A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caso Clínico Mariana Bruinje Cosentino. Identificação D.V.S, 75 anos, masculino Conduzido pelo SAMU, de casa até a UPH 01:40h. Queixa Principal Dor nas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caso Clínico Mariana Bruinje Cosentino. Identificação D.V.S, 75 anos, masculino Conduzido pelo SAMU, de casa até a UPH 01:40h. Queixa Principal Dor nas."— Transcrição da apresentação:

1 Caso Clínico Mariana Bruinje Cosentino

2 Identificação D.V.S, 75 anos, masculino Conduzido pelo SAMU, de casa até a UPH 01:40h. Queixa Principal Dor nas costas e abdominal

3 H.D.A. Paciente apresentando dispnéia e desconforto torácico há alguns dias, com piora importante nesta madrugada, quando chamou o SAMU. Há 1 dia foi avaliado na UBS onde iniciou tratamento com prednisona e clavulin.

4 H.M.P. DPOC tabagista por 60 anos (20 cigarros/dia) Familiar refere DM, ICC, HAS (em uso de captopril, digoxina e omeprazol, não recorda os outros medicamentos)

5 Exame Físico Glasgow 15, dispneico PA 100x60 FC 54 FR 28 Tax 35,4°C Dextro 233 Pulso regular AP: MV+ diminuído difusamente. Estertor bibasal bolhoso bilateral 02:00

6 DPOC Dispnéia com piora Desconforto torácico Taquipnéia Tratamento prévio PNM

7 Conduta Internação Solicitado exames laboratoriais Iniciado levofloxacino após coleta

8 Prescrição Dieta p/ HAS CSV+dextro O2 2L/min se sat<85% NBZ berotec 5 gts + atrovent 12 gts 4/4h SF 0,9% 1000ml EV 12/12h Hidrocortisona 100mg EV 12/12 Levofloxacino 500mg EV 1x/d Dipirona 1 amp EV 6/6h Nifedipina 20mg VO se PA>160/100 Glicose 50% se dextro <70 Insulina R conforme dextro 02:00

9 Paciente queixou de dor abdominal forte às 05:00 e às 06:25. Médico foi avisado pela equipe de enfermagem e orientou a fazer profenid IM.

10 Exames Laboratoriais Ht37,9 Hb12,3 Leucocitos12560 Bastões2% Plaquetas Creatinina2,20 Uréia112 TGO98 TGP60 Sódio138 Potássio3,5

11 Reavaliação Paciente cardiopata, não sabe informar medicamentos. Chegou de madrugada com quadro de dor torácica em hemitórax D e tosse. No momento apresenta-se LOTE, porém taquicárdico, FC 150, regular. MV + bilateral Abdome: sp MM: sp 07:00

12

13 Conduta Solicitado ECG Aferição de PA nos 4 membros RX tórax Transferido para emergência 07:00 Monitoramento contínuo Atenolol 25mg 1 cp VO agora Plasil 1 amp EV se náusea

14 ECG

15 Taquicardia Ventricular Arritmia de QRS alargado Mesma morfologia das ESV Monomórfica e sustentada Diagnóstico Eletrocardiográfico FC: 100 e 250 spm Ritmo: regular ou discretamente irregular Ondas P com FC alta não são vistas

16 Tratamento da Taquicardia Ventricular TAQUICARDIA VENTRICULAR PACIENTE INSTÁVEL PACIENTE ESTÁVEL CARDIOVERSÃO ELÉTRICA SINCRONIZADA 110J / 200J / 360J AMIODARONA 150 IV EM BOLUS EM 10 MINUTOS OU LIDOCAÍNA 0,75MG/KG IV EM BOLUS

17 Taquicardia Ventricular sem pulso

18 Conduta Paciente na sala de emergência as 9:30 com TVMS com pulso e instabilidade hemodinâmica (dor no peito e hipotensão) Foi sedado, entubado, cardiovertido sincronizado 100J 200J, manteve TV. Feito amiodarona dose de ataque Cardioversão Sincronizada RCP voltou pulso com TVMS Corrigido os H e T 30 minutos após a RCP, ritmo sinusal Após 4,5L volume, paciente com PA 140/90 09:30 perdeu pulso

19 Prescrição Jejum e monitorização cardíaca CDV 4/4h + dextro 2/2h SNG Midazolam 25mg EV agora Quelicin 1 amp EV agora Solicito gasometria arterial Solicito hmg, Na, K, U, Cr, Mg, Cl, TAP, KPTT, glic Solicito CPK e CKMB ECG agora e 15:30 Amiodarona 300mg EV agora Amiodarona 150mg EV agora Amiodarona 300mg + SF500ml 160ml/h BIC 09:30

20 Prescrição Midazolam 5 amp + 250ml SG 20ml/h Fentanil 2 amp ml SG 20ml/h Insulina R conforme dextro e glicose se <70 Sondagem vesical e controle de diurese Aquecer paciente se Tax<35 c/ cobertor e manta Noradrenalina 3 amp +250ml SG 30ml/h Polisocel 1000ml EV SF 3000ml EV + 500ml EV 8/8h Enoxaparina 30mg SC 12/12h Omeprazol 1 amp EV 1x/d Bromoprida 1 amp EV 8/8h Dipirona 1 amp se Tax>37,8 09:30

21 ECG

22 Conduta Gasometria 14:00 Bicarbonato de Sódio 8,4% 5 amp+SF250ml, correr EV em 30 minutos Bicarbonato de Sódio 8,4% 5 amp+SF500ml, 42 ml/h BIC pH: 7.00 PCO2: 59 PO2: 43 HCO3: 14 BE: - 19 Sat O2: 55%

23 Exames Laboratoriais Ht37,938,7 Hb12,311,9 Leucocitos Bastões2%4% Plaquetas Creatinina2,202,6 Uréia TGO / TGP98 / 60 Sódio Potássio3,54,4 Glicose71 CPK / CKMB122 / 745 Magnésio2,40 Cloro109 TAP / KPTT32s / 73,8 RNI3,40 02:0012:00

24 Evolução Bradicardia sinusal FC 43 AESP 17:30

25 AESP

26 Evolução AESP Óbito 18:00

27 DAC em pacientes diabéticos Equivalente anginoso Sintomas atípicos Dispnéia Síncope Dor epigástrica Dor irradiada como único sintoma Fenômenos vegetativos Todo indivíduo com mais de 40 anos com dor em abdome superior devem ser submetidos a um ECG

28 Dor torácica Pressão desconfortável, sensação de saciedade, aperto ou dor no peito Dor irradiada para ombro, pescoço, braços, mandíbula ou costas Tontura, desmaio, transpiração, náusea Dispnéia com ou sem desconforto torácico Sensação de angústia, ansiedade ou morte iminente

29 Diagnóstico diferencial

30 Dor torácica Algoritmo

31


Carregar ppt "Caso Clínico Mariana Bruinje Cosentino. Identificação D.V.S, 75 anos, masculino Conduzido pelo SAMU, de casa até a UPH 01:40h. Queixa Principal Dor nas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google