REAÇÕES VIOLENTAS.

18 DEPRESSÃO SINTOMAS DEPRESSIVOS SÃO COMUNS DIFERENCIAR ENTRE ALCOOLISMO SECUNDÁRIO A QUADRO DEPRESSIVO PRÉVIO NO TRANSTORNO DEPRESSIVO PRIMÁRIO COM ALCOOLISMO SECUNDÁRIO, O TRATAMENTO DE DIST. DE HUMOR DEVE SER FEITO COM ANTIDEPRESSIVOS ASSOCIADO A PERÍODO DE ABSTINÊNCIA. ABUSO DE ALCOOL -MASCARANDO SINTOMAS DE UM DISTÚRBIO DEPRESSIVO ALCOOLISTAS COMO PERSONALIDADES DEPRESSIVAS QUE BUSCAM ALÍVIO NO ALCOOL MENNINGER (1938) ALCOOLISMO -SUICÍDIO CRÔNICO ALCOOL DIMINUI A AUTO-CRÍTICA,TORNANDO MAIS FÁCIL EXPRESSÃO DE SENTIMENTOS DE TRISTEZA OU LIBERANDO IMPULSOS AUTODESTRUTIVOS SINTOMAS DEPRESSIVOS SECUNDÁRIOS AO USO CRÔNICO DE ALCOOL (NESTE CASO OS SINTOMAS DEPRESSIVOS MELHORAM APÓS A ABSTINÊNCIA) CONSEQUÊNCIA : RESSACA, PROBLEMAS CAUSADOS PELO ABUSO DE ALCOOL,ALTERAÇÕES BIOQUÍMICAS

19 TRANSTORNOS PSICÓTICOS A -ALUCINOSE ALCOÓLICA AUDITIVA, ANSIEDADE E MEDO ORDEM E COERÊNCIA NO PENSAMENTO B -PARANÓIA ALCOÓLICA C -CIÚME ALCOÓLICO APARECE NA FASE AVANÇADA DEBILITAÇÃO SEXUAL VIOLÊNCIA PODE CHEGAR AO HOMICÍDIO

20 IMPLICAÇÕES A -O RGÂNICAS RESPIRATÓRIAS, CARDÍACAS, HEPÁTICAS,CÂIMBRAS, ALT. SNC, HIPERTENSÃO, CONVULSÕES, ARANHAS VASCULARES, DIMINUIÇÃO DA SENSIBILIDADE EM LUVA, HEPATITE, PNEUMONIA,ARRITMIAS CARDÍACAS, INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA. B -PSÍQUICAS ANSIEDADE, DEPRESSÃO,DIVERSAS SÍNDROMES: ABSTINÊNCIA,KORSAKOFF,DEMÊNCIA, ETC C -FAMILIARES DESORGANIZAÇÃO FAMILIAR REJEIÇÃO, VERGONHA D -SOCIAIS AMIGOS DO COPO BRIGAS E -TRABALHO RISCOS DE ACIDENTE DESMOTIVAÇÃO E ABSENTEÍSMO PROBLEMAS DISCIPLINARES E DE RELACIONAMENTO REDUÇÃO NA PRODUTIVIDADE FAVORECEM ATIVIDADES DE RISCO ALCOOLISTAS SELECIONAM

21 COMPREENSÃO PSICOLÓGICA CARACTERÍSTICAS :TÍMIDO, RETRAÍDO ESTRUTURA DE PERSONALIDADE FIXAÇÃO ORAL -DEPENDENTE S E RÍGIDO -SOLÚVEL EM ALCOOL IDEAL ELEVADO REAL FRUSTRAÇÃO NEGAÇÃO DO REAL IMPULSOS DESTRUTIVOS ALCOOL CONTRA SI E OS OUTROS TENTAR REALIZAR O IDEAL NA FANTASIA

22 CURSO E PROGNÓSTICO -INSIDIOSO -BEBER DIFERENTE -TOLERÂNCIA AO ALCOOL -APAGAMENTO (BLACKOUT OU PALIMPSESTOS) -ENCURTA A VIDA -CIRROSE,COMPLICAÇÕES CARDÍACAS,BRIGAS RISCOS DE ACIDENTES. -FAVORÁVEL SE TRATADO/ PRECISA QUERER

23


Carregar ppt "T. PSÍQUICO ASSOCIADO ÁLCOOL E DROGAS - SUBSTÂNCIA PSICOATIVA : QUALQUER SUBSTÂNCIA QUE ALTERA HUMOR, PERCEPÇÃO, FUNCIONAMENTO CEREBRAL, CAPACIDA DE DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google