A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FAZER E COMPREENDER J EAN P IAGET Conclusões Gerais – Item I Processo da tomada de consciência e efeitos resultantes da conceituação sobre a ação Mariana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FAZER E COMPREENDER J EAN P IAGET Conclusões Gerais – Item I Processo da tomada de consciência e efeitos resultantes da conceituação sobre a ação Mariana."— Transcrição da apresentação:

1 FAZER E COMPREENDER J EAN P IAGET Conclusões Gerais – Item I Processo da tomada de consciência e efeitos resultantes da conceituação sobre a ação Mariana Lima Duro Jonas Tarcisio Reis

2 PROCESSO DA TOMADA DE CONSCIÊNCIA E EFEITOS RESULTANTES DA CONCEITUAÇÃO SOBRE A AÇÃO - Hipóteses defendidas no TC confirma-se no FC, facilmente verificadas na ações de êxito precoce, onde o sucesso ocorre por etapas. (pág. 172): 1. A ação constitui um conhecimento autônomo, cuja conceituação somente se efetua por TC posteriores. 2. As TC procedem da periferia para o centro (partindo da zona de adaptação ao objeto para atingir as coordenações internas das ações). - A partir de um certo nível, há influência resultante da conceituação sobre a ação (pág. 173, l.3). - A TC parte dos resultados exteriores da ação e após engajam-se na análise dos meios empregados em direção as coordenações gerais (mecanismos centrais), inconscientes da ação (pág. 173, l.19). - Poder-se-ia crer que é a lógica do indivíduo e as explicações físicas que ele obtém através delas que modificam as ações. (pág. 173, l.33).

3 PROCESSO DA TOMADA DE CONSCIÊNCIA E EFEITOS RESULTANTES DA CONCEITUAÇÃO SOBRE A AÇÃO - Os progressos devidos à regulação da ação fornecem à ação e suas regulações (pág 173, l.43): 1. Capacidade de antecipação 2. Regulagem mais ativa (não limitando-se às regulações automáticas através de correções compensadoras) 3. Favorecimento à TC: antecipação e escolha passam do comportamento material para o da representação, constituindo novas coordenações da ação e de conceituação como faces de uma mesma organização. Há, de um lado, a coordenação de movimentos (materiais) e por outro lado conexões lógicas ou implicativas.

4 PROCESSO DA TOMADA DE CONSCIÊNCIA E EFEITOS RESULTANTES DA CONCEITUAÇÃO SOBRE A AÇÃO - O que a conceituação fornece à ação é um reforço de suas capacidades de previsão e a possibilidade de dar um plano de utilização imediata (pág. 174, l.20). - Há um aumento no poder de coordenação sem que o indivíduo estabeleça fronteiras entre a sua prática (o que fazer para conseguir?) e o sistema de seusa conceitos (por que as coisas se passam desta maneira?) (pág. 174, l.23). - Mesmo nas situações em que os problemas tratam-se de compreender e não de conseguir, o indivíduo capacitado graças as suas ações a estruturar operacionalmente o real, permanece muito tempo inconsciente de suas estruturas cognitivas antes de ter atingido um nível bem mais elevado de abstração (pág. 174, l.25).

5 PROCESSO DA TOMADA DE CONSCIÊNCIA E EFEITOS RESULTANTES DA CONCEITUAÇÃO SOBRE A AÇÃO CONCLUSÃO DAS CONCLUSÕES GERAIS (Item I) - Enquanto que o atraso da TC sobre o êxito precoce das ações e o seu processo da periferia para o centro são confirmados nesta segunda obra, as situações novas do FC relatam os sucessos práticos efetuados somente por etapas com coordenações progressivas de níveis bem distintos e espaçados. - Principalmente na fase II, a ação e a conceituação efetuam trocas constantes. - Na fase III há uma inversão total da situação inicial e a conceituação fornece à ação, não apenas planos restritos e provisórios, mas uma programação de conjunto (prática apoiada em teorias). - A questão consiste em saber se reencontraremos, nessas formas superiores de conceituação, o processo geral que conduz da periferia para o centro.


Carregar ppt "FAZER E COMPREENDER J EAN P IAGET Conclusões Gerais – Item I Processo da tomada de consciência e efeitos resultantes da conceituação sobre a ação Mariana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google