A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História da educação: Antiguidade grega e romana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História da educação: Antiguidade grega e romana."— Transcrição da apresentação:

1 História da educação: Antiguidade grega e romana

2 Antiguidade grega A educação grega estava centrada na formação integral do indivíduo: corpo e espírito (paideia). Antes da escrita a educação era ministrada pela própria família, conforme tradição religiosa. Ócio digno

3

4 Educação espartana Esparta foi fundada na Lacônia pelo Dórios. Encontrava na guerra sua justificativa e vocação. A sociedade era dividida em:

5 Educação espartana Espartanos: descendentes dos dórios, gozavam de todos os privilégios e viviam sob rígida disciplina militar. Periecos: antigos habitantes da Lacônia, dedicavam-se ao artesanato e ao comércio. Eram livres, mas não tinham direitos políticos. Hilotas: escravos do Estado.

6 Educação espartana A educação visava a formação de bons soldados e cidadãos leais. Privilegiavam a formação física e militar. A educação era pública e obrigatória. As crianças permaneciam com a família até os 7 anos. A partir dessa idade iniciava-se uma educação rigorosa.

7 Educação espartana As mulheres também recebiam treinamento físico e psicológico para se prepararem para ser mãe e esposa de guerreiros. Tinham maior liberdade que as mulheres em outras cidades gregas.

8 Educação ateniense Atenas foi fundada pelos jônios, próximo ao mar Egeu. Devido a proximidade com o mar desenvolveu o comércio com outros povos. A sociedade era dividida em:

9 Educação ateniense Eupátridas: cidadãos bem nascidos, proprietários de terras. Georgóis: cidadãos, pequenos proprietários. Demiurgos: cidadãos, povo ateniense, artesãos e comerciantes. Metecos: estrangeiros. Escravos.

10 Educação ateniense A educação ateniense era aberta e flexível. Preocupavam-se com a formação constante e global: paideia. Às mulheres estavam reservadas as funções domésticas. Ficar em casa e em o silêncio era o seu maior exemplo de virtude.

11 Educação ateniense Sofistas: –Criadores da educação intelectual. –Valorizavam a figura do professor e exigiam remuneração. –Sistematizaram o ensino. –Ensinavam a oratória e a retórica para que os jovens fossem bons cidadãos.

12 Educação ateniense Crítica de Sócrates: –Os Sofistas não eram filósofos pois não tinham amor pela sabedoria e nem respeito pela verdade. –Corrompiam os jovens. –O erro e a mentira valiam o mesmo que a verdade.

13 Educação ateniense Principais Sofistas: –Protágoras de Abdera –Górgias de Leontini –Isócrates de Atenas

14 Educação ateniense Sócrates ( a. C.): –Não deixou nada escrito. –Conhecemos suas através dos escritos de seus discípulos Xenofonte e Platão. –Foi acusado de não crer nos deuses e corromper os jovens, foi condenado e morto.

15 Seu método Parte do reconhecimento de sua própria ignorância para a busca do saber: “Só sei que nada sei”. Ironia (perguntar, destruir o suposto saber) Maiêutica (“parto”, dar à luz a idéias novas) Definição de um conceito

16 Educação ateniense Platão ( a.C.) –Discípulo de Sócrates. –Fundador da Academia. –Ao escrever a República afirma que todas as crianças devem receber educação do Estado. –Até os 20 anos a educação deve ser a mesma para todos.

17 Educação ateniense –Alma de bronze: agricultura, artesanato e comércio. –Alma de prata: guerreiros, soldados. –Alma de ouro: filósofos. –Aos 50 anos eram admitidos no corpo dos magistrados pelo seu conhecimento da ciência política. O governo era confiado aos mais sábios.

18 Educação ateniense –Distingue o mundo sensível (dos fenômenos) do mundo inteligível (das idéias). –O mundo sensível é acessível aos sentidos, por isso é ilusório, “pura sombra do verdadeiro mundo”. –“Aprender é lembrar”: educar é despertar no indivíduo o que ele já sabe.

19 Educação ateniense Aristóteles ( a.C.) –Discípulo de Platão. –Fundou o Liceu. –Explica o mundo a partir de distinções fundamentais: Ato – potência Forma – matéria

20 Educação ateniense Conceitos –Matéria: aquilo de que algo é feito, princípio indeterminado. –Forma: aquilo que faz com que uma coisa seja o que é. –Potência: ausência de perfeição, capacidade de tornar-se alguma coisa, para tal, é preciso que sofra a ação de outro ser já em ato.

21 Forma Matéria

22 Ato Potência Ato

23 Educação ateniense A criança nada sabe, é um adulto em potência. A educação tem a finalidade de ajudar o indivíduo a alcançar a plenitude e realização de seu ser. A criança aprende ao repetir os atos dos adultos.


Carregar ppt "História da educação: Antiguidade grega e romana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google