A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

2 OBJETIVOS Diagnosticar e tratar doenças próprias da gestação ou nela intercorrentes. Evitar o uso de medicações prejudiciais ao concepto. Prepará-la para o parto e cuidados com o RN. PREVENÇÃO = ORIENTAÇÃO

3 ANAMNESE Identificação Gesta / Para / Aborta Estado atual Antecedentes Pessoais Familiares Antecedentes ginecológicos e obstétricos

4 CALCULO DA IDADE GESTACIONAL Por DUM –14/12/11 –20/05/11 = 55 dias = 55 dias = 7 sem e 6 dias 55/7 = 7 sem e 6 dias 11+ = 263 dias = 263 dias = 37 sem e 4 dia 263/7 = 37 sem e 4 dia

5 CALCULO DA IDADE GESTACIONAL Por USG –Biometria de 14 sem e 3 dias em 27/11/ = 72 dias / 7 = 10 sem 2 dia 14 sem + 10 sem = 24 sem 3 dias + 2 dia = 5 dias IG: 24 sem e 5 dias

6 CALCULO DA IDADE GESTACIONAL Por USG –Biometria de 32 sem e 5 dias em 15/01/ = 23 dias / 7 = 3 sem 2 dias 32 sem + 3 sem = 35 sem 5 dias + 2 dias = 7 dias IG: 36 semanas

7 CALCULO DA DATA ESPERADA DO PARTO (DEP) REGRA DE NAGELE – através da DUM Soma-se 7 aos dias / Subtrai-se 3 (ou 2) ao mês DUM: 13/05/11DUM: 27/11/ = = – 03 = 0211 – 02 = 09 DEP: 20/02/12DEP: 04/09/12

8 EXAME FÍSICO Sinais vitais FC, FR e PA Exame cardio-pulmonar Peso Peso pré-gestacional (PPG) Peso atual Ganho desde a última consulta ( ou ) Ganho total durante a gestação Peso: 52kg ( 600g/2sem / GT = 6kg)

9 GANHO DE PESO No 1 o T - aumenta cerca de 1 kg (quase todo na mãe) No 2 o T- aumenta cerca de 400g por semana (60% na mãe) No 3 o T- aumenta cerca de 300g por semana (60% no feto) Abaixo de peso ideal (IMC< 18,5) Entre 12 e 18 kg Com peso ideal (IMC 18,5 – 25) Entre 10 – 12 kg Acima do peso ideal (IMC > 25) Entre 6 – 10 kg IMC > 30 até 7 kg Avaliar necessidade de acompanhamento nutricional

10 EXAME FÍSICO Ectoscopia Mucosas, Cloasma Lanugem (sinal de Halban) Varizes, edema

11 EXAME DAS MAMAS Formação do complexo aréolo-papilar Aréola primária e secundária (sinal de Hunter) Rede de Haller, tubérculos de Montgomery Colostro Avaliar na 1ª consulta, no final da gestação e quando houver queixas.

12 EXAME OBSTÉTRICO EXAME DO ABDOME Ectoscopia - hiperpigmentação da linha alba (linha nigra) Medida da altura uterina Avalia a estática fetal Manobras de Leopold-Zweifel –1ª manobra – delimitação do fundo uterino (situação) –2ª manobra – determinação do dorso fetal (posição) –3ª manobra – mobilidade da apresentação –4ª manobra – grau de insinuação da apresentação Ausculta de BCF (frequência e foco)

13 Medida da Altura Uterina incorreto correto

14 Manobras de Leopold-Zweifel

15 EXAME FÍSICO EXAME GINECOLÓGICO Especular - Objetivos: Coleta de colpocitologia oncótica Avaliação da anatomia dos órgãos genitais Avaliação da secreção vaginal Diagnóstico de amniorrexe Toque 1ª consulta (avaliar competência do colo/vol. uterino) Avaliação de trabalho de parto prematuro Após 38 semanas (modificações prévias ao parto)

16 Toque Vaginal Sinal de Nobile-Budin e Osiander Sinal de Puzzos Sinal de Piskacek Sinal de Hegar e Sinal de Goodel

17 EXAMES COMPLEMENTARES ROTINA DE PRIMEIRA CONSULTA HemogramaHIV Tipagem sanguíneaVDRL Glicemia de jejumToxoplasmose IgM/IgG TOTG 75g se FR (+)Rubéola IgM/IgG EASCCO UroculturaUSG

18 1º RETORNO Coombs indireto – se fator Rh negativo Repetir mensalmente após 28ª sem EPF – se anemia ferropriva ou eosinofilia importante Perfil glicêmico se confirmado diagnóstico de DG Repetir toxoplasmose a cada 3 meses em pacientes suceptíveis ENTRE SEMANAS TOTG 75g EXAMES COMPLEMENTARES

19 ROTINA DO 3º TRIMESTRE (28-30 sem) Hemograma Urocultura VDRL HBsAg Toxoplasmose - em pacientes suceptíveis Coombs indireto – em paciente Rh negativo EXAMES COMPLEMENTARES

20 Ultrassonografia – 1º trim – Transvaginal / medida do CCN – 2º trim – Morfológico – 3º trim – Avaliação de crescimento fetal, maturidade placentária, ILA e Doppler Entre 10 e 14 sem – Translucência nucal

21 SUPLEMENTAÇÃO Ácido fólico – 0,4 a 5 mg/dia. Ferro: mg/dia. Cálcio: 1,0–1,3 g/dia = 3 copos de leite/dia.

22 VACINAÇÃO Anti-tetânica (16, 24 e 32 sem) 3 doses há menos de 5 anos – não vacinar 3 doses entre 5 e 10 anos – dose de reforço 3 doses há mais de 10 anos – 3 doses Vacinação prévia incompleta – completar esquema Permitidas Influenza inativada, Hepatite B Raiva, Febre amarela – permitidas em caso de risco Contra-indicadas Sarampo, caxumba, rubéola, BCG, varicela

23 ACOMPANHAMENTO Gestações de baixo-risco < 32 sem – mensal 32 a 36 sem – quinzenal > 36 sem – semanal Gestação de alto-risco Acompanhamento individualizado Orientar sobre sinais de alerta

24 Obrigada ! No momento em que uma criança nasce, a mãe nasce também. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe não. Uma mãe é algo absolutamente novo. Rajneesh


Carregar ppt "UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google