A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geologia Capítulo 11: Movimento de Massa Clauzionor Lima da Silva Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Exatas Departamento de Geociências.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geologia Capítulo 11: Movimento de Massa Clauzionor Lima da Silva Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Exatas Departamento de Geociências."— Transcrição da apresentação:

1 Geologia Capítulo 11: Movimento de Massa Clauzionor Lima da Silva Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Exatas Departamento de Geociências

2

3 Movimento de Massa Inclui todos os processos pelos quais as massas rochosas e solo movem-se encosta abaixo sob a influência da força de gravidade

4 Movimento de Massa 218 a.C. avalancha nos Alpes europeus 18 mil pessoas; 1556 escorregamento devido a terremoto matou 1milhão de chineses; 1941 fluxo de detrito e avalanches no Peru matou 7 mil pessoas; 2011 região Serrana (RJ) 978

5

6 O movimento de Massa dependem: Natureza do material Velocidade do movimento Natureza do movimento

7 Fatores que influenciam o movimento de massa 1.Declividade e a estabilidade das encostas 2.Intemperismo e Clima 3.Conteúdo de água contida nos materiais 4.Vegetação 5.Sobrecarga

8 Natureza do material da encosta Declividade Conteúdo de água Estabilidade da encosta Fatores que influenciam o movimento de massa

9 O movimento de massa depende: da Natureza do Material Ângulo de repouso: Ângulo máximo no qual a pilha de partículas fica estável

10 O ângulo de repouso aumenta com o incremento do tamanho do grão (35 o )(40 o )(45 o ) O movimento de massa depende: da Natureza do Material

11 …enquanto as moléculas numa superfície têm uma rede de atração para dentro que resulta na tensão superficial… Origem da tensão superficial As moléculas de água num interior de um liquido são atraídas em todas as direções…

12 …isso age como uma membrana, permitindo o objeto flutuar.

13 A tensão superficial numa areia úmida liga as partículas de modo que elas resistam ao movimento. As partículas secas são ligadas somente pelas suas formas e pelo atrito entre as massas. As partículas saturadas são separadas pela água, a qual mantém os grãos separados e também atua como lubrificante, permitindo que elas fluam. O movimento de massa depende: do conteúdo de água

14

15 Ângulo de repouso Folhelho alterado numa encosta fragmenta-se e forma uma fina capa de pedregulhos soltos, cobrindo a superfície

16 Terremoto do Alaska de 1964 Água saturada, areia inconsolidada

17 Após o terremoto do Alaska de 1964 Durante o evento sísmico houve liquefação das camadasSISMITO

18 Classificação de movimento de massas

19

20 Classificação dos movimentos de massas de acordo com:

21 Movimento de massas rochosas

22 Tipos de movimento de massas rochosas Queda de rochaQueda de rocha: queda livre de fragmentos e blocos; – Depósito de tálus Deslizamento de rochaDeslizamento de rocha: rochas caem em queda livre, mas deslizam declive abaixo; Avalanchas de rochasAvalanchas de rochas: diferem dos deslizamentos de blocos por terem velocidades e distâncias de deslocamentos maiores.

23 Queda de Rocha Queda brusca de fragmentos e blocos de rocha em um penhasco ou vertente montanhosa íngreme

24 Queda de rocha

25 Queda de rocha no Parque Nacional Zion (USA)

26 Deslizamento de rocha O movimento rápido de largos blocos de uma camada (substrato) deslizam mais ou menos como uma unidade.

27 Rockslide

28 Rockslide

29 Avalancha de Rocha O movimento de massa rápido* de material rochosos, frequentemente por um terremoto. * 10s a 100s of km/h!

30 Avalancha de Rocha

31 Avalancha de rocha – Terremoto no Alaska (Nov. 3, 2002)

32 Movimento de massa inconsolidada

33 Classificação dos movimentos de massas

34 Fluxo Inconsolidado Incremento da velocidade Rastejamento Fluxo de terra Fluxo de detrito Fluxo de terra

35 Rastejamento (Creep) Deslocamento de solo ou de outros detritos declive abaixo numa taxa que varia de 1 a 10 mm/ano.

36 Evidência de Rastejamento Cisalhamento e rachaduras nas fundações Inclinação de lápides e postes de cercas Árvores crescem com troncos encurvados Rachaduras em rodovias Inclinação de postes da rede elétrica O plano de acamamenro forma um ângulo com a superfície À medida que a rocha se altera, a camada superior do solo desloca-se lentamente morro abaixo O rastejamento da superfície do solo é mais rápido que os dos horizontes mais profundos da rocha Assim, ele empurra parte dos objetos da superfície + rápidos que as partes enterradas, causando a inclinação

37

38 Fluxo de terra É um movimento fluido de materiais de grãos relativamente finos, tais como solo, folhelhos alterados e argilas

39 Fluxo de terra Para que este fluxo de terra seja desencadeado, os grãos finos do solo permeável foram saturados pela água da chuva E rapidamente se despreenderam... Solo permeável a água Rochas impermeáveis à água... E fluíram declive abaixo em velocidades moderadas, sobre rochas impermeáveis.

40 Fluxo de terra

41 Fluxo de Detrito É um movimento de massa fluida de fragmentos de rocha suportados por uma matriz lamosa. Podem alcançar velocidades de 100 km/h!

42 Fluxo de Detritos Cicatrizes nas encostas Folhelho Substrato rochoso com diáclases Neste fluxo de detritos, a água da chuva encharcou a lama derivada de folhelhos e pedregulhos dispostos sobre um substrato rochosos menos poroso Que rapidamente se soltam, resultando num fluxo misturado de lama, rocha e detritos superficiais

43

44 Fluxo de Lama São fluxos de massas de materiais predominantemente finos (argila e silte), junto com alguns detritos de rocha, contendo grande quantidade de água. Movem-se vários kms/h!

45 Fluxo de Lama Neste fluxo de lama, uma erupção vulcânica derreteu a neve e o geolo que encharcaram a cinza vulcânica inconsolidada disposta sobre a lava impermeável. A lama resultante, lubrificada por grande quantidade de água, desloca-se rapidamente encosta abaixo. Gelo e neve Cinza vulcânica permeável Lava impermeável

46

47 Avalanchas de detritos São rápidos* movimentos declive abaixo de solo e rocha que geralmente ocorrem em regiões montanhosas úmidas. *acima de 280 km/h !

48 Avalancha de Detritos Nesta avalancha de detritos, cinzas e rochas inconsolidadas movem-se morro abaixo em alta velocidade, lubrificadas pelo seu alto conteúdo de ar ou de água.

49 Mt Huascaran, Peru (antes de 1970)

50 Cidade peruana soterrada pela avalancha de detritos Mt Huascaran, Peru (após 1970)

51 Escorregamento Deslizamento de detritos Avalancha de detritos Incremento da velocidade Deslizamento e quedas inconsolidadas

52 Classificação dos movimentos de massas

53 Escorregamento (Slump) É um deslizamento lento de material inconsolidado que se desloca como um corpo unitário. Deslizamento como uma colher!

54 Escorregamento Num escorregamento, o material não consolidado desliza lentamente como uma unidade. O escorregamento pode ser rápido, mas somente numa distância curta.

55 Escorregamento Cicatriz

56 A ausência da vegetação e das raízes aumenta a susceptibilidade para erosão do solo e movimento de massa Yellowstone National Park

57 Deslizamento de detritos Um tipo de deslizamento de massa mais rápidos que os escorregamentos, nos quais os materiais rochosos e solo movem-se como uma ou mais unidades de grandes extensões ao longo do plano de fraqueza, tais como uma zona de argila saturada de água situada dentro ou na base dos detritos.

58 Deslizamento de detritos Num deslizamento de detritos, rochas, solos e objetos superficiais (como árvores) movem-se encosta abaixo como um corpo unitário e mais rápido que um escorregamento.

59 Deslizamento de detritos

60 Efeitos do Ambiente Tectônico Relevo alto, vertentes íngrimes Rochas inclinadas e fraturadas Terremotos frequentes (triggers)

61 Deslizamentos causados corte (talude) Em estratos inclinados

62 Deslizamento em Angra Janeiro de 2010

63

64 Qualé o tipo de movimentação de massa?

65 Deslizamento em Angra Janeiro de 2010

66 REFERÊNCIAS GEOLOGIA GERAL – GEOLOGIA GERAL – Capítulo 4; DECIFRANDO A TERRA – DECIFRANDO A TERRA – Capítulo 9: Sedimentos; PARA ENTENDER A TERRA – PARA ENTENDER A TERRA – Capítulo 12: Dispersão de massa;


Carregar ppt "Geologia Capítulo 11: Movimento de Massa Clauzionor Lima da Silva Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Exatas Departamento de Geociências."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google