A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MATEMATICA FINANCEIRA. Conteúdo Programático 1. DESCONTOS 2. JUROS COMPOSTOS 3.SERIES UNIFORMES 4SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO 5VPL e TIR 6INFLAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MATEMATICA FINANCEIRA. Conteúdo Programático 1. DESCONTOS 2. JUROS COMPOSTOS 3.SERIES UNIFORMES 4SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO 5VPL e TIR 6INFLAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 MATEMATICA FINANCEIRA

2 Conteúdo Programático 1. DESCONTOS 2. JUROS COMPOSTOS 3.SERIES UNIFORMES 4SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO 5VPL e TIR 6INFLAÇÃO

3 Referências Bibliográficas MATHIAS, W.F.; GOMES, J.M. Matemática Financeira. 2 ed. São Paulo:Atlas, SAMANEZ, C.P. Matemática Financeira. Aplicações à análise de Investimentos. São Paulo:Makron Books, PUCCINI, A. L. Matemática Financeira objetiva e aplicada. São Paulo:Saraiva, 1998.

4 Referências Bibliográficas REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES AYRES JR, F. Matemática Financeira. 2 ed. São Paulo:Atlas, FARO, C. Princípios e aplicações de cálculo financeiro. 2 ed. Rio de Janeiro:LTC, FRANCISCO, W. Matemática Financeira. São Paulo:Atlas, 1996.

5 Referências Bibliográficas REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES MILONI, G. Curso de Matemática Financeira. São Paulo:Atlas, 1993 HAZZAN, S.; POMPEO, J.N. Matemática Financeira. 5 ed. São Paulo:Saraiva, ASSAF NETO, A Mercado Financeiro. 2 ed. São Paulo:Atlas, 1999.

6 MERCADO FINANCEIRO REFERÊNCIAS BILIOGRÁFICAS ASSAF Neto, A., Mercado Financeiro. São Paulo: Atlas, ANDREZO, A.F., LIMA, I.S., Mercado Financeiro. São Paulo: Pioneira, 1999.

7 Crescimento e Desenvolvimento Econômico CRESCIMENTO ECONÔMICO –Expansão da capacidade produtiva de um país ao longo do tempo. DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO –é mais complexo; –condições de vida da população; –indicadores socioeconômicos de: renda, saúde, educação, etc.

8 Economia Desenvolvida Apresenta um sistema de intermediação financeira: –bastante diversificado; –ajustado às necessidades de seus agentes produtivos; financiar investimentos garantir liquidez ao mercado Unidades superavitárias Unidades deficitárias $

9 Necessidade de criação da atividade de intermediação e de seus instrumentos financeiros. Emissão de diferentes ativos financeiros: –debêntures; –bonds; –ações; –CDBs, etc. DEMANDA DE INVESTIMENTO POUPANÇA DISPONÍVEL

10 Mercado Financeiro POUPADORES INVESTIDORES INVESTIMENTO CRESCIMENTO DA ECONOMIA

11 MOEDA FUNÇÕES: INTRUMENTO DE TROCA; –permite intercâmbio de bens e serviços por outros; –se não existisse moeda => escambo (coincidência de desejos) DISVISIBILIDADE; –permite negociação de partes ou frações de bens e serviços. MEDIDA DE VALOR. –Parâmetro para apurar valor monetário da transação de bens e serviços. RESERVA DE VALOR. –Guardar para uso posterior.

12 MOEDA No passado emissão de moeda era garantida por lastro em ouro: com crescimento das atividades econômicas e expansão do mercado financeiro, este lastro tornou-se inviável => criou-se moeda sem lastro garantida por seu aspecto legal. Hoje: o ouro deixou de ser a melhor opção de investimento –existem diferentes ativos para investimentos: ações, moedas estrangeiras, etc.

13 MOEDA MEIOS DE PAGAMENTO –papel moeda: - emitida por autorização das autoridades monetárias Moeda emitida ( - ) caixa das autoridades monetárias Moeda em circulação ( - ) caixa dos bancos Moeda em poder do público - MPP Meio de pagamento = MPP + Dep. À vista Bancos nos Comerciais

14 Criação de moeda pelos Bancos Caixa Econômica - Bancos comerciais têm a capacidade de criar moeda (moeda escritural); o Banco Central regular esta expansão da moeda escritural, controlando as reservas dos bancos. Ex: –Banco recebe $ 1.000,00 de depósito à vista; –mantém este valor junto às autoridades monetárias; –não está criando moeda. = ENCAIXE = 0. ENCAIXE: manutenção de recursos em caixa, disponibilidades. Se aumentar o encaixe do banco para R$ 1.000,00, o banco pode realizar empréstimos bancários, aumentando os meios de pagamentos.

15 Criação de moeda pelos Bancos Ex: Banco recebe R$ 1.000,00 de depósito à vista; BANCO A Ativo R$ PassivoR$ Reservas1.000,00Depósitos 1.000,00 Empréstimo 0,00 Total1.000, ,00

16 Criação de moeda pelos Bancos BANCO A Ativo R$ PassivoR$ Reservas 0,00Depósitos 1.000,00 Empréstimo1.000,00 Total1.000, ,00 BANCO B Ativo R$ PassivoR$ Reservas1.000,00 Depósitos 1.000,00 Empréstimo 0,00 Total1.000, ,00

17 Criação de moeda pelos Bancos BANCO B Ativo R$ PassivoR$ Reservas 0,00Depósitos 1.000,00 Empréstimo1.000,00 Total1.000, ,00 BANCO C Ativo R$ PassivoR$ Reservas1.000,00 Depósitos 1.000,00 Empréstimo 0,00 Total1.000, ,00

18 Criação de moeda pelos Bancos Ex: encaixe = vr. Depósito à vista Se o Bacen exigir dos bancos que mantenham 100% em reservas para o Bacen, o banco não poderá efetuar empréstimo => não há criação de moeda. BANCO A Ativo R$ Passivo R$ Reservas1.000,00Depósitos 1.000,00 Empréstimo 0,00 Total1.000, ,00

19 Criação de moeda pelos Bancos Ex: Se for estabelecido 20% dos depósitos à vista em reservas no Bacen => possível emprestar 80%. BANCO A Ativo R$ Passivo R$ Reservas 200,00 Depósitos 1.000,00 Empréstimo 800,00 Total 1.000, ,00 BANCO B Ativo R$ Passivo R$ Reservas 800,00 Depósitos 800,00 Empréstimo 0,00 Total 800,00 800,00

20 Criação de moeda pelos Bancos Ex: Se for estabelecido 20% dos depósitos à vista em reservas no Bacen => possível emprestar 80%. BANCO A Ativo R$ Passivo R$ Reservas 200,00 Depósitos 1.000,00 Empréstimo 800,00 Total 1.000, ,00 BANCO B Ativo R$ Passivo R$ Reservas 160,00 Depósitos 800,00 Empréstimo 640,00 Total 800,00 800,00

21 Criação de moeda pelos Bancos Ex: encaixe = 80% depósito à vista BANCO B Ativo R$ Passivo R$ Reservas 160,00 Depósitos 800,00 Empréstimo 640,00 Total 800,00 800,00 BANCO B Ativo R$ Passivo R$ Reservas 128,00 Depósitos 640,00 Empréstimo 512,00 Total 640,00 640,00

22 Criação de moeda pelos Bancos Bancos novos novosReservas depósitos empréstimos Bacen (20%) A 1.000,00 800,00 200,00 B 800,00 640,00 160,00 C 640,00 512,00 128,00 D 512,00 409,60 102,

23 Limitação criação moeda escritural Depósitos compulsórios: percentual dos depósitos recolhidos pelas instituições financeiras e colocados à disposição do Banco Central;

24 Alguns conceitos importantes Ativo financeiro: –direito em relação a outra unidade econômica; –não proporciona serviços materiais a seu possuidor; –mantido como reserva de valor em função do retorno esperado. –Ex: ações, CDB, letras de câmbio

25 Alguns conceitos importantes passivo financeiro: –obrigações decorrentes dos ativos financeiros. Ativo real: –bens e direitos que proporcionam serviços a seu possuidor. –São bens materiais ou imateriais –Ex: máquinas e equipamentos.

26 Política Econômica Gestão da Economia visa atender: –necessidades de bens e serviços da sociedade; –atingir objetivos sociais e macroeconômicos; pleno emprego; distribuição de riquezas; estabilidade de preços; crescimento econômico. Política econômica: –monetária, - fiscal –cambial e - de rendas.

27 Política Monetária Atua sobre: –meios de pagamento; –títulos públicos; –taxa de juros BACEN administra a política monetária: –recolhimento de compulsório; –open market; –política de redesconto bancário e empréstimos de liquidez. Política monetária expansionista: eleva liquidez. Política monetária restritiva: reduz meios de pagto

28 Política Monetária open market; –regula melhor o fluxo monetário da economia; –fundamenta-se na compra e venda de títulos da dívida pública no mercado. –Resgate dos títulos em poder do público: Expansão dos meios de pagamento; redução da taxa de juros –Emissão de títulos: limita a oferta monetária reduzindo a liquidez do mercado eleva taxa de juros a curto prazo.

29 Open Market Overnight: –negociação do título no mercado secundário; –compromisso de negociar no dia seguinte. Transações no mercado aberto são controladas e custodiadas no SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia)

30 Sistema Financeiro Nacional Composto por: –conjunto de instituições financeiras públicas e privadas; –conjunto de instrumentos financeiros para transferência de recursos financeiros dos agentes superavitários para os deficitários. Subsistema Normativo: –CMN - Conselho Monetário Nacional - órgão máximo; –BACEN - Banco Central do Brasil; –CVM - Comissão de Valores Mobiliários; –Instituições Especiais - Banco do Brasil - BNDES - CEF

31 Mercado Financeiro CDB - RDB –obrigação de pagamento futura de um capital aplicado em uma instituição financeira; CDI - Certificado de Depósito Interbancário; –IF negociam dinheiro lastreados pelo CDI; –taxas normalmente não sofre intervenção do Estado; –taxa básica do mercado financeiro influenciando a formação das demais taxas; –formada com base na taxa de juros reais do mercado de títulos públicos e da inflação da economia.

32 Mercado Monetário SELIC - Sistema Especial de Liquidação e Custódia –grande parte títulos públicos são escriturais (não físicos); –SELIC operar com títulos públicos emitidos pelo Bacen e Governo Federal; –computador que controla e liquida financeiramente as operações de compra e venda de títulos públicos e manter sua custódia física e escritural.

33 Mercado Monetário CETIP - Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Tïtulos privados –semelhante ao Selic; –abriga títulos privados: CDB, RDB, CDI, etc; –transferência bancária de fundos (cheques p.ex);; –taxa ligeiramente elevada que o SELIC


Carregar ppt "MATEMATICA FINANCEIRA. Conteúdo Programático 1. DESCONTOS 2. JUROS COMPOSTOS 3.SERIES UNIFORMES 4SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO 5VPL e TIR 6INFLAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google