A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SÓCRATES (469-399 a.C.) Ele supõe saber alguma coisa e não sabe, enquanto eu, se não sei, tampouco suponho saber. Parece que sou um pouco mais sábio que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SÓCRATES (469-399 a.C.) Ele supõe saber alguma coisa e não sabe, enquanto eu, se não sei, tampouco suponho saber. Parece que sou um pouco mais sábio que."— Transcrição da apresentação:

1 SÓCRATES ( a.C.) Ele supõe saber alguma coisa e não sabe, enquanto eu, se não sei, tampouco suponho saber. Parece que sou um pouco mais sábio que ele por não supor que saiba o que não sei.

2 Procurou investigar temas sociais, tais como: moral, política, amor, amizade etc.

3 Estabeleceu um método de investigação que procurava atingir o conhecimento verdadeiro ou essência da realidade (logos ou conceito) = diálogo crítico

4 O método de Sócrates: ironia e maiêutica a) Ironia (interrogar, perguntar): Sócrates refutava as respostas dadas, evidenciando as suas contradições, as opiniões formadas.

5 b)Maiêutica (arte de trazer à luz): caminho da reconstrução ou concepção de suas próprias idéias (ex-posição da ideia ou conceito racional).

6 PLATÃO ( a.C.) Os males não cessarão para os homens antes que a raça dos puros e autênticos filósofos chegue ao poder.

7 MITO DA CAVERNA Aspecto epistemológico O conhecimento se desenvolve por meio da passagem progressiva do mundo das sombras e aparências (baseado nas opiniões = doxa) para o mundo das idéias e essências (conhecimento autêntico ou ciência = episteme).

8

9 O método proposto por Platão para realizar essa passagem e atingir o conhecimento autêntico é a dialética, que consiste na contraposição de uma opinião com a crítica que dela podemos fazer.

10 Mundo das ideias = plano do conhecimento racional, plano das essências perfeitas. Mundo das sombras: plano da percepção sensível, representando as opiniões, a imperfeição dos seres.

11

12 Aspecto político: Teoria do filósofo-rei: o poder nas mãos dos intelectualmente mais capacitados.

13 ARISTÓTELES ( a.C.) O homem é, por natureza, um animal social.

14 Buscou explicações concretas para os seres da realidade (realismo).

15 CONCEITOS METAFÍSICOS 1ª) substância/ essência/ acidente Substância é o ser ao qual podemos atribuir qualidades; suporte de atributos (essenciais ou acidentais). Ex: substância homem Qualidade essencial (essência): racionalidade Qualidades acidentais ou circunstanciais (acidente): gordo, moreno, feio, argentino..

16 2ª) Teoria do movimento a)Potência – é o que está contido numa matéria e pode vir a existir, se for atualizado por alguma causa; por exemplo, uma pedra (matéria), se for moldada por um escultor, será uma estátua em potência.

17

18 b) Ato – é a forma assumida pela matéria num dado instante do tempo; é a realização da potência contida na matéria; por exemplo, a árvore é o ato da semente, a estátua é o ato da pedra.

19 3ª) Teoria das 4 causas a)Causa material (ou matéria) – aquilo de que é feito uma coisa. Por exemplo, a matéria da estátua é o mármore. b) Causa eficiente (ou motora) – aquilo que promove a mudança e o movimento das coisas; refere-se aos agentes que produziram diretamente o ser. Por exemplo, o escultor que usando instrumentos fez a estátua.

20 c) Causa formal – a configuração dada a determinada matéria pela ação da causa eficiente. Por exemplo, uma estátua em forma de homem e não de cavalo. d) Causa final (ou teleológica) – refere-se ao objetivo, à intenção, à finalidade ou à razão de ser de uma coisa. Ex.: o escultor tinha como finalidade prestar uma homenagem a um soldado.

21 LÓGICA – A ESTRUTURA DO SILOGISMO Todos os homens são mortais. (prem. Maior) Sócrates é homem. (prem. Menor) Logo, Sócrates é mortal. (conclusão0 Termo maior: mortal Termo médio: homem (aparece nas premissas maior e menor) Termo menor: Sócrates

22 Exercícios 1. A passagem abaixo, do diálogo platônico Protágoras, refere-se ao procedimento adotado por Sócrates. [...] Meu objetivo é examinar a proposição, muito embora possa acontecer que tanto eu, que pergunto, como tu, que respondes, acabemos por ser examinados. PLATÃO. Protágoras (333c). Trad.de Carlos Alberto Nunes. Belém: Edufpa, 2002, p. 82. Escolha a alternativa que expressa corretamente o pensamento de Sócrates.

23 A) A Filosofia socrática consiste no exame de proposições com o fim de demonstrar que a virtude é relativa, pois o homem é a medida de todas as coisas. B) O exame socrático não é somente um exame de proposições, mas um modo de testar a vida e o modo de viver dos interlocutores. C) A Filosofia socrática consiste em testar a verdade das proposições aduzidas pelos filósofos pré- socráticos que investigavam o princípio fundamental da Natureza. D) A Filosofia socrática consiste no exame das proposições da arte retórica, que possibilita a prudência na administração da casa e na direção dos negócios da cidade.

24 2. Considere o seguinte silogismo. 1- Nenhuma abelha é formiga. 2- Algumas criaturas gregárias* são abelhas. 3- Algumas criaturas gregárias* não são formigas. * Criaturas gregárias: criaturas que vivem em colônias ou em comunidades.Tendo em conta o silogismo apresentado e os conceitos da lógica de Aristóteles, assinale a alternativa correta.

25 A) Este silogismo não é válido, pois sua conclusão é particular. B) Este silogismo não é válido porque sua conclusão é negativa. C) As frases 1 e 2 são as premissas do silogismo. D) O termo médio, nesse silogismo, é o termo criatura gregária.

26 3.Sobre a teoria das quatro causas de Aristóteles é correto afirmar: I. próprio da ciência investigá-las, pois são as causas do movimento e do repouso, ou seja, da passagem da potência ao ato. I. A causa eficiente atua sobre a forma, visto ser a matéria o ato a que aspiram os seres. III. A causa final é própria daquele ser que deve atualizar as potências contidas em sua matéria para alcançar a finalidade própria. I IV.A forma é o princípio de indeterminação dos seres. Assinale a única alternativa que apresenta as assertivas corretas. a)Apenas I e III. b)I, III e IV. c)Apenas II e IV. d)Apenas I e II.

27 4.Sócrates é tradicionalmente considerado como um marco divisório da filosofia grega. Os filósofos que o antecederam são chamados pré-socráticos. Seu método, que parte do pressuposto "só sei que nada sei", é a maiêutica que tem como objetivo: I."dar luz a idéias novas, buscando o conceito". II.partir da ironia, reconhecendo a ignorância até chegar ao conhecimento. I III.encontrar as contradições das idéias para concluir pela impossibilidade de qualquer conhecimento. IV."trazer as idéias do céu à terra". Assinale a)se apenas I e II estiverem corretas. b)se apenas I e III estiverem corretas. c)se apenas II, III e IV estiverem corretas. d)se apenas III e IV estiverem corretas.

28 5.O O mito da caverna (livro, A república, Platão) tem como pressuposto a teoria das idéias. Considera-se então que seja I. uma metáfora do conhecimento: o movimento de saída e a contemplação da luz significam o processo de aquisição do conhecimento, o qual se inicia com a opinião indo até o entendimento (idéias). II.Um relato da libertação dos grilhões que prendiam os homens no interior da caverna.

29 III.uma forma de Platão representar a importância e a superioridade do filósofo, como aquele que chega ao conhecimento e tem a missão de transmiti-lo aos outros. IV.uma história que simboliza a vida do homem das cavernas. Assinale a correta: a)I e II são interpretações possíveis. b)II e IV são interpretações possíveis. c)I e IV são interpretações possíveis. d)I e II são interpretações possíveis.

30 6.Nos Primeiros e nos Segundos Analíticos Aristóteles expõe a teoria geral dos silogismos, bem como as especificidades do silogismo científico. O exemplo clássico de silogismo é: "Todo homem é mortal. Sócrates é homem. Logo, Sócrates é mortal." Leia as seguintes afirmativas sobre esse silogismo:

31 I. É composto por duas premissas e uma conclusão. II.O termo maior não aparece na conclusão. III.É um típico exemplo de raciocínio indutivo. IV.O termo "homem" é o termo médio. Assinale a alternativa correta. a)III e IV são verdadeiras. b)II, III e IV são verdadeiras. c)I, II e IV são verdadeiras. d)I e IV são verdadeiras.

32 7.Assinale abaixo a alternativa INCORRETA com relação a filosofia de Platão: a) Para Platão, o mundo das idéias se refere ao Ser de Parmênides e o mundo sensível ao devir de Heráclito. b) Platão tenta superar a oposição instalada entre a mobilidade e devir do Ser de Parmênides e a imutabilidade e identidade do fluxo de Heráclito. c)Na'filosofia de Platão o mundo das Idéias é a verdadeira realidade, já, o mundo sensível é, apenas sombra, cópia do mundo das Idéias. d)Platão afirma que a alma humana antes de "quedar", vir a este mundo, contemplou o mundo inteligível, onde conheceu as idéias verdadeiras, por isso, para ele conhecer é relembrar o mundo das idéias.

33 8.As diferenças básicas entre o pensamento de Platão e Aristóteles podem ser resumidas no seguinte: a)enquanto o primeiro privilegia o mundo das idéias, o segundo desqualifica a matéria. b)o segundo afirma a realidade da matéria, enquanto o primeiro nega o mundo espiritual. c)as idéias, para Platão, são as únicas verdades e para Aristóteles são expressões 'lógicas' da realidade mitológica. d)o segundo recupera realismo como forma de conhecimento enquanto o primeiro desqualifica o mundo material, concebendo-o como cópia das idéias.


Carregar ppt "SÓCRATES (469-399 a.C.) Ele supõe saber alguma coisa e não sabe, enquanto eu, se não sei, tampouco suponho saber. Parece que sou um pouco mais sábio que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google