A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento Estratégico Condensado da Apostila SEBRAE-RS Prof. Marcelo Perin / Prof. Cláudio Sampaio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento Estratégico Condensado da Apostila SEBRAE-RS Prof. Marcelo Perin / Prof. Cláudio Sampaio."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento Estratégico Condensado da Apostila SEBRAE-RS Prof. Marcelo Perin / Prof. Cláudio Sampaio

2 De que adianta planejar, se não sei o que me espera no futuro? O que se pretende com o planejamento estratégico não é adivinhar o futuro, mas sim construí-lo, evitando ao máximo as surpresas no processo de tomada de decisão.É também um norteador para a empresa.

3 - Pode dizer-me que caminho devo tomar? - Isto depende do lugar para onde você quer ir. (Respondeu com muito propósito o gato) - Não tenho destino certo. - Neste caso qualquer caminho serve. (Alice no País da Maravilhas - Lewis Carrol)

4 O PE facilita: Avaliar as perspectivas a curto, médio e longo prazos; Conduzir a empresa a um mesmo rumo; Entender o que ocorre no mercado; Racionalizar o processo de tomada de decisão; Desenvolver diferenciais sobre os concorrentes; Antecipar –se a situações desfavoráveis do mercado; Desenvolver produtos e serviços adequados ao mercado

5 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO É um modelo de decisão, unificado e integrador, que: v Determina e revela o propósito organizacional em termos de Valores, Missão, Objetivos, Estratégias, Metas e Ações, com foco em Priorizar a Alocação de Recursos; v Delimita os domínios de atuação da Instituição; v Descreve as condições internas de resposta ao ambiente externo e a forma de modificá-las, com vistas ao fortalecimento da Instituição; v Engaja todos os níveis da Instituição para a consecução dos fins maiores.

6 P AGILIZA DECISÕES P MELHORA A COMUNICAÇÃO P AUMENTA A CAPACIDADE GERENCIAL PARA TOMAR DECISÕES P PROMOVE UMA CONSCIÊNCIA COLETIVA P PROPORCIONA UMA VISÃO DE CONJUNTO P MAIOR DELEGAÇÃO P DIREÇÃO ÚNICA PARA TODOS P ORIENTA PROGRAMAS DE QUALIDADE P MELHORA O RELACIONAMENTO DA ORGANIZAÇÃO COM SEU AMBIENTE INTERNO E EXTERNO BENEFÍCIOSDO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO BENEFÍCIOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

7 CONSCIÊNCIA DE SUA NECESSIDADE; DECISÃO PELA SUA UTILIZAÇÃO; ENVOLVIMENTO EFETIVO DA DIREÇÃO; CLIMA PROPÍCIO; INFORMAÇÕES RELEVANTES PARA O PLANEJAMENTO; PARTICIPAÇÃO ORGANIZADA. CONDIÇÕES PARA O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

8 A falta de PE leva a empresa a: Ser mais facilmente surpreendida por alterações no mercado; Tomar decisões não relacionadas aos objetivos empresariais; Precisar sempre se reprogramar e improvisar; Ser menos eficiente no processo de tomada de decisão; Depender do dia-a-dia; Ficar desinformada sobre o seu setor e iniciativas da concorrência; Ficar a mercê da conjuntura.

9 TIPO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO MARKETING PLANEJAMENTO FINANCEIRO PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS PLANEJAMENTO ORGANIZACIONAL PLANO DE PREÇOS E PRODUTOS PLANO DE DESPESASPLANO DE CAPACIDADE DE PRODUÇÃO PLANO DE R & S PLANO DIRETOR DE SISTEMAS PLANO DE PROMOÇÃO PLANO DE INVESTIMENTOS PLANO DO CONTROLE DE QUALIDADE PLANO DE T & D PLANO DE ESTRUTURA ORGANIZACIONAL PLANO DE VENDASPLANO DE COMPRASPLANO DE ESTOQUES PLANO DE CARGOS E SALARIOS PLANO DE ROTINAS ADMINISTRATIVAS PLANO DE DISTRIBUIÇÃO PLANO DE FLUXO DE CAIXA PLANO DE UTILIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA PLANO DE PROMOÇÕES PLANO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS PLANO DE PESQUISA DE MERCADO PLANO DE ORÇAMENTO PLANO DE EXPEDIÇÃO DE PRODUTOS PLANO DE CAPACITAÇÃO INTERNA PLANO DE COMUNICAÇÕES Exemplos de Planejamentos Estratégicos

10 Resumindo, Planejamento é: Um esforço sistemático e formal que visa estabelecer direção para aumentar a probabilidade de ocorrência dos resultados desejados. Um processo desenvolvido para o alcance de uma situação desejada de maneira mais eficiente, eficaz e efetiva, com a melhor concentração de esforços e utilização de recursos.

11 Resumindo, o Planejamento deve: Possuir consistência entre missão, visão, objetivos, estratégias e implementação. Focar no que pode trazer vantagem competitiva. Ser simples o suficiente para ser usado e complexo o bastante para ser útil. Ser flexível para se adequar às condições reais da implementação.

12 Lembre-se que o envolvimento de toda a empresa é fundamental para a implementação com sucesso do planejamento estratégico. O processo básico para a implantação do PE segue a seguinte estrutura: Negócio Missão Visão Valores Análise do ambiente interno Análise do ambiente externo Análise da matriz estratégica Fatores essenciais do negócio Objetivos e metas Verificação de consistência

13 Qual o negócio da empresa? Definir o negócio da empresa é definir seu âmbito de atuação. Devemos sempre ter em mente que o cliente não compra produtos, e sim soluções de problemas ou benefícios que os produtos ou serviços trazem. Definir o negócio somente como produto faz que a empresa fique míope em relação ao ambiente externo que a cerca.

14 A estratégia define qual o negócio da empresa!! Nike Mont Blanc Fedex BMW Harley-Davidson C&A Fuji Amil Revista Exame Marcopolo GM Honda Revlon Avon Ferrovias Americanas Atitude Prazer de Escrever Paz de Espírito Prazer de Dirigir Estilo de Vida Moda Imagens e Informação Saúde Idéias Soluções e Serviços Para Transporte Coletivo Pessoas em movimento Transporte Beleza e Esperança Beleza Transporte

15 Qual a missão da empresa? A missão da empresa é o papel que ela desempenha no seu negócio. É para onde a empresa deve ir. A missão deve responder as cinco questões a seguir: O que a empresa deve fazer? Para que a empresa deve fazer? Por que a empresa deve fazer? Como a empresa deve fazer? Onde a empresa deve fazer (público-alvo)?

16 Exercício Crie, em cinco minutos, a missão do Deal Extreme (www.dealextreme.com), com base no quadro abaixo:www.dealextreme.com AçãoO QuePara Quem Como

17 O que ter a visão da empresa: O que a empresa deseja ser Personalidade e caráter da empresa. Suas aspirações e crenças Apontar um caminho para o futuro Representa as maiores esperanças e sonhos da empresa Não estabelece ou expressa fins quantitativos Visão da empresa

18 Visão de Futuro Empresas que chegaram à liderança global nos últimos 20 anos invariavelmente começaram com ambições desproporcionais aos seus recursos e capacidades. Elas criaram, em todos os níveis da organização, uma obsessão por vencer e sustentavam essa obsessão por anos na busca da liderança. Hamel & Prahalad, HBR, May-June, p. 68

19 Por que devemos ter uma visão da empresa? A VISÃO PINTA UM QUADRO DE ONDE VOCÊ QUER QUE E EMPRESA CHEGUE, E O QUE VOCÊ QUER QUE ELA SEJA. Por que ter uma Visão de Futuro? Controlar melhor o destino da empresa. Questionar o estado atual confortável (perceber que o atual sucesso operacional não é garantia para o futuro) ou inadequado. Instigar a necessidade de se livrar dos problemas atuais. Tornar o comportamento incongruente mais perceptível. Promover um sonho comum e coordenar o trabalho em equipe. Criar a necessidade de obter mais recursos para o negócio. Provocar a exploração de uma nova oportunidade ou ameaça.

20 Características de uma Visão: Clara, abrangente e detalhada. Visões de futuro atrativas têm um grande poder. Organizações impulsionadas por uma Visão conseguem canalizar a energia que resulta de sua própria clareza de direção e foco. Desafiadora e inspiradora. A criação da visão é a base para as melhorias que rompem com os paradigmas vigentes. Compartilhada pelas pessoas da organização. Sem uma visão compartilhada, novas formas de pensar ou agir são reprimidas pela força de como as coisas eram no passado. Motivante e inovadora. As pessoas imediatamente sentem esperança e motivação, bem como medo e ansiedade em relação às mudanças. Desenvolvida pelo líder. As pessoas querem um senso de direção e propósito para cooperarem com as ações da organização.

21 Princípios da criação da Visão: Se as pessoas criam a Visão, elas serão proprietárias dela e sua implementação acontecerá mais rapidamente. O processo de desenvolvimento da Visão é tão importante quanto seu resultado. A Visão se define melhor na linguagem dos protagonistas- chave. A Visão ajuda a focar o processo de planejamento estratégico e, portanto, precisa ser desenvolvida antes que o planejamento aconteça. Se as pessoas criam a Visão, elas serão proprietárias dela e sua implementação acontecerá mais rapidamente. O processo de desenvolvimento da Visão é tão importante quanto seu resultado. A Visão se define melhor na linguagem dos protagonistas- chave. A Visão ajuda a focar o processo de planejamento estratégico e, portanto, precisa ser desenvolvida antes que o planejamento aconteça.

22 Deve-se ter na frase da visão: Construção de cenários e objetivos a serem buscados pela empresa em um futuro de médio prazo, considerando as atuais tendências e influências, visando a sua competitividade. Aspetos principais: - negócios - mercados - produtos e serviços

23 WaltDisney (Parque de Diversões) Atuar com criatividade, imaginação e muita responsabilidade para preservar a magia Walt Disney Visão da empresa

24 Visão da Merck, Inc. (Indústria Farmacêutica) Atuar com responsabilidade social, ciência baseada na inovação, com honestidade, integridade e lucratividade, sempre com benefício para a humanidade Visão da empresa

25 Visão da The Applewood Café (Pequeno Restaurante) "Garantir que nossos clientes sempre voltem em busca de boa comida, serviço atencioso e clima agradável." Visão da empresa

26 Laurence Peter O principal defeito de uma democracia é que apenas os partidos na oposição sabem governar. Visão do Político

27 Valores da empresa Os princípios, credos, filosofia, crenças ou valores da empresa são aquilo em que ela acredita e que servirão como orientadores para o processo decisório e comportamental dela no futuro. São os valores morais que alicerçam seu plano de ação.

28 Valores da empresa Principais tema utilizados para o estabelecimento de princípios: Clientes RH Transparência Processos qualitativos Qualidade Imagem; Ética

29 Valores da empresa Lojas Colombo: Cliente: a excelência no atendimento ao cliente. Lucro: garantia de desenvolvimento e perpetuidade. Ser Humano: desenvolvimento, valorização, profissionalismo e respeito. Inovação: antecipar-se às necessidades do mercado. Tecnologia: atualizada e inovadora. Imagem: solidez e confiança Comunicação: clara e objetiva Qualidade: a melhor na opinião do cliente. Fonte:

30 Valores da empresa TAM: Nada substitui o lucro. Em busca do ótimo, não se faz o bom. Mais importante que o cliente é a segurança. A maneira mais fácil de ganhar dinheiro é parar de perder. Pense muito antes de agir. A humildade é fundamental. Quem não tem inteligência para criar tem que ter coragem para copiar. Fonte:

31 Análise do ambiente externo Fator fundamental para o sucesso tanto do PE quanto da empresa em si. Nenhuma organização pode operar sem observar as tendências de mercado, concorrência, legislação, clientes, etc.. Analisamos, efetivamente as oportunidades e ameaças do ambiente, usando uma Escala de Avaliação: neutro (0) Ameaças Oportunidades

32 Análise do ambiente externo Exercício Elaborar um quadro com 4 oportunidades e 4 ameaças para o Deal Extreme no próximo ano, e pontuá-las: OportunidadesAvaliação AmeaçasAvaliação

33 Análise do ambiente interno Conhece-te a ti mesmo. – Sócrates O conhecimento da própria empresa, suas potencialidades e limitações, é fundamental para a elaboração do PE. A análise interna refere-se a identificação dos pontos fortes e fracos do empreendimento que afetam o cumprimento de sua missão, dificultando ou facilitando para a empresa atingir seus objetivos.

34 Análise do ambiente interno Exemplos de forças e fraquezas que a empresa pode possuir: Imagem perante os clientes; Qualificação do funcionário; Tecnologia interna para a fabricação de produtos; Recursos financeiros (K); Produtividade; Qualidade de seus produtos e/ou serviços; Preço de venda; Capacitação da equipe de vendas; Treinamento de funcionários; Estoques disponíveis; Localização da empresa; Relacionamento com fornecedores e clientes; Prazo de entrega de seus produtos e serviços; Custos.

35 Análise do ambiente interno Avaliam-se os pontos fortes e fracos da empresa do mesmo modo da análise externa: neutro (0) Ameaças Oportunidades

36 Análise do ambiente interno Exercício Elaborar um quadro com 4 pontos fortes e 4 pontos fracos para o Deal Extreme no próximo ano, e pontuá-los: OportunidadesAvaliação AmeaçasAvaliação

37 Análise da Matriz Estratégica Sabemos nossos pontos fortes e fracos e as ameaças e oportunidades ao nosso redor. Agora, como uni-los e aproveitá-los? Simples, formando uma matriz estratégica: Esta análise deve ser formalizada na coluna TRATAMENTO da matriz estratégica:

38 Análise da Matriz Estratégica -Diadora OPORTUNIDADEPONTOS FORTESPONTOS FRACOSTRATAMENTO Aumento pelo interesse no esporte. Qualidade dos produtos fabricados. Equipe de vendas pequena. Marca desconhecida no centro do País Mercado dominado por grandes players Apostar na qualidade dos produtos fabricados pela empresa, incrementando a área comercial e investindo em melhor comunicação.

39 Análise da Matriz Estratégica -Diadora AMEAÇAPONTOS FORTESPONTOS FRACOSTRATAMENTO Entrada de novos concorrentes Dificuldades de aumento do mind share. Investir em novos argumentos de marketing esportivo.

40 Fatores essenciais do negócio Em determinados negócios ou ramos de atividade, existem algumas condições e requisitos que são indispensáveis para o sucesso competitivo da empresa. Normalmente, esses fatores essenciais são em número reduzido e a sua ausência implicará em grandes dificuldades para a empresa.

41 Fatores essenciais do negócio _______________ Totalmente insatisfeito satisfeito Quando a empresa não está satisfeita com sua performance em relação a um fator essencial, sua nota varia de 0 a 2. Quando a empresa está satisfeita com sua performance em relação a um fator essencial, sua nota varia de 3 a 5.

42 Fatores essenciais do negócio Exercício: Fatores essenciais ao Deal Extreme ORDEM DE IMPORTANCIAFATOR ESSENCIALAVALIAÇÃO 1ºAtendimento ao cliente0 2ºQualidade dos produtos5 3ºPreço2 4ºPrazo de entrega4

43 Objetivos e Metas É necessário para saber, especificamente, onde a empresa quer chegar. Os objetivos são os resultados quantitativos e/ou qualitativos que a empresa deve alcançar em um determinado período de tempo.

44 Objetivos e Metas Os objetivos devem possuir algumas características: Ser coerente com os recursos e com o ambiente da empresa; Ser viáveis e desafiadores, para que o estimulo e a motivação estejam presentes no dia-a-dia; Ser mensuráveis, para que a empresa possa controlar e fazer uma avaliação; Possuir prazo definido, para que sejam avaliados num determinado tempo; Ser em número reduzido, para evitar a dispersão das pessoas e esforços envolvidos.

45 Verificação de consistência Depois de formulado o PE, é necessário, antes de implementá-lo, checar sua consistência, verificar se tudo está correto e se atende as necessidades da empresa. Para isto, reponde- se a Matriz de Consistência.

46 Matriz de Consistência PERGUNTASRESPOSTAS SIMNÃO As ações a serem tomadas estão relacionadas com as metas e estas com os objetivos da empresa? São claras e simples para que possamos entender e controlar? São compatíveis com os recursos atuais e potenciais da empresa? Aproveitam as oportunidades de mercado? Minimizam as oportunidades de mercado? Potencializam os pontos fortes da empresa? Neutralizam os pontos fracos da empresa? Respeitam e reforçam a missão e os princípios e a intenção estratégica da empresa? São coerentes?


Carregar ppt "Planejamento Estratégico Condensado da Apostila SEBRAE-RS Prof. Marcelo Perin / Prof. Cláudio Sampaio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google