A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unijuí – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Ciência Política e Teoria do Estado Professor Dejalma Cremonese Aluna Camila.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unijuí – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Ciência Política e Teoria do Estado Professor Dejalma Cremonese Aluna Camila."— Transcrição da apresentação:

1 Unijuí – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Ciência Política e Teoria do Estado Professor Dejalma Cremonese Aluna Camila Hepfner Conceito humanístico e social na visão de Aristóteles Ijuí – junho 2008

2 Aristóteles É considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos e criador do pensamento lógico. Está entre os mais influentes filósofos gregos.

3 Junto com Sócrates e Platão, transformou a filosofia pré-socrática, construindo um dos principais fundamentos da filosofia ocidental. Sócrates Platão

4 Prestou contribuições em diversas áreas do conhecimento humano. É considerado por muitos o filósofo que mais influenciou o pensamento ocidental.

5 Filosofia A filosofia é essencialmente teorética: deve decifrar o enigma do universo, em face do qual a atitude inicial do espírito é o assombro do mistério.

6 O seu problema fundamental é o problema do ser, não o problema da vida.

7 Ciência Para Aristóteles, a natureza tem forma, contêm espécies e as espécies são os aspectos persistentes da natureza, sendo as coisas particulares transitórias em outro sentido.

8 A preservação da forma constitui a regra, mas desvios dela não são impossíveis. A idéia da forma é uma espécie de ideal, um ideal do qual a natureza em si se aproxima.

9 Nada pode ser composto de nada, assim como nada pode proceder de nada.

10 * A tarefa do cientista consiste em descobrir a forma nas variações pelas quais a matéria e responsável.

11 * O objetivo do cientista consiste em demonstrar que coisas se encartam em tais relacionamentos e, destarte, porque são o que são. É isso o que significa compreender a natureza.

12 Aristóteles diz que a mudança é a concretização do potencial qual potencial. A forma de mudança por que passam é a concretização do que têm potencialidade de realizar. Aristóteles diz que a mudança é a concretização do potencial qual potencial. A forma de mudança por que passam é a concretização do que têm potencialidade de realizar.

13 Ética e Política E les constituem ciências práticas, não teóricas, da mesma forma que a Poética e a Retórica referem-se a ciências produtivas. A ética faz parte da política

14 A ciência prática não é uma ciência teórica sobre a prática, mas a arte da prática, da mesma maneira que uma ciência produtiva não é uma ciência teórica sobre a produção de obras de arte ou discursos, mas a arte de produzi-los. A ciência prática não é uma ciência teórica sobre a prática, mas a arte da prática, da mesma maneira que uma ciência produtiva não é uma ciência teórica sobre a produção de obras de arte ou discursos, mas a arte de produzi-los.

15 O fim último do estado é a virtude, a formação moral dos cidadãos e o conjunto dos meios necessários para isso. O fim último do estado é a virtude, a formação moral dos cidadãos e o conjunto dos meios necessários para isso.

16 O estado é um organismo moral, condição e complemento da atividade moral individual, e fundamento primeiro da suprema atividade contemplativa.

17 A política, contudo, é distinta da moral, porquanto esta tem como objetivo o indivíduo, aquela a coletividade. A ética é a doutrina moral individual, a política é a doutrina moral social.

18 A característica fundamental da moral aristotélica é o racionalismo, visto ser a virtude ação consciente segundo a razão, que exige o conhecimento absoluto, metafísico, da natureza e do universo, natureza segundo a qual e na qual o homem deve operar.

19 Religião e a Arte Afirma-se o teísmo do ato puro. Exclui filosoficamente o antropomorfismo, ele não exclui uma espécie de politeísmo, e admite, ao lado do Ato Puro e a ele subordinado, os deuses astrais, admite que os corpos celestes são animados por espíritos racionais.

20 Considera a arte como imitação, de conformidade com o fundamental realismo grego. Não imitação de uma imitação, como é o fenômeno, o sensível, e sim imitação direta da própria idéia, do inteligível imanente no sensível, imitação da forma imanente na matéria.

21 Na arte, esse inteligível, universal é encarnado, concretizado num sensível, num particular e, destarte, tornando intuitivo, graças ao artista.

22 Psicologia Objeto geral da psicologia aristotélica é o mundo animado, vivente, tendo por princípio a alma, distinguindo-se essencialmente do mundo inorgânico.

23 O ser vivo possui internamente o princípio da sua atividade, que é precisamente a alma, forma do corpo.

24 A característica essencial e diferencial da vida e da planta, que tem por princípio a alma vegetativa, é a nutrição e a reprodução.

25 A filosofia de Aristóteles proporciona uma visão abrangente da realidade, do mundo físico e dos seres humanos.

26 Ele foi profundamente universal em seus interesses e enciclopédico em suas discussões.

27 A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las Aristóteles.

28 Bibliografia


Carregar ppt "Unijuí – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Ciência Política e Teoria do Estado Professor Dejalma Cremonese Aluna Camila."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google