A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE."— Transcrição da apresentação:

1 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE

2 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE A Importância da Reciclagem dos Resíduos de Gesso

3 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 1. BASE LEGAL Através da Resolução n.º 307, de 5 de julho de 2002, o CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA, órgão vinculado ao MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, estabeleceu diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL (RCC). A iniciativa foi justificada, entre outras, pela constatação de que os resíduos da construção civil representam um percentual significativo dos resíduos sólidos gerados nas áreas urbanas e de que sua disposição em locais inadequados contribui para a degradação ambiental. Realmente, segundo estudos de Paula Pinto, realizado no ano 2000 para 10 cidades brasileiras, estes resíduos representam entre 41% e 70% da massa de lixo urbano.

4 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 2. CLASSIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS CLASSE A – Resíduos recicláveis como agregados, tais como os resíduos de pavimentação, os solos, tijolos, blocos, telhas etc. CLASSE B – Resíduos recicláveis para outras destinações, como plásticos, papéis, metais, vidros, madeiras e outros CLASSE C – Resíduos para os quais se considerou não existirem tecnologias ou aplicações economicamente viáveis que permitissem sua reciclagem, entre os quais foram incluídos os oriundos do GESSO. CLASSE D – Resíduos perigosos tais como tintas, solventes, óleos ou os contaminados, oriundos de reforma ou demolição de clínicas radiológicas, instalações industriais e outros.

5 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 3. RESPONSABILIDADE DOS GERADORES Os geradores dos resíduos de construção civil deverão ter como objetivos: 3.1 Objetivo Prioritário A não geração de resíduos 3.2 Objetivos Secundários A redução da geração de resíduos A reutilização dos resíduos gerados A reciclagem dos resíduos A destinação final dos resíduos

6 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 4. VEDAÇÕES E OBRIGAÇÕES Os resíduos de construção civil não poderão ser dispostos em aterros de resíduos domiciliares, em áreas de bota fora, em encostas, corpos dágua, lotes vagos e em áreas protegidas por lei. Este dispositivo se encontra em vigor desde meados de Os resíduos das Classes C e D deverão ser armazenados, transportados e destinados em conformidade com as normas técnicas específicas. No caso de GESSO, destinar em conformidade com as normas técnicas específicas significa depositar o material nos aterros industriais, operados por empresas privadas.

7 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 5. PROBLEMAS DA DISPOSIÇÃO IRREGULAR Os problemas causados pelos resíduos de gesso ao meio ambiente estão relacionados com a geração de gás sulfídrico (H2S), substância que, em baixas concentrações, apresenta odor característico, semelhante ao de ovo podre. Os efeitos da intoxição por gás sulfídrico são graves, similares aos do monóxido de carbono, porém mais intensos. O gás paralisa o sistema nervoso que controla a respiração, provocando asfixia. Além de inflamável, em concentrações acima de 8 ppm, o gás sulfídrico, provoca irritação nos olhos, sendo letal em concentrações da ordem de 500 ppm.

8 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 6. SITUAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS Conforme informa o Prof. Dr. Vanderley M. John, uma das maiores autoridades brasileiras no assunto, é por esta razão, segundo o CIWMB (California Integrated Waste Management Board) que o gesso tem sido banido de inúmeros aterros sanitários nos Estados Unidos. Este problema é reconhecido, também, pela Gypsum Association (USA) no artigo Treatment and Disposal of Gypsum Board Waste (Industry Technical Paper), de janeiro de 1991(Marvin 2000). O problema, segundo a mesma fonte, foi também detectado em aterros destinados exclusivamente a resíduos de construção e demolição na Flórida. Young & Parker (1984) apud Environment Agency (2002) discutem o problema.

9 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 7. SITUAÇÃO NA EUROPA Desde o ano de 2005, a Comunidade Européia exige que a deposição de gesso não contaminado em aterros seja feita em células completamente isoladas de resíduos biodegradáveis (item 2.2.1, European Community, 2003). Este fato acarretou considerável aumento de custo na disposição de gesso, tendo aumentado consideravelmente o interesse pela reutilização e reciclagem do produto.

10 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 8. AUMENTO DO CUSTO DE DESTINAÇÃO O atendimento ao disposto na Resolução n.º 307 que, mais cedo ou mais tarde será exigido pelos órgãos ambientais de todo o País, conforme já se observa em estados com entidades fiscalizadoras mais atuantes, representará, portanto, para os geradores de resíduos de gesso um significativo aumento dos custos de disposição do material. Pesquisas realizadas junto aos aterros industriais privados na região sul do Brasil revelam que os custos para recebimento de produtos desta natureza variam de R$ 250,00 a R$ 400,00 por tonelada.

11 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 9. AUMENTO DO CUSTO DE TRANSPORTE Os geradores de resíduos de GESSO terão que arcar, também, com o aumento dos custos de transporte rodoviário dos resíduos desde a área de geração até a área de destinação final. Atualmente, os resíduos, transportados por caçambeiros, são descartados nas proximidades dos locais de geração, enquanto que, com a aplicação da legislação, os rejeitos deverão ser transportados por transportadoras cadastradas, para locais seguramente mais distantes da área em que são gerados. Atualmente, os resíduos, transportados por caçambeiros, são descartados nas proximidades dos locais de geração, enquanto que, com a aplicação da legislação, os rejeitos deverão ser transportados por transportadoras cadastradas, para locais seguramente mais distantes da área em que são gerados.

12 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 10. A ENGESSUL A Engessul Indústria e Comércio Ltda., estabelecida em Imbituba, no Estado de Santa Catarina, especializou-se no beneficiamento de resíduos de gesso, trabalho que vem desenvolvendo desde o ano 2000, quando adquiriu, da Petrobrás Gás S.A. – GASPETRO, os rejeitos de uma antiga fábrica de ácidos sulfúrico e fosfórico gerados por uma subsidiária daquela empresa. Domina, portanto, todo o processo de tratamento deste tipo de resíduo, possuindo licença ambiental concedida pela Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina – FATMA, tanto para a industrialização de seu próprio produto quanto para aqueles gerados por terceiros.

13 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 11. A RECICLAGEM DE RESÍDUOS TIPO RCC C onsiderando os benefícios que a reciclagem proporciona ao meio ambiente e fiel aos princípios constantes de sua MISSÃO, a ENGESSUL passou, no ano de 2005, a realizar a recepção, beneficiamento e comercialização dos resíduos de gesso das indústrias de artefatos de gesso e da construção civil, promovendo o reaproveitamento desses materiais, evitando sua disposição nos aterros e lixões, passando a representar, deste modo, uma alternativa economicamente interessante para os geradores de resíduos de gesso, já que esses ficam desobrigados de pagar os altos valores cobrados pelos aterros industriais.

14 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE 12. APELO AMBIENTAL E ECOLÓGICO A atuação da ENGESSUL tem significativo apelo ambiental e ecológico já que seus produtos substituem, tanto na indústria quanto na agricultura, matéria-prima produzida na região oeste do Estado de Pernambuco permitindo, em conseqüência: - A preservação dos recursos naturais do País, - A redução dos custos de transporte rodoviário, - A diminuição do desgaste das estradas e, - A redução dos volumes dos aterros urbanos. - A redução dos volumes dos aterros urbanos. A empresa industrializa e comercializa atualmente cerca de toneladas/ano de resíduos de gesso, utilizando tanto sua própria matéria-prima quanto a de indústrias localizadas no sul do Brasil

15 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE Engessul - Indústria e Comércio Ltda. Av. Santa Catarina, Imbituba - SC CEP: Tel:(48) Fax:(48) Tel:(48) Fax:(48) Contato:Eng.º Manoel Duarte Ferreira Contato:Eng.º Manoel Duarte FerreiraManoel Duarte FerreiraManoel Duarte Ferreira Site: Site:

16 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE

17 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE

18 ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE


Carregar ppt "ENGESSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. O GESSO E O MEIO AMBIENTE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google