A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREMATURIDADE E RECÉM NASCIDO PIG Prof.Vasco Frota.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREMATURIDADE E RECÉM NASCIDO PIG Prof.Vasco Frota."— Transcrição da apresentação:

1 PREMATURIDADE E RECÉM NASCIDO PIG Prof.Vasco Frota

2 AVALIAÇÃO IDADE GESTACIONAL Estimativa Clínica Estimativa Ultrassonográfica Estimativa pelo Recém Nascido - Método Capurro - Score de Dubowitz modificada PREMATURIDADE

3 CLASSIFICAÇÃO IDADE GESTACIONAL RN TERMO : 37sem a < 42 sem RN PÓS-TERMO : > 42 sem RN PRÉ-TERMO : < 37 semanas Limítrofe : 35 – 36 sem Moderado : sem Extremo : < 30 sem PREMATURIDADE

4 CLASSIFICAÇÃO PESO AO NASCER Macrossomia : > 4000 g Peso normal : 3000 – 3999 g Peso insuficiente : 2500 – 2999 g Baixo peso : < 2500 g –Pré-termo PIG –Pré-termo AIG –Termo PIG Muito baixo peso : < 1500 g Extremo baixo peso : < 1000 g PREMATURIDADE

5 PRETERMO PÓS TERMO PIGPIG GIGGIG AIG RELAÇÃO PESO AO NASCER E IDADE GESTACIONAL - LUBCHENCO

6 GRÁFICO RELAÇÃO PESO AO NASCER E IDADE GESTACIONAL CONDIÇÕES ASSOCIADAS COM O CRESCIMENTO

7 PREMATURIDADE - ETIOLOGIA Maioria desconhecida Associado às seguintes condições : - Baixo nível socio-econômico - Mulheres negras - Mulheres < 16 anos ou 35 anos - Atividade materna - Doença materna aguda ou crônica - Gestação múltipla - Ocorrência prévia de prematuro - Fatores obstétricos - Distúrbios fetais - Realização inadvertida de parto prematuro

8 PREMATURIDADE PROBLEMAS FREQUENTES Distúrbios Respiratórios Distúrbios Neurológicos Distúrbios Cardiovasculares Problemas Hematológicos / Hiperbilirrubinemia Distúrbios Nutricionais Distúrbios Gastrointestinais Problemas Metabólicos Controle Térmico Deficiente Maior risco de infecção Retinopatia da prematuridade Osteopenia da prematuridade

9 PREMATURIDADE CONDUTA CONDUTA PÓS NATAL IMEDIATA –Parto com equipe e equipamentos adequados –Reanimar / Estabilizar

10

11 AMBIENTE TÉRMICO NEUTRO Resfriamento noradrenalina vasoconstricção periférica vasoconstricção acidose crescente pulmonar pulmonar pressão artéria pulmonar metabolismo anaerobico pressão artéria pulmonar metabolismo anaerobico shunt D –E HIPÓXIA shunt D –E HIPÓXIA PREMATURIDADE CONDUTA NEONATAL

12 - OXIGENIOTERAPIA conforme BSA AcentuadoDiscretoAusenteBalancim AcentuadaDiscretaAusenteRetração esternal + de 3 intercostais 3 últimos intercostais AusenteTiragem intercostal AcentuadoDiscretoAusenteBAN Audível sem esteto Audível com esteto AusenteGemência 210Parâmetros

13 PREMATURIDADE CONDUTA CONDUTA NEONATAL - PCA - O2, restrição de fluidos. Uso de indometacina. Ligadura cirúrgica. - Terapia com fluidos e eletrólitos - Nutrição - Hiperbilirrubinemia - Fototerapia, Exsanguineotransfusão - Antibioticoterapia

14 PREMATURIDADE PROBLEMAS LONGO PRAZO Deficiência no desenvolvimento - Paralisia cerebral, retardo mental - Déficits sensoriais - Distúrbios de linguagem, hiperatividade, distúrbios de comportamento Doença Pulmonar Crônica Retinopatia Déficit no crescimento Elevados indices de doença pós neonatal e re-hospitalização

15 RN PIG ETIOLOGIA Fatores Maternos Lesões Placentárias Fatores Fetais

16 RN PIG FATORES MATERNOS Tamanho genético Idade Baixo peso antes da gestação Doença crônica Fatores que interferem com o fluxo e a oxigenação placentários (Doenças Maternas, fumo, pré- eclâmpsia, gestações múltiplas etc.) Paridade Ganho deficiente de peso na gestação Exposição a álcool, drogas e radiação

17 RN PIG LESÕES PLACENTÁRIAS Secundárias à doença vascular materna Gestação múltipla Malformações

18 RN PIG FATORES FETAIS Constitucionais – RN normal, geneticamente pequeno Malformações (anomalias SNC e sistema esquelético) Infecção congênita (rubeóla, citomegalia etc.)

19 RN PIG CLASSIFICAÇÃO RCIU Tipo I Tipo intermediário Tipo II

20 RN PIG CONDUTA DURANTE A GESTAÇÃO –Identificação, avaliação e acompanhamento –Monitorização fetal, doppler –Indicação de parto prematuro : - Parada de crescimento fetal - Sofrimento fetal

21 RN PIG CONDUTA PÓS NATAL IMEDIATA –Parto com equipe e equipamentos adequados –Reanimar / Estabilizar –Risco para sofrimento fetal, asfixia perinatal, aspiração de mecônio, perda de calor

22 RN PIG CARACTERÍSTICAS Peso diminuído Estatura diminuída PC, PT, PA pequenos Indice ponderal diminuido ou eventualmente normal Fontanela bregmática grande Diminuição tecido mamário Retardo desenvolvimento epifisário Diminuição circunferência coxa Diminuição espessura prega cutânea

23 RN PIG PROBLEMAS Anomalias Congênitas Asfixia Perinatal Aspiração de mecônio Hemorragia Pulmonar Hipertensão Pulmonar Persistente Hipotermia Hipoglicemia Hipocalcemia Hiponatremia Policitemia

24 RN PIG CONDUTA NA UNIDADE NEONATAL - Manter o RN em ambiente térmico neutro - Diagnosticar aspiração de mecônio - realizar Raio-X de tórax - Assistência respiratória conforme a necessidade do RN (HOOD, CPAP ou IMV) - Terapia com fluidos e eletrólitos - Hidratação venosa, com taxa de infusão de glicose de 4 a 6 mg/Kg/min, ajustando conforme o dextrostix. - Infusão de Cálcio de 300mg/Kg/dia. - Iniciar Sódio e potássio a partir do 3º dia. - Controle glicemia DX com 2, 4, 6, 12 e 24 h de vida

25 RN PIG CONDUTA NA UNIDADE NEONATAL - Nutrição Iniciar dieta o mais precocemente possível -Avaliação hematológica - diagnosticar policitemia -Investigar infecção congênita -Investigar anomalias congênitas

26 RN PIG CONDUTA CONDUTA EM GESTAÇÕES SUBSEQUENTES - Comum acontecer recorrência - Acompanhamento com pessoal experiente em gestação de alto risco


Carregar ppt "PREMATURIDADE E RECÉM NASCIDO PIG Prof.Vasco Frota."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google