A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História Prof. Carlos GEO Grupo SEB. VIDEO https://www.youtube.com/watch?v=EckAThHkaVA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História Prof. Carlos GEO Grupo SEB. VIDEO https://www.youtube.com/watch?v=EckAThHkaVA."— Transcrição da apresentação:

1 História Prof. Carlos GEO Grupo SEB

2 VIDEO https://www.youtube.com/watch?v=EckAThHkaVA

3 Os povos da Mesopotâmia  Objetivos - Caracterizar as antigas sociedades que habitaram a região da Mesopotâmia; - Descrever a organização social dos mesopotâmicos; - Discutir alguns aspectos culturais da sociedade mesopotâmica; - Identificar conflitos vividos por países que hoje estão localizados na região da antiga Mesopotâmia.

4 1. Mesopotâmia, terra entre rios - Do grego meso = no meio e potamos = rio - Faixa de terra entre os rios Tigre e Eufrates - Primeiro lugar a abrigar sociedades complexas - Solo fértil | Agricultura | Passagem obrigatória de muitos povos

5 2. Os povos da Mesopotâmia - Primeiras cidades da Mesopotâmia, na região da antiga Suméria: Ur, Uruk e Nipur. - Dificuldade: cheias dos rios Tigre e Eufrates - Solução: construção de diques, barragens, reservatórios e canais de irrigação.

6 2.1 O pioneirismo sumério (4000 a.C. – 1900 a.C) - Sumérios: povos das primeiras cidades - Eram autônomos, com governos independentes - Em 2330 a.C., Sargão I unifica as cidades, formando o primeiro império da região. 100 anos depois, é destruído por inimigos. - Desenvolvimento e domínio da escrita (cuneiforme), por volta de 3500 a.C. - Elaboração dos primeiros textos literários do mundo: A Epopéia de Gilgamesh - Construção de zigurates: torres em forma de pirâmide, com um templo no topo - Politeístas

7

8 2.2 Os babilônios (1900 a.C. – 1600 a.C) - Código de Hamurabi: uma das legislações escritas mais antigas do mundo. Reunia várias tradições dos povos babilônicos e tinha como princípio a reparação do dano. - Princípio de talião: “Olho por olho, dente por dente”. - Penas diferenciadas de acordo com o status social do indivíduo. - Ocupação e conquista de diversas cidades da Mesopotâmia - Com Hamurabi, a Babilônia tornou-se uma cidade rica e próspera. - Com conhecimento sumério, os babilônios desenvolveram o calendário e um relógio de sol.

9

10 2.3 Na Ásia menor, os hititas (1600 a.C. – 1200 a.C.) - De origem indo-europeia, saquearam a Babilônia e áreas da atual Síria. - Hatusa: “sede administrativa”, controlava os territórios subjugados. - Elaboração de textos na língua indo-europeia, em sinais cuneiformes. Tratam de história, política, legislação, literatura e religião. - Uso de cavalos nos carros de guerra - Produção de objetos de ferro - O soberano: comandava o exército, exercia a função de juiz supremo e sacerdote a.C.: crise e desintegração do império.

11

12 2.4 Assírios, um povo guerreiro (1200 a.C. – 612 a.C.) - Ocupavam o norte da Babilônia a.C.: controle de toda a Mesopotâmia e áreas próximas - Nínive e Assur: centro do império - Povo extremamente violento a.C.: crise no império e derrota, após constantes revoltas.

13

14 2.5 Os caldeus (612 a.C. – 539 a.C.) - Após a destruição dos assírios, os caldeus construíram o império Neobabilônico ou Segundo Império Babilônico. - Babilônia, sede do poder. - Nabucodonosor: governante mais conhecido. Conquistou terras hebreias, a citar Jerusalém. - Cativeiro da Babilônia: hebreus levados à Babilônia como escravos - Prosperidade material, construção de grandes edifícios a.C.: persas, governados por Ciro, apoderam-se da Babilônia, e os hebreus são libertos.

15

16 3. Organização social: traços em comum - Estrutura social: rígida hierarquia social. Formada, em geral, por sacerdotes, aristocratas, militares, comerciantes, artesãos, camponeses e escravos. - Alimentação: a base era pão de cevada, tâmaras e cerveja leve. Às vezes, legumes, grão-de-bico, lentilha, pepino, peixes. Carne vermelha era raridade. - Formas de morar: formato de cubo, de tijolo cru revestido de barro; sem janelas, telhado plano que servia de terraço.

17 - Crença religiosa: politeístas, adoravam centenas de deuses; representavam os elementos da natureza e regiam as mais diversas funções da vida e eram capazes de fazer o bem e o mal. - Política e economia: a religião influenciava todas as atividades na Mesopotâmia. Os soberanos (escolhidos pelos deuses, segundo a crença) exerciam papel de sumo sacerdote, supremo juiz e comandante militar, amparados por um corpo de auxiliares, sacerdotes e funcionários. - Atividades econômicas: agricultura, comércio e artesanato (produção de tecidos, armas, joias e objetos de metal). Importavam marfim e madeira da Índia e Fenícia, respectivamente.

18

19 4. Breve retrospecto - Para especialistas, a Mesopotâmia é o berço de grande parte das sociedades atuais, devido ao aprendizado que ocorreu na área: fazer moradias, cultivar alimentos, fazer peças de cerâmica, desenvolver o comércio e um sistema de valores e crenças. - Construção de uma forma específica de comunicação, que incluía escrita, literatura, registros comerciais e burocráticos. - Organização de um calendário com 12 meses e da semana com 7 dias, do dia com 24h, divisão da circunferência em 360º, e operações matemáticas.


Carregar ppt "História Prof. Carlos GEO Grupo SEB. VIDEO https://www.youtube.com/watch?v=EckAThHkaVA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google