A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOVO GOLD 2011 LÊDA MARIA RABELO. Individualizar para melhor manejar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOVO GOLD 2011 LÊDA MARIA RABELO. Individualizar para melhor manejar."— Transcrição da apresentação:

1 NOVO GOLD 2011 LÊDA MARIA RABELO

2 Individualizar para melhor manejar

3 França, 322 pacientes com DPOC Separados em 4 fenótipos usando 8 critérios : 1. Idade 2. Tagismo 3. MMRC 4. Exacerbações 5. Depressão 6. SGRQ 7. IMC 8. VEF1 Eur Respir J 2010; 36:

4

5

6 ECLIPSE: 46 centros, 12 países, 3 anos. Agusti et al. Respiratory Research 2010, 11:122

7 GOLD 2011

8 DEFINIÇÃO DE DPOC: Doença muito prevalente, prevenível e tratável, caracterizada por uma limitação ao fluxo aéreo, usualmente progressiva, associada a uma resposta inflamatória crônica, resultado da exposição a toxinas e gases nocivos. Exacerbações e co morbidades contribuem individualmente para sua gravidade.

9 DIAGNÓSTICO DE DPOC: O diagnóstico clínico deve ser considerado em qualquer paciente que apresente dispnéia, tosse crônica e produção de expectoração, e/ou história de exposição a fator de risco para doença. Espirometria é necessária para fazer o diagnóstico; a presença de VEF1/CVF PBD <0.7 confirma a presença de limitação ao fluxo aéreo, portanto, da DPOC.

10 Gravidade: É importante determinar a gravidade da doença, seu impacto sobre o estado de saúde o paciente e o risco de eventos futuros (ex: exacerbações) para orientar a terapia. Na avaliação da gravidade, devemos considerar os seguintes pontos: 1. Nível de sintomas do paciente 2. Gravidade da alteração funcional 3. Freqüência de exacerbações 4. Presença de comorbidades

11 Nível de sintomas: MMRC 0 Tenho falta de ar quando realizo exercícios físicos intensos. 1Tenho falta de ar quando apresso o passo ou subo escadas ou ladeiras. 2Preciso parar algumas vezes quando ando no meu passo, ou ando mais devagar que alguém da minha idade. 3Preciso para várias vezes quando ando 100 metros ou poucos minutos de cminhada no plano. 4Sinto falta de ar quando saio de casa, ou preciso de ajuda para me vestir ou tomar banho

12 Freqüência de Exacerbações: Exacerbações no último ano. 0 ou 1 exacerbação 2 ou mais exacerbações

13 Gravidade da Limitação ao Fluxo Aéreo (VEF1): Classificação da gravidade da limitação ao fluxo aéreo.Z Em pacientes com FEV /FVC < 0,70: GOLD 1:Leve FEV 80% predito GOLD 2:Moderado 50% FEV < 80% predito GOLD 3:Grave 30% FEV < 50% predito GOLD 4:Muito grave FEV < 30% predito

14 Nova Classificação da DPOC: Associação entre os Sintomas, a Classificação Espirométrica e Risco Futuro de Exacerbações Na avaliação de risco, escolha o maior risco de acordo com o grau GOLD ou histórico de exacerbação Risco GOLD Classificão da limitação ao fluxo aéreo 4 (C)(D) 2 Risco Histórico de Exarcebação 3 2 (A)(B) 1 10 mMRC 0-1 CAT <10 mMRC 2 CAT 10 Sintomas (mMRC or CAT score)

15 Risco em DPOC TORCH¹³ *, Uplift¹³³ and Eclipse¹³² GOLD nível de obstruçãol Exacerbação (por ano)* Hospitalização (por ano)* 3-anos Mortalitdade* GOLD 1: Leve??? GOLD 2: Moderado0.7 – – 0.211%* GOLD 3: Grave1.1 – – 0.315%* Gold 4: Muito grave1.2 – – %*

16 Detalhamento da Classificação: Paciente grupo A: Baixo risco, poucos sintomas. GOLD 1 ou 2 e/ou 0 a 1 exacerbação por ano, mMRC 1 ou 2 ou CAT < 10; Paciente grupo B: Baixo risco, muitos sintomas. GOLD 1 ou 2 e/ou 0 a 1 exacerbação por ano, mMRC 2 ou CAT 10; Paciente grupo C: Alto risco, poucos sintomas. GOLD 3 ou 4 e/ou 2 exacerbações por ano, mMRC 0 ou 1 ou CAT <10; Paciente grupo D: Alto risco, muitos sintomas. GOLD 3 ou 4 e/ou 2 exacerbações por ano, mMRC 3 ou 4 ou CAT 10;

17 Manejo não medicamentoso da DPOC estável: Manejo não-farmacológico da DPOC Grupo de pacientes EssencialRecomendado Recomenda ção local A Interrupção do tabagismo Atividade física Vacina anti- influenza e anti- pneumocócica B-D Interrupção do tabagismo Reabilitação pulmonar Atividade física Vacina anti- influenza e anti- pneumocócica

18 Manejo medicamentoso da DPOC estável: Manejamento farmacológico da DPOC* Grupo de pacientes Primeira escolhaSegunda escolha Escolha alternativa** ASAMA ou SABALAMA ou LABA ou SABA + SAMA Teofilina BLAMA ou LABALAMA + LABASABA e/ou SAMA Teofilina CIC + LABA ou LAMALAMA + LABAIPD4 SABA e/ou SAMA Teofilina DIC + LABA ou LAMAIC + LABA ou IC + LABA + LAMA ou CI + LABA + IPD4 ou LAMA + LABA Ou LAMA + IPD4 Carbocisteina SABA e/ou SAMA Teofilina

19 Obrigada


Carregar ppt "NOVO GOLD 2011 LÊDA MARIA RABELO. Individualizar para melhor manejar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google