A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas de Informação Prof. Carlos Alberto Seixas Prática de Formação I - 2011/01 UNIESP - 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas de Informação Prof. Carlos Alberto Seixas Prática de Formação I - 2011/01 UNIESP - 2011."— Transcrição da apresentação:

1 Sistemas de Informação Prof. Carlos Alberto Seixas Prática de Formação I /01 UNIESP

2 Agenda da Aula Gerenciamento de Pacotes x Programas Instalados Práticas

3 Pacotes O que são? São arquivos contendo informações sobre softwares instalados no sistema operacional.

4 No Windows Os arquivos.cab do Windows, que sabidamente integram pacotes de instalação.msi. Windows Installer Gerenciador de programas

5 Pacotes no Linux

6 Como instalar Duas maneiras: Baixando código fonte e compilando Utilizando um gerenciador de pacotes

7 Compilando o código fonte. compilando o código fonte. #./configure # make # make install

8 Pacote.deb Arquivo cujo a extensão é.deb Ex.: pidgin.deb Um pacote deb contém compactado em si algum tipo de software ou biblioteca. A finalidade de um pacote deb é realizar tarefas como: instalação de aplicativos, instalação de ferramentas, codecs, plugins, fazer configurações, etc.

9 Exemplo Sistema de controle de caixa: /etc/caixa.conf /usr/bin/caixa-adm /usr/bin/caixa-main /usr/share/application/caixa.desktop Ao invés de copiar todos os arquivos e configurar permissão de um por um deles, simplesmente empacota-se em um arquivo caixa.deb que já possuirá um arquivo de controle que terá esta função.

10 Definir exatamente o objetivo do pacote é uma das etapas mais importantes de todo processo.

11 Criar diretorio e o nome deste diretório deve ser sugestivo em relação à funcionalidade do pacote. Exemplo o diretório base será chamado de "teste", e este será criado dentro do diretório /tmp. Comando necessário: # mkdir /tmp/teste

12 Criar pasta DEBIAN (o nome do diretório deverá ser escrito em maiúsculo). Este é o diretório que conterá os arquivos de controle do pacote. Comandos necessários: # mkdir /tmp/teste/DEBIAN

13 Criar arquivo de controle O arquivo de controle chamado "control" é de extrema importância para cada pacote deb, pois este traz informações como: nome do pacote, versão do pacote, nome do mantenedor, dependências relacionadas, descrições sobre a finalidade, entre muitas outras características.

14 Comandos necessários: # mcedit /tmp/pacteste/DEBIAN/control Após aberto no editor de texto mcedit, vou criar as seguintes linhas no arquivo control: Package: pacote-teste Priority: optional Version: 0.1 Architecture: i386 Maintainer: Carlos Alberto Seixas Depends: Description: Este é um pacote ensina a criação de um pacote deb.

15 Criando a estrutura de diretórios do pacote Entre no diretório base e digite o seguinte comando: # mkdir -p usr/lib/cups/filter OBS: Note que na frente do usr não tem o /. No momento da instalação do pacote ele fará automaticamente a seguinte verificação partindo da raiz (/) do sistema: Tem diretório usr na raiz (/)? Se sim, então entre no diretório usr; Senão, crie o diretório usr e entre;

16 Criando o pacote DEB Sintaxe do comando: dpkg-deb -b Comando para gerar o pacote do exemplo: # dpkg-deb -b /tmp/pacteste /tmp O resultado deste comando será um arquivo chamado pacote-raf_0.1_i386.deb dentro do diretório /tmp. Para testar se o pacote realmente funciona, basta utilizar o seguinte comando: Sintaxe do comando: dpkg -i

17 O que é dependência? Dependência, como o próprio nome diz, quer dizer que um determinado pacote x pode depender de um determinado pacote y ou até mais que um, ou seja, você terá de instalar y primeiro para pode instalar x.

18 Coo instalar.deb Baixar ou cpiar o arquivo.deb Abra um terminal, vá até a pasta onde esta o pacote, Como root execute: $ su # dpkg -i pidgin.deb Se não houver nenhuma dependência, depois disto o pacote estará instalado.

19 Gerenciador APT Apt-get é o gerenciador de pacotes das distribuições baseadas no Debian que utiliza um arquivo chamado sources.list para armazenar a localização dos repositórios na internet, os pacotes.deb são baixados para o diretório /var/cache/apt/archives e posteriormente instalados.

20 Exemplos de utilização Sintaxe: apt-get (comando) (pacotes) Ex: # apt-get update - para atualizar sua base do sources.list # apt-get upgrade - para atualizar todo os pacotes instalados # apt-get dist-upgrade - para atualizar uma nova distribuição # apt-get autoclean - Apaga arquivos antigos baixados para instalação

21 Grenciador x Synaptics Gerenciadores: Synaptic e gnome- app-install Além do gerenciador de atualizações e da dupla apt-get/aptitude, o Ubuntu inclui também o "gnome-app-install" (Aplicativos > Adicionar/Remover), que serve como um gerenciador simples, para instalar aplicativos comuns.

22 Gerenciador de Pacotes Ele é um aplicativo destinado a iniciantes, que permite instalar os programas mais usados com dois cliques. A principal vantagem é justamente o fato de ele ser simples e mostrar apenas uma lista de aplicativos mais usados, excluindo bibliotecas e componentes incomuns,

23 Synaptic Opção mais avançada, está disponível o ("Sistema > Administração > Gerenciador de Pacotes Synaptic"), Ferramenta originalmente desenvolvida pela equipe da Conectiva, mas que hoje pode ser encontrada em diversas distribuições. Ele pode ser instalado em outras distribuições derivadas do Debian via apt-get e também pode ser encontrado no Fedora e em outras distribuições da família do Red Hat. O Synaptic permite instalar e atualizar pacotes e alterar todas as principais configurações do apt (incluindo as fontes de atualização), sem precisar se preocupar com os arquivos de configuração. Ele oferece também uma função de busca que é bastante prática na hora de encontrar pacotes que você não lembra o nome, ou para localizar qual pacote inclui um arquivo ou componente específico.

24 Synaptic

25 Considerações Em geral os pacotes estão contidos em um repositório, e se utiliza um programa gerenciador de pacote para gerenciar tais pacotes (aptitude, apt-get, dselect etc). É preciso rever os repositórios e versões de pacotes e suas respectivas dependências para evitar incompatibilidades. O gerenciamento de pacotes em linux tem se tornado cada vez mais amigável e mais prático.

26 Sistemas Operacionais Modernos, 2aedição- Andrew Tanenbaum, EditoraPearson, Operating Systems (4th edition),William Stallings, Prentice Hall, 2001 Sucesso na implantação de sistemas - 1.htmhttp://sanna.com.br/sce-g- 1.htm Information, Processes e Tchnology - Traditional stages in developing a system – Bibliografia e Webbliografia


Carregar ppt "Sistemas de Informação Prof. Carlos Alberto Seixas Prática de Formação I - 2011/01 UNIESP - 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google