A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA DE INFORMAÇÃO Turma ADS 0019. SISTEMAS DE SUPORTE GERENCIAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA DE INFORMAÇÃO Turma ADS 0019. SISTEMAS DE SUPORTE GERENCIAL."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA DE INFORMAÇÃO Turma ADS 0019

2 SISTEMAS DE SUPORTE GERENCIAL

3 OBJETIVOS DA UNIDADE 3 Identificar o papel e alternativas de relatórios dos sistemas de informação gerencial; Explicar o conceito de sistema de apoio à decisão e como ele difere dos sistemas tradicionais de informação gerencial; Exemplificar como os sistemas especialistas podem ser usados nas situações de tomada de decisões nos negócios; Profº Ricardo luiz3

4 OBJETIVOS DA UNIDADE 3 Conhecer as características dos sistemas de suporte gerencial; Descrever os sistemas de suporte à decisão individual e em grupo. Profº Ricardo luiz4

5 TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

6 As diversas aplicações da tecnologia da informação resultam em transformação em todas as atividades existentes. Por isso, a tecnologia da informação é considerada uma ferramenta para o desenvolvimento de várias áreas de conhecimento. Profº Ricardo luiz6

7 O efeito da globalização introduziu nas organizações preocupações de como superar a distâncias entre os países, rompendo fronteiras físicas existentes, aproximando culturas e gerando negócios. Profº Ricardo luiz7

8 Essa característica é importante para as organizações que têm como objetivo a ampliação de seus mercados. Muitas vezes para atingir outros mercados é preciso adequar os produtos ou serviços a novas realidades, ou seja, a regionalização do produto. Profº Ricardo luiz8

9 A globalização impõe um dinamismo aos processos de negócio, uma vez que pequenas flutuações da economia em qualquer parte do mundo podem afetar outro país. Profº Ricardo luiz9

10 Esse quadro de interdependência econômica traz à organização a necessidade de obter mais informações desse mercado antes de uma tomada de decisão. Profº Ricardo luiz10

11 Para isso, a organização precisa manipular grande quantidade de informação para definição de um bom planejamento estratégico e operacional. Profº Ricardo luiz11

12 Essas necessidades podem ser supridas com ferramentas de tecnologia para controlar de maneira eficaz todas as informações internas e externas da organização. Deste modo, a organização busca a eficiência e a eficácia dos negócios. Profº Ricardo luiz12

13 SISTEMAS ESPECIALISTAS

14 Os sistemas especialistas são aplicações de software relativamente recentes que buscam capturar conhecimento em domínios limitados do saber e experiência humanos, aplicando esse conhecimento na solução de problemas. Ou em outras palavras, são sistemas que tentam substituir os especialistas. Profº Ricardo luiz14

15 A atenção da mídia talvez tenha se focalizado mais em sistemas especialistas do que qualquer outro membro de técnicas de inteligência artificial. Profº Ricardo luiz15

16 CARACTERISTICAS DOS SISTEMAS ESPECIALISTAS Explicar seu raciocínio; Exibir um comportamento inteligente; Delinear conclusões de relacionamentos complexos; Fornecer conhecimento portátil; Lidar com incertezas; Profº Ricardo luiz16

17 SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

18 o Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP - Enterprise Resource Planning) é uma arquitetura de software que facilita o fluxo de informação entre todas as funções dentro de uma organização, tais como logística, finanças e recursos humanos. Profº Ricardo luiz18

19 O objetivo do ERP é eliminar interfaces complexas entre sistemas em um mesmo ambiente. Com isso, elimina-se a redundância de informações, já que todos os usuários analisam uma única fonte de dados. Profº Ricardo luiz19

20 A fase inicial para implantação de ERP refere-se ao planejamento do projeto. Nesta etapa são definidos o software, a consultoria e a equipe, bem como, os processos que serão inclusos no ERP. A última etapa de planejamento é o estabelecimento do cronograma. Profº Ricardo luiz20

21 DATA WAREHOUSE

22 Crecimento de volume de dados e informação dentro e em muitas vezes fora da organização, trouxe grande preocupação de como organizar e aproveitar de forma mais eficiente estes dados no prol da decições. Profº Ricardo luiz22

23 Neste sentido foi surgindo a estrutura de Data warehouse e Data mart para facilitar o aproveitamento destes dados. Profº Ricardo luiz23

24 Data Warehouse é considerado uma coleção de dados, organizados por assunto, integrados, não voláteis e históricos. O objetivo é fornecer suporte à tomada de decisão nas organizações. Profº Ricardo luiz24

25 Esta tecnologia surgiu da necessidade de integrar dados corporativos localizados em diferentes máquinas e sistemas operacionais, para que o gerente possa tomar a decisão adequada. Profº Ricardo luiz25

26 Vantagens: Possibilidade de sistemas mais antigos continuarem em operação; Integração entre informações oriundas das operações correntes com informações antigas armazenadas no BD e facilita o planejamento e arquitetura de novos sistemas de cunho operacional. Profº Ricardo luiz26

27 COMÉRCIO ELETRÔNICO

28 Uma das novidades em relação aos sistemas de informação é a elaboração de um novo padrão de intercâmbio de dados usando os padrões da internet. Profº Ricardo luiz28

29 Esse padrão, denominado XML, permite a troca de informação transacional entre organizações que usarão estruturas simples para minimizar gastos com determinadas operações. Profº Ricardo luiz29

30 A multimídia é considerada outra aliada no uso e atratividade da Web. (textos, gráficos, sons, voz, vídeo). Essa tecnologia ajuda no tráfego de dados, usando os mesmos padrões da Internet. Profº Ricardo luiz30

31 Uma videoconferência é uma ferramenta para gerentes e diretores que não podem estar em um determinado lugar para uma tomada de decisão. Profº Ricardo luiz31

32 Profº Ricardo luiz32

33 E-BUSINESS

34 O e-business é o planejamento da imersão da organização na internet com o objetivo de automatizar suas diversas atividades, como a comunicação interna e externa, a transmissão de dados, o contato com clientes e fornecedores, o treinamento pessoal. Profº Ricardo luiz34

35 E-business é uma estratégia de posicionamento da organização na internet, e o e-commerce é um dos componentes do e-business com o intuito de controlar a atividade de vendas pelo uso de meios eletrônicos. Profº Ricardo luiz35

36 O crescimento exponencial da internet permitiu que novos modos de fazer negócio entre as empresas surgissem para tirar proveito das tecnologias inovadoras. Profº Ricardo luiz36

37 Aplicações do e-business: – Comércio eletrônico. – Banco eletrônico. – Ensino a distância. – Leilões. – Mercado eletrônico Profº Ricardo luiz37

38 BUSINESS TO BUSINESS (B2B)

39 O B2B, ou negócio a negócio, corresponde às aplicações da internet voltadas para as transações entre empresas. Profº Ricardo luiz39

40 Portanto, a modalidade de comércio eletrônico compreende um mercado seguro que possibilita o desenvolvimento de transações comerciais entre parceiros verticais ou transversais de uma indústria ou negócios. Profº Ricardo luiz40

41 BUSINESS TO CONSUMER (B2C)

42 Modalidade de comércio eletrônico para venda direcionada ou cruzada e para a formação de comunidades de interesses comuns, que são formadas por grandes organizações. Profº Ricardo luiz42

43 Essa modalidade pode ser comparada como um grande varejo eletrônico. Há shopping centers eletrônicos (portais) com uma grande variedade de produtos, desde produtos alimentares até equipamentos eletrônicos. Profº Ricardo luiz43

44 O comércio eletrônico B2C permite que a organização diminua a quantidade de intermediários, possibilitando a redução de preços. Além de oferecer a oportunidade de disponibilizar novos produtos ou serviços. Profº Ricardo luiz44

45 BUSINESS TO EMPLOYEE (B2E)

46 Novo tipo de transação de comércio eletrônico que pode ser considerado uma linha intermediária entre B2B e B2C. Profº Ricardo luiz46

47 Quando as organizações iniciaram a construção de suas intranets, esses sites internos eram mais usados para facilitar a comunicação e a transmissão de instruções administrativas. Profº Ricardo luiz47

48 Agora, à medida que a organizações avançam em seus negócios on-line, as linhas se confundem entre a comunicação da organização com seus empregados e suas atividades de comércio eletrônico. Profº Ricardo luiz48

49 BUSINESS TO MANAGEMENT (B2M ou e-government)

50 Esta modalidade cobre todas as transações entre as empresas e organizações governamentais. Essa categoria é muito atual, no entanto possui grande possibilidade de expansão devido à perspectiva do governo utilizar suas operações para despertar o crescimento do comércio eletrônico. Profº Ricardo luiz50

51 Nesse caso, o fornecedor cadastra seus produtos e preços no portal do governo, que abre licitações eletrônicas e efetua todo o processo de compra no formato eletrônico. Profº Ricardo luiz51

52 CONSUMER TO MANAGEMENT (C2M)

53 Esta categoria engloba todo tipo de transação eletrônica entre pessoas físicas e jurídicas com os departamentos do governo. Profº Ricardo luiz53

54 No Brasil, temos como exemplo desta modalidade: – Receita Federal. – Detran. – Ministério do Trabalho. – Correios. Profº Ricardo luiz54

55 ENTERPRISE RESOURCE PLANNING (ERP)

56 Um sistema ERP, corresponde ao Planejamento dos Recursos Empresariais, sendo uma arquitetura de sistema de informação que facilita o fluxo de informações entre todas as atividades da empresa. Profº Ricardo luiz56

57 Fabricação. Logística. Finanças. Recursos humanos. Profº Ricardo luiz57

58 CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT (CRM)

59 O CRM (gerenciamento do relacionamento com o cliente) é uma arquitetura que relaciona os processos de negócio e tecnologias para atender aos clientes com relação a quem são, o que fazem e do que gostam. Profº Ricardo luiz59

60 Essa fase de administração voltada ao intuito de cativar o cliente tem estabelecido uma nova definição de empresas denominada empresa do relacionamento que valoriza a interação com o cliente. Profº Ricardo luiz60

61 O objetivo principal do CRM é proporcionar vendas casadas e mensagens direcionadas a cada cliente, e, com isso aumentar o faturamento da organização por meio da melhor satisfação e retenção do cliente. Profº Ricardo luiz61

62 Conquistar um cliente chega a custar até 10 vezes mais do que mantê-lo fiel usando campanhas de marketing individual e do ciclo de vida do cliente, e reconquistá-lo chega a ser 25 vezes mais caro do que mantê-lo. Profº Ricardo luiz62

63 INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NOS NEGÓCIOS

64 É considerada um esforço para desenvolver sistemas que se comportem similares a seres humanos. Sistemas que simulam a, exibir a lógica, raciocínio, intuição e qualidade de bom senso, que associados com seres humanos. Profº Ricardo luiz64

65 Profº Ricardo luiz65

66 A inteligência humana é muito complexa e mais ampla do que a inteligência de um computador. Um fator que diferencia os seres humanos de outros seres vivos é a capacidade de desenvolver associações e usar metáforas e analogias. Profº Ricardo luiz66

67 TECNOLOGIAS DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NOS NEGÓCIOS

68 A inteligência artificial é considerada o estudo e a elaboração de máquinas que exibam qualidades semelhantes às humanas, incluindo a capacidade de raciocinar. Profº Ricardo luiz68

69 Para isso, a inteligência artificial é baseada nas disciplinas de informática, biologia, psicologia, linguística, matemática e engenharia. Profº Ricardo luiz69

70 Alan Turing pioneiro da IA; Em 1950; Propôs um teste para determinar se a maquina poderia pensar; Profº Ricardo luiz70

71 TECNOLOGIAS DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

72 As organizações estão utilizando inúmeras técnicas inteligentes da computação para ampliar sua base de conhecimento antes de fornecer soluções de problemas que são complexos para serem manipulados por pessoas. Profº Ricardo luiz72

73 Profº Ricardo luiz73

74 SISTEMA ESPECIALISTA

75 Sistemas especialistas são considerados programas de computador de conhecimento intensivo que auxiliam na tomada de decisão levantando soluções relevantes e explicando as razões para adotar determinadas ações. Profº Ricardo luiz75

76 REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

77 Redes neurais artificiais são consideradas hardware ou software que tentam imitar o modelo de processamento do sistema nervoso humano. Seu amplo uso destaca cada vez mais área conexionista da inteligência artificial. Profº Ricardo luiz77

78 À medida que as redes neurais começam a reconhecer padrões, elas podem começar a se programar para resolver esses problemas por si mesmos. Profº Ricardo luiz78

79 – Reconhecimento de voz. – Verificação de assinaturas em cheques. – Controle de qualidade na fabricação. – Processamento de imagens. – Avaliação de riscos no crédito. – Previsão de investimentos. – Data mining. Profº Ricardo luiz79

80 São técnicas computacionais que apresentam um modelo matemático inspirado na estrutura neural de organismos inteligentes e que adquirem conhecimento através da experiência. Uma grande rede neural artificial pode ter centenas ou milhares de unidades de processamento, já o cérebro de um mamífero pode ter muitos bilhões de neurônios. Profº Ricardo luiz80

81 TREINAMENTO Profº Ricardo luiz81

82 TREINANDO O CÉREBRO

83

84

85

86

87 LÓGICA DIFUZA

88 Lógica difusa é um método de raciocínio que se assemelha ao raciocínio humano já que ele dá margem para valores e inferências aproximados (lógica difusa) e dados incompletos ou ambíguos (dados difusos) em lugar de recorrer apenas a dados claros, tais como os das escolhas binárias (sim/não). Profº Ricardo luiz88

89 ALGORITMO GENÉTICOS

90 O uso de algoritmos genéticos é uma aplicação crescente da inteligência artificial. O software de algoritmo genético utiliza a randomização darwiniana e outras metodologias matemáticas para simular um processo evolutivo que pode proporcionar soluções progressivamente melhores para um problema. Profº Ricardo luiz90

91 Os algoritmos genéticos foram utilizados inicialmente para simular milhões de anos na evolução biológica, geológica e de ecossistemas em apenas alguns minutos em um computador. Profº Ricardo luiz91

92 Agora, o software de algoritmo genético está sendo utilizado para construir modelos de uma multiplicidade de processos científicos, técnicos e empresariais. Profº Ricardo luiz92

93 OS NEGÓCIOS E A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

94 As organizações estão utilizando inúmeras técnicas inteligentes da computação para ampliar sua base de conhecimento antes de fornecer soluções de problemas que são complexos para serem manipulados por pessoas. Profº Ricardo luiz94

95 São produtos e programas que colocam a disposição do tomador de decisão, de forma prática, toda a potencialidade da tecnologia da IA, compatível com quase todos os equipamentos de processamento de dados encontrados atualmente no mercado. Profº Ricardo luiz95

96 Profº Ricardo luiz96

97 São produtos e programas que colocam a disposição do tomador de decisão, de forma prática, toda a potencialidade da tecnologia da IA, compatível com quase todos os equipamentos de processamento de dados encontrados atualmente no mercado. Profº Ricardo luiz97

98 Inteligência de Negócios ou Business Intelligence (BI) refere-se de um conjunto de conceitos e técnicas que, fazendo uso de dados transacionais e sistemas baseados nos mesmos, suporta a tomada de decisões em negócios com o objetivo de transformar informação em valor agregado ao negócio. Profº Ricardo luiz98

99 Um dos grandes objetivos dos atuais Administradores está relacionado à concepção da palavra tomada de decisão. Profº Ricardo luiz99


Carregar ppt "SISTEMA DE INFORMAÇÃO Turma ADS 0019. SISTEMAS DE SUPORTE GERENCIAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google