A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agentes adaptativos às Normas externas Ricardo Gralhoz N StockAgents Estudo de Caso: StockAgents.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agentes adaptativos às Normas externas Ricardo Gralhoz N StockAgents Estudo de Caso: StockAgents."— Transcrição da apresentação:

1 Agentes adaptativos às Normas externas Ricardo Gralhoz N StockAgents Estudo de Caso: StockAgents

2 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Índice Motivação NoA – A Normative Agent Architecture Apresentação do Estudo de Caso –Framework –Andamento Conclusão N

3 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Motivação Contexto: Normas que devem ser obedecidas. Alterações nas Normas. Agentes que entram. Busca por solução: Normas são prioridade em relação aos objetivos/intenções dos Agentes; Normas devem ser externas aos Agentes; Agentes devem se adaptar às mudanças; Agentes que entram devem seguir as Normas.

4 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio NoA – A Normative Agent Architecture (1/2) Kollingbaum, M. J.; Norman T. J (2003) NoA – A Normative Agent Architecture. E-commerce Desenvolver agentes motivados por Normas (externas): –obrigações, –permissões, –proibições. Normas com mais importância do que os desejos e intenções (desires & intentions).

5 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio NoA – A Normative Agent Architecture (2/2) Kollingbaum, M. J.; Norman T. J (2003) NoA – A Normative Agent Architecture. Elementos da arquitetura –Linguagem NoA - especificar Planos e Normas. –Interpretador NoA - interpretar a executar especificações de Planos e Normas. Não prevê Adaptabilidade!!

6 StockAgents StockAgents: Um Sistema para Apoio às Decisões de Investidores de Ações (instanciação do framework) Ricardo Gralhoz

7 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Índice (Estudo de Caso) –Motivação Análise do Domínio O Framework –Frozen-spots (Pontos fixos) –Hot-spots (Pontos flexíveis) Análise dos Agentes Instanciação Andamento

8 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Motivação Estudo de caso em pesquisas desenvolvidas no contexto do Seminário de Governança de Sistemas Multi-Agentes Abertos; Proposta para Trabalho Final da disciplina Projeto de Sistemas de Software; A possibilidade real de realização de ganhos financeiros;

9 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Motivação Estudo de caso –Por quê? –Agentes adaptativos? –Organização dos agentes? –Normas? N

10 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise do Domínio O sistema deve: –Monitorar o mercado acionário; –Indicar momentos de compra e venda de ações; –Respeitar o perfil de cada um dos investidores; –Atender aos critérios de satisfação, a respeito do desempenho.

11 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise do Domínio Os principais serviços são: –Cadastro do Perfil do Usuário; –Acompanhamento do Portfólio do Usuário; –Monitoramento do mercado de ações; –Armazenamento de informações do mercado de ações na Base de Conhecimento; –Análise do mercado de ações e decisão de compra/venda de ação, de acordo com sua estratégia; –Guardar histórico das decisões na Base de Conhecimento; –Enviar oferta de compra/venda de ações ao Mercado, de acordo com as decisões, com o Portfólio e com o Perfil do usuário;

12 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio O Framework: Frozen-spots Critérios de avaliação do desempenho do sistema ; Interface com o Usuário: –Perfil do Usuário, –Acompanhamento do Portfólio; Armazenamento / busca de informações na Base de Conhecimento; N

13 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio O Framework: Hot-spots Monitoramento (Recepção das informações) do mercado de ações –extração HTML; –arquivo da Bovespa; –rádio / satélite por prestadora de serviços Estratégias de análise e decisão de compra/venda de ações disponíveis; –Método da agulhada do Didi (03 médias móveis); –Exponencial suavizada; –Outros métodos / combinações destes Envio de oferta de compra/venda de ações ao Mercado. –Atuação direta no mercado (corretora) –Aviso ao usuário via Interface Gráfica –SMS ao celular

14 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes Agente UserAgent ; Agente MarketMonitor ; Agente StockAnalyst ; Agente StockMarketBroker. UAUAUAUA MM SA SMB

15 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes UAUAUAUA MM SA SMB BC N N N Usuário Bolsa

16 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes Agente UserAgent Responsável por fazer a interface com o Usuário. –Cadastra informações sobre o Usuário; –Cadastra informações sobre Perfil do Usuário; –Permite ao Usuário o acompanhamento do Portfólio; –Envia alterações das informações sobre Perfil do Usuário ao Agente StockMarketBroker ; –Permite a avaliação do desempenho do Sistema em relação ao Portfólio. N UAUAUAUA

17 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes Agente MarketMonitor ; Responsável por monitorar preços e informações do mercado sobre uma determinada ação; –Monitora o mercado de ações; –Armazena informações do mercado de ações na Base de Conhecimento; –Envia um aviso ao Agente StockAnalyst sobre novas informações sobre o mercado. MM

18 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes Agente StockAnalyst ; Responsável por gerar recomendações de compra ou venda de ações; –Busca informações do mercado de ações na Base de Conhecimento; –Analisa o mercado de ações e decide o momento de compra/venda, de acordo com sua estratégia; –Armazena decisão de compra/venda na Base de Conhecimento; –Envia um aviso ao Agente StockMarketBroker sobre nova decisão de compra/venda. N SA

19 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Análise dos Agentes Agente StockMarketBroker ; Responsável por comprar ou vender as ações no mercado, respeitando as preferências do cliente ; –Busca informações sobre Portfólio do Usuário na Base de Conhecimento; –Busca informações sobre Perfil do Usuário na Base de Conhecimento; –Busca informações sobre decisão de compra/venda e sobre ação na Base de Conhecimento; –Decide comprar/vender ação do Portfólio; –Envia oferta de compra/venda de ações ao Mercado. N N SMB

20 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Instanciação 1. Recepção das informações do mercado de ações: –Recuperação via extração HTML; Site do Infomoney

21 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio 2. Estratégias de análise e decisão de compra/venda de ações disponíveis: –Método da agulhada do Didi (03 médias móveis); –Exponencial suavizada; –Outros métodos / combinações destes. –Qual? Instanciação

22 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio 3. Envio de oferta de compra/venda de ações ao Mercado. –Aviso ao usuário via Interface Gráfica Instanciação

23 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Andamento O que já existe... –Diversas classes (?) criadas –Interface de entrada (quase) implementada –Sem documentação Trabalho relacionado –Virtual Broker

24 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Andamento O que está sendo feito... –Estudo das classes existentes –Implementação de algoritmo Preditor –Pesquisa sobre agentes normativos e agentes adaptativos

25 Laboratório de Engenharia de Software – PUC-Rio Conclusão Objetivos a alcançar –Preparar um ambiente onde possam ser testados / avaliados os conceitos –Propor um melhoria à arquitetura Estratégia de decisão após predição: –Agentes adaptativos? –Organização dos agentes? –Normas? Outras questões...


Carregar ppt "Agentes adaptativos às Normas externas Ricardo Gralhoz N StockAgents Estudo de Caso: StockAgents."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google