A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVE MARIA Nas inúmeras manifestações que exprimem uma devoção à Maria, alternam-se, geralmente, dois movimentos: um de "exaltar" o Senhor pelas "grandes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVE MARIA Nas inúmeras manifestações que exprimem uma devoção à Maria, alternam-se, geralmente, dois movimentos: um de "exaltar" o Senhor pelas "grandes."— Transcrição da apresentação:

1

2 AVE MARIA

3 Nas inúmeras manifestações que exprimem uma devoção à Maria, alternam-se, geralmente, dois movimentos: um de "exaltar" o Senhor pelas "grandes coisas" que fez para sua humilde serva e, por meio dela, por todos os seres humanos. O outro, confiar à Mãe de Jesus as súplicas e louvores dos filhos de Deus, pois ela conhece, com carinho materno, a humanidade.

4 Esse duplo movimento da devoção a Maria encontrou uma expressão privilegiada na oração da Ave-Maria que oferecemos a ela, como para obedecer ao mandamento de honrar nosso Pai e nossa Mãe. A saudação do anjo Gabriel abre a oração da Ave-Maria. É o próprio Deus que, por intermédio de seu anjo, saúda Maria. Nossa oração ousa retomar a saudação de Maria com o olhar que Deus lançou sobre sua humilde serva, alegrando-nos com a mesma alegria que Deus encontra nela.

5 "Cheia de graça, o Senhor é convosco.". As duas palavras de saudação do anjo se esclarecem mutuamente. Maria é cheia de graça porque o Senhor está com ela. A graça com que ela é abençoada é a presença daquele que é a fonte de toda graça, Jesus.

6 Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus." Depois da saudação do anjo, tornamos nossa, a palavra de Isabel. Isabel é a primeira na longa série das gerações que declaram Maria bem- aventurada. Maria é "bendita entre as mulheres" porque acreditou na realização da palavra do Senhor.

7 "Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós..." Ela reza por nós como rezou por si mesma: "Faça- se em mim segundo a tua palavra". Confiando-nos à sua oração, abandonamo-nos com ela à vontade de Deus: "Seja feita a vossa vontade".

8 "Rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte." Pedindo a Maria que reze por nós, reconhecemo-nos como pobres pecadores e nos dirigimos à "Mãe de misericórdia", à toda Santa. Entregamo-nos a ela "agora", no hoje de nossas vidas.

9 E nossa confiança aumenta para, desde já, entregar em suas mãos "a hora de nossa morte". Que ela esteja então presente, como na morte de Cruz de seu Filho, e que na hora de nossa passagem, ela nos acolha como nossa Mãe, para nos conduzir a seu Filho, Jesus, na vida eterna. (Do catecismo da Igreja Católica, 2673 a 2679)

10 Quando rezamos a Maria, dizemos, com ela, sim ao plano de Deus. Como o discípulo bem-amado, acolhemos, em nosso coração, a Mãe de Jesus, que se tornou a mãe de todos nós. Podemos rezar com ela e a ela.

11 22/03/2008 Que Maria, Mãe de Deus e nossa, acolha com amor de Mãe todos os jovens que se disponham a consagrar a Ela sua vida.

12 22/03/2008 AMÉM!!!


Carregar ppt "AVE MARIA Nas inúmeras manifestações que exprimem uma devoção à Maria, alternam-se, geralmente, dois movimentos: um de "exaltar" o Senhor pelas "grandes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google