A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATENDIMENTO PRIMÁRIO DE QUEIMADOS Prof.Enf.Telina CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADO Curitiba,Setembro 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATENDIMENTO PRIMÁRIO DE QUEIMADOS Prof.Enf.Telina CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADO Curitiba,Setembro 2012."— Transcrição da apresentação:

1 ATENDIMENTO PRIMÁRIO DE QUEIMADOS Prof.Enf.Telina CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADO Curitiba,Setembro 2012

2 QUEIMADURAS

3 QUEIMADURAS. SÃO LESÕES CAUSADAS NOS TECIDOS CUTÂNEO, PROVOCADOS PELA AÇÃO DIRETA OU INDIRETA DE ALTA TEMPERATURA. SÃO LESÕES CAUSADAS NOS TECIDOS CUTÂNEO, PROVOCADOS PELA AÇÃO DIRETA OU INDIRETA DE ALTA TEMPERATURA. PODEM SER ORIGINADAS POR AGENTES QUÍMICOS, TÉRMICOS OU ELÉTRICOS (METAIS, FOGO, ÁCIDOS, CONTATO ELÉTRICO, PROXIMIDADES DE FORNOS INDUSTRIAIS, RADIAÇÕES, RAIOS SOLARES, FRIO, PLANTAS). PODEM SER ORIGINADAS POR AGENTES QUÍMICOS, TÉRMICOS OU ELÉTRICOS (METAIS, FOGO, ÁCIDOS, CONTATO ELÉTRICO, PROXIMIDADES DE FORNOS INDUSTRIAIS, RADIAÇÕES, RAIOS SOLARES, FRIO, PLANTAS). MUITAS PESSOAS QUANDO PENSAM EM QUEIMADURAS, FOCALIZAM SOMENTE DANOS Á PELE. AS QUEIMADURAS LESIONAM MUITO MAIS DO QUE A SUPERFÍCIE DA PELE. CONFORME O GRAU,AS QUEIMADURAS PODEM CAUSAR LESÕES ÀS ESTRUTURAS ABAIXO DA PELE, INCLUINDO MÚSCULOS, NERVOS, VASOS SANGÜÍNEOS, E ATÉ OSSOS. MUITAS PESSOAS QUANDO PENSAM EM QUEIMADURAS, FOCALIZAM SOMENTE DANOS Á PELE. AS QUEIMADURAS LESIONAM MUITO MAIS DO QUE A SUPERFÍCIE DA PELE. CONFORME O GRAU,AS QUEIMADURAS PODEM CAUSAR LESÕES ÀS ESTRUTURAS ABAIXO DA PELE, INCLUINDO MÚSCULOS, NERVOS, VASOS SANGÜÍNEOS, E ATÉ OSSOS.

4 ANATOMIA DA PELE A PELE É MAIS COMPLEXA DO QUE APARENTA. SUA FUNÇÃO PRINCIPAL É PROTEGER O ORGANISMO DE AMEAÇAS FÍSICAS EXTERNAS. TAMBÉM TEM A FUNÇÃO DE DEFESA IMUNOLÓGICA E É O PRINCIPAL ÓRGÃO REGULADOR DA TEMPERATURA DE NOSSO CORPO CONTRA A DESIDRATAÇÃO. TEM AINDA FUNÇÕES NERVOSAS, CONSTITUINDO O SENTIDO DO TATO.

5 EPIDEMIOLOGIA SÃO LESÕES FREQUENTES NOS ACIDENTES, E A QUARTA CAUSA DE ÓBITOS POR TRAUMAS. SÃO LESÕES FREQUENTES NOS ACIDENTES, E A QUARTA CAUSA DE ÓBITOS POR TRAUMAS. NO BRASIL, ESTIMA-SE QUE HÀ : NO BRASIL, ESTIMA-SE QUE HÀ : DE ACIDENTES POR ANO DE ACIDENTES POR ANO DESTES PROCURAM ATENDIMENTO HOSPITALAR DESTES PROCURAM ATENDIMENTO HOSPITALAR EVOLUEM P/ÓBITO EVOLUEM P/ÓBITO 2/3%- DESTES ACONTECE EM CASA ATINGINDO GERALMENTE CRIANÇAS. 2/3%- DESTES ACONTECE EM CASA ATINGINDO GERALMENTE CRIANÇAS.

6 SINAIS E SINTOMAS. DOR FÍSICA, DOR FÍSICA, EMOCIONAL, EMOCIONAL, SOCIAL, SOCIAL, ESPIRITUAL. ESPIRITUAL. PROBLEMAS PSICOLÓGICOS PROBLEMAS PSICOLÓGICOS

7 CLASSIFICAÇÕES QUANTO AO AGENTE CAUSAL FÍSICOS: TEMPERATURA: VAPOR, OBJETOS AQUECIDOS, ÁGUA QUENTE, CHAMA, ETC.ELETRICIDADE : CORRENTE ELÉTRICA, RAIO, ETC. RADIAÇÃO : SOL, APARELHOS DE RAIOS X, RAIOS ULTRA-VIOLETAS, NUCLEARES, ETC. QUÍMICOS: PRODUTOS QUÍMICOS: ÁCIDOS, BASES, ÁLCOOL, GASOLINA, ETC. BIOLÓGICOS: ANIMAIS: LAGARTA-DE-FOGO, ÁGUA-VIVA, MEDUSA, ETC. E VEGETAIS : O LÁTEX DE CERTAS PLANTAS, URTIGA, ETC.

8 CLASSIFICAÇÃO AGENTE CAUSADOR, PROFUNDIDADE, EXTENSÃO, LOCALIZAÇÃO, GRAVIDADE.

9 PROFUNDIDADE. 1º GRAU, 2º GRAU, 3º GRAU

10 CLASSIFICAÇÃO Quanto a profundidade da lesão 1º Grau Não sangra, geralmente seca Rosa e toda inervada Não passam da Epiderme Queimadura de Sol(exemplo) Hiperemia(Vermelhidão) Dolorosa Obs:Normalmente não chega na emergência

11 CLASSIFICAÇÃO (1ºGRAU)

12 CLASSIFICAÇÃO Quanto a profundidade da lesão 2º Grau Atinge a derme Úmida Presença de Flictenas (Bolhas) Retirar ou não? Rosa, Hiperemia (Vermelhidão) Dolorosa Cura espontânea mais lenta, com possibilidade de formação de cicatriz

13 CLASSIFICAÇÃO (2ºGRAU)

14 CLASSIFICAÇÃO 3º Grau Quanto a profundidade da lesão 3º Grau Atinge todos os apêndices da pele Atinge todos os apêndices da pele Ossos, músculos, nervos, vasos Ossos, músculos, nervos, vasos Pouca ou nenhuma dor Pouca ou nenhuma dor Úmida Úmida Cor Branca, Amarela ou Marrom Cor Branca, Amarela ou Marrom Não cicatriza espontaneamente, necessita de enxerto Não cicatriza espontaneamente, necessita de enxerto

15 CLASSIFICAÇÃO (3ºGRAU)

16

17 FISIOPATOLOGIA O PROCESSO DE EDEMA, PERDA DE LÍQUIDOS E APC(AUMENTO DA PERMEABILIDADE CAPILAR) GERAM DOIS RISCOS AO PACIENTE QUEIMADO. 1º Risco – Choque Hipovolêmico 2º Risco – Perda de Eletrólitos

18 EXTENSÃO DA QUEIMADURA. È A PORCENTAGEM DA ÁREA SUPERFÍCIAL DO CORPO OU PELE QUEIMADA. È A PORCENTAGEM DA ÁREA SUPERFÍCIAL DO CORPO OU PELE QUEIMADA.

19 EXTENSÃO. CRIANÇAS: CRIANÇAS: CABEÇA=18% CABEÇA=18% MMII=13,5% MMII=13,5% AS DEMAIS PARTES DO CORPO MESMO QUE ADULTO. AS DEMAIS PARTES DO CORPO MESMO QUE ADULTO.

20 LOCALIZAÇÃO ÁREA CRÍTICA= FACE,MÃOS,VIAS ÁEREAS,GENITAIS. ÁREA CRÍTICA= FACE,MÃOS,VIAS ÁEREAS,GENITAIS. SEMI-CRÍTICA= TODAS AS DEMAIS ÁREAS CORPÓREAS. SEMI-CRÍTICA= TODAS AS DEMAIS ÁREAS CORPÓREAS.

21 A GRAVIDADE DEPENDE DA: PROFUNDIDADE, PROFUNDIDADE, EXTENSÃO, EXTENSÃO, ENVOLVIMENTO DE ÁREAS CRÍTICAS ENVOLVIMENTO DE ÁREAS CRÍTICAS IDADE > DE 55 ANOS E > DE 10 ANOS. IDADE > DE 55 ANOS E > DE 10 ANOS. PRESENÇA DE LESÕES, (PULMONAR,ORGÃOS,FRATURAS) PRESENÇA DE LESÕES, (PULMONAR,ORGÃOS,FRATURAS) DOENÇAS DE BASE (DM,HAS,ICC,ETC) DOENÇAS DE BASE (DM,HAS,ICC,ETC)

22 CUIDADOS PRÉ-HOSPITALAR. A-B-C-D-E DAS VÍTIMAS DE QUEIMADAS, A-B-C-D-E DAS VÍTIMAS DE QUEIMADAS, A= QUEIMADURAS QUE ENVOLVAM VIAS ÁEREAS,FACE,EDMAS DE FARINGE E OROFARINGE. A= QUEIMADURAS QUE ENVOLVAM VIAS ÁEREAS,FACE,EDMAS DE FARINGE E OROFARINGE. B= SE HOUVE INALAÇÃO DE FUMAÇA,CONFUSÃO MENTAL. B= SE HOUVE INALAÇÃO DE FUMAÇA,CONFUSÃO MENTAL. C= AVALIAR TAMANHO DA QUEIMADURA E SINAIS DE CHOQUE. C= AVALIAR TAMANHO DA QUEIMADURA E SINAIS DE CHOQUE. D= AVALIAR NÍVEL DE CONSCIÊNCIA. D= AVALIAR NÍVEL DE CONSCIÊNCIA. E= PROCEDER AO CURATIVO. E= PROCEDER AO CURATIVO.

23 CUIDADOS PRÉ-HOSPITALAR. CASO VÍTIMA ESTEJA INSTÁVEL, SEGUIR PARA HOSPITAL IMEDIATAMENTE,JÁ CONTINUANDO O EXAME NA AMBULÂNCIA. SE ESTÁVEL PODE-SE PROCEDER OS PRÓXIMOS PASSOS NO PRÓPRIO LOCAL A ESPERA DE SOCORRO. VERIFICAÇÃO DE SINAIS VITAIS MONITORIZAÇÀO ANAMNESE (SINTOMAS, PATOLOGIAS PREGRESSAS, ALERGIAS, ETC) ACESSO VENOSO E HIDRATAÇÃO RÁPIDA

24 CUIDADOS PRÉ-HOSPITALAR. AFASTAR VÍTIMA DO AGENTE CAUSADOR. AFASTAR VÍTIMA DO AGENTE CAUSADOR. SE VÍTIMA ESTIVER EM CHAMAS ENVOLVÊ-LA NUM COBERTOR OU MANDAR ROLAR NO CHÃO. SE VÍTIMA ESTIVER EM CHAMAS ENVOLVÊ-LA NUM COBERTOR OU MANDAR ROLAR NO CHÃO. RESFRIAR A ÁREA COM ÁGUA. (PELE) RESFRIAR A ÁREA COM ÁGUA. (PELE) RETIRAR ADORNOS DA VÍTIMA. RETIRAR ADORNOS DA VÍTIMA.

25 CUIDADOS PRÉ-HOSPITALAR. RETIRAR AS ROUPAS. RETIRAR AS ROUPAS. OFERECER MUITA ÁGUA. OFERECER MUITA ÁGUA. LAVAR ÁREA AFETADA COM ÁGUA. LAVAR ÁREA AFETADA COM ÁGUA. DESLIGAR CHAVE GERAL DE ENERGIA. DESLIGAR CHAVE GERAL DE ENERGIA. PROVIDÊNCIAR TRANSFERÊNCIA DE VÍTIMA. PROVIDÊNCIAR TRANSFERÊNCIA DE VÍTIMA.

26 CUIDADOS PRÉ-HOSPITALAR. EXAME SECUNDÁRIO RESFRIAMENTO DAS ÁRES QUEIMADAS BUSCA DE SINAIS E SINTOMAS DE TRAUMAS ASSOCIADOS ESTIMATIVA DA ÁREA QUEIMADA E PROFUNDIDADE AVALIE NÍVEL DE CONSCIÊNCIA METÓDO AVDI (ALERTA, RESPONDE À ESTÍMULOS VERBAIS, RESPONDE A ESTÍMULOS DE DOR OU ESTÁ INCONSCIENTE). CHAME AJUDA!!!!!! ABC

27 CUIDADOS INTRA-HOSPITALAR. MANTER MONITORAÇÃO/OBSERVAÇÃO. MANTER MONITORAÇÃO/OBSERVAÇÃO. ACESSO VENOSO CALIBROSO. ACESSO VENOSO CALIBROSO. SONDAGEM VESICAL. SONDAGEM VESICAL. INFUSÃO DE CRISTALÓIDES. INFUSÃO DE CRISTALÓIDES. CURATIVOS 12/24HR CONFORME PRESCRIÇÃO. CURATIVOS 12/24HR CONFORME PRESCRIÇÃO.

28 CUIDADOS INTRA-HOSPITALAR. MANTER MATERIÁL DE ENTUBAÇÃO FÁCIL ACESSO MANTER MATERIÁL DE ENTUBAÇÃO FÁCIL ACESSO VERIFICAR ESTADO NUTRICIONAL. VERIFICAR ESTADO NUTRICIONAL. VERIFICAR ESTADO DE HIDRATAÇÃO. VERIFICAR ESTADO DE HIDRATAÇÃO. ATENTAR PARA AS CRISES DE DOR. ATENTAR PARA AS CRISES DE DOR.

29 CUIDADOS e CURATIVOS DEVEM SER PRESCRITOS POR MÉDICO OU ENFERMEIRO, CONFORME PROTOCOLO DA INSTITUIÇÃO E PRODUTOS DE MERCADO. DEVEM SER PRESCRITOS POR MÉDICO OU ENFERMEIRO, CONFORME PROTOCOLO DA INSTITUIÇÃO E PRODUTOS DE MERCADO. PROCEDIMENTOS CIRURGICOS. PROCEDIMENTOS CIRURGICOS. DESBRIDAMENTOS. DESBRIDAMENTOS. ROUPAS DE COMPRESSÃO. ROUPAS DE COMPRESSÃO. CAMA DE CLINITRON. CAMA DE CLINITRON. FISOTERAPIAS FISOTERAPIAS CURATIVOS ESPECIAIS. CURATIVOS ESPECIAIS.

30 IMERSÃO – EM AR FLUIDIFICADO EM QUE O AR É FORÇADO ATRAVÉS DE UM LÍQUIDO AUMENTANDO A IMERSÃO DO PACIENTE, AGUA, GEL

31

32

33 REFERÊNCIAS Luiz Fernando e Julho Primeiro Socorros/ SP/2010 ed.Martinari


Carregar ppt "ATENDIMENTO PRIMÁRIO DE QUEIMADOS Prof.Enf.Telina CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADO Curitiba,Setembro 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google